Blender - Iniciante (parte 1)

Blender é um poderoso software de criação e modelagem em três dimensões. É uma ótima ferramenta para os apaixonados por games e filmes de realidade virtual. Neste artigo iniciamos uma série que formará um curso básico do programa. Aprenda e divirta-se!

[ Hits: 37.170 ]

Por: Juliao Junior em 06/12/2006


Introdução



Após iniciar o Blender você terá uma visão um pouco incomum, como a verá abaixo:


Mas não se assuste :), só é estranho no princípio. A interface do programa é, após adquirir certo hábito, um tanto amistosa e bastante rápida, facilitando a tarefa de modelagem. Você terá a impressão que o Blender assumiu o controle do micro, pois ele ocupa 'toda' a tela. Na parte superior temos uma barra com menus, no centro uma grande área cinza (esta é a região 3D onde veremos nossos objetos) e abaixo uma área com botões e opções de configuração diversas.

Algo que é preciso entender logo de início é que o Blender diferencia entre a digitação da área alfanumérica e do teclado numérico (aquela porção do teclado que fica separado à direita, parecido com uma calculadora). Assim alguns comandos funcionam com teclas específicas e não apenas com o caractere. Para facilitar nossa linguagem, usaremos a forma "CALx" para teclas do teclado numérico, onde x é a tecla a ser digitada. Por exemplo, CAL5 significa o digito '5' do teclado numérico. Enquanto usaremos "ALFAx" para o teclado alfanumérico. Por exemplo, ALFA5 significa o dígito '5'.

Esta figura quadrada que você vê no centro da região 3D é na verdade um cubo. Mas estamos olhando para ela de cima para baixo. Para ver o cubo melhor, tecle em seqüência CAL8 CAL4 CAL4 (ou seja, as teclas 8, depois 4 duas vezes, nesta ordem). Agora você terá uma visão melhor do cubo!

Certamente você percebeu que as teclas do teclado numérico serão úteis para a visualização do ambiente 3D. Realmente, cada tecla tem uma função. As teclas CAL2, CAL4, CAL6 e CAL8 servem para 'rotacionar' nossa posição em relação ao ambiente, enquanto CAL1, CAL3, CAL5, CAL7 e CAL9 nos colocam em posições pré-definidas de visualização. Faça alguns testes. Se você estiver usando um mouse com botão de rolagem, gire-o e veja o que acontece: você se aproxima ou se afasta da cena.

Algumas combinações dos botões do mouse com as teclas CONTROL, ALT e SHIFT também dão efeitos de visualização interessantes. Tente algumas destas:
  • Botão esquerdo do mouse + botão de rolagem;
  • CONTROL + ALT + movimento do mouse para cima ou para baixo.

Abaixo segue alguns dos 'símbolos' que usaremos neste artigo:
  • ALT - tecla ALT
  • CTR - tecla Control
  • SH - tecla Shift
  • SP - tecla ESPAÇO
  • ENTER - tecla ENTER
  • ESC - tecla ESC
  • MD - botão direito do mouse
  • ME - botão esquerdo do mouse
  • MM - botão central do mouse
  • MR - botão de rolagem do mouse

    Próxima página

Páginas do artigo
   1. Introdução
   2. Criando os primeiros objetos em 3D
   3. Renderização
Outros artigos deste autor

Programando em Octave (parte 1)

Programação: Tomada de decisão

Processador - Tipos e características

Distro-VOL: Meta-pacotes e comandos

Invadiram o kernel.org?!

Leitura recomendada

Apresentando a programação orientada a objetos

Instalação da Suíte BrOffice 2.4.x em sistemas Mandriva Linux

NGINX Open Source com Balanceamento de Carga e Persistência de Sessão

PHP Server Monitor - Monitore URLs e IPs

APT - Fantástico gerenciador de pacotes

  
Comentários
[1] Comentário enviado por better em 06/12/2006 - 08:20h

Noooooo muito bacana cara quando chegar em casa vo instalar :)
Vlw!

[2] Comentário enviado por JoseLucas em 06/12/2006 - 22:05h

muito bom, o blender é intuitivo voce começa e derrepente já está fazendo macacos !

tem essa opçao la !

[3] Comentário enviado por JoseLucas em 06/12/2006 - 22:10h

ah! cara você não lembrou: www.blender.org

para quem não tem é só baixar descompactar e usar !

[4] Comentário enviado por FelipeAbella em 06/12/2006 - 22:16h

Multo legal, espero a parte 2.

[5] Comentário enviado por ferretics em 07/12/2006 - 18:54h

Muito jóia estava precisando mesmo para o trabalho de Realidadde Virtual. Só uma coisa o q vc quer dizer com filme em realidade virtual?

[6] Comentário enviado por juliaojunior em 07/12/2006 - 19:27h

foi forma de falar. podemos fazer 'filmes' usando o Blender. criamos a animação, incluindo os movimentos da câmera, e depois fazemos as edições necessárias.

[7] Comentário enviado por deltman em 08/12/2006 - 11:27h

Se tratando de games, por acaso ele usa alguma linguagem de programação, e se usa qual é a linguagem?!?!??!?!?!?!


[8] Comentário enviado por tenchi em 08/12/2006 - 16:44h

Eu não entendo direito disso, mas alguns scripts de aninações do blender são escritos em python. Vai ver essa linhuagem também seja usada na criação de games.
Ou quem sabe, a linguagem cássica dos desenvolvedores de games, o C.
rsrss

[9] Comentário enviado por juliaojunior em 09/12/2006 - 11:52h

python é uma linguagem fácil de aprender, muito usada no universo open soft. possui ferramentas disponíveis tanto em Java como em C. quem se interessar, vai gostar :)

[10] Comentário enviado por osky_cg.w em 09/12/2006 - 13:47h

Muito bacana!
Aguardamos a segunda parte ;- )

Para quem não conhece vou deixar o link de um filme completo feito em
software livre com Blender.

Simplesmente maravilha! http://orange.blender.org/

[11] Comentário enviado por removido em 21/01/2007 - 16:12h

Gostei, muito bom

[12] Comentário enviado por felipesntsassis em 21/05/2008 - 08:12h

Criei meu Software de TCC usando o Blender integrado ao PHP e Flash. Depois que aprendi a usá-lo acho muito mais simples de trabalhar em relação ao seu rival proprietário 3Ds Max que também, na minha opinião é uma excelente ferramenta. Existe alguns fórums de discução sobre Blender no Brasil, mas o que recomendo é o http://www.blender.com.br/ .
Dos nacionais é o melhor que encontrei.

Abraço a todos


Contribuir com comentário




Patrocínio

Site hospedado pelo provedor RedeHost.
Linux banner
Linux banner
Linux banner

Destaques

Artigos

Dicas

Tópicos

Top 10 do mês

Scripts