Como ajudar o Software Livre

Como ajudar o Linux a se tornar mais popular. Como as linuxers podem ajudar a comunidade do software livre.

[ Hits: 12.087 ]

Por: Vinícius Evandro Gregório em 17/05/2006


Como divulgar o Tux por aí



Como?

Com certeza você tem colegas, parentes ou conhecidos que tem "milhares de motivos" para praguejar contra o Tux e seus relativos. Porém temos que lembrar que, a maioria dessas pessoas tem conceitos infundados sobre o Linux; tais como a visão de que ele é de difícil aprendizagem, que não há programas para ele ou que se trata de um SO de hackers! Porém, para que mais pessoas percam o "medo" de utilizar o Linux é preciso que alguém lhes diga como funciona tudo isso. Existem muitas formas para que possamos ajudar a divulgação do mesmo.

Existem muitas formas de se ajudar a reverter essa situação. Abaixo seguem apenas alguns exemplos:
  • Explicar como o Linux e a concepção de software livre e Código Livre funcionam;
  • Desmistificar boatos;
  • Repassar CDs de Distros;

Explicando para quem já usa o computador:

Você pode explicar para quem já usa o PC como funciona o Linux. Mostrar que existem softwares tão bons ou melhores que os semelhantes Windows. O OpenOffice cobre com maestria todas as funções do seu correlato Windows, o GIMP é um editor de imagens tão eficiente quanto o photoshop... e por aí vai.

Mesmo quanto a jogos, o Linux hoje conta com grandes nomes e jogos que também não deixam nada a dever para o Windows. Enfim, basta mostrar que não é difícil utilizar o Linux e que, cada vez mais as distros vão ficando mais amigáveis e fáceis de configurar. Começar mostrando-lhe uma distro LiveCD é uma boa!

É uma boa também distribuir CDs para que esse usuário possa instalar o pinguim em sua máquina. Para tanto basta que você grave CDs, uma vez que o sistema é gratuito, ou então existem outras alternativas como site do Ubuntu, que te envia através do ShipIt quantas cópias da última versão do Linux de mesmo nome você quiser. Eles até incentivam que você distribua para o maior número possível de pessoas.

Para quem não usa:

Ajudar pessoas que nunca usaram o computador a conhecer ambos os lados da moeda também é uma boa, porque com certeza essa pessoa vai achar mais vantajoso usar algo gratuito e com qualidade similar (muitas vezes superior). Começar com distribuições LiveCD e ao mesmo tempo mais fáceis, como o Kurumin ou o Kalango é uma boa pedida para introduzir esse novo usuário direto ao Linux. Você pode até dar aulas particulares!

Ética


Colocando mais pessoas em contato com o mundo de softwares livres, você estará ajudando a inclusão digital e ao mesmo tempo que uma comunidade de desenvolvedores seja devidamente prestigiada por seus trabalhos. Estará ajudando o Linux e, ao mesmo tempo, dando um retorno a todo o suporte gratuito que recebeu dele.

Um abraço a todos.

Vinícius

Página anterior    

Páginas do artigo
   1. Introdução (motivos)
   2. Como divulgar o Tux por aí
Outros artigos deste autor

Como softwares livres podem gerar lucro

ERPs Open Source (parte 1) - Principais soluções

ERPs Open Source (parte 2) - Mercado e diferenciais

Leitura recomendada

Microsoft x Resto - A soma de todas as partes

A importância do Linux no Exército

Bill Gates e Linux

[Estudo de caso] Ferramentas Open Source tem sido um caso de sucesso na Biotecnologia e Bioinformática

Software Livre: Migração de mentalidade

  
Comentários
[1] Comentário enviado por removido em 17/05/2006 - 12:49h

Parabens pelo artigo ele me fez lembrar como é simples de se mostrar a novos usuarios as vantagens de se usar o sistema do pinguim nem sempre é facil tirar da cabeça das pessoas as "mistificaçoes" que colocam em torno do linux e do software livre mas mesmo assim com pouco esforço da pra mostrar as vantagens inerentes nos mesmos. Parabens

[2] Comentário enviado por hwarang em 17/05/2006 - 15:08h

Fera o artigo!!
Já venho fazendo isso, a propósito...
:D
Pedi à Ubuntu que me mandasse CDs. Porém eles só mandavam de monte.
Quando chegou, não sabia o que fazer com tanto CD. Ai tive a idéia: Meu pai tem um sebo de livros em Campinas, próximo à UNICAMP. Peguei os milhares de cds que vieram e deixei lá para serem distribuidos gratuitamente para os interessados.
Em menos de 1 dia, 5 cópias foram levadas.
Pretendo pedir mais cds para distribuir...
:)

[3] Comentário enviado por in54no em 17/05/2006 - 15:58h

Muito bom o artigo...
Seria otimo se televisão, radio, ou qualquer outro meio alem de internet, divulga-se isto para todo o país!!!
Abracos, fiquem com Deus!

[4] Comentário enviado por removido em 17/05/2006 - 16:01h

Muito bom o artigo, nos lembrando que é fácil convencer mais usuários a sair da ilegalidade (que é muito grande, afinal), coisa que nem sempre conseguimos fazer, estratégias que não lembramos de usar.

Bom também o comentário do hwarang, que foi muito criativo na sua maneira de divulgar o Linux.

[5] Comentário enviado por removido em 17/05/2006 - 17:39h

Ótimo artigo

seria ótimo se tivessemos uma Mídia competente, que pudesse extrair este tipo de imfirmação e sintetizá-la para o "povão", para que tomassem conhecimento dos benefíicos do software livre, que não é apenas "cerveja de graça", que se bebe e joga a lata fora, mas sim um software "Faça você mesmo", onde todo mundo ajuda para a sua evolução...

E uma mídia que também abordasse os males causados pelos crimes de pirataria.

Acho que não devemos "empurrar" o Linux "goela abaixo" dos usuários, mas sim, devemos conscientiza-los o "porque" de usar Linux...

OUtra coisa que poderia começar a ser feito pelas escolas de informática, é ensinar os usuários a usarem "Editores de Texto", e não utilizar o "Micro$oft Office"...pois do mesmo jeito que tiramos carteira de motorista, não tiramos separadamente carteiras "FIAT", "FORD" e "GM", mas aprendemos a dirigir carros....

apoio que este tipo de material sobre o software livre seja mais difundido no nosso País!
Abraços!

[6] Comentário enviado por allanfarias1 em 17/05/2006 - 19:50h

o artigo esta de parabens, as ideias apresentadas tambem sao boas e concordo com o JezzOCoxo quando ele diz que "não devemos "empurrar" o Linux "goela abaixo" dos usuários, mas sim, devemos conscientiza-los o "porque" de usar Linux..."

[7] Comentário enviado por john.fernando em 17/05/2006 - 20:28h

Muito bom artigo gsi.vinicius .
JezzOCoxo, o exemplo da carteira de motorista foi ótimo, informática não é rwindows.

[8] Comentário enviado por removido em 18/05/2006 - 21:13h

Muito bom este artigo, pois na ninha casa sou o único que uso Linux, já falei pra minha mãe, pai, irmã mas não querem abandonar a mordomia do windows(de achar tudo bem explicadinho). Mas já incentivei vários amigos que hoje são adeptos do software livre, meu tio é um exemplo vivo disso ele foi um dos primeiros a aderirem ao pinguim quando foi lançado o primeiro software. Té mais. Fui.......

[9] Comentário enviado por gsi.vinicius em 19/05/2006 - 00:29h

É isso aí, parabéns mesmo para o hwarang...meu show de bola sua iniciativa...

Eu ministro aulas particulares de computação, tanto proprietário qto linux, tanto pra qm nunca viu quanto pra aquelas pessoas q tem dúvidas e eu fiz a mesma coisa, um pedido enorme de cds do ubuntu que, eu repassei para os alunos (que por sua vez os repassaram) e tb para todos (eu disse todos) os clientes que consertaram ou compraram máquinas comigo.... acredite o retorno de aulas triplicou e, eu fico feliz por isso; não pelo dinheiro (também, lógico...), mas tb pq o meu sonho de um dia chegar num local e ver o linux rodando numa máquina qualquer como uma locadora, ou mercadinho, fica mais próximo!

Abraços

[10] Comentário enviado por josemircosta em 19/05/2006 - 08:47h

Muito boa sua iniciativa para divulgação do pinguin. Valeu mesmo!!!

[11] Comentário enviado por agk em 26/05/2006 - 14:06h

Concordo com certos aspectos do seu artigo, mas tenho que discordar quando você fala dos jogos.
Se tiver como me cite pelo menos 1 jogo que venha na caixa (original) que não seja de ação/tiro/estratrégia e que também não seja emulado e que contenha os binários para GNU/Linux no cd de instalação (sem precisar baixá-los da internet).
Ex: Um título bom de Esporte, RPG, Adventure.
Ainda falta muito, mas o pinguim está no caminho certo, pois tem qualidade no que faz e quando os grandes desenvolvedores de jogos perceberem que a quantidade de usuários vale uma versão exclusiva para GNU/Linux eles farão, por enquanto temos que nos contentar com o pouco que temos :S
[ ]'s

[12] Comentário enviado por metalrufflez em 05/06/2006 - 14:26h

Bem, iniciando minha participação aqui na comunidade...

Otimo artigo que mostra realmente como eh facil passar seus conhecimentos para outras pessoas. Eu mesmo estou aprendendo Linux faz apenas dois meses e ja estou evangelizando um amigo do trabalho (que ficou mais aficcionado que eu) e dois do bairro pra usar Linux. Eles tão usando o Kororaa Live CD (O XGL foi o maior atrativo), enquanto eu to ralando aki com o Slackware. Mas to gostando muito.
Parabens Vinicius pelo otimo artigo!

[13] Comentário enviado por gsi.renan em 08/08/2006 - 12:29h

Muito bom seu artigo parceiro,

Esse artigo tem um forte apelo quanto a "acordar" as pessoas quanto aos beneficios do Linux, mas ainda grande parte da população não sabe operar este sistema, mas existem alguns estabelecimentos que ja utilizam o linux em computadores publicos... Um exemplo disso é a escola de ingles CNA de Jundiaí, onde os computadores para uso dos Alunos usam Linux (Hed Hat e Fedora)

Parabés Vinicius!


Contribuir com comentário




Patrocínio

Site hospedado pelo provedor RedeHost.
Linux banner
Linux banner
Linux banner

Destaques

Artigos

Dicas

Tópicos

Top 10 do mês

Scripts