XnView - Visualizador, conversor e organizador de fotos e gráficos

XnView é um freeware desenvolvido bem de acordo com os princípios do software livre, embora não tenha uma licença do tipo GPL. Tem versões para muitas plataformas e sistemas operacionais, como Linux, Unix e MacOS, além do MS-Windows. Vale a pena experimentar!

[ Hits: 25.394 ]

Por: Sergio Teixeira - Linux User # 499126 em 06/04/2010


O utilitário Nconvert



Nconvert é um comando de linha do tipo multiplataforma, portanto pode executar em Win32, DOS, OS/2, e outras. Excelente para quem está acostumado com linhas de comando.

Tecle "nconvert -help" para ver as opções disponíveis.

Tecle "nconvert -help > nchelp.txt" para salvar o arquivo de ajuda no arquivo "nchelp.txt".

Para converter arquivos para um formato específico, tecle por exemplo:

nconvert -out 5 file1.pic file2.jpg file3.tga
ou
nconvert -out tiff file1.pic file2.jpg file3.tga

Convertendo e redimensionando:

nconvert -out jpeg -ratio -resize 480 0 *.jpg
$ nconvert -out jpeg -resize 640 480 *.jpg


O formato de entrada é opcional, pois será detectado automaticamente.

Se ocorrer algum problema, usa-se a opção -in.

Nconvert tem a capacidade de transformar imagens durante o processo de conversão.

Para converter arquivos GIF para JPEG:

nconvert -out jpeg -truecolors *.gif

Para converter arquivos JPEG para GIF:

nconvert -out gif -dither -colors 256 *.jpeg

Para redimensionar:

nconvert -out png -resize 510 230 *.jpeg
$ nconvert -out png -ratio -resize 510 0 *.jpeg
$ nconvert -out png -ratio -resize 0 510 *.jpeg
$ nconvert -out png -resize 200% 200% *.jpeg


Pode-se usar XnView com sequências de imagens.

Por exemplo, para converter os arquivos arq00.pic, arq01.pic, ..., arq10.pic para o formato jpeg com novo nome-padrão como res0.jpg, res1.jpg, ... tecle:

nconvert -out jpeg -n 1 10 1 -o res#.jpg file##.pic

Pode-se usar % para especificar a fonte dos arquivos no arquivo-destino.

Por exemplo:

nconvert -out jpeg -o result_%.jpg file.tga

Cria um arquivo com o nome de result_file.jpg.

Nota para usuários do Windows:

Em arquivos de lote, deve-se usar %% no lugar de %.

Para contornar esse problema, o melhor é usar nconvert em um script, em lugar de um arquivo de lote.

Nota para usuários do MS-DOS:

É bom lembrar que o formato do nome dos arquivos no DOS corresponde a um máximo de [8 caracteres] + [.] + [extensão com 3 caracteres]. Assim: XXXXXXXX.XXX

E também os nomes de diretórios estão limitados a um máximo de 8 caracteres.

Dessa forma, os nomes longos são abreviados através da substituição do sétimo e do oitavo caracteres por "~1":
  • "Meus Documentos" tem seu nome interno no DOS como "Meusdo~1".
  • "Meus Documentos Secretos" será "Meusdo~2", e "Meus Documentos Mais Secretos Ainda" será "Meusdo~3".

Assim, precisa-se ter bastante cuidado com a string resultante da concatenação de vários níveis de subdiretórios, sem o que, o sistema retornará o erro "excesso de parâmetros".

Para evitar outra desagradável surpresa de receber uma mensagem de "comando ou arquivo não encontrado", o Nconvert deverá estar declarado como path.

Quem usa DOS sabe - ou deveria saber - que tem necessariamente de tomar essas providências. Portanto, não tem cabimento algum dizer que "Linux é difícil": Esse tipo de sintaxe já é conhecido desde a época em que se estava fazendo o rascunho dos dinossauros, e é rigorosamente o mesmo para todas as plataformas, e como vimos, com esses detalhes a mais para o DOS e para o WINDOWS.

Pode-se controlar Nconvert através de um script, o qual realizará vários tipos de conversões em vários tipos de arquivos, como por exemplo:

### -out png -rtype arquivo -resize 200% 150%

screenshot1.bmp
screenshot2.bmp
screenshot3.bmp

### -out gif -rtype arquivo -resize 500% 500% -oil 10 -colours 32

F:\icons\smile.bmp

### -out bmp -rtype arquivo -resize 30% 30% -oil 2 -rotate_flag smooth -rotate 45

eumesmo.png
familia.png
kchorro.png
asgatas.png
assogra.png

Salva-se esse script em um arquivo de texto, como por exemplo "nc.txt" e executa-se nconvert com o nome desse arquivo com o único parâmetro: nconvert nc.txt

Para quem não gosta de estar envolvido com comandos complicados, restaria utilizar-se dos recursos do próprio programa XnView, trabalhando com um arquivo de cada vez. Isso poderia ser vantajoso para até três ou quatro gráficos, mas extremamente desgastante para vinte ou trinta.

No caso de muitos arquivos a serem igualmente convertidos/alterados, é altamente compensador usar o Nconvert.

Caso prático: Converter todas as enormes 40 fotos baixadas da câmera de 12 megapixels para o formato .PNG e redimensioná-las para 320 pixels de largura. Você já saberia "de cara" se iria utilizar o XnView ou o NCONVERT.

No XnView você teria de pegar foto por foto, redimensionar, e então salvar como PNG.

No Nconvert você irá "ralar" um pouco para descobrir a sintaxe certa, porém apenas teclará uma linha de comando e possivelmente tenha tempo de ir tomar um cafezinho e deixar o computador trabalhar por você. E é possível que ele termine antes de você (não, não: Computador NÃO TOMA café!)...

Mas não fique triste! O próprio XnView agora também tem facilidades para fazer conversões em sequência, economizando bastante tempo.

Página anterior     Próxima página

Páginas do artigo
   1. Surpresa agradável
   2. Com licença
   3. Mas afinal, para que serve?
   4. O utilitário Nconvert
   5. Limitações e outras considerações
Outros artigos deste autor

Internet Explorer: Esse fenômeno

Meu primeiro contato com Basic Linux

Terceira experiência com o Basic Linux

Basic Linux: Como instalar no HD

O desafio continua...

Leitura recomendada

KimTu GNU/Linux - Uma distro brasileira

Instalação da Zabbix 3.0 em Debian 8.6 Jessie

VnStat - Monitorando o tráfego de sua rede

Mplayer e Mencoder com placa de TV

Instalação do navegador Vivaldi no GNU/Linux

  
Comentários
[1] Comentário enviado por removido em 06/04/2010 - 15:49h

Para quem não sabe:

1) Neil Sedaka -> http://twixar.com/bmi

2) Paul Anka -> http://twixar.com/gxj

3) Brenda Lee -> http://twixar.com/ocw

4) Bill Halley e seus cometas -> http://twixar.com/njyp

5) Elvis Presley -> http://twixar.com/m9wm

6) Rony James Dio -> http://twixar.com/ybl1

7) Bob Dylan -> http://twixar.com/nww

Vc arrebentou no seu trabalho mas pegou lá no figo da garotada!!!

Eita Teixeirão, deu retrô na saudade, hein???
kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk
;-)


[2] Comentário enviado por Teixeira em 08/04/2010 - 17:43h

Bem, a alusão à ingenuidade do rock and roll das décadas passadas restringe-se e esses artistas e a alguns tantos outros; nauralmente não me referi ao "primo ovelha-negra" do pregador Jimmy Swagart, o super-polêmico Jerry Lee Lewis...
Gostei da complementação!...
A propósito, lá em "Belzonte" tinha a banda cover do Bill Halley e seus Cometas: era o Assis Ralo e seus Capetas...
"Saudade com retroescavadeira"... hehehe

[3] Comentário enviado por albfneto em 09/04/2010 - 14:56h

Puxa Teixeira, sempre trazendo boas coisas!
Foi para o favoritos, vou usar XnView,
tenho 55 anos, gosto de Rock dos anos 50 e 60, principalmente a Brenda Lee, é uma grande voz!
gosto tb de Blues e Jazz.
Gosto de Rock pauleira também, gosto de tudo de Rock e tudo de Jazz...

[4] Comentário enviado por Teixeira em 11/05/2010 - 18:52h

albfneto:

Um teste para os dinossauros da nossa época:

- Quem é o roqueiro que tinha por hábito dizer "cheguei da América, bicho!..." e que á a nossa "miniatura" de Mick Jagger, esteve em Woodstock e namorou a Janes Joplin?

Comentário:
O velho Chuck Barry ainda está vivo e dando o maior show... Tá cheio de gás o "home"!...


Contribuir com comentário




Patrocínio

Site hospedado pelo provedor RedeHost.
Linux banner
Linux banner
Linux banner

Destaques

Artigos

Dicas

Tópicos

Top 10 do mês

Scripts