Criando vídeo com características de DVD

A maneira mais simples e direta de explicar o que vamos fazer aqui, é a cópia fiel de um DVD em seu HD sem os gigas de espaço, com múltiplo áudio e legendas, capítulos etc. Tudo em um arquivo único, capaz de rodar nos mais modernos aparelhos de DVD.

[ Hits: 30.443 ]

Por: M4iir1c10 em 08/01/2013 | Blog: https://github.com/mauricioph


Legendas / Criando os capítulos



Legendas

A respeito das legendas, existem várias maneiras de aplicar legendas em vídeos, elas podem ser fixas ou anexadas. Você pode usar o MEncoder ou FFmpeg para legendas fixas, nesse artigo eu vou usar o MKVtools para legendas anexadas.

As legendas podem ser retiradas do próprio DVD durante o processo de extração (rip), ou criadas e depois anexadas, claro que criar uma legenda seria para vídeos caseiros para o YouTube, como esse:
Você pode usar este programa para encontrar a legenda do filme que você quer, e baixar automaticamente:
Alguns links neste site estão desatualizados, porém, o Google pode te ajudar a encontrar. Caso você esteja usando o Arch Linux, como eu estou usando nesse momento, esse é o link:
Depois de feito o download, digite:

# makepkg -si PKGBUILD

Caso tenha outra distribuição, você pode usar as instruções no site ou tentar o seu gerenciador de pacotes.

No programa, selecione a pasta onde seu vídeo está localizado, selecione o idioma e clique em "Download", e pronto.
Agora, a mágica está no "gran finale".

Criando os capítulos

Uma excelente opção, que até o meu conhecimento é reservado somente ao MP4 e o MKV, é a opção de seleção de capítulos, assim como em um DVD, você pode clicar em um título e pular direto para esse título.

Veja este exemplo:
Para a criação destes capítulos, você deve criar um arquivo de texto contendo as informações necessárias como título, início de cada título.

Este formato consiste em duas linhas, a que começa com 'CHAPTERxx=' e 'CHAPTERxxNAME=', onde xx são números começando por 00, e seguindo 01, 02, 03 etc.

O primeiro contém o início, enquanto o segundo contem o título. Como você pode ver nesse exemplo:
CHAPTER01=00:00:00.000
CHAPTER01NAME=Introdução
CHAPTER02=00:02:30.000
CHAPTER02NAME=Duro de matar, quase morto
CHAPTER03=00:02:42.300
CHAPTER03NAME=Duro de matar, matando

Outro formato que pode ser usado é em XML, o qual eu não vou cobrir aqui, porém posso dizer que pode ser criado através do próprio MKVmerge na aba "Capítulos", e se você entende e gosta de XML, aqui vai um exemplo:

<?xml version="1.0" encoding="ISO-8859-1"?>
<!DOCTYPE Chapters SYSTEM "matroskachapters.dtd">
<Chapters>
  <EditionEntry>
    <ChapterAtom>
      <ChapterTimeStart>00:00:30.000</ChapterTimeStart>
      <ChapterTimeEnd>00:01:20.000</ChapterTimeEnd>
     <ChapterDisplay>
        <ChapterString>Um capítulo curto</ChapterString>
        <ChapterLanguage>pt</ChapterLanguage>
      </ChapterDisplay>
      <ChapterAtom>
        <ChapterTimeStart>00:00:46.000</ChapterTimeStart>
        <ChapterTimeEnd>00:01:10.000</ChapterTimeEnd>
        <ChapterDisplay>
          <ChapterString>Uma parte do capítulo curto</ChapterString>
          <ChapterLanguage>pt</ChapterLanguage>
        </ChapterDisplay>
      </ChapterAtom>
    </ChapterAtom>
  </EditionEntry>
</Chapters>

Vou usar o TXT como arquivo de legenda, assim vamos ao comando mágico. Só para lembrar o que temos em mãos: vídeo, áudio pt, áudio en, legenda pt, en, fr, svk e o "capítulos.txt".

Página anterior     Próxima página

Páginas do artigo
   1. Introdução
   2. Mãos à obra: Ripando o DVD
   3. Achando e preparando ingredientes
   4. Tratando áudio e vídeo
   5. Filtrando o vídeo
   6. Legendas / Criando os capítulos
   7. Gran Finale
Outros artigos deste autor

Colocando Windows, Linux e Mac Os X em um mesmo PC

Aprendendo a melhorar os seus scripts

GRUB com imagens aleatórias e KDM com vídeo de fundo

Enfeite o LILO com uma imagem de seu gosto

Letras brilhantes com Gimp

Leitura recomendada

Instalando o GNU/Linux numa máquina virtual (e aprendendo sem correr riscos)

Pirataria - Como prejudica desenvolvedores, cria monopólios e facilita ações de crackers

Usando o cURL - Client URL

Remasterização de LPs no Linux

Acessando computadores remotos protegidos por NAT ou firewall com túnel SSH reverso direcionado por DNS dinâmico

  
Comentários
[1] Comentário enviado por fabio em 08/01/2013 - 12:01h

Cara, excelente artigo! Talvez o mais completo sobre o assunto aqui no VOL. Muito bom mesmo, parabéns.

[2] Comentário enviado por albfneto em 08/01/2013 - 12:22h

é muito bom este artigo.Vai para os Favoritos.

[3] Comentário enviado por izaias em 08/01/2013 - 14:16h

Essa do iPad eu não sabia. rs - Aliás, muita gente ainda não sabe.

Ótimo trabalho!

[4] Comentário enviado por nickmarinho em 09/01/2013 - 10:37h

Cara, excelente tudo, vou tentar e depois dou um feedback.


Contribuir com comentário




Patrocínio

Site hospedado pelo provedor RedeHost.
Linux banner
Linux banner
Linux banner

Destaques

Artigos

Dicas

Tópicos

Top 10 do mês

Scripts