Áudio Profissional no GNU/Linux

O mais completo artigo em língua Portuguesa sobre áudio no GNU/Linux. Sei que a frase soa arrogante, mas meu objetivo é fazer jus à descrição.

[ Hits: 47.092 ]

Por: M4iir1c10 em 05/01/2015 | Blog: https://github.com/mauricioph


Introdução



Áudio é algo considerado simples e direto, mas pode ficar bem complicado e extremamente delicado quando você entra fundo no assunto.

Por muitos anos o progresso do áudio profissional no Linux foi um processo bem lento, porém agora estamos vendo o GNU/Linux atingir fronteiras que nem os sistemas mais usados são capazes de chegar, um exemplo disso são as capacidades que os mixers do GNU/Linux te dão com relação aos mixers do Windows. Por exemplo, no Windows se você precisa fazer a tradução de um vídeo e gravar o áudio ao mesmo tempo que toca o vídeo, você tem que recorrer a um mixer externo e no mixer externo separar o áudio de entrada do áudio de saída e redirecionar somente esse áudio de saída de volta ao computador, enquanto no GNU/Linux você pode fazer isso com o mixer dele mesmo, sem a necessidade de um mixer externo.

Mas antes de fazer comparações e dizer os lados bons e os ruins... sim eles ainda existem... vamos entender como tirar proveito do máximo do seu áudio no GNU/Linux.

Entre as pessoas que vão ler esse artigo estão usuários do Linux e pessoas que não são usuários do Linux e trabalham com áudio, provavelmente você usa o Mac ou o Windows para criação e edição de música, hoje vai ver que existe uma outra opção que pode de primeira não parecer viável, mas com o tempo vai perceber que o Linux em pouco tempo vai tomar essa indústria, visto que ele oferece muitos recursos e liberdade que os outros sistemas não deixam disponíveis à você.

Estou me baseando no Ubuntu para a maioria que estarei mostrando e explicando, porém todos os recursos aqui usados são aplicados para qualquer distribuição, caso seja algo específico de uma distro eu vou mencionar, caso contrário qualquer distro pode usar as ferramentas que vou disponibilizar nesse artigo.

Se você é completamente leigo no GNU/Linux e quer se aventurar, NÃO USE SUA MÁQUINA DE TRABALHO AINDA. Eu aconselho usar o GNU/Linux no seu dia a dia e aprender como mexer no áudio primeiro, porque se instalar ele na sua máquina de trabalho e em um evento ao vivo uma coisinha dá errada, as vaias são inevitáveis e se você fica nervoso e tenta resolver o problema como se o Linux fosse um Windows... não vai ser legal.

Embora esse meu conselho soe bem desmotivador, não se deixe abater, porque o GNU/Linux é tao estável que o maior problema pode estar naquela peça entre a cadeira e o teclado (você :D). Uma vez entendendo como o sistema funciona e colocando em prática o que ler aqui, você estará pronto para usá-lo no local de trabalho.

Usuário do GNU/Linux e quer trabalhar com áudio? Eu vou procurar explicar de uma forma simples, não me aprofundando nas tecnicalidades do áudio ou do GNU/Linux, assim sendo se eu deixar alguns detalhes de lado me perdoe e RTFM (Read The Full Manual :) Eu sei, não é o significado original de RTFM, mas eu prefiro esse).

    Próxima página

Páginas do artigo
   1. Introdução
   2. Entendendo como funciona
   3. Os problemas
   4. Reproduzindo
   5. Criando, gravando e editando
   6. Instalando e configurando
   7. Taxa de amostragem, profundidade e latência
   8. Áudio em tempo real
   9. Usando o GNU/Linux ao vivo
Outros artigos deste autor

Rode o Blackbox no Windows XP

Bug afeta todas as distros

Proteja seu website ou página html com encriptaçâo

Instalando Beryl no Windows XP

Enfeite o LILO com uma imagem de seu gosto

Leitura recomendada

Criar um Servidor TeamSpeak no Ubuntu Server

Computador e Placas Antigas Nvidia em Pleno 2019

Como está o meu bebê?

Convertendo arquivo de vídeo em áudio via ffmpeg (incluindo metadados)

Instalação do Jack Audio Connection Kit

  
Comentários
[1] Comentário enviado por removido em 05/01/2015 - 13:35h

Cara!Agora eu to entendendo porque que som da minha caixa sumiu,foi por causa do jack!Nunca mais eu uso isso ja passei dois dias rachando a cuca pra colocar o som de volta >:O

[2] Comentário enviado por fabio em 05/01/2015 - 13:35h

Afirmo sem medo de errar, esse é um dos melhores artigos publicados aqui no VOL. Parabéns, muito bom mesmo!

Um abraço.

[3] Comentário enviado por azk4n em 05/01/2015 - 14:29h

Excelente contribuição!!!
Realmente o mais completo q já vi!!

[4] Comentário enviado por fabio em 05/01/2015 - 14:39h

Maurício, não sei o que você arrumou por aí, pouco depois da publicação deste artigo haviam 35 visitantes do Reino Unido aqui no VOL kkkk

Estou monitorando pelo "Tempo real" do Google Analytics.

[5] Comentário enviado por claytondeabreu em 05/01/2015 - 16:39h

Acesso o Site pelo menos uma vez por dia mas não tinha cadastro, mas tive que entrar para dizer que esse é um dos melhores artigos que li, tanto por se tratar de GNU/Linux, mas principalmente por tratar de tecnologia musical.
Um artigo maduro, com conteúdo, auto explicativo. Excelente!
Chegando em casa vou instalar uma distribuição na minha partição de testes para configurar e testar!
Parabéns!

[6] Comentário enviado por m4iir1c10 em 05/01/2015 - 16:53h


[4] Comentário enviado por fabio em 05/01/2015 - 14:39h

Maurício, não sei o que você arrumou por aí, pouco depois da publicação deste artigo haviam 35 visitantes do Reino Unido aqui no VOL kkkk

Estou monitorando pelo "Tempo real" do Google Analytics.


Isso só para começar :) Devo dizer também que o novo visual do site ficou excelente, parabéns para toda a galera do VOL.

[7] Comentário enviado por m4iir1c10 em 05/01/2015 - 17:15h


[1] Comentário enviado por SamsonBurke em 05/01/2015 - 13:35h

Cara!Agora eu to entendendo porque que som da minha caixa sumiu,foi por causa do jack!Nunca mais eu uso isso ja passei dois dias rachando a cuca pra colocar o som de volta >:O


Se você não vai usar programas para gravação em tempo real, não quer nem saber de latência baixa, você não precisa do Jack. Faz um teste deixando só o PulseAudio ou o Alsa sozinho (dependendo da sua distro)

[8] Comentário enviado por m4iir1c10 em 05/01/2015 - 17:32h


[5] Comentário enviado por claytondeabreu em 05/01/2015 - 16:39h

Acesso o Site pelo menos uma vez por dia mas não tinha cadastro, mas tive que entrar para dizer que esse é um dos melhores artigos que li, tanto por se tratar de GNU/Linux, mas principalmente por tratar de tecnologia musical.
Um artigo maduro, com conteúdo, auto explicativo. Excelente!
Chegando em casa vou instalar uma distribuição na minha partição de testes para configurar e testar!
Parabéns!


Sem duvidas uma honra saber que através do meu artigo você criou sua conta no VOL. Seja bem vindo a família.

[9] Comentário enviado por removido em 05/01/2015 - 17:34h


[8] Comentário enviado por m4iir1c10 em 05/01/2015 - 17:32h


[5] Comentário enviado por claytondeabreu em 05/01/2015 - 16:39h

Acesso o Site pelo menos uma vez por dia mas não tinha cadastro, mas tive que entrar para dizer que esse é um dos melhores artigos que li, tanto por se tratar de GNU/Linux, mas principalmente por tratar de tecnologia musical.
Um artigo maduro, com conteúdo, auto explicativo. Excelente!
Chegando em casa vou instalar uma distribuição na minha partição de testes para configurar e testar!
Parabéns!


Sem duvidas uma honra saber que através do meu artigo você criou sua conta no VOL. Seja bem vindo a família.


Esse artigo deveria ir para um top five do VOL!Eu ja retirei o pulse audio e o som melhorou bastante :)

[10] Comentário enviado por alvesueliton em 05/01/2015 - 17:45h

Marvado esse Cebolinha hein! :D Muito bom, vlw pelo o Sonic, tava procurando esse programa.

[11] Comentário enviado por ru4n em 05/01/2015 - 20:38h


Excelentíssimo Artigo! Nota 10!

Valeu pelo GIADA, tava precisando de uma ferramenta para loops!

[12] Comentário enviado por mcnd2 em 06/01/2015 - 00:26h

Muito bom!
Para quem não entendia nada de áudio, essa didática dado por seu artigo é uma boa aula.
Já conhecia e uso alguns programas mencionado por você como o Mixxx e Banshee, fora o Alsa e outros por padrão no GNU/Linux.
Parabéns pelo trabalho envolvido.
Ótima contribuição, 10!

[13] Comentário enviado por diogenespelisson em 06/01/2015 - 00:58h

Com certeza o melhor artigo que já li, completo em todos os sentidos.

[14] Comentário enviado por cytron em 06/01/2015 - 09:53h


Ótimo artigo, já trabalhei com áudio no linux quando tinha uma produtora, mas na época não existia um artigo desse! Nem a maioria desses programas hehe.

[15] Comentário enviado por smkbarbosa em 06/01/2015 - 11:02h


Parabéns pelo artigo! Muito completo e enriquecedor!

[16] Comentário enviado por dk_ em 06/01/2015 - 11:16h

Artigo excelente, parabéns pela contribuição!


[17] Comentário enviado por alvesueliton em 06/01/2015 - 12:09h

Aqui as saídas aqui foram essas:

Advanced Linux Sound Architecture Driver Version k3.16.7-7-desktop.

3.16.7-7-desktop #1 SMP PREEMPT Wed Dec 17 18:00:44 UTC 2014 (762f27a) x86_64 x86_64 x86_64 GNU/Linux

CONFIG_IRQ_FORCED_THREADING=y
CONFIG_PREEMPT=y

Mais informações pelo Yast:

PCI 1b.0: 0403 Audio device
[Created at pci.328]
Unique ID: u1Nb.+_ecECHWs79
SysFS ID: /devices/pci0000:00/0000:00:1b.0
SysFS BusID: 0000:00:1b.0
Hardware Class: sound
Model: "Intel 7 Series/C210 Series Chipset Family High Definition Audio Controller"
Vendor: pci 0x8086 "Intel Corporation"
Device: pci 0x1e20 "7 Series/C210 Series Chipset Family High Definition Audio Controller"
SubVendor: pci 0x1043 "ASUSTeK Computer Inc."
SubDevice: pci 0x8445
Revision: 0x04
Driver: "snd_hda_intel"
Driver Modules: "snd_hda_intel"
Memory Range: 0xf7c10000-0xf7c13fff (rw,non-prefetchable)
IRQ: 45 (440 events)
Module Alias: "pci:v00008086d00001E20sv00001043sd00008445bc04sc03i00"
Driver Info #0:
Driver Status: snd_hda_intel is active
Driver Activation Cmd: "modprobe snd_hda_intel"
Config Status: cfg=no, avail=yes, need=no, active=unknown

Com base nesses dados, tenho duas questões:

1. Posso configurar PulseAudio e Jack na mesma placa?

2. Considerando que no PC há Saída/Entrada(mic) Estério analógico(na parte frontal da CPU) - Vou Chama-la de saída A. E há também Saída/Entrada(mic + Line na traseira da CPU) - Esta saída B.
É possível reproduzir sons de aplicativos diferentes ao mesmo tempo, fazendo com que o som de um CD seja enviado para a saída A, enquanto o som de um vídeo no navegador vá para a saída B? Talvez com o Patchage, não sei se ele faz isto, compliquei demais, não! :)

Ah! Já ia esquecendo, a distro é openSUSE13.2.


... Bom, a primeira questão já consegui aqui, funciona perfeitamente, posso ligar e desligar o Jack, sem causar nenhum conflito no PulseAudio, nem é necessário reiniciar o computador. Com exceção do Kaffeine que não reproduz som algum quando o Jack esta conectado.

[18] Comentário enviado por aprendinolinux em 07/01/2015 - 05:49h

Olá @m4iir1c10 (Maurício), este artigo é animal rsrs.
Parabéns

[19] Comentário enviado por m4iir1c10 em 07/01/2015 - 07:18h


[17] Comentário enviado por alvesueliton em 06/01/2015 - 12:09h

Aqui as saídas aqui foram essas:

Advanced Linux Sound Architecture Driver Version k3.16.7-7-desktop.

3.16.7-7-desktop #1 SMP PREEMPT Wed Dec 17 18:00:44 UTC 2014 (762f27a) x86_64 x86_64 x86_64 GNU/Linux

CONFIG_IRQ_FORCED_THREADING=y
CONFIG_PREEMPT=y

Mais informações pelo Yast:

PCI 1b.0: 0403 Audio device
[Created at pci.328]
Unique ID: u1Nb.+_ecECHWs79
SysFS ID: /devices/pci0000:00/0000:00:1b.0
SysFS BusID: 0000:00:1b.0
Hardware Class: sound
Model: "Intel 7 Series/C210 Series Chipset Family High Definition Audio Controller"
Vendor: pci 0x8086 "Intel Corporation"
Device: pci 0x1e20 "7 Series/C210 Series Chipset Family High Definition Audio Controller"
SubVendor: pci 0x1043 "ASUSTeK Computer Inc."
SubDevice: pci 0x8445
Revision: 0x04
Driver: "snd_hda_intel"
Driver Modules: "snd_hda_intel"
Memory Range: 0xf7c10000-0xf7c13fff (rw,non-prefetchable)
IRQ: 45 (440 events)
Module Alias: "pci:v00008086d00001E20sv00001043sd00008445bc04sc03i00"
Driver Info #0:
Driver Status: snd_hda_intel is active
Driver Activation Cmd: "modprobe snd_hda_intel"
Config Status: cfg=no, avail=yes, need=no, active=unknown

Com base nesses dados, tenho duas questões:

1. Posso configurar PulseAudio e Jack na mesma placa?

2. Considerando que no PC há Saída/Entrada(mic) Estério analógico(na parte frontal da CPU) - Vou Chama-la de saída A. E há também Saída/Entrada(mic + Line na traseira da CPU) - Esta saída B.
É possível reproduzir sons de aplicativos diferentes ao mesmo tempo, fazendo com que o som de um CD seja enviado para a saída A, enquanto o som de um vídeo no navegador vá para a saída B? Talvez com o Patchage, não sei se ele faz isto, compliquei demais, não! :)

Ah! Já ia esquecendo, a distro é openSUSE13.2.


... Bom, a primeira questão já consegui aqui, funciona perfeitamente, posso ligar e desligar o Jack, sem causar nenhum conflito no PulseAudio, nem é necessário reiniciar o computador. Com exceção do Kaffeine que não reproduz som algum quando o Jack esta conectado.


Sim e possivel se voce tem duas placas em uma voce roda o Pulse que vai mandar a saida das aplicacoes que nao suportam o Jack nela, por exemplo saida A. digamos que a saida A seja onboard e saida B seja a placa de Audio PCI voce pode configurar o Qjackctl para rodar o Jack somente nela, para isso na opcao do Qjackctl modifique a interface de padrao para o seu especifico hardware.

Caso voce so tem uma placa onboard que nao creio que seja o seu caso ja que a placa que voce indicou e PCI voce pode usar o patchage para mandar o audio do vlc para o playback1 e do pulse para o playback2.

[20] Comentário enviado por manuchelo em 07/01/2015 - 19:12h

Boa =)

[21] Comentário enviado por alvesueliton em 07/01/2015 - 22:19h


[19] Comentário enviado por m4iir1c10 em 07/01/2015 - 07:18h


[17] Comentário enviado por alvesueliton em 06/01/2015 - 12:09h

Aqui as saídas aqui foram essas:

Advanced Linux Sound...

Sim e possivel...

Caso voce so tem uma placa onboard que nao creio que seja o seu caso ja que a placa que voce indicou e PCI voce pode usar o patchage para mandar o audio do vlc para o playback1 e do pulse para o playback2.


Obrigado! Conhece algum comando que dê informações mais claras sobre, quantas, ou quais placas existem no PC?

[22] Comentário enviado por dolivervl em 08/01/2015 - 17:00h

Parabéns pelo excelente artigo, estava esperando isso já faz algum tempo.
Agora sei como acabar com alguns problemas entre o PulseAudio e o Jack.


[23] Comentário enviado por Lisandro em 09/01/2015 - 13:43h


Melhor e mais completo artigo de som que já vi. Meus parabéns pelo excelente trabalho.

[24] Comentário enviado por marciosga em 09/01/2015 - 15:54h

oi, li seu artigo (muito bom por sinal)
mas não vi você comentando sobre interfaces off board.
hoje grava-se musica usando interfaces externas, seja profissional ou não.. e essas interfaces precisam de drives para rodar.
normalmente suas entradas são usb ou fireware.
não vejo as empresas disponibilizando esses drives.
tenho uma interface zoom r16 e não sei como faze-la funcionar no linux.
e outra coisa o ardour e o audacity podem ser programas legais que ajudam a fazer algo aceitável.. mas não chegam perto do sonar, cubase, pro tools etc...
sem falar que não tem como usar os pacotes de plugins profissionais como waves, izitop

[25] Comentário enviado por marciosga em 09/01/2015 - 16:37h

exemplos de interface: Maudio, tascam , presonus...

[26] Comentário enviado por albfneto em 09/01/2015 - 21:30h

é muito bom isso, excelente. Favoritado.

Albfneto, Ribeirão Preto, S.P., Brasil.
Usuário Linux, Linux Counter: 479903.
Distros Favoritas: Sabayon, Gentoo, OpenSUSE, Mageia e OpenMandriva.

[27] Comentário enviado por m4iir1c10 em 09/01/2015 - 22:24h


[24] Comentário enviado por marciosga em 09/01/2015 - 15:54h
...mas não vi você comentando sobre interfaces off board. hoje grava-se musica usando interfaces externas...

Gostaria de poder fazer isso, so nao posso porque eu uso um grupo limitado de hardware e nao queria que o artigo ficase focado em uma configuracao, mais invez disso eu preferi fazer um analise geral.
Eu uso hardwares da Behringer, Focusrite e Native Instruments. Essas companias dao um bom suporte para o Linux em especial a Behringer eu uso o mixer X32 e tudo funciona sem falhas eles ate fizeram um software para controle do mixer.

não vejo as empresas disponibilizando esses drives. Tenho uma interface zoom r16 e não sei como faze-la funcionar no linux.


Ate onde eu sei voce tem que fazer um patch no kernel para fazer funcionar so que ainda assim existe um bug no playback, M-audio, Tascam, etc. Essas empresas ja estao no ramo de audio a um bom tempo, seria bom para elas reconhecer que existimos.

O Ardour e o Audacity podem ser programas legais que ajudam a fazer algo aceitável.. mas não chegam perto do sonar, cubase, pro tools etc...

Voce sabe usar todas as funcoes do Ardour? Pergunto, mais sem ofensas... Eu pensava a mesma coisa ate que eu comecei a me interesar por ele e aprendi a realmente usa-lo

sem falar que não tem como usar os pacotes de plugins profissionais como waves, izitop

Eu acho que uma solucao que os programadores de jogos estao descobrindo este ano e que invez de tentar emular o jogo a melhor saida e fazer o jogo no Linux de forma nativa.
Para mim a saida para o Linux seria criar os seus proprios plugins pois sao poucas as empresas que consideram o Linux durante a criacao dos seus softwares.

Algumas empresas que ainda lembra que existimos:
Behringer, Yamaha, Focusrite, Native Instruments, Sound Devices, Cakewalk, Echo Digital Audio, Alesis, etc.

http://www.overtonedsp.co.uk/

Um bom website para recursos e esse
http://ffado.org/



[28] Comentário enviado por m4iir1c10 em 10/01/2015 - 08:15h


[24] Comentário enviado por marciosga em 09/01/2015 - 15:54h
...tenho uma interface zoom r16 e não sei como faze-la funcionar no linux...


[b]Somente siga as instruções se você souber oque esta fazendo ou se você tem um backup ou um plano B caso tudo de errado. Compilar o Kernel exige conhecimento, sobre tudo do hardware e do seu sistema, principalmente módulos de drivers proprietários, não me culpe se algo der errado[/b]

Sobre a forma de compilar o Kernel que eu mencionei na resposta anterior... se você conhece os procedimentos para recompilar o Kernel faça-o adicionando o seguinte patch em /sound/usb/quirks-table.h

Esse é o link do código original, caso você precise https://github.com/torvalds/linux/blob/master/sound/usb/quirks-table.h
E esse é o código que você deve adicionar.
[code]
{
/* ZOOM R16 in USB 2.0 mode */
USB_DEVICE(0x1686, 0x00dd),
.driver_info = (unsigned long) & (const struct snd_usb_audio_quirk) {
.ifnum = QUIRK_ANY_INTERFACE,
.type = QUIRK_COMPOSITE,
.data = (const struct snd_usb_audio_quirk[]) {
{
.ifnum = 0,
.type = QUIRK_IGNORE_INTERFACE
},
{
.ifnum = 1,
.type = QUIRK_AUDIO_STANDARD_INTERFACE
},
{
.ifnum = 2,
.type = QUIRK_AUDIO_STANDARD_INTERFACE
},
{
.ifnum = 3,
.type = QUIRK_MIDI_STANDARD_INTERFACE
},

{
.ifnum = 4,
.type = QUIRK_AUDIO_FIXED_ENDPOINT,
.data = & (const struct audioformat) {
.formats = SNDRV_PCM_FMTBIT_S24_LE,
.channels = 8,
.iface = 1,
.altsetting = 1,
.altset_idx = 1,
.attributes = UAC_EP_CS_ATTR_SAMPLE_RATE,
.rates = SNDRV_PCM_RATE_44100 |
SNDRV_PCM_RATE_48000 |
SNDRV_PCM_RATE_88200 |
SNDRV_PCM_RATE_96000,
.rate_min = 44100,
.rate_max = 96000,
.nr_rates = 4,
.rate_table = (unsigned int[]) {
44100, 48000, 88200, 96000
}
}
},



{
.ifnum = .1
},


}

}

},
[/code]

Antes de compilar não esqueça de carregar as bibliotecas necessárias e fazer o download do source do Kernel
[code]
$ apt-get install fakeroot build-essential devscripts
$ apt-get build-dep linux
$ apt-get install linux-headers-$(uname -r)
$ apt-get source linux-image-$(uname -r)
cd linux-*
$ make oldconfig
$ make prepare
$ make scripts
[/code]
# Modifique o modulo que for necessário e compile
[code]
$ cp -v /usr/src/linux-headers-$(uname -r)/Module.symvers .
$ make -C /lib/modules/$(uname -r)/build M=$(pwd) drivers/usb/host/xhci-hcd.ko
[/code]

Depois de feito o patch e recompilado o Kernel configure o Jack para modo de captura, como mencionei anteriormente o playback (reprodução) tem um bug. Uma opção seria jogar a reprodução para a outra placa.

Outros problemas reportados:
1. Taxa de amostragem não pode ser alterado uma vez que Jack foi iniciado. Para alterar , pare o Jack , desligar e ligar novamente o Zoom R16 , e configurar Jack com a nova taxa de amostragem.

2. Nenhuma reprodução direta no dispositivo.

3. Superfície de Controle funcionalidades não trabalham .

Eu não tenho uma Zoom R16, portanto tudo oque eu coloquei aqui foi fruto de pesquisa no Google eu não testei mais já que você tem a placa seria bom você testar e postar aqui oque você conseguiu.

A fonte é de 2013 http://linux-audio.4202.n7.nabble.com/re-Zoom-R16-td87487.html

[29] Comentário enviado por nicolo em 15/01/2015 - 11:49h

Prezado Discreto. É de fato o artigo mais completo em língua portuguesa, e um dos poucos sobre o assunto no VOL. Pode ficar tranquilo que não parece arrogância, afinal um homem que não se valoriza não é nada.
Escrevi algo sobre o Jack, mas não contém grandes coisas, também não sou profissional do ramo, nem de informática.
Sua redação em português transparece construções da língua inglesa.
É um grande feito disponibilizar conhecimento em português. A Pátria Amada agradece.

[30] Comentário enviado por fernandosantucci em 21/02/2015 - 05:11h

Oi Maurício,

Durante muito tempo eu usei minha pedaleira de guitarra "Line 6 POD HD 500" como Interface de Audio 24 bit @ 96 KHz na porta USB 2.0 pra gravar com o meu DAW no Windows.

Tem como eu conectá-la ao Ardour com algum driver USB/ALSA/JACK genérico no Ubuntu Desktop 14.04 LTS?

Se não for possível, qual Interface de Audio 24 bit @ 96 KHz com 1 ou 2 canais de entrada e porta USB 2.0 com drivers pra ALSA você recomenda?

A lista de hardwares do site FFADO.org é dedicada a porta firewire da Apple padrão dos MacBooks.
Eu já olhei a lista de hardware do site ALSA.org e os modelos listados são muito antigos, a maioria com porta USB 1.1 de alta-latência, não estão mais em produção e os modelos novos que olhei no site dos fabricantes só tem drivers pra Windows, Mac e iPad.

Qualquer dica será de enorme ajuda.

Parabéns pelo artigo!

[31] Comentário enviado por m4iir1c10 em 21/02/2015 - 10:52h


[30] Comentário enviado por fernandosantucci em 21/02/2015 - 05:11h

Oi Maurício,

Durante muito tempo eu usei minha pedaleira de guitarra "Line 6 POD HD 500" como Interface de Audio 24 bit @ 96 KHz na porta USB 2.0 pra gravar com o meu DAW no Windows.

Tem como eu conectá-la ao Ardour com algum driver USB/ALSA/JACK genérico no Ubuntu Desktop 14.04 LTS?

Se não for possível, qual Interface de Audio 24 bit @ 96 KHz com 1 ou 2 canais de entrada e porta USB 2.0 com drivers pra ALSA você recomenda?

A lista de hardwares do site FFADO.org é dedicada a porta firewire da Apple padrão dos MacBooks.
Eu já olhei a lista de hardware do site ALSA.org e os modelos listados são muito antigos, a maioria com porta USB 1.1 de alta-latência, não estão mais em produção e os modelos novos que olhei no site dos fabricantes só tem drivers pra Windows, Mac e iPad.

Qualquer dica será de enorme ajuda.

Parabéns pelo artigo!


Infelizmente a unica maneira que eu sei essa interface trabalha no Linux e a seguinte:
VirtualBox->Windows 7->Driver para a interface
VitualBox->Pulse Audio->Jack->Ardour

Claro que eu vou concordar se voce me disser que Virtualizacao nao e a mesma coisa que gravacao Nativa porque voce fica limitando o audio pelo Pulse.

Se voce quer usar uma interface de 96Khz a 24bits eu recomendo voce nao usar o usb e sim o firewire, a razao disso e que a maioria das interfaces que dao suporte a Linux vao trabalhar em 48Khz, 16bits no usb e todas que trabalham em usb 2 com 96Khz usam driver proprietario.

Veja essa lista http://wiki.linuxaudio.org/wiki/hardware_matrix

[32] Comentário enviado por fernandosantucci em 21/02/2015 - 13:44h

Você tem razão, todas as interfaces de áudio USB 2.0 só funcionam bidirecional (record + playback) em modo ADVANCED = off, ou seja, 16 bit @ 44.1 KHz. Em modo ADVANCED = on em 24 bit @ 48 ou 96 KHz só funciona unidirecional (record ou playback). A Roland deixa isso bem claro nas especificações técnicas, mesmo para Windows e Mac. A Focurite e Behringer afirmam que é bidirecional. No entanto nos fóruns constatei a experiência de usuários do Behringer UMC204 e do Focusrite Scarlet 2i2 e 2i4 sob Linux com o mesmo problema e além do JACK travar o tempo todo e ter que ficar matando o daemon ou reiniciando a máquina.

O link abaixo compara o Firewire e o USB confirmando que só a partir do USB 3.0 existe conexão Full-Duplex Peer-to-Peer com DMA - Direct Access Memory como no Firewire.
http://en.wikipedia.org/wiki/IEEE_1394#Comparison_with_USB

Infelizmente meu notebook "super poderoso" não tem conexão Firewire, o meu Sony VAIO velhinho tinha a primeira e lenta versão de um mini Firewire S400.

Será que a Engenharia de Audio no Linux está com os dias contados com o boicote da indústria de hardware, inexistência de Interfaces de Audio USB 3.0 e a ditadura proprietária da conexão Firewire da Apple sem suporte na plataforma PC?

Não seria o caso da comunidade produzir uma USB 3.0 Audio Interface Open Source nos moldes do ARDUINO?

A única saída para o áudio profissional é comprar um MacBook da Apple e gastar uma fortuna com o M-Audio e ProTools?

Se não existirem respostas pra essas perguntas me sentirei decepcionado e frustrado.

[33] Comentário enviado por m4iir1c10 em 23/02/2015 - 14:00h


Será que a Engenharia de Audio no Linux está com os dias contados com o boicote da indústria de hardware, inexistência de Interfaces de Audio USB 3.0 e a ditadura proprietária da conexão Firewire da Apple sem suporte na plataforma PC?

Eu não creio nessa hipótese, minha razão para acreditar no contrario e exatamente oque o meu artigo mostra, o Linux esta em constante desenvolvimento, claro que não e justo comparar o desenvolvimento de pessoas que amam o que fazem para o desenvolvimento de pessoas que são pagas para produzir ou serão despedidos :)
Porem o fato de que o numero de pessoas usando o Linux esta aumentando, e isso sempre ajuda a fazer o nosso pinguim ser considerado pelos fabricantes.


Não seria o caso da comunidade produzir uma USB 3.0 Audio Interface Open Source nos moldes do ARDUINO?

Claro que sim, como mensionei em umas das minhas respostas os desenvolvedores de jogos no Linux ja perceberam que copiar (crackear) o sistema proprietario para criar um generico para Linux e um processo muito lento e trabalhoso, melhor e criar um programa nativo, no caso da sua pergunta, um drive nativo de um hardware nao proprietario.
Os Ingleses criaram a Raspberry Pi que se tornou em uma febre mundial... POXA PESSOAL VAMOS FAZER AS CONTAS... OPEN SOFTWARE + OPEN HARDWARE = USUARIO LINUX FELIZ. (Desculpe pelo desabafo)


A única saída para o áudio profissional é comprar um MacBook da Apple e gastar uma fortuna com o M-Audio e ProTools?


NNNNAAAAOOOOOO!!!!!!!


[34] Comentário enviado por m4iir1c10 em 24/02/2015 - 21:46h


[24] Comentário enviado por marciosga em 09/01/2015 - 15:54h
...tenho uma interface zoom r16 e não sei como faze-la funcionar no linux.


Boas noticias, sua zoom 16 e completamente compativel com AVLinux 6

http://www.bandshed.net/pdf/SupportedHardware.pdf

Leia a pagina 11 desse pdf.


http://www.bandshed.net/AVLinux.html

[35] Comentário enviado por m4iir1c10 em 25/02/2015 - 06:18h

Mix feito pelo Diego no LMMS
http://www.vivaolinux.com.br/~djdihengo

[youtube] https://www.youtube.com/watch?v=KInS2jZFKqs [/youtube]

If root is enabled, noobs must be disabled.

[36] Comentário enviado por fernandosantucci em 02/03/2015 - 04:17h

RME lançou em 2014 a primeira Interface de Audio USB 3.0

http://www.rme-audio.de/en/products/madiface_xt.php

Agora a plataforma PC vai poder monitorar a gravação em modo full-duplex com uma largura de banda de 10 Gbps permitindo a edição de até 394 canais @ 192 KHz 24 bit. Desempenho muito superior aos 3.2 Gbps da porta Firewire 3200 da Apple.

[37] Comentário enviado por fernandosantucci em 06/03/2015 - 16:42h

Estaria a Apple abandonando a sua novíssima porta Firewire 3200 de 3.2 Gbps pela porta nova USB de 10 Gbps?

http://olhardigital.uol.com.br/noticia/novo-ipad-pode-vir-com-entrada-usb/47183

[38] Comentário enviado por marciosga em 12/03/2015 - 22:49h


[34] Comentário enviado por m4iir1c10 em 24/02/2015 - 21:46h


[24] Comentário enviado por marciosga em 09/01/2015 - 15:54h
...tenho uma interface zoom r16 e não sei como faze-la funcionar no linux.


Boas noticias, sua zoom 16 e completamente compativel com AVLinux 6

http://www.bandshed.net/pdf/SupportedHardware.pdf

Leia a pagina 11 desse pdf.


http://www.bandshed.net/AVLinux.html

aew agora sim!!! vou baixar , mas não vou instalar de cara.. tenho que aprender a mexer no ardour...
estou muito acostumado com o sonar x3 e plugins da waves...
sabe se tem tradução para o portugues no ardour?

[39] Comentário enviado por m4iir1c10 em 01/04/2015 - 14:43h

So um update, comprei a Scallett 2i2 da Focusrite e ela consegue fazer duplex em 24bits 96khz pelo USB 2.0...
Funcionou "out-of-the-box", nao tive que configurar nada, somente apontar o qjackctrl para a mesma.
Tive alguns xruns, mais so foi aumentar o buffer e tudo ficou redondo. Ela oference Direct Monitor oque compensa pelo aumento do buffer assim sendo nao interessa se existe latencia ou nao se voce fizer a gravacao monitorando direto nela.

Estou testano no meu laptop Sony Vaio 8GB Ram, Intel i5 dual core 1.8Ghz, USB 2.0, Lubuntu 14.04 64bits, Kernel 3.13.0-48-lowlatency

Meu contato? anote ai :)
51.562532 -0.109389
51° 33' 45.1152'' N, 0° 6' 33.8004'' W

[40] Comentário enviado por Grinder em 11/04/2015 - 19:39h


O artigo é completíssimo, fiquei até com vergonha de entrar aqui para pedir ajuda hehe
Mas como o senhor é o cara que entende de som, preciso da sua opnião por favor.

Estou há uns 3 dias lutando aqui contra meu Slackware para deixar o SOM dele tão bom quanto é no meu Debian.
O seu artigo trouxe muitas informações, uma delas foi que o PulseAudio precisa do ALSA para funcionar.
Outra foi que o JACK e PulseAudio não se bicam, achei que um não tinha nada a ver com o outro.
Tenho duas dúvidas

1- Visando a melhor qualidade de som para meu uso que é escutar músicas em (flac, ape, mp3) e jogos steam.
PulseAudio? Alsa comente? PulseAudio + Jack? Ou somente Jack?

2- Após eu ter escolhido os controladores de som, como saber se o som que estou ouvindo do youtube, player de som está usando PulseAudio ou Alsa ou Jack?

[41] Comentário enviado por m4iir1c10 em 13/04/2015 - 11:58h


[40] Comentário enviado por Grinder em 11/04/2015 - 19:39h
O artigo é completíssimo, fiquei até com vergonha de entrar aqui para pedir ajuda hehe
Mas como o senhor é o cara que entende de som, preciso da sua opnião por favor.

Obirgado, conte comigo :)

...
Tenho duas dúvidas

1- Visando a melhor qualidade de som para meu uso que é escutar músicas em (flac, ape, mp3) e jogos steam.
PulseAudio? Alsa comente? PulseAudio + Jack? Ou somente Jack?

Voce esta usando o Slackware entao eu creio que voce conhece bem o Linux ou voce nao tem medo de se aventurar no Linux... A minha resposta e que qualquer um deles pode te proporcionar audio em alta qualidade, tudo vai depender do seu hardware.
Alsa = audio em Alta qualidade por padrao ja que o ALSA usa PCM para a saida do audio, quer dizer audio puro.
Jack = facilmente voce pode configurar o Jack usando o qjackctrl, como as configuracoes para a saida da sua placa estao em um drop-down menu voce pode verificar ali qual sao os valores suportado pela sua placa. Melhor que usando o pulseaudio onde voce tem que tentar um por um ate achar o valor aceito pela sua placa. Meu laptop por exemplo eu tenho em 24bit 192Khz e eu sou exagerado :)
Pulseaudio = Voce pode rodar o pulse em alta qualidade embora a configuracao e por padrao qualidade de cd 16bits 44.1Khz, voce pode checar isso digitando no termial:
[code]
pacmd list-sinks | grep sample
[/code]
Se retornar o padrao sera
sample spec: s16le 2ch 44100Hz

Para modificar e deixar em alta definicao como eu disse antes depende do seu hardware, em um dos meus computadores eu tenho o maximo da placa de audio como 32bit 2ch 96KHz para acertar o correto modifique as variaveis do /etc/pulse/daemon.conf para o seguintes valores:
[code]
default-sample-format = s32le
default-sample-rate = 96000
alternate-sample-rate = 48000
default-sample-channels = 2
default-channel-map = front-left,front-right
[/code]
reinicie o pulseaudio e se ao tocar algum audio voce percebe problemas de clipping, audio distorcido, etc. modifique os valores seguindo a seguinte tabela
default-sample-format = u8 / s16le / s16be / float32le / float32be / alaw / ulaw / s32le / s32be / s24le / s24be / s24_32le / s24_32be
default-sample-rate e alternate-sample-rate devem ser ajustado com um maior que o outro, caso a origem do audio seja diferente de qualquer um dos dois o sample vai ser modificado para o valor mais proximo por exemplo 96Khz em uma configuracao onde o default e 48Khz e o alternate e 44.1KHz o resample vai ser 48KHz. Os valores abaixo podem nao estar todos presente na sua placa de audio.

default-sample-rate e alternate-sample-rate = 8000 11025 22050 44100 48000 88200 96000 176400 192000. Qualquer valor abaixo de 44100 voce vai sentir a queda de qualidade, valores acima de 96000 e puritaismo (Se essa palavra nao existe acabei de inventar, significa a busca do puro sem levar em consideracao o relevante). O Pulseaudio tem o limite de 192Khz, se o seu dispositivo tem 384Khz (exagerado !!!) o Pulse vai somente rodar a 192Khz.

default-sample-channels = 2, 6, 8, etc... ate 32 canais podem ser mapeados ( so modifique o valor de 2 para qualquer outro se voce tem um sistema com mais de duas caixas e voce quer surround-sound nelas ) 2 = estereo, 6 = surround 5.1, 8 = surround 7.1 acima disso so se voce quer gravacao em multi-track em um dispositivo externo.
default-channel-map = posicao das caixas de som, isso so e usado caso voce tem um sistema de surround-sound no seu computador

Rodando mais uma vez o comando pacmd list-sinks | grep sample voce deve ver o valor que voce configurou. No meu exemplo sample spec: s32le 2ch 96000Hz
Se por acaso nao ter retorno nesse comando o seu pulseaudio travou e agora nao consegue reiniciar, voce esta sem audio :( modifique o arquivo /etc/pulse/daemon.conf novamente retornando o valor anterior e reinicie o seu pulseaudio.
Se voce nao tem o Jack e esta tentando achar o valor ideal para a sua placa eu recomendo trocar o default-sample-format primeiro e depois o default-sample-rate.

Ufa !!!! desculpe por uma resposta tao comprida :) Eu acho que como todos oferecem audio em alta qualidade e voce nao quer gravar o audio mais somente ouvir, usa o pulseaudio com a configuracao que seja ideal para a sua placa de audio. Eu tenho alguns computadores que eu uso para gravacao somente com o Jack, ja que para gravacao ele e o melhor.
No laptop eu tenho o Jack sempre rodando junto com o Pulse, eu so disativo o pulse quando eu vou editar com o Ardour ou fazer alguma gravacao.

2- Após eu ter escolhido os controladores de som, como saber se o som que estou ouvindo do youtube, player de som está usando PulseAudio ou Alsa ou Jack?


Essa e facil e rapida... O audio do youtube vai ser gerado pelo flash assim sendo voce sempre vai usar oque o navegador usa, todos os navegadores que eu conheco no Linux usam o pulseaudio, somente o Google Chrome usa o ALSA direto ( O bicho ruim, so! ), ele faz isso por causa de copyright, eles querem proteger o conteudo da web contra gravacao e evitar se perder em versoes e mais versoes para cada servidor de audio disponivel no Linux... mais fazer oque ne? Quem pode, pode. Eles tem os hackers deles configurando o browser para usar o alsa direto... desde que funcione... Eu so uso o Chrome para assistir Netflix :|

Eu ouvi falar, que o firefox esta desenvolvendo um plugin para eles usarem o Jack ( viva !!! ), mais por enquando voce pode seguir o meu artigo para desviar o audio do pulse para o Jack assim voce pode gravar, colocar efeitos, etc

http://www.vivaolinux.com.br/artigo/Audio-Profissional-no-GNULinux/?pagina=6

Alguns players como VLC, Audacious, Amarok, etc eles tem suporte para o Jack, para ter certeza que esta usando o Jack entre na configuracao do audio de cada um deles e selecione o Jack inves do pulseaudio ou alsa.

Desculpe as edicoes da minha resposta e que conforme eu fui pensando eu fui me corrigindo :)

Meu contato? anote ai :)
51.562532 -0.109389
51° 33' 45.1152'' N, 0° 6' 33.8004'' W

[42] Comentário enviado por Grinder em 13/04/2015 - 22:36h

Muito obrigado pela resposta completa.
Consegui deixar meu som muito limpo usando aquela configuração do daemon.conf talvez seja isso que o som no Debian seja ótimo, vou checar pra ver.
Vou continuar te pentelhando já que as coisas estão dando certo :-)

Pra facilitar suas respostas, minha configuração é
Uma Asus Z97-Pro que possui uma Realtek ALC 1150 Crystal Sound 2
E possuo duas coisas de som + sub (2.1) se é que se pode chamar disso hehe

Existe a possibilidade de alguma configuração do ALSA estar prejudicando a qualidade geral do som?
Eu tenho quase certeza que existe alguma config aqui do ALSA + Slackware que esteja atrapalhando também, digo isso pois o ALSA aqui mostra sempre playback channel : MONO, já no Debian mostra STEREO.
Existe alguma configuração do ALSA pra deixar meu SOM certinho, Stereo? cristalino?

Você me resolvendo essa eu mato 99% dos meus problemas. O outro 0,01 é o pulse audio + skype, mas isso deixo pra depois.

Edit:
Obtive progresso...

Eu nunca iria imaginar, mas acabei imaginando haha, eu suspeitava que tinha a ver algo com o Mate.
Resumindo, eu compilei com o Mate com pulseaudio instalado e tinha duas dependência do Mate que dizia que Carregava o pulseaudio. No caso era o mate-mixer que compilou junto com pulseaudio e o outro foi o mate-settings-daemon que aparecia PulseAudio Off, então tive que instalar o alsa-plugins para conseguir imbutir o PulseAudio no mate-settings-daemon.

Depois de tudo isso, consegui que aparecesse Stereo no mixer do Mate e a qualidade de som ainda melhorou, chegando ao nível do Debian.

Mas ainda fico no aguardo de alguma configuração extra para ser feita no ALSA.

[43] Comentário enviado por Grinder em 17/04/2015 - 18:22h


Com Alsa instalado somente eu digito
[code]speaker-test[/code]
Playback device is default
Stream parameters are 48000Hz, S16_LE, 1 channels
Using 16 octaves of pink noise
Rate set to 48000Hz (requested 48000Hz)

Como mudo isso para 2 channels, S32_LE igual você me mostrou no PulseAudio?

[44] Comentário enviado por M4iir1c10 em 18/04/2015 - 05:44h


[43] Comentário enviado por Grinder em 17/04/2015 - 18:22h


Com Alsa instalado somente eu digito
[code]speaker-test[/code]
Playback device is default
Stream parameters are 48000Hz, S16_LE, 1 channels
Using 16 octaves of pink noise
Rate set to 48000Hz (requested 48000Hz)
Como mudo isso para 2 channels, S32_LE igual você me mostrou no PulseAudio?


Ok, deixa eu pensar como que eu posso explicar em outras palavras... Lembra quando eu respondi isso :
Alsa = audio em Alta qualidade por padrao ja que o ALSA usa PCM para a saida do audio, quer dizer audio puro.

Em outras palavras oque eu quiz dizer com audio puro e que ele vai tocar oque voce jogar nele, se voce jogar nele um audio porcaria ele vai tocar porcaria, se voce jogar nele um audio violentamente bom ele vai tocar violentamente bom. Quer dizer ele nao muda o audio para tocar de acordo com o seu dispositivo o alsa vai tocar oque voce mandar para ele.

Claro que voce pode ajustar o alsa para responder a audios gravados de acordo com o seu dispositivo quando voce usa uma aplicacao qualquer e isso e exatamente oque as distros fazem por padrao. Assim sendo quando voce configurou o pulseaudio para o rate desejado o alsa autmaticamente trabalha naquele rate.

O caminho certo para voce ver como o alsa esta trabalhando e esse:
cat /proc/asound/card0/pcm0p/sub0/hw_params

No meu laptop eu tenho esse retorno
access: MMAP_INTERLEAVED
format: S32_LE
subformat: STD
channels: 2
rate: 192000 (192000/1)
period_size: 4096
buffer_size: 8192

So que seu eu faco isso:
aplay /usr/share/sounds/alsa/Front_Center.wav

eu vou ver isso:
Playing WAVE '/usr/share/sounds/alsa/Front_Center.wav' : Signed 16 bit Little Endian, Rate 48000 Hz, Mono

Porem eu nao estou abaixando o sample rate eu estou tocando o audio original direto* no alsa como ele foi gravado.
Para provar que nao estou dizendo uma teoria vamos testar mais uma coisa, digite no terminal.
alsamixer

Ao carregar o mixer aperte F4 para carregar a placa de captura, dependendo do seu sistema voce deve configurar o microphone (captura) para encher somente a area em verde, se o volume estiver no vermelho ou no branco a nossa gravacao teste vai ter muito barulho, certifique que o canal nao esta mudo e todos os outros canais que voce possa ter estao totalmente baixos.
No meu caso eu tenho "Mic Boost", "Capture" e "Digital", Mic Boost e Digital estao totalmente baixos e Capture somente a area em verde, depois disso aperte esc para sair e digite o seguinte no terminal

arecord -d 10 -f s32_le -t wav -r 96000 > /tmp/test.wav

arecord = alsa recorder (Gravador do alsa)
-d = duracao em segundos
-f = formato em bitsample
-t = formato do audio
-r = rate em hertz

Depois de feito a gravacao ao tocar o audio

aplay /tmp/test.wav

O retorno sera
Playing WAVE '/tmp/test.wav' : Signed 32 bit Little Endian, Rate 96000 Hz, Mono

Nesse exemplo voce ve que eu nao estou tocando nem o padrao 44.1Khz e nem a configuracao da minha placa 192Khz e sim o sample do audio que eu gravai em 96Khz

Voce viu que no final esta mono? Porque?
Todo microphone de computador e mono.

Tem como fazer ele stereo?
Nao tem como fazer o microphone stereo, porque para isso voce precisa de duas entradas de audio. Para voce ter uma ideia de como e um microphone stereo veja essa foto:
http://www.bhphotovideo.com/images/images2000x2000/Audio_Technica_AT2022_AT2022_X_Y_Stereo_Microphon...

Viu como tem dois receptores? Agora o audio gravado no seu microphone mono pode ficar stereo se voce usar uma aplicacao como o audacity que vai "dobrar" o audio mono e criar um canal "stereo" ou como algumas pessoas se referem a "Joint Stereo" que nao e exatamente stereo e sim um mono duplicado.

Espero ter explicado e nao complicado :)

Obs: *aplay nao usa o pulseaudio ou jack e sim o alsa diretamente por padrao.



[45] Comentário enviado por Grinder em 19/04/2015 - 23:51h

Obrigado novamente pela resposta, na verdade você é a única pessoa que eu vi que entende de som. Eu era um noob antes de ler seu artigo e suas respostas as minhas perguntas.

Quanto ao speaker-test e aplay eu entendi o que você quis dizer, resumindo, ele vai me mostrar os dados do arquivo do som e não da configuração de áudio do meu computador.

Mas aqui ainda tem problemas.

1- Vou até tirar uma foto pra você entender direitinho o que eu quero dizer.
Com Alsa, ou Alsa + Jack meu painel de controle do volume mostra meu som como MONO, como nessa foto.
http://i764.photobucket.com/albums/xx288/Eric_Fernandes/Screenshot_zpsfbei2bcm.png

Mas usando Pulseaudio, essa mesma imagem mostra como STEREO
Isso que eu queria entender.

2-
O caminho certo para voce ver como o alsa esta trabalhando e esse:
cat /proc/asound/card0/pcm0p/sub0/hw_params


Aqui dá
No such file or directory

3- Eu gosto de verificar a qualidade das músicas que eu baixo em FLAC e MP3, pra ver se não é bitrate falso, regravação, etc...
Para isso eu uso 2 programas (Windows)
EncSpot -> para Mp3, ele dá várias informações úteis
Adobe Audition -> Pelo "spectrogama" dele eu consigo ver se é flac mesmo, se é mp3, até arrisco acertar os bitrates só de olhar também.

Meu objetivo é eliminar esses dois aplicativos do Windows e encontrar algo que faça o mesmo mas para Linux, existe? Qual você recomenda?

Cheguei a instalar hoje o lmms, ardour, qtractor e nenhum deles faz isso que eu preciso.

[46] Comentário enviado por M4iir1c10 em 20/04/2015 - 09:51h


[45] Comentário enviado por Grinder em 19/04/2015 - 23:51h
1- Vou até tirar uma foto pra você entender direitinho o que eu quero dizer.
Com Alsa, ou Alsa + Jack meu painel de controle do volume mostra meu som como MONO, como nessa foto.
http://i764.photobucket.com/albums/xx288/Eric_Fernandes/Screenshot_zpsfbei2bcm.png

Mas usando Pulseaudio, essa mesma imagem mostra como STEREO
Isso que eu queria entender.

2- O caminho certo para voce ver como o alsa esta trabalhando e esse:
cat /proc/asound/card0/pcm0p/sub0/hw_params

Aqui dá
No such file or directory

3- Eu gosto de verificar a qualidade das músicas que eu baixo em FLAC e MP3, pra ver se não é bitrate falso, regravação, etc...
Para isso eu uso 2 programas (Windows)
EncSpot -> para Mp3, ele dá várias informações úteis
Adobe Audition -> Pelo "spectrogama" dele eu consigo ver se é flac mesmo, se é mp3, até arrisco acertar os bitrates só de olhar também.

Meu objetivo é eliminar esses dois aplicativos do Windows e encontrar algo que faça o mesmo mas para Linux, existe? Qual você recomenda?

Cheguei a instalar hoje o lmms, ardour, qtractor e nenhum deles faz isso que eu preciso.


1-) Vamos iniciar um analise do seu sistema, digite os seguinte comandos e mande o retorno do comando aqui.
cat ~/.jackdrc
cat ~/.asoundrc
amixer

2-) Tenta isso
cat /proc/asound/card*/pcm*/sub*/hw_params

3-) Informacoes sobre o audio por dentro e por fora :)
mediainfo

Spectrograma e outras informacoes

Audacity e Sonic-visualiser sendo que o Sonic mostra muitas infomacoes em tempo real enquanto voce esta tocando incluindo o spectrograma.




[47] Comentário enviado por Grinder em 20/04/2015 - 11:57h

1-> cat ~/.jackdrc
/usr/bin/jackd -p 128 -R -P 60 -T -d alsa -n 2 -r 192000 -p 1024 -d hw:0,0

cat ~/.asoundrc
cat: /home/eric/.asoundrc: No such file or directory

amixer
Simple mixer control 'Master',0
Capabilities: pvolume pvolume-joined pswitch pswitch-joined
Playback channels: Mono
Limits: Playback 0 - 87
Mono: Playback 51 [59%] [-27.00dB] [on]
Simple mixer control 'Headphone',0
Capabilities: pvolume pswitch
Playback channels: Front Left - Front Right
Limits: Playback 0 - 87
Mono:
Front Left: Playback 87 [100%] [0.00dB] [on]
Front Right: Playback 87 [100%] [0.00dB] [on]
Simple mixer control 'PCM',0
Capabilities: pvolume
Playback channels: Front Left - Front Right
Limits: Playback 0 - 255
Mono:
Front Left: Playback 255 [100%] [0.00dB]
Front Right: Playback 255 [100%] [0.00dB]
Simple mixer control 'Front',0
Capabilities: pvolume pswitch
Playback channels: Front Left - Front Right
Limits: Playback 0 - 87
Mono:
Front Left: Playback 87 [100%] [0.00dB] [on]
Front Right: Playback 87 [100%] [0.00dB] [on]
Simple mixer control 'Front Mic',0
Capabilities: pvolume pswitch
Playback channels: Front Left - Front Right
Limits: Playback 0 - 31
Mono:
Front Left: Playback 0 [0%] [-34.50dB] [off]
Front Right: Playback 0 [0%] [-34.50dB] [off]
Simple mixer control 'Front Mic Boost',0
Capabilities: volume
Playback channels: Front Left - Front Right
Capture channels: Front Left - Front Right
Limits: 0 - 3
Front Left: 0 [0%] [0.00dB]
Front Right: 0 [0%] [0.00dB]
Simple mixer control 'Surround',0
Capabilities: pvolume pswitch
Playback channels: Front Left - Front Right
Limits: Playback 0 - 87
Mono:
Front Left: Playback 87 [100%] [0.00dB] [on]
Front Right: Playback 87 [100%] [0.00dB] [on]
Simple mixer control 'Center',0
Capabilities: pvolume pvolume-joined pswitch pswitch-joined
Playback channels: Mono
Limits: Playback 0 - 87
Mono: Playback 87 [100%] [0.00dB] [on]
Simple mixer control 'LFE',0
Capabilities: pvolume pvolume-joined pswitch pswitch-joined
Playback channels: Mono
Limits: Playback 0 - 87
Mono: Playback 87 [100%] [0.00dB] [on]
Simple mixer control 'Side',0
Capabilities: pvolume pswitch
Playback channels: Front Left - Front Right
Limits: Playback 0 - 87
Mono:
Front Left: Playback 0 [0%] [-65.25dB] [on]
Front Right: Playback 0 [0%] [-65.25dB] [on]
Simple mixer control 'Line',0
Capabilities: pvolume pswitch
Playback channels: Front Left - Front Right
Limits: Playback 0 - 31
Mono:
Front Left: Playback 0 [0%] [-34.50dB] [off]
Front Right: Playback 0 [0%] [-34.50dB] [off]
Simple mixer control 'Line Boost',0
Capabilities: volume
Playback channels: Front Left - Front Right
Capture channels: Front Left - Front Right
Limits: 0 - 3
Front Left: 0 [0%] [0.00dB]
Front Right: 0 [0%] [0.00dB]
Simple mixer control 'IEC958',0
Capabilities: pswitch pswitch-joined
Playback channels: Mono
Mono: Playback [off]
Simple mixer control 'IEC958 Default PCM',0
Capabilities: pswitch pswitch-joined
Playback channels: Mono
Mono: Playback [on]
Simple mixer control 'Capture',0
Capabilities: cvolume cswitch
Capture channels: Front Left - Front Right
Limits: Capture 0 - 63
Front Left: Capture 0 [0%] [-17.25dB] [off]
Front Right: Capture 0 [0%] [-17.25dB] [off]
Simple mixer control 'Capture',1
Capabilities: cvolume cswitch
Capture channels: Front Left - Front Right
Limits: Capture 0 - 63
Front Left: Capture 0 [0%] [-17.25dB] [off]
Front Right: Capture 0 [0%] [-17.25dB] [off]
Simple mixer control 'Auto-Mute Mode',0
Capabilities: enum
Items: 'Disabled' 'Enabled'
Item0: 'Enabled'
Simple mixer control 'Input Source',0
Capabilities: cenum
Items: 'Front Mic' 'Rear Mic' 'Line'
Item0: 'Front Mic'
Simple mixer control 'Input Source',1
Capabilities: cenum
Items: 'Front Mic' 'Rear Mic' 'Line'
Item0: 'Front Mic'
Simple mixer control 'Rear Mic',0
Capabilities: pvolume pswitch
Playback channels: Front Left - Front Right
Limits: Playback 0 - 31
Mono:
Front Left: Playback 0 [0%] [-34.50dB] [off]
Front Right: Playback 0 [0%] [-34.50dB] [off]
Simple mixer control 'Rear Mic Boost',0
Capabilities: volume
Playback channels: Front Left - Front Right
Capture channels: Front Left - Front Right
Limits: 0 - 3
Front Left: 0 [0%] [0.00dB]
Front Right: 0 [0%] [0.00dB]


2-> cat /proc/asound/card*/pcm*/sub*/hw_params
cat: /proc/asound/card*/pcm*/sub*/hw_params: No such file or directory

Entrei nessa pasta /proc/asound pra ver oq tem dentro e olha
NVidia card0 cards hwdep pcm timers
PCH card1 devices modules seq version
bash-4.3$ cd card0
bash-4.3$ ls
codec#0 id

3-> Obrigado, vou pesquisar sobre eles.
Audacity infelizmente vou ter que tirar da lista, não consigo compilar :-(

[48] Comentário enviado por M4iir1c10 em 20/04/2015 - 21:19h


[47] Comentário enviado por Grinder em 20/04/2015 - 11:57h
cat ~/.asoundrc
cat: /home/eric/.asoundrc: No such file or directory
...
amixer
Simple mixer control 'Master',0
Capabilities: pvolume pvolume-joined pswitch pswitch-joined
Playback channels: Mono
...

2-> cat /proc/asound/card*/pcm*/sub*/hw_params
cat: /proc/asound/card*/pcm*/sub*/hw_params: No such file or directory
...
3-> Obrigado, vou pesquisar sobre eles.
Audacity infelizmente vou ter que tirar da lista, não consigo compilar :-(


1-) Faz o download desse script e rode ele. http://www.alsa-project.org/alsa-info.sh

vai ser um resultado enorme, poste no pastebin http://pastebin.com/ e coloca aqui o link.

Obs. Se voce insiste em configurar o alsa eu creio que e porque voce quer usar somente o alsa, no screenshot voce esta usando o jack... Quando voce usa o Jack ele tem a prioridade da placa de audio, por exemplo se voce iniciar o jack e rodar o programa aplay para tocar um audio, nao vai sair nada e o terminal vai ficar parado, ao parar o jack o audio do aplay vai tocar. Em outras palavras, enquanto o alsa esta ocupado com o jack ele nao vai tocar nada que outra aplicacao tente tocar, so quando ele terminar a atividade com o jack.

Como eu disse no meu artigo, voce pode usar somente o alsa, para isso retire o jack e o pulse e instale o gnome-alsamixer. Voce pode usar somente o Jack + alsa, ou Pulse + alsa ou o Jack + Pulse + alsa. sendo que as ultimas alternativas voce nao vai tocar no alsa direto e sim nos adicionados a ele.

2-) Teste isso
find /proc/asound -iname "hw_params"
Onde aparecer um caminho para o arquivo copie e cole no comando

cat {caminho do arquivo}

3-) Ja tentou usar um package invez de compilar?

[49] Comentário enviado por Grinder em 20/04/2015 - 23:31h


1- Executei o script
http://pastebin.com/QCjMWaVw

Sua observação está correta, como uso Slackware e você deve saber disso, Slackware não gosta de PulseAudio e o Jack pra mim é desnecessário acredito eu, por ele ser usado por profissionais. Na verdade verdadeira, queria usar somente o ALSA mesmo, já que depois de ter lido tudo e conversado com você, o ALSA somente é o suficiente, já que apenas gosto de ouvir músicas com qualidade e uso o navegador Google Chrome.

E o meu problema, não é com o Jack, já que ele funcionou perfeitamente (testei ele no qtractor e no audacious) e o PulseAudio está funcionando também, inclusive resolve o problema do MONO no Painel de Controle do Volume.

Então a minha briga agora é com o ALSA mesmo, que desde o princípio suspeitei que ele não tivesse 100%

2- Simplesmente, não acontece nada quando digito esse caminho.

3- Não achei o pacote compilado do Audacious pro Slackware, vou dar uma procurada melhor

[50] Comentário enviado por M4iir1c10 em 27/04/2015 - 04:33h


[49] Comentário enviado por Grinder em 20/04/2015 - 23:31h
1- Executei o script
http://pastebin.com/QCjMWaVw
...
Desculpe a demora, estive ocupado esses ultimos dias, porem estou devolta...

E o meu problema, não é com o Jack, já que ele funcionou perfeitamente (testei ele no qtractor e no audacious) e o PulseAudio está funcionando também, inclusive resolve o problema do MONO no Painel de Controle do Volume.
Então a minha briga agora é com o ALSA mesmo, que desde o princípio suspeitei que ele não tivesse 100%

[code]
mplayer -ao alsa -af pan=2:0:1 /usr/share/sounds/alsa/Noise.wav # Toca no lado direito
mplayer -ao alsa -af pan=2:1:0 /usr/share/sounds/alsa/Noise.wav # Toca no lado esquerdo
[/code]
Me diz se o codigo acima produz o som de ruido em autofalantes separados, o primeiro no lado direito e o segundo no lado esquerdo.

2- Simplesmente, não acontece nada quando digito esse caminho.

Depois que voce digita o comando find aparece algum caminho? qual e esse caminho?
Caso nao aparece nenhum adicione * antes e depois das aspas

find /proc/asound -iname "*hw_params*"

3- Não achei o pacote compilado do Audacious pro Slackware, vou dar uma procurada melhor

Audacity, nao Adacious... um e editor e o outro e um player (tocador). Usa o slackbuilds.

http://slackbuilds.org/repository/14.1/audio/audacity/


[51] Comentário enviado por Grinder em 30/04/2015 - 16:33h

Oi, voltei também :-)

1- Eu não tenho o mplayer, acho que é por isso que não funciona esses comandos.

2-
/proc/asound/card0/pcm0c/sub0/hw_params
/proc/asound/card0/pcm0p/sub0/hw_params
/proc/asound/card0/pcm1p/sub0/hw_params
/proc/asound/card0/pcm2c/sub0/hw_params
/proc/asound/card1/pcm3p/sub0/hw_params
/proc/asound/card1/pcm7p/sub0/hw_params
/proc/asound/card1/pcm8p/sub0/hw_params
/proc/asound/card1/pcm9p/sub0/hw_params


3- Ahh, achei dois programas que fazem exatamente o que eu preciso
Um deles se chama Spek http://spek.cc inclusive eu criei um SlackBuild para ele e enviei pro SlackBuilds.org
http://slackbuilds.org/repository/14.1/multimedia/spek/?search=spek

O outro se chama ocenaudio

[52] Comentário enviado por tonyhts em 26/06/2015 - 22:47h


Melhor artigo que ja li aqui no VOL ! Bacanaaaaaaaaço

Parabens @m4iir1c10

[53] Comentário enviado por Deleve em 16/01/2016 - 08:04h

Muito bom! Artigo nota 10!
Bitwig é ANIMAL!!! eu uso.

[54] Comentário enviado por castilhos em 25/01/2016 - 16:52h

Salve amigo m4iir1c10, o seu Tutorial é incrível!!!

Estava sofrendo há dias com as configurações propostas pela net à fora, mas a sua foi na mosca.

Tenho Estúdio top agora. Meu Ubuntu Studio está show demais.

Muito obrigado amigo.

[55] Comentário enviado por walberth em 10/02/2016 - 00:19h

Olá boa noite, estou lendo esse artigo um pouco atrasado mas preciso tirar uma dúvida, eu pretendo fazer gravações caseiras e pretendo usar somente uma interface de áudio, sem mesa, em amplificador, como é algo doméstico sem fins profissionais, acredito já ser suficiente, entretanto fiquei na dúvida de qual esquema usar e se devo usar o jack ou o pulse para gravar, e a segunda dúvida é se a interface Behringer U-phoria Um2 tem compatibilidade com Linux, já que na sua descrição Linux não é citado como sistema que é compatível com ela, poderia me tirar essas dúvidas?

[56] Comentário enviado por M4iir1c10 em 28/06/2016 - 17:38h


[55] Comentário enviado por walberth em 10/02/2016 - 00:19h

Olá boa noite, estou lendo esse artigo um pouco atrasado mas preciso tirar uma dúvida, eu pretendo fazer gravações caseiras e pretendo usar somente uma interface de áudio, sem mesa, em amplificador, como é algo doméstico sem fins profissionais, acredito já ser suficiente, entretanto fiquei na dúvida de qual esquema usar e se devo usar o jack ou o pulse para gravar, e a segunda dúvida é se a interface Behringer U-phoria Um2 tem compatibilidade com Linux, já que na sua descrição Linux não é citado como sistema que é compatível com ela, poderia me tirar essas dúvidas?


Desculpe os 6 meses de atrazo, nao estive em nenhuma ilha sem internet, mas estive muito ocupado e nao prestei atencao aos comentarios. Por isso pesso que me perdoe.
Se ainda ha tempo para te ajudar ou ajudar a alguem com a mesma duvida. Eu nao tenho essa interface especificamente mais oque posso dizer da Behringer e que ate hoje eu nao encontrei nenhum dispositivo da Behringer que nao funcione com o Linux. No proprio website deles e possivel encontrar drivers para o Linux para muitos produtos deles e quando nao especificado geralmente e porque nao ha nescessidade de driver o proprio Kernel ja reconhece. O suporte deles e excelente.

https://www.youtube.com/watch?v=ICS5jMJtopc

Para uma gravacao simples o audacity + qualquer um dos tres alsa, pulse ou jack vc esta bem servido.

O Mais simples e o Alsa. O mais completo e com boa interatividade com outras aplicacoes seria o pulse e o mais profissional e o Jack.

[57] Comentário enviado por giovanne em 04/10/2016 - 20:04h

E cara... tudo bem...
Não sei se o artigo já está velho ou se eu não sei pra onde ir (acredito que a segunda opção rsrs) mas travei na parte que diz:

"Para alcançar isso toda vez que você usar o JACK tire o PulseAudio de cena. Crie um arquivo em ~/.pulse/client.conf e escreva nele "autospawn = no". A maneira mais fácil de fazer isso é copiando e colando o seguinte no terminal:
$echo "autospawn = no" > ~/.pulse/client.conf
Crie um atalho para a inicialização do sistema chamando o comando "pulseaudio -k".

Pois no terminal diz que esse caminho não existe e não encontro onde fazer esse atalho para a inicialização do sistema.

No mais agradeço pelo artigo... Excelente!!!

[58] Comentário enviado por M4iir1c10 em 05/10/2016 - 05:50h


[57] Comentário enviado por giovanne em 04/10/2016 - 20:04h
E cara... tudo bem...
Não sei se o artigo já está velho ou se eu não sei pra onde ir (acredito que a segunda opção rsrs) mas travei na parte que diz:
"Para alcançar isso toda vez que você usar o JACK tire o PulseAudio de cena. Crie um arquivo em ~/.pulse/client.conf e escreva nele "autospawn = no". A maneira mais fácil de fazer isso é copiando e colando o seguinte no terminal:
$echo "autospawn = no" > ~/.pulse/client.conf
Crie um atalho para a inicialização do sistema chamando o comando "pulseaudio -k".
Pois no terminal diz que esse caminho não existe e não encontro onde fazer esse atalho para a inicialização do sistema.
No mais agradeço pelo artigo... Excelente!!!


Eai Giovanni, Blz!
Então dependendo da sua distro e gerenciador de janela, existem vários meios de iniciar um script junto com o sistema.
So que no caso em que me refiro o script tem que rodar depois que o pulse já foi carregado, sendo assim temos que usar o script depois do login. Alguns tutoriais na rede vão indicar o systemd, init.d, upstart, etc. nenhum desses é oque queremos. Voce tem que ver no seu gerenciador de janelas qual é o método de inicialização utilizado para rodar scripts apo o login. Alguns vão indicar o arquivo .bashrc que seria uma solução, só que toda vez que voce abrir um terminal o pulseaudio é terminado... sendo assim vamos manter isso simples.

A melhor maneira é criando um arquivo desktop dentro da pasta ~/.config/autostart/
[code]
gedit ~/.config/autostart/mata-pulse.desktop
[/code]

Com o programa gedit aberto ( Ou o seu editor de texto preferido ), escreva o seguinte
[Desktop Entry]
Type=Application
Exec=pulseaudio -k
Name=matapulse
Comment=Tira o pulseaudio de cena

Salve o arquivo e feche o editor de texto, de permissão da execução ao arquivo desktop
chmod +x ~/.config/autostart/mata-pulse.desktop

Faz o logout e login novamente (Nao precisa reiniciar o computador), abre um terminal e digite:
[code]
ps axo pid,cmd | grep pulse
[/code]

Se aparecer algo como

3892 /usr/bin/pulseaudio --start --log-target=syslog
3954 /usr/lib/pulseaudio/pulse/gconf-helper


Algo deu errado, talves o seu gerenciador de janelas nao carrega arquivos do ~/.config/autostart ou vc esqueceu de escrever o ~/.pulse/client.conf

Se retornar apenas o comando que vc acabou de executar entao deu certo e vc ja pode carregar o jack sem o pulse atrapalhando.


[59] Comentário enviado por giovanne em 07/10/2016 - 19:28h

Legal... valeu pela ajuda...
Agora to quebrando a cabeça com outra coisa...

Instalei tudo... tudo funcionando...

Estou usando o Guitar Link para poder plugar meu instrumento no PC... indo direto para o Audacity, por exemplo, entrando nas configurações e e mudando as placas de entrada e saída, funciona tranquilo, mas seu eu quiser me monitorar tocando e escutando uma música no navegador, por exemplo, não dá certo... ou um ou outro funciona... habilitei o jack e entro no patchange não aparece minha placa externa só o system...

Não sei estou no caminho certo mas como resolver isso?

Em resumo: quero ligar meu instrumento através do Guitar Link no Audacity ou Ardour e poder escutar o navegador, spotify ou qualquer outro reprodutor de música para fim de estudo e, sim, poder gravar depois...

Obs.: Instalei o Ubuntu Studio e deixei tudo na configuração padrão... no momento, acredito, que seja melhor trabalhar com o pulse e jack juntos...

[60] Comentário enviado por ThiagoMattos em 13/10/2016 - 14:55h

Eu estou sem palavras. Esse artigo esta simplismente sensacional. com certeza o melhor artigo de audio do VOL, se não o melhor artigo de todos.

[61] Comentário enviado por M4iir1c10 em 19/10/2016 - 09:38h


[59] Comentário enviado por giovanne em 07/10/2016 - 19:28h

Legal... valeu pela ajuda...
Agora to quebrando a cabeça com outra coisa...

Instalei tudo... tudo funcionando...

Estou usando o Guitar Link para poder plugar meu instrumento no PC... indo direto para o Audacity, por exemplo, entrando nas configurações e e mudando as placas de entrada e saída, funciona tranquilo, mas seu eu quiser me monitorar tocando e escutando uma música no navegador, por exemplo, não dá certo... ou um ou outro funciona... habilitei o jack e entro no patchange não aparece minha placa externa só o system...

Não sei estou no caminho certo mas como resolver isso?

Em resumo: quero ligar meu instrumento através do Guitar Link no Audacity ou Ardour e poder escutar o navegador, spotify ou qualquer outro reprodutor de música para fim de estudo e, sim, poder gravar depois...

Obs.: Instalei o Ubuntu Studio e deixei tudo na configuração padrão... no momento, acredito, que seja melhor trabalhar com o pulse e jack juntos...


Nesse caso vc tem que ver se a aplicação que vc quer tocar ao mesmo tempo que grava tem suporte para o Jack. O Audacity tem, com ele aberto aperte CTRL+P e em Dispositivos vc deve ver o Jack disponível.
Ja o Spotify e a navegadores da internet nao vao ter suporte, mais vc pode usar o pulse como intermediário. Ou seja use o Pulseaudio junto com o Jack e no patchage onde vc ver o "Pulseaudio Jack Sink" essa e a saída de áudio onde o áudio do navegador vai sair, ligando essa saída com a entrada do Audacity ou do Ardour vc vai poder gravar o vocal e o instrumental ao mesmo tempo por exemplo....

Ah, so um detalhe... Audacity nao grava multiplas pistas ao mesmo tempo, nesse caso para gravar o instrumental e a sua voz use o Ardour. Dependendo da sua configuracao vc pode ter problemas ao exportar o seu projeto para o formato de audio usando o pulse e o jack ao mesmo tempo. Nesse caso com os dois rodando abra o ardour e grave. ao final da gravacao salve seu projeto, feche o ardour, termine a sessao do pulse e deixe somente o jack. Abra o ardour novamente dessa vez somente o jack rodando e exporte o seu projeto como áudio... Esse e um bug no Ardour 3.5 e anterior. nao chequei ainda no Ardour 4.

Se vc nao quer gravar a musica tocando no Spotify só quer ouvir ela e gravar vc na guitarra. use o Pulseaudio e o Jack juntos. No qjackctl cofigure o jack para usar a placa da Guitar Link. no Pulse use a placa de som padrão do computador.
No Audacity vc pode configurar ele com o Jack e automaticamente oque vc tocar na guitarra vai ser gravado no Audacity e oque vc tocar no Spotify vai sair nos alto-falante do seu computador sem interferir com oque esta sendo gravado

Desculpe se estou complicando e que fico imaginando vários cenários e nao estou certo qual seria a opção que vc esta procurando exatamente...

[62] Comentário enviado por Alsor em 01/11/2016 - 09:03h

m4iir1c10, seu tutorial é exelente, acompanhei passo a passo no meu Slack 14.2, e tudo funcionou perfeitamente.
Porém, tem sempre um porém né... kkkkk!
No capitulo 8 (oito) onde trata da edição do fstab, onde menciona no seu texto a palavra default, na verdade é "defaults" com (s) no final. Devido a esta insignificante letrinha, o Slackware da erro e não completa o boot.
Vaja o meu fstab.
------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
/dev/sda7 swap swap defaults 0 0
/dev/sda6 / ext4 noatime,defaults 0 0
/dev/sda1 /fat-c ntfs-3g fmask=111,dmask=000 1 0
/dev/sda2 /fat-g ntfs-3g fmask=111,dmask=000 1 0
/dev/sda3 /fat-e ntfs-3g fmask=111,dmask=000 1 0
/dev/sda5 /fat-f ntfs-3g fmask=111,dmask=000 1 0
#/dev/cdrom /mnt/cdrom auto noauto,owner,ro,comment=x-gvfs-show 0 0
#/dev/fd0 /mnt/floppy auto noauto,owner 0 0
devpts /dev/pts devpts gid=5,mode=620 0 0
proc /proc proc defaults 0 0
tmpfs /dev/shm tmpfs defaults 0 0
tmpfs /tmp tmpfs defaults,noatime,mode=1777 0 0
--------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
Vlw, abraços.
Orlando


Contribuir com comentário




Patrocínio

Site hospedado pelo provedor RedeHost.
Linux banner
Linux banner
Linux banner

Destaques

Artigos

Dicas

Tópicos

Top 10 do mês

Scripts