Como ajudar o Software Livre

Como ajudar o Linux a se tornar mais popular. Como as linuxers podem ajudar a comunidade do software livre.

[ Hits: 11.976 ]

Por: Vinícius Evandro Gregório em 17/05/2006


Introdução (motivos)



Há tempos venho pensando em escrever um artigo sobre esse assunto. Quem está familiarizado com o universo da informática sabe que todo usuário sempre busca opções gratuitas de programas, sejam eles freewares ou softwares crackeados. A curiosidade é que a facilidade em conseguir essas distribuições ilegais (no caso apenas os softwares crackeados, freewares são legais) dificulta o acesso de muitos usuários ao Linux.

É raro encontrar estabelecimentos comerciais que utilizem somente o Linux como sistema operacional e, mesmo em máquinas domésticas, ainda há muito preconceito contra o pinguim.

Fica fácil se manter na monotonia do Windows, quando você consegue comprar uma cópia pirata dele a R$ 5,00, porém o que a maioria desses usuários não percebem é que essa prática constitui um crime e além de estarem pirateando softwares, eles não estão ajudando o trabalho de tantos desenvolvedores de softwares livres.

O objetivo desse artigo não é colocar a culpa em quem pirateia softwares, mesmo porque, todos nós já fizemos isso, mesmo que sem querer, e seria hipocrisia dizer o contrário; e sim dizer que podemos contribuir e muito com a comunidade responsável pela produção e apoio ao software livre.

    Próxima página

Páginas do artigo
   1. Introdução (motivos)
   2. Como divulgar o Tux por aí
Outros artigos deste autor

Como softwares livres podem gerar lucro

ERPs Open Source (parte 1) - Principais soluções

ERPs Open Source (parte 2) - Mercado e diferenciais

Leitura recomendada

Considerações sobre interfaces gráficas (palestra VOL DAY I)

Linux e Educação

Alguém, salve os multiterminais do Proinfo. Por favor!

Línux: Um SO, um mercado ou uma realidade?

A História que se perde...

  
Comentários
[1] Comentário enviado por removido em 17/05/2006 - 12:49h

Parabens pelo artigo ele me fez lembrar como é simples de se mostrar a novos usuarios as vantagens de se usar o sistema do pinguim nem sempre é facil tirar da cabeça das pessoas as "mistificaçoes" que colocam em torno do linux e do software livre mas mesmo assim com pouco esforço da pra mostrar as vantagens inerentes nos mesmos. Parabens

[2] Comentário enviado por hwarang em 17/05/2006 - 15:08h

Fera o artigo!!
Já venho fazendo isso, a propósito...
:D
Pedi à Ubuntu que me mandasse CDs. Porém eles só mandavam de monte.
Quando chegou, não sabia o que fazer com tanto CD. Ai tive a idéia: Meu pai tem um sebo de livros em Campinas, próximo à UNICAMP. Peguei os milhares de cds que vieram e deixei lá para serem distribuidos gratuitamente para os interessados.
Em menos de 1 dia, 5 cópias foram levadas.
Pretendo pedir mais cds para distribuir...
:)

[3] Comentário enviado por in54no em 17/05/2006 - 15:58h

Muito bom o artigo...
Seria otimo se televisão, radio, ou qualquer outro meio alem de internet, divulga-se isto para todo o país!!!
Abracos, fiquem com Deus!

[4] Comentário enviado por removido em 17/05/2006 - 16:01h

Muito bom o artigo, nos lembrando que é fácil convencer mais usuários a sair da ilegalidade (que é muito grande, afinal), coisa que nem sempre conseguimos fazer, estratégias que não lembramos de usar.

Bom também o comentário do hwarang, que foi muito criativo na sua maneira de divulgar o Linux.

[5] Comentário enviado por removido em 17/05/2006 - 17:39h

Ótimo artigo

seria ótimo se tivessemos uma Mídia competente, que pudesse extrair este tipo de imfirmação e sintetizá-la para o "povão", para que tomassem conhecimento dos benefíicos do software livre, que não é apenas "cerveja de graça", que se bebe e joga a lata fora, mas sim um software "Faça você mesmo", onde todo mundo ajuda para a sua evolução...

E uma mídia que também abordasse os males causados pelos crimes de pirataria.

Acho que não devemos "empurrar" o Linux "goela abaixo" dos usuários, mas sim, devemos conscientiza-los o "porque" de usar Linux...

OUtra coisa que poderia começar a ser feito pelas escolas de informática, é ensinar os usuários a usarem "Editores de Texto", e não utilizar o "Micro$oft Office"...pois do mesmo jeito que tiramos carteira de motorista, não tiramos separadamente carteiras "FIAT", "FORD" e "GM", mas aprendemos a dirigir carros....

apoio que este tipo de material sobre o software livre seja mais difundido no nosso País!
Abraços!

[6] Comentário enviado por allanfarias1 em 17/05/2006 - 19:50h

o artigo esta de parabens, as ideias apresentadas tambem sao boas e concordo com o JezzOCoxo quando ele diz que "não devemos "empurrar" o Linux "goela abaixo" dos usuários, mas sim, devemos conscientiza-los o "porque" de usar Linux..."

[7] Comentário enviado por john.fernando em 17/05/2006 - 20:28h

Muito bom artigo gsi.vinicius .
JezzOCoxo, o exemplo da carteira de motorista foi ótimo, informática não é rwindows.

[8] Comentário enviado por removido em 18/05/2006 - 21:13h

Muito bom este artigo, pois na ninha casa sou o único que uso Linux, já falei pra minha mãe, pai, irmã mas não querem abandonar a mordomia do windows(de achar tudo bem explicadinho). Mas já incentivei vários amigos que hoje são adeptos do software livre, meu tio é um exemplo vivo disso ele foi um dos primeiros a aderirem ao pinguim quando foi lançado o primeiro software. Té mais. Fui.......

[9] Comentário enviado por gsi.vinicius em 19/05/2006 - 00:29h

É isso aí, parabéns mesmo para o hwarang...meu show de bola sua iniciativa...

Eu ministro aulas particulares de computação, tanto proprietário qto linux, tanto pra qm nunca viu quanto pra aquelas pessoas q tem dúvidas e eu fiz a mesma coisa, um pedido enorme de cds do ubuntu que, eu repassei para os alunos (que por sua vez os repassaram) e tb para todos (eu disse todos) os clientes que consertaram ou compraram máquinas comigo.... acredite o retorno de aulas triplicou e, eu fico feliz por isso; não pelo dinheiro (também, lógico...), mas tb pq o meu sonho de um dia chegar num local e ver o linux rodando numa máquina qualquer como uma locadora, ou mercadinho, fica mais próximo!

Abraços

[10] Comentário enviado por josemircosta em 19/05/2006 - 08:47h

Muito boa sua iniciativa para divulgação do pinguin. Valeu mesmo!!!

[11] Comentário enviado por agk em 26/05/2006 - 14:06h

Concordo com certos aspectos do seu artigo, mas tenho que discordar quando você fala dos jogos.
Se tiver como me cite pelo menos 1 jogo que venha na caixa (original) que não seja de ação/tiro/estratrégia e que também não seja emulado e que contenha os binários para GNU/Linux no cd de instalação (sem precisar baixá-los da internet).
Ex: Um título bom de Esporte, RPG, Adventure.
Ainda falta muito, mas o pinguim está no caminho certo, pois tem qualidade no que faz e quando os grandes desenvolvedores de jogos perceberem que a quantidade de usuários vale uma versão exclusiva para GNU/Linux eles farão, por enquanto temos que nos contentar com o pouco que temos :S
[ ]'s

[12] Comentário enviado por metalrufflez em 05/06/2006 - 14:26h

Bem, iniciando minha participação aqui na comunidade...

Otimo artigo que mostra realmente como eh facil passar seus conhecimentos para outras pessoas. Eu mesmo estou aprendendo Linux faz apenas dois meses e ja estou evangelizando um amigo do trabalho (que ficou mais aficcionado que eu) e dois do bairro pra usar Linux. Eles tão usando o Kororaa Live CD (O XGL foi o maior atrativo), enquanto eu to ralando aki com o Slackware. Mas to gostando muito.
Parabens Vinicius pelo otimo artigo!

[13] Comentário enviado por gsi.renan em 08/08/2006 - 12:29h

Muito bom seu artigo parceiro,

Esse artigo tem um forte apelo quanto a "acordar" as pessoas quanto aos beneficios do Linux, mas ainda grande parte da população não sabe operar este sistema, mas existem alguns estabelecimentos que ja utilizam o linux em computadores publicos... Um exemplo disso é a escola de ingles CNA de Jundiaí, onde os computadores para uso dos Alunos usam Linux (Hed Hat e Fedora)

Parabés Vinicius!


Contribuir com comentário