Criando vídeo com características de DVD

A maneira mais simples e direta de explicar o que vamos fazer aqui, é a cópia fiel de um DVD em seu HD sem os gigas de espaço, com múltiplo áudio e legendas, capítulos etc. Tudo em um arquivo único, capaz de rodar nos mais modernos aparelhos de DVD.

[ Hits: 30.436 ]

Por: M4iir1c10 em 08/01/2013 | Blog: https://github.com/mauricioph


Achando e preparando ingredientes



Vamos imaginar que o filme que você quer está em Inglês e Português, tanto para áudio como para legenda, e ainda vamos incluir legendas em Francês e Esloveno. Vamos usar o MKV como container.

Precisamos analisar o arquivo para retirar os áudios, existe um software que é muito bom para fazer isso, chamado MediaInfo só que não vamos usá-lo, porém, se você quer entender mais sobre os codecs, esse software tem links para o Website de cada codec.

Neste artigo vamos usar o MPlayer, o comando para isso é esse:

mplayer video -frames 0 -identify

Este comando vai identificar tanto os codecs como as faixas que cada um se encontra, por exemplo, esse comando em um AVI:
Playing Videos/Golden Compass.avi.
AVI file format detected.
ID_VIDEO_ID=0
ID_AUDIO_ID=1
VIDEO: [DX50] 608x256 24bpp 23.976 fps 736.2 kbps (89.9 kbyte/s)
ID_DEMUXER=avi
ID_VIDEO_FORMAT=DX50
ID_VIDEO_BITRATE=736216
ID_VIDEO_WIDTH=608
ID_VIDEO_HEIGHT=256
ID_VIDEO_FPS=23.976
ID_AUDIO_FORMAT=85
ID_AUDIO_BITRATE=115696
ID_LENGTH=6797.12
ID_SEEKABLE=1
ID_CHAPTERS=0
ID_AUDIO_BITRATE=112000
ID_AUDIO_RATE=48000
ID_AUDIO_NCH=2
ID_AUDIO_CODEC=mpg123


Neste exemplo, temos o filme: A Bússola de Ouro (Golden Copass):
  • ID_DEMUXER=avi → O container é AVI;
  • ID_VIDEO_FORMAT=DX50 → O formato do vídeo ou o codec do vídeo é DivX 5;
  • ID_AUDIO_CODEC=mpg123 → Confirma o codec de áudio como MPG3. O fato de aparecer 123, é que esse codec pode ser usado para qualquer uma das 3 versões do MPG.

Este comando em um MP4:
Playing Adele - Full Concert (HD) iTunes Festival London 2011.mp4.
ID_VIDEO_ID=0
ID_AUDIO_ID=0
VIDEO: [H264] 1280x720 24bpp 25.000 fps 1118.0 kbps
ID_FILENAME=Adele - Full Concert (HD) iTunes Festival London 2011.mp4
ID_DEMUXER=lavfpref
ID_VIDEO_FORMAT=H264
ID_VIDEO_BITRATE=1117992
ID_VIDEO_WIDTH=1280
ID_VIDEO_HEIGHT=720
ID_VIDEO_FPS=25.000
ID_AUDIO_FORMAT=MP4A
ID_AUDIO_BITRATE=151976
ID_AUDIO_RATE=44100
ID_AUDIO_NCH=2
ID_START_TIME=0.00
ID_LENGTH=5110.00
ID_SEEKABLE=1
ID_CHAPTERS=0
ID_AUDIO_CODEC=ffaac


Como você pode ver aqui, o vídeo é o concerto da Adele no iTunes, festival em HD. O Demuxer ou container é lavfpref, embora a extensão é MP4. O lavfpref é o preferido para vídeos de alta resolução, MP4 o formato do vídeo ou codec H264 e o áudio é MP4a ou simplesmente AAC.

Já este comando em WebM:
Playing 10-07-12_firefox_for_android_american-640x360_20Video_20Sha.webm.
ID_VIDEO_ID=0
ID_AUDIO_ID=0
ID_AID_0_LANG=eng
VIDEO: [VP80] 640x360 0bpp 24.000 fps 720 kbps
ID_FILENAME=10-07-12_firefox_for_android_american-640x360_20Video_20Sha.webm
ID_DEMUXER=lavfpref
ID_VIDEO_FORMAT=VP80
ID_VIDEO_WIDTH=640
ID_VIDEO_HEIGHT=360
ID_VIDEO_FPS=24.000
ID_AUDIO_FORMAT=22127
ID_AUDIO_BITRATE=128
ID_AUDIO_RATE=44100
ID_AUDIO_NCH=2
ID_START_TIME=0.00
ID_LENGTH=58.92
ID_SEEKABLE=1
ID_CHAPTERS=0
ID_VIDEO_CODEC=ffvp8
ID_AUDIO_CODEC=ffvorbis


Assim como o MP4 em alta qualidade, o WebM tem como container o lavfpref, o codec de vídeo é o VP8 e áudio OGG (Vorbis), o WebM é uma versão do MKV que o Google comprou da empresa que criou o codec VPx.

Agora vem a bomba de informações, quando você usa este comando para um DVD o resultado pode ser esse:
Playing dvd://1.
ID_DVD_TITLES=11
ID_DVD_TITLE_1_CHAPTERS=36
ID_DVD_TITLE_1_ANGLES=1
ID_DVD_TITLE_1_LENGTH=9305.520
ID_DVD_DISC_ID=306890FE99EC57D55119BAC3598B6D2D
ID_DVD_VOLUME_ID=AVATAR
ID_DVD_CURRENT_TITLE=1
ID_AUDIO_ID=128
ID_AID_128_LANG=en
ID_AUDIO_ID=129
ID_AID_129_LANG=en
number of audio channels on disk: 2.
ID_SUBTITLE_ID=1
ID_SID_1_LANG=en
ID_SUBTITLE_ID=3
ID_SID_3_LANG=pt
ID_SUBTITLE_ID=5
ID_SID_5_LANG=fi
ID_SUBTITLE_ID=7
ID_SID_7_LANG=no
ID_SUBTITLE_ID=9
ID_SID_9_LANG=sv
number of subtitles on disk: 5
CHAPTERS:
00:00:00.000,00:06:02.520,00:07:34.240,
00:11:35.240,00:13:26.080,00:19:11.440,
00:23:01.280,00:25:47.240,00:30:24.040,
00:32:11.000,00:34:16.080,00:41:44.920,
00:47:22.280,00:52:16.080,00:57:28.800,
01:02:30.080,01:08:40.480,01:12:06.280,
01:17:11.360,01:21:13.800,01:32:08.720,
01:33:55.160,01:40:16.200,01:43:49.480,
01:49:15.000,01:50:48.800,01:53:47.280,
01:57:05.560,02:00:25.320,02:04:42.320,
02:10:32.800,02:14:07.200,02:19:51.960,
02:25:02.440,02:28:44.200,02:35:05.000,
Selected DVD audio channel: 128 language: en
ID_VIDEO_ID=0
ID_SUBTITLE_ID=0
ID_SUBTITLE_ID=1
ID_SUBTITLE_ID=2
ID_SUBTITLE_ID=3
ID_SUBTITLE_ID=4
ID_SUBTITLE_ID=5
ID_SUBTITLE_ID=6
ID_SUBTITLE_ID=7
ID_SUBTITLE_ID=8
ID_SUBTITLE_ID=9
ID_AUDIO_ID=128
VIDEO: MPEG2 720x576 (aspect 3) 25.000 fps 9800.0 kbps (1225.0 kbyte/s)
ID_FILENAME=dvd://1
ID_DEMUXER=mpegps
ID_VIDEO_FORMAT=0x10000002
ID_VIDEO_BITRATE=9800000
ID_VIDEO_WIDTH=720
ID_VIDEO_HEIGHT=576
ID_VIDEO_FPS=25.000
ID_VIDEO_ASPECT=0.0000
ID_AUDIO_FORMAT=8192
ID_AUDIO_BITRATE=0
ID_AUDIO_RATE=0
ID_AUDIO_NCH=0
ID_LENGTH=9305.52
ID_SEEKABLE=1
ID_CHAPTERS=36
ID_VIDEO_CODEC=ffmpeg2
ID_AUDIO_CODEC=ffac3


Como você pode ver, o formato de DVD é bem mais rico e cheio de faixas, tanto de áudio como de vídeo e legendas. Neste exemplo, temos 5 legendas e 2 áudios, sendo as legendas:
  • en (English - Inglês),
  • pt (Português),
  • fi (Finnish - Finlandês),
  • no (Norwegian - Norueguês),
  • sv (Slovenian -Esloveno).

Como você pode ver também, temos números para identificar cada faixa, esta é a razão pela qual usamos o MPlayer ao invés do MediaInfo. Tenha essa parte do artigo para sua referência. Eu não coloquei tudo que é retornado pelo comando, mas as informações que vamos usar, portanto, guarde essa página e quando eu me referir à saída do comando identity do MPlayer você já sabe que me refiro e essa página.

Então, se eu quero o áudio em inglês e português assim como a legenda, incluindo esloveno, o comando seria:

1. Inglês:

mplayer dvd://1 -aid 128 -sid 1
2. Português:

mplayer dvd://1 -aid 128 -sid 3
3. Esloveno:

mplayer dvd://1 -aid 128 -sid 9
Entendido isso, vamos analisar o nosso vídeo ripado trocando o dvd://1 pelo nome do arquivo VOB que obtivemos na página anterior. Lembra? ~/video.vob.

Depois de digitar o comando:

mplayer ~/video.vob -frame 0 -identify

Percebemos que o áudio em inglês está na faixa 128 e o português na faixa 130, a legenda em inglês está na faixa 1 e português, na faixa 3.

Retirando o áudio do vídeo

Já que sabemos a faixa de áudio, o comando para ripar o áudio do arquivo seria:

mplayer ~/video.vob -aid 128 -dumpaudio -dumpfile ~/video.ac3

Desta maneira, estou mandando o áudio original para um container específico de áudio, ou seja, um áudio AAC vai em um M4A, MP3 em MP3, PCM em WAV etc.

Caso você queira o áudio sem conversão em puro WAV, só que no seu vídeo como no meu o codec é AC3 e a maioria dos DVDs serão MP2 ou AC3, estes serão os comandos:

mplayer -aid 128 -ao pcm:fast:file=Audio_Ingles.wav -vo null -vc null video.vob
$ mplayer -aid 130 -ao pcm:fast:file=Audio_Portugues.wav -vo null -vc null video.vob


Página anterior     Próxima página

Páginas do artigo
   1. Introdução
   2. Mãos à obra: Ripando o DVD
   3. Achando e preparando ingredientes
   4. Tratando áudio e vídeo
   5. Filtrando o vídeo
   6. Legendas / Criando os capítulos
   7. Gran Finale
Outros artigos deste autor

Proteja seu website ou página html com encriptaçâo

Bug afeta todas as distros

Enfeite o LILO com uma imagem de seu gosto

Raios de luz explodindo atrás do texto

MEncoder - Criando Programa Gráfico Para Conversão

Leitura recomendada

Elastix - Instalando, criando ramais e SIP Trunk Vono

Trinity Rescue Kit - Poderosa distribuição Linux para recuperação de disco entre outras funções fantásticas!

Como fazer publicações pelo Instagram Web

Como fazer RAID 0 com mdadm no Debian

O que evoluiu no Linux de hoje?

  
Comentários
[1] Comentário enviado por fabio em 08/01/2013 - 12:01h

Cara, excelente artigo! Talvez o mais completo sobre o assunto aqui no VOL. Muito bom mesmo, parabéns.

[2] Comentário enviado por albfneto em 08/01/2013 - 12:22h

é muito bom este artigo.Vai para os Favoritos.

[3] Comentário enviado por izaias em 08/01/2013 - 14:16h

Essa do iPad eu não sabia. rs - Aliás, muita gente ainda não sabe.

Ótimo trabalho!

[4] Comentário enviado por nickmarinho em 09/01/2013 - 10:37h

Cara, excelente tudo, vou tentar e depois dou um feedback.


Contribuir com comentário