Blender para todos! - Parte I

Ao longo de 7 anos contribuindo com a comunidade de código aberto, principalmente dentro da computação gráfica
livre, muitas pessoas me perguntam por que o mundo da animação e modelagem 3D é tão complicado, seja no mundo
'livre' ou no mundo 'fechado'. Esta pequena série visa, literalmente, tornar este universo mais amigável e conhecido.

[ Hits: 31.103 ]

Por: Guilherme RazGriz em 28/01/2012 | Blog: http://razgrizbox.tumblr.com


Um pouquinho de cor? É pra Já!



Cor é uma coisa que não pode faltar, não é mesmo?

Então, vamos aprender a atribuir um tom básico ao nosso projeto.

Pressionando 'F12', podemos ver uma prévia básica do mesmo renderizado, sem vida em um tom acinzentado e sem brilho. Isto é absolutamente normal, uma vez que ainda não aprendemos a iluminar tudo do jeito correto.
Linux: Blender para 
todos! Parte I

Visto isso, vamos voltar para a visão 3D apertando 'F11', selecionando em seguida um dos objetos que o compõem o cubo. Após, vamos navegar até a aba de materiais vista no canto direito da interface do Blender.
Linux: Blender para 
todos! Parte I

Depois altere o tom difuso para o novo desejado, e também o especular, se assim o desejar!
Linux: Blender 
para todos! Parte I

Abaixo, temos um exemplo bem prático! Veja como ficou o cubo com a nova cor:
Linux: Blender para 
todos! Parte I

Agora, com o projeto renderizado:
Linux: Blender para 
todos! Parte I

Simples assim!

Conclusão

Na próxima parte do artigo, veremos:
  • O básico sobre iluminação
  • Câmera
  • Animando vários objetos por vez

Linux: Blender para 
todos! Parte I

Vejo vocês na Parte II!

P.S.: Um agradecimento mais do que especial, a todos os HERÓIS que batalham diariamente para que a referida Comunidade de Software Livre, possa ser de fato respeitada por aqueles que nem ao menos sabem da sua existência como prática social justa, para que diversos profissionais possam ter de fato uma vida melhor, seja ele da criação ou mesmo como 'Operador de Computador'.
Página anterior    

Páginas do artigo
   1. Criação em código aberto, isso existe ?
   2. Sua primeira animação começa A-G-O-R-A!
   3. Um pouquinho de cor? É pra Já!
Outros artigos deste autor

Programação visual (módulo 2)

Um pouco de luz, cor e o Gimp

Blender para todos! - Parte III

Como simular fluidos 3D com o Blender

Inkscape descomplicado - Parte I

Leitura recomendada

Personalizando o tema do usplash nos Ubuntu-like

Um método para a construção da interface gráfica MATE no Slackware

O emocional e a imagem

Compiz Fusion: Ativando o efeito de "janela pegando fogo" e outros efeitos 3D

Instalando o KDE 4.0 no Slackware

  
Comentários
[1] Comentário enviado por azk em 28/01/2012 - 13:31h

Excelente trabalho, Guilherme.
Me interessei por isso.. Espero a 2º parte ansiosamente!
[]'s

[2] Comentário enviado por levi linux em 28/01/2012 - 21:06h

Muito bom! Parabéns, também aguardo a segunda parte! 10!

[3] Comentário enviado por evaldoavelar em 29/01/2012 - 10:14h

O blender eh realmente fantástico!

[4] Comentário enviado por profdoidao em 30/01/2012 - 10:29h

cara o blender realmente é tenso comessei a estudar ele ontem apenas pela documentação do site...é bem complicado...mas vamos ver ate onde eu vou

kkkk

[5] Comentário enviado por tiago_sn em 30/01/2012 - 12:44h

Muito bom o artigo. Obrigado!!!

Aguardo a parte 2.

[6] Comentário enviado por jhonatanoliveira em 30/01/2012 - 15:04h

Ótima iniciativa!
Parabéns por contribuir com a comunidade!
Aguardamos ansiosamente a continuação.
Obrigado.

[7] Comentário enviado por vitinhocallai em 30/07/2012 - 10:03h

Parabéns cara! Fui em uma palestra sua no FISL e em uma oficina de Blender que você realizou! Muito bom mesmo!!!

[8] Comentário enviado por razgriz em 30/07/2012 - 19:16h

Que bom cara! O negócio é continuar evoluindo SEMPRE.

[9] Comentário enviado por AlvesUeliton em 26/12/2013 - 21:00h

onde fica essa "time line"?

[10] Comentário enviado por MAPOGOS em 30/04/2014 - 23:15h

Nossa!!!
Que legal este artigo, bem explicado, voçê tem o poder de chamar atenção do leitor, vc é fera kar, seu artigo é muito bom.
Eu sei muito pouco disso("nada"), estudei algumas linguagens, poxa estou pasmo.
Terei que rever isto para depois dar um apt-get install Blende´r , é isso?
Como eu trabalho na área técnica de atender Clientes em suas residências terei que pénsar muito onde poderei usar isso...
Mas ó parabéns, pra min foi o melhor artigo de 2014 do VOL.
Voçê deu aulas pra muitos ae que acham que sabem muita coisa, e na verdade são uns ignorantes, tem medo de ensinar, e entender ou desmestificar o reciocínio e dúvidas do iniciante.
Eles mas querem mostrar que sabem do que ensinar, isso não é ser livre é ser preso em um casulo e depoisa saer da ibernação e falar dos seus conhecimentos e não agregar valor.
Tem que ser regra de negócio, tem que ter retorno feed back.
Parabéns apavoro.

[11] Comentário enviado por gabrielmendonca em 08/02/2015 - 01:16h

Uma das coisas mais interessantes na web para mim é que as estantes não guardam poeiras e que grandes obras nunca se perdem. Parabéns, ótimo texto, vou seguir no artigo!

[12] Comentário enviado por razgriz em 09/02/2015 - 00:20h

Puxa Obrigado!


Contribuir com comentário




Patrocínio

Site hospedado pelo provedor RedeHost.
Linux banner
Linux banner
Linux banner

Destaques

Artigos

Dicas

Tópicos

Top 10 do mês

Scripts