Sistemas Operacionais - Experiência

Experiência em meio aos sistemas operacionais Windows, Mac OS, e Linux. Antes de começarmos a delinear o assunto, é de grande importância deixar bem claro que é complicadíssimo falar a respeito do assunto, pois assim como um clube de futebol tem sua torcida, uma religião tem seus adeptos, Sistemas Operacionais também tem seus fiéis usuários. Aprecie e deixe sua opinião.

[ Hits: 12.204 ]

Por: Rafael Silva de Santana em 09/07/2008


Introdução





Certa vez me perguntaram: "Rafael, como você consegue falar com tanta convicção sobre sistemas operacionais?". Confesso a todos que foi difícil responder, até mesmo acho que não consegui convencer com a explicação dada na época, mas hoje, com um pouco mais de experiência, tenho a explicação totalmente embasada para expor.

Antes de começarmos a delinear o assunto, é de grande importância deixar bem claro que é complicadíssimo falar a respeito disso, pois assim como um clube de futebol tem sua torcida, uma religião tem seus adeptos, Sistemas Operacionais também tem seus fiéis usuários.

É engraçado dizer, mas muitos tratam desse assunto como se ele existisse nas Escrituras Sagradas, A Bíblia, portanto simplesmente mostro minha opinião com total imparcialidade.

Vamos a ela!

Microsoft Windows

É complicadíssimo falar de Windows, até porque não consigo chegar a um veredito na separação de Sistema Operacional e ambiente gráfico. Apesar de hoje ele ser considerado um "S.O." mais robusto do que em outros tempos, ainda é coberto com uma manta de ideologia que insiste por seus usuários a prova.

Windows é um S.O. multi-funcional, onde deve estar aí a explicação de os outros sistemas operacionais serem considerados melhores. Não podemos dizer que seu foco são os desktops, pois também realiza tarefas as quais outros sistemas operacionais considerados profissionais realizam.

Windows está presente em muitos servidores, em muitos clientes os quais realizam tarefas como no ramo do design gráfico, web e 3D além de processamento de dados e indústria da fonografia.

O Windows é o sistema operacional mais usado atualmente, ganhando de muito longe de todos os outros sistemas operacionais, por vários motivos entre os quais destaco mais um artigo meu ao qual aconselho todos a lerem: "Pirataria - aliada da Microsoft?", a partir daí fica clara a minha opinião.

Mac OS

Utilizando Mac OS 10.4 Tiger em um G5 na empresa onde trabalho, posso lhe garantir que hardware e software são feitos um para o outro, integrados e testados pela Apple. Em vez de perder tempo procurando drivers na web, basta apertar o botão liga/desliga e começar a trabalhar. Não estou dizendo que Mac nunca dá problema, mas estou falando da compatibilidade entre hardware e software.

Os computadores da Apple são produtos que prezam sempre pela simplicidade, pela estética e pela praticidade. Por essas características, caiu no gosto de profissionais ligados as áreas de publicidade, design, cinema e fotografia.

Isso não significa, no entanto, que esses computadores sejam exclusivos para esse público. Ainda mais por que seu sistema operacional é amigável e intuitivo, facilitando o uso entre as pessoas mais leigas. Claro que quem está super acostumado com Windows vai sentir dificuldades no início, mas esse obstáculo é algo que pode ser superado sem grandes traumas.

As diferenças entre o Mac OS e Windows começam pela arquitetura do sistema operacional. O núcleo do sistema da Apple é baseado em implementações do BSD/Unix. Essa característica traz ao sistema a estabilidade e segurança sempre creditadas aos sistemas operacionais como o Linux. Outra grande diferença é a interface gráfica, muito bonita e cheia de recursos visuais. O Windows Vista tem características gráficas que se fizeram presentes primeiro no sistema da Apple.

O fato do sistema operacional do Mac ter como núcleo o BSD o fez cair nas graças da comunidade Linux. Muitos usuários desse sistema operacional têm muito apreço pelos computadores da maçã mordida.

Linux

Todos que me conhecem sabem que sou suspeito para falar sobre Linux, sou um romântico apaixonado por Linux. Já fui tachado de "religioso for Tux", "revolucionário", mas o melhor de todos foi o de "profeta do Linux".

Não vou falar que não gostei desse último, pois gosto de conseguir discípulos e posso provar que já formei dois deles, os quais hoje não conseguem nem mesmo utilizar os S.O. da Microsoft, porque não sabem mais utilizá-lo (confesso que fiquei com remorsos).

O universo por trás deste Sistema Operacional se perde em imensa constelação, como se fosse dentro de galáxias, não lhe foi estipulado um limite e VOCÊ é dono de sua própria galáxia.

Linux é um Sistema Operacional robusto, flexível e hoje podemos considerá-lo até mesmo versátil, o que nele se executa, se executa com confiança, com extrema excelência que é saudável adquirir conhecimento desta plataforma simplesmente por poder usar e abusar de uma faculdade a qual muitos esquecem de cursar, o RACIOCÍNIO.

Mas ele não citou mais nenhuma característica do sistema a não ser, robusto, flexível e versátil! Como não? Colham em minha árvore de artigos mais características sobre esse apaixonante pinguim, em especial no artigo Livre arbítrio - exerça!.

Conclusão

A teoria foi expressa, a prática fica por conta de cada um tentar achar a oportunidade para a confirmação destas palavras.

O que expressei aqui foi apenas um relato de minha experiência com esses três sistemas operacionais, levado em consideração apenas um diferencial que é muito importante frisarmos, o Mac não é apenas um Sistema Operacional, mas também uma plataforma, uma arquitetura, falamos dele como um todo, Macintosh (máquina) + MacOS (sistema operacional).

Gostaria de falar sobre Unix, mas como minha experiência com ele foi de apenas três meses, não tenho uma opinião formada, embora saiba de seu grande potencial. Espero um dia voltar e relatar a respeito dele, por enquanto ando apenas com esses e já fiz a escolha quanto qual usar em meu desktop.

Agora faça você sua escolha, antes de falar bem ou mal de qualquer sistema operacional, procure não apenas usá-lo, mas aprendê-lo, para assim ganhar credibilidade e respeito perante sua opinião.

Rafael Santana,
Codinome: fulllinux
Distro: Slackware
santanaig@gmail.com

   

Páginas do artigo
   1. Introdução
Outros artigos deste autor

Livre arbítrio - exerça!

Tapa-olho, Gancho e Perna-de-pau

Use Linux!

Instalação do aMSN-0.97b em três maneiras diferentes

Valor da Liberdade!

Leitura recomendada

Software livre e a liberdade de contribuir

A miséria social do Brasil e o software proprietário

Marketing, o mal necessário

O Software Livre precisa de você!

Mulheres na Informática: O Movimento LinuxChix BR

  
Comentários
[1] Comentário enviado por kalib em 09/07/2008 - 10:54h

Show de bola fullinux.
Muito bem embasada e imparcial essa sua opnião sobre os sistemas.
Mostra que nem todos os usuários Linux são cegos que só conseguem ver o Linux pela frente..como se fosse um fanatismo religioso.. Apenas utilizamos por acharmos melhor dentro de nossas necessidades e capacidades. ;]

Abraços cara..parabéns pelo artigo.

[2] Comentário enviado por maran em 09/07/2008 - 11:08h

Bom, caracas, fiquei sem ocmentário,
Meu velho, ficou show, você consiguiu como sempre por sua opnião sem atacar a de ninguem, parábens, como sempre
10
Grande abraço

[3] Comentário enviado por Pianista em 09/07/2008 - 11:09h

gostei e gostei mais ainda dessa parte

"Agora faça você sua escolha, antes de falar bem ou mal de qualquer sistema operacional, procure não apenas usá-lo, mas aprendê-lo, para assim ganhar credibilidade e respeito perante sua opinião. "

já presenciei aqui no vol, muitos falarem mal de um SO ou criticando o SO do outro, e na maioria das vezes sem base cientifica. é bom lembrar que a vida é feita de escolhas e cada um faz a sua.. todo SO é bom, desde que se saiba realmente utiliza-lo. e que atenda as suas necessidades.

[]'s

[4] Comentário enviado por tekmania em 09/07/2008 - 11:33h

Muito bom o artigo.

Essa sua frase me encantou:
¨Agora faça você sua escolha, antes de falar bem ou mal de qualquer sistema operacional, procure não apenas usá-lo, mas aprendê-lo, para assim ganhar credibilidade e respeito perante sua opinião."



[5] Comentário enviado por nicolo em 09/07/2008 - 12:11h

?comentario=Poderia ter acrescentado o morimbundo OS/2 (saudades). O Windows é o único sistema operacional popular fora da tradição *NIX, O Linux, BSD e MAC, OS/2 e Unix seguem as mesmas metáforas. Para não melindrar ninguém, acaba-se dizendo..... pouco.

[6] Comentário enviado por f_Candido em 09/07/2008 - 14:24h

Muito Bom. Abordou com certa "imparcialidade" os OS. Muito bom. E o recado foi bem dado. Antes de falar ou relutar, dar embasamento atráves não somente de uma experiência, e sim atráves de ánalises.

Abraços e mais uma vez Parabéns

[7] Comentário enviado por fulllinux em 09/07/2008 - 15:39h

@kalib,

Brother minha concepção tomou essa forma desde que me ensinaram a apreciar esse tipo de criação, tento tirar o máximo de cada "OS" quando tenho a oportunidade de usa-los/estuda-los... é normal que todos que fazem assim acabem optando por Linux. E porque?

É exatamente isso que gostaria que todos fizessem, para que tivessem a certeza de que não sou eu e nem você que diz isso... mas a própria pessoa.

Obrigado por ter mais uma vez apreciado a leitura de meu simples artigo!


@maran,

Brother a você sem comentários, espero poder agradece-lo pessoalmente!

Abraço "meu velho".


@Pianista >> @tekmania,

É extamente essas as palavras que quero colocar ao ponto chave do artigo, pois não depende só do usar mas também do aprender o que está usando!

"Agora faça você sua escolha, antes de falar bem ou mal de qualquer sistema operacional, procure não apenas usá-lo, mas aprendê-lo, para assim ganhar credibilidade e respeito perante sua opinião. "

Valeu pela força pessoal!


@nicolo,

Só o que sei do OS/2 é o que leio... pois nunca tive a oportunidade de colocar as mãos neste OS... mas se um dia tiver oportunidade de alcança-lo pode ter certeza que vou estuda-lo...

O que sei é que o OS/2 foi um excelente OS nos primórdios!

Abraço brother!


@f_Candido,

Aprendi nunca criticar um desconhecido... já pensou o impacto que alguém levaria se um dia cair por um acaso aqui VOL e vê tanta critica ao OS que ele utiliza?

Outra coisa é que sou admirador de Informação, para min não existe, o ótimo ou ruim nesse "mundo", o que existe é o preferido... e tive todo meu desenvolvimento em cima do OS da Microsoft, como falaria mal de algo que hoje me deu a oportunidade de escrever tal palavras?

Aproposito recebeu o Slackware 12 que te enviei??

Abraço camarada!

[8] Comentário enviado por f_Candido em 09/07/2008 - 16:22h

Recebi sim. Desculpas até por não ter agradecido. Tanto, que quando chegou, a primeira coisa que fiz foi instalar, e que me perdoem os outros SO, mas fiquei fascinado pelo Slack. Amor a primeira vista(ou seria o Boot). Enfim, agradeço sua atenção.
Este artigo também deveria servir pra dizer, que existem sim, SO muito diferentes. Mas cabe ao usuário deixar de ser preguiçoso, e experimentar, testar e por fim, escolher.

Abraços e mais uma vez Parabéns.

[9] Comentário enviado por xerxeslins em 09/07/2008 - 16:37h

Parabéns. Obrigado por compartilhar sua experiência =)

[10] Comentário enviado por maran em 09/07/2008 - 16:48h

Opa concertesa, logo mais estamos ai conversando e tomando uma cervejonha oO" ;).

Grande abraço!!! e mais uma vez, como sempre, fez um grande trabalho ;]


[11] Comentário enviado por Pianista em 09/07/2008 - 16:53h

não é querendo ser intrometido, mas já sendo,, rsrsrs... se essa cervejinha ai for coletiva eu também quero.. huahuaha. Valew galera! Abraços!

[12] Comentário enviado por maran em 09/07/2008 - 17:19h

Opa é coletiva e pro pessoal do VOL, dia 19/08 aqui em SP,grande abraço !!!

[13] Comentário enviado por grandmaster em 09/07/2008 - 18:09h

Talvez a melhor frase seja a de que SO é igual a futebol, religião ou política. Cada um tem seu/sua preferido(a).

E como muitos falaram, o que resume tudo isso é a frase:
¨Agora faça você sua escolha, antes de falar bem ou mal de qualquer sistema operacional, procure não apenas usá-lo, mas aprendê-lo, para assim ganhar credibilidade e respeito perante sua opinião."

--
Renato de Castro Henriques
CobiT Foundation 4.1 Certified ID: 90391725
http://www.renato.henriques.nom.br

[14] Comentário enviado por fulllinux em 09/07/2008 - 19:07h

@xerxeslins,

Obrigado a você por disponibilizar de seu tempo para leitura de minhas simples palavras...
Grande abraço!


@grandmaster,

Falou tudo brother... obrigado por se espressar em meu artigo.
Abraço!
________________________________________________________

Agora como o maran citou a cervejinha, vou aqui divulgar o Segundo Encontro VOL - São Paulo.

Aqui está o link:
http://www.vivaolinux.com.br/comunidades/verTopico.php?codigo=395&codtopico=19805

Se a geográfia permitir, compareça!

[15] Comentário enviado por tyreon em 09/07/2008 - 23:21h

Perfeito seu artigo!
Li os artigos citados nesse artigo e também gostei muito, concordo totalmente com suas idéias!

Gostei do que disse sobre o Mac, compatibilidade é o principal do sistema, e poucos enxergam isso...

Continue escrevendo esses belos artigos, pode crer que sempre vai ter alguém pra ler e elogiar!

[16] Comentário enviado por foguinho.peruca em 10/07/2008 - 00:15h

Opa!

Bom artigo! Senti falta do *BSD e do Solaris.... ^^''

Concordo com o que vc disse sobre aprender a usar o SO. acho que ele por si só é apenas um meio, o que realmente importa é a finalidade com que usamos o sistema, não é?

Mas é isso...
[]'s
Jeff

[17] Comentário enviado por albfneto em 10/07/2008 - 00:31h

Muito bom artigo. Gostei!
Bom, é sempre polêmico... Mexi muito pouco com Mac Intosh, um amigo trouxe um da Inglaterra.
Olha é muito estável, mas o que não gosto muito dele, é o fato de ser fechadão, é como Windows, até pior... Vc não mexe nele, vc não modifica nada, vc só usa...
Linux, não é bem mais aberto e customizável. Porisso gosto mais de Linux...

[18] Comentário enviado por othelo em 10/07/2008 - 09:16h

Muito bom sim, seu artigo, parabens
So acrescentaria alguns detalhes a mais, tais como o windows sempre foi uma copia mal planejada da interface da apple, comecando com o windows 3.11 chegando ao Vista, dessa forma nao seguindo os rigidos padroes da Apple em prezar pela qualidade temos os serios problemas de estabilidade.
Sem atacar outros sistemas ou a forma como sao distribuidos, opensource (linux), pagos (windows), altamente protegidos (apple) acredito que todos deveriam sempre prezar pela qualidade final, oferencendo eficiencia, agilidade, recursos e produtividade.
O SO é o coracao do computador, é ele quem o faz pulsar se nao for o melhor, em algum momento teremos problemas. O ideal é analisarmos individualmente qual SO é o mais indicado para o nosso dia a dia e entao aprender a utiliza-lo com suas qualidades e problemas.
Abracos

[19] Comentário enviado por pink em 10/07/2008 - 14:04h

Parabéns, amei seu artigo... ficou bonitinho*, 10! Claro que eu não poderia deixar de comentar né?
Ótimo artigo, expressou suas experiências, não menosprezou outros sistemas.... Também passei por essas experiências..... hoje o meu OS preferido é o pinguim.... claro que uso Windows (no momento estou usando-o para escrever este comentário), pelo contrário do que muitos pensam não detesto o Windows, pois foi graças a ele que estou no Linux, minha base foi formada nele e quando percebi que tinha chegado no seu limite, conheci a liberdade Linux, onde tudo é possível, altamente configurável, desafiador.... Depois que tomei conhecimento do universo do pinguim, o Windows tornou-se simples, quebraram-se os paradigmas..... Hoje sei que sou feliz e não adianta sempre serei uma eterna romântica apaixonada, GNU/Linux é muito mais que um OS, é uma filosofia, estilo de vida (nossa praticamente fanática hehe)....
"Ser livre (em tratando-se de software) está muito mais além do que simplesmente instalar o Linux em sua máquina! Ser livre é buscar novos desafios, é contribuir com a sociedade, é promover soluções que inovam, é não ter medo de compartilhar seus conhecimentos seja com quem for; afinal ser livre é poder... é ter poder..., poder de ter um código aberto e não ter medo de usá-lo para sua segurança".
Posso dizer que todas as palavras que AMO Linux sem medo de ser feliz...

* bonitinho no meu vocabulário significa mais que perfeito....

Um grande abraço amigo, obrigada por compartilhar, estou anciosa para ler mais....
[]'s
Michele

[20] Comentário enviado por Cyberzinho Punk em 10/07/2008 - 17:32h

Excelente artigo amigo........

Há quatro anos eu acompanho o VOL (desde que eu comecei no GNU/Linux) e só hoje resolvi me cadastrar no site e já sou presenteado com um ótimo artigo comparando os três S.O.s mais usados na atualidade......... parabéns.......... e Viva o Linux!!!!!

[21] Comentário enviado por fulllinux em 12/07/2008 - 15:24h

@pink

Se você não comenta meu artigo fico muito triste viu!!! hauhauha
Amo seu embasamento ao falar e como você é ponderada, bom você esá ficando suspeita a comentar heim...

Amei o "bonitinho"...rss

@todos

Agradeço a todos pelos comentarios e pela força declarada, todas as sugestões e criticas serão bem aceitas...muito obrigado a todos!

[22] Comentário enviado por elicelso em 14/07/2008 - 08:42h

?comentario=Muito boa a matéria. Escrevi algo parecido também, mas com meu ponto de vista: http://www.elirios.com/2008/06/30/sobre-sistemas-operacionais-minha-opiniao-atual/


Contribuir com comentário