Algumas Distribuições GNU/Linux Excêntricas!

Quantas distribuições GNU/Linux existem? Questão difícil de responder. Procurando no DistroWatch, conseguimos encontrar 255 catalogadas! Você consegue imaginar quantas mais existem por aí? Esta pergunta me deixou curioso sobre quais destas foram criadas com propósitos, digamos, peculiares. Foi por isso que tive a ideia de investigar se tais distros existiam e o resultado, você confere ao longo deste artigo. Boa leitura!

[ Hits: 22.721 ]

Por: Perfil removido em 24/11/2016


Red Star OS



Considerado o país mais fechado do mundo, e potencialmente perigoso, a Coreia do Norte vive num regime ditatorial que não é de hoje. Sempre tive a curiosidade de saber como é a vida de seus habitantes, principalmente a digital. E foi essa curiosidade que me levou ao conhecimento do Red Star OS. Distribuição GNU/Linux oficial da Coreia do Norte.
Linux: Algumas distribuições GNU/Linux excêntricas!
Seu desenvolvimento começou em 1998 e sua primeira versão foi lançada em 2002, a mando do governo de Kim Jong-il, para acabar com a dependência do Windows e atingir um objetivo primordial para o ditador: o controle de acesso à informação dos cidadãos no ambiente virtual.

A distribuição fora criada no Centro de Computação da Coreia do Norte, em Pyongyang, capital do país. Seu principal objetivo, como já mencionei, é monitorar e controlar o acesso à informação dos cidadãos norte coreanos. O sistema operacional utiliza da ferramenta SELinux, para permitir que as políticas de controle de acesso, que limitam os programas do usuário e servidores de sistemas para a quantidade mínima de liberdade, possam realizar seu trabalho.

Atualmente, a distro está em sua terceira versão, lançada em 2013 e seu projeto continua ativo. A mesma se baseia em Red Hat e possui ambiente gráfico KDE 3. Além disso, ela conta com seu "próprio" navegador, uma versão modificada do Mozilla Firefox, chamada Naenara, que significa "Meu País", em coreano. O navegador se conecta exclusivamente com a intranet do país, chamada Kwangmyoung.
Linux: Algumas Distribuições GNU/Linux Excêntricas!
A versão 2.0 imita o ambiente gráfico do Windows
Apesar de seu ambiente gráfico ser o KDE, este foi modificado para se parecer ao máximo com o Windows, da Microsoft, em suas versões 1.0 e 2.0, que ainda possuem suporte. Já em sua versão 3.0, a distribuição se parece mais com o Mac OS, da Apple.
Linux: Algumas distribuições GNU/Linux excêntricas!
A versão 3.0 lembra o Mac OS
É largamente utilizada em empresas, universidades e no setor público, de uma forma geral. Após sua criação e implementação, quase todos os seus habitantes, salvo algumas autoridades políticas, nunca mais usaram qualquer outro tipo de sistema operacional. Alguns nem sequer sabem o que é Windows! Uma vez que o acesso a computadores pessoais é extremamente restrito no país, além da censura na internet. Uma curiosidade se refere a busca da palavra "democracia", na intranet. Ela simplesmente não é encontrada.
Linux: Algumas distribuições GNU/Linux excêntricas!
Os usuários do Red Star OS não têm acesso ao YouTube
No ano de 2010, tornou-se possível baixar a distribuição fora do território Norte Coreano, graças a um estudante russo. Este passou algum tempo na universidade Kim il Sung, em Pyongyang, comprou uma cópia da distribuição na versão 2.0, por cinco dólares e, ao deixar o país, postou a mesma em seu blog pessoal, que pertence a um hospedeiro de blogs, chamado "LiveJournal".

Em 2013, um professor americano de Ciências da Computação, chamado Will Scott, em visita à Universidade de Ciência e Tecnologia de Pyongyang, adiquiriu a versão 3.0 da distribuição. O mesmo postou screenshots em seu site pessoal e, posteriormente, a imagem para download.
Linux: Algumas distribuições GNU/Linux excêntricas!
Will Scott em sua visita a Pyongyang
Detalhe: toda a distribuição está em coreano. Além de seu código ser fechado, o que já era de se esperar.
Se você quer saber mais sobre como é a vida dos estudantes de T.I. na Coreia do Norte, acesse aos seguintes links abaixo. Todos se referem ao professor Will Scott, citado no artigo. Dê especial atenção à matéria (primeira da lista) sobre como foi sua experiência de ensino naquele país. Alguns pontos que ele destaca são realmente impressionantes. Como, o serviço de 3G para smartphones que chega a custar 140 dólares por apenas 50 megabytes de dados ao mês.

Obs.: está tudo em inglês!
    Próxima página

Páginas do artigo
   1. Red Star OS
   2. Ubuntu Satanic Edition
   3. Ubuntu Christian Edition
   4. Ubuntu Muslim Edition (Sabily)
   5. Hannah Montana Linux
   6. Justin Bieber Linux
   7. Rebecca Black OS
   8. Aloonix
   9. Pony OS
   10. Apartheid Linux
   11. Suicide Linux
Outros artigos deste autor

Formatando texto no Open Office

Atualizar Switch 3Com 4400

Prevenindo problemas com impressoras via Samba no Windows

Gerenciamento de pacotes RPM (parte 1)

Configure seu modem SmartAx MT810 no Ubuntu

Leitura recomendada

O lado negro da Força, segundo a Microsoft o software livre quebra patentes

Linux e Educação

Onde estão os programadores da era DOS?

elementary OS Luna: linda, mas serve para sua mãe?

O papel do Linux na atualidade

  
Comentários
[1] Comentário enviado por removido em 24/11/2016 - 21:38h

Hello Kitty Slackware, Lesbian Linux, Jewbuntu, Helal Linux e CSI Linux foram outras distros que ouvi falar, mas todas sem uma página oficial ou, pelo menos, algum material confiável.
Quem souber de mais alguma que não está na lista comenta aí!

Digito, logo existo!

[2] Comentário enviado por removido em 24/11/2016 - 23:16h

Red Star OS: E pensar que existe um lugar no mundo em que usar Windows© é sinônimo de liberdade ...

Ubuntu Satanic Edition: Parece o tipo de coisa que quem usa diz "olha como eu sou mau". Enfim, não precisa ser regra.

Ubuntu Christian Edition: Por que esta distro continua ativa? Todo mundo sabe que os arquivos para serem lidos e escritos precisam ter permissão 666. Então todos são executáveis?

Ubuntu Muslim Edition (Sabily): Esta é a única que tem conteúdo religioso sério. As outras são verniz e marketing.

Hannah Montana Linux: Se fosse Puppy e não fosse tão rosinha tinha jeito ...

Justin Bieber Linux: Usar Puppy já é uma vantagem, mesmo com o verniz "cueca" da distro.

Rebecca Black OS: Se a moda pega ... Faltou uma distro daquela loira que canta "All About That Bass". Aqui: https://www.youtube.com/watch?v=7PCkvCPvDXk ... é, deve faltar uma de cada popstar de verão. Quero ver alguém fazer uma distro nacional tipo Luan Santana kkkkkkkkkkkk ...

Aloonix: Este está pau a pau com o Suicide Linux. Talvez faça um teste para saber se há algo de usável. As cores são excessivamente "blue". Poderia vir com aquela música que a Billie Holliday gravou, aquela que quem ouve se joga pela janela rs ...

Pony OS: alguém lembra do comercial de carro com os pôneis malditos? Tem um blog em que o cara desce o sarrafo em pôneis malditos de escritório

Apartheid Linux: Seria bom descrever com alguns palavrões, que o site possivelmente filtraria ...

Suicide Linux: Manda e comanda. O resto é verniz ... Juntar com o Aloonix seria uma boa.

----------------------------------------------------------------------------------------------------------------
Nem direita, nem esquerda. Quando se trata de corrupção o Brasil é ambidestro.
(anônimo)

Encryption works. Properly implemented strong crypto systems are one of the few things that you can rely on. Unfortunately, endpoint security is so terrifically weak that NSA can frequently find ways around it. — Edward Snowden

[3] Comentário enviado por izaias em 25/11/2016 - 01:08h

"O coração quase infarta! "

kkk
Deve mesmo!

Ótimo artigo.
Parabéns!

[4] Comentário enviado por removido em 25/11/2016 - 19:54h

"Pony OS: alguém lembra do comercial de carro com os pôneis malditos? Tem um blog em que o cara desce o sarrafo em pôneis malditos de escritório"
Maledetto, agora vou ficar com essa nhaca ecoando na cabeça por um bom tempo. :/

[5] Comentário enviado por EnzoFerber em 25/11/2016 - 21:14h

O "poema" de introdução da Ubuntu Satanic Edition é uma versão levemente modificada da introdução de "The Number of the Beast" do Iron Maiden.

Metal sempre... Mas ainda prefiro o bare metal do Slackware!


UP THE IRONS!
[]'s

[6] Comentário enviado por krafidhi em 27/11/2016 - 19:59h

Consegui baixar ontem a Sabily (versão islâmica). Pelo que eu entendi, é um software poderoso e completo. Vou queimar em DVD e instalar no meu notebook. Quando puder, eu volto aqui com o link para download, o único que eu encontrei que não direciona para o extinto site do projeto. Estou radiante por ter encontrado essa ISO ^^

[7] Comentário enviado por removido em 27/11/2016 - 21:00h


[6] Comentário enviado por krafidhi em 27/11/2016 - 19:59h

Consegui baixar ontem a Sabily (versão islâmica). Pelo que eu entendi, é um software poderoso e completo. Vou queimar em DVD e instalar no meu notebook. Quando puder, eu volto aqui com o link para download, o único que eu encontrei que não direciona para o extinto site do projeto. Estou radiante por ter encontrado essa ISO ^^


Quando puder postar, enviarei o link para algum moderador adicioná-lo ao artigo!

[8] Comentário enviado por removido em 27/11/2016 - 21:28h

Alguma coisa poderia ser incluída aqui: https://www.vivaolinux.com.br/download-linux/

----------------------------------------------------------------------------------------------------------------
Nem direita, nem esquerda. Quando se trata de corrupção o Brasil é ambidestro.
(anônimo)

Encryption works. Properly implemented strong crypto systems are one of the few things that you can rely on. Unfortunately, endpoint security is so terrifically weak that NSA can frequently find ways around it. — Edward Snowden

[9] Comentário enviado por krafidhi em 27/11/2016 - 21:28h


[7] Comentário enviado por Dave_Null em 27/11/2016 - 21:00h


[6] Comentário enviado por krafidhi em 27/11/2016 - 19:59h

Consegui baixar ontem a Sabily (versão islâmica). Pelo que eu entendi, é um software poderoso e completo. Vou queimar em DVD e instalar no meu notebook. Quando puder, eu volto aqui com o link para download, o único que eu encontrei que não direciona para o extinto site do projeto. Estou radiante por ter encontrado essa ISO ^^

Quando puder postar, enviarei o link para algum moderador adicioná-lo ao artigo!


Bom, aqui está o link: https://sourceforge.net/projects/archiveos/files/s/sabily/

Eu procurei em todos os links e esse é o único funcional. Baixei hoje pela manhã, e amanhã instalarei na máquina virtual. Se tiver português como opção, instalo direto no HD. É uma pena que esteja descontinuado, a comunidade muçulmana seria muito beneficiada com um sistema atualizado... Falando nisso... Se a distro está descontinuada... Será que vai funcionar? E agora? '-'

[10] Comentário enviado por removido em 27/11/2016 - 22:38h

[6] Comentário enviado por krafidhi em 27/11/2016 - 19:59h

Bom, aqui está o link: https://sourceforge.net/projects/archiveos/files/s/sabily/

Eu procurei em todos os links e esse é o único funcional. Baixei hoje pela manhã, e amanhã instalarei na máquina virtual. Se tiver português como opção, instalo direto no HD. É uma pena que esteja descontinuado, a comunidade muçulmana seria muito beneficiada com um sistema atualizado... Falando nisso... Se a distro está descontinuada... Será que vai funcionar? E agora? '-'


Obrigado! Mas, como não é do site oficial, acho melhor deixar por aqui nos comentários e quem se interessar, baixa a .ISO e instala numa máquina virtual para não ter surpresas...
Olhando no DistroWatch https://distrowatch.com/table.php?distribution=sabily a última versão do Sabily foi baseada no Ubuntu 11.10 que encerrou seu suporte em 2013. Essa versão que você achou se trata da 10.10 que encerrou seu suporte em 2012. Vou baixar a imagem e testar aqui, mas com certeza tem bugs...
Só uma curiosidade: você é muç[email protected]?

[11] Comentário enviado por removido em 27/11/2016 - 22:39h


[8] Comentário enviado por listeiro_037 em 27/11/2016 - 21:28h

Alguma coisa poderia ser incluída aqui: https://www.vivaolinux.com.br/download-linux/

----------------------------------------------------------------------------------------------------------------
Nem direita, nem esquerda. Quando se trata de corrupção o Brasil é ambidestro.
(anônimo)

Encryption works. Properly implemented strong crypto systems are one of the few things that you can rely on. Unfortunately, endpoint security is so terrifically weak that NSA can frequently find ways around it. — Edward Snowden


Deixa eu advinhar aqui... Suicide Linux? haha!

[12] Comentário enviado por removido em 27/11/2016 - 22:52h

Uma "parte 2" já está no forno. Dessa vez tirei essas distros com ideias singulares demais e estou mais focado em algo que REALMENTE seja diferente e interessante para se utilizar. Como o colega @listeiro_037 diz: "Muito verniz..." (haha!)

Digito, logo existo!

[13] Comentário enviado por krafidhi em 27/11/2016 - 23:46h

Sim e não. Sim, eu sou muçulmana e não, nada se Suicide Linux. Suicídio é pecado. Se tivesse me explodido, jamais estaria usando Ubuntu e nem saberia da existência dessas distros...

[14] Comentário enviado por removido em 28/11/2016 - 01:10h

Que doidera esse Aloonix!

[15] Comentário enviado por removido em 28/11/2016 - 13:21h

Faltou Exherbo Linux. A distro mais mindfuck que existe!

----------------------------------------------------------------------------------------------------------------
Nem direita, nem esquerda. Quando se trata de corrupção o Brasil é ambidestro.
(anônimo)

Encryption works. Properly implemented strong crypto systems are one of the few things that you can rely on. Unfortunately, endpoint security is so terrifically weak that NSA can frequently find ways around it. — Edward Snowden

[16] Comentário enviado por removido em 28/11/2016 - 19:20h

[13] Comentário enviado por krafidhi em 27/11/2016 - 23:46h

Sim e não. Sim, eu sou muçulmana e não, nada se Suicide Linux. Suicídio é pecado. Se tivesse me explodido, jamais estaria usando Ubuntu e nem saberia da existência dessas distros...


-Espero que não tenha se sentido ofendida pelo fato de ter chamado a distribuição de excêntrica. Não estou me referindo aos muçulmanos e afirmando que são "diferentes" no pior sentido da palavra, mas me refiro a distribuição em si. Porque ela foge ao propósito comum. Assim como as outras do artigo.
-Queria esclarecer também que o Sabily não possui distinção entre Xiitas e Sunitas. Ele serve para todos aqueles que seguem o Alcorão Sagrado. Assim como o UbuntuCE, que serve para todos os cristãos em geral.
-Quando falei sobre o Suicide Linux, estava me referindo ao @listeiro_037, que afirma ser a melhor do artigo.

[17] Comentário enviado por removido em 28/11/2016 - 19:21h


[15] Comentário enviado por listeiro_037 em 28/11/2016 - 13:21h

Faltou Exherbo Linux. A distro mais mindfuck que existe!

----------------------------------------------------------------------------------------------------------------
Nem direita, nem esquerda. Quando se trata de corrupção o Brasil é ambidestro.
(anônimo)

Encryption works. Properly implemented strong crypto systems are one of the few things that you can rely on. Unfortunately, endpoint security is so terrifically weak that NSA can frequently find ways around it. — Edward Snowden


Esse tipo de distribuição virá na "parte 2".

[18] Comentário enviado por cavnet em 30/11/2016 - 17:34h

Gostei! será que o Red Star OS dá para alterar a ligua?
Cumprimentos
[email protected]

[19] Comentário enviado por izaias em 01/12/2016 - 13:38h

E o Mint continua na frente: https://goo.gl/NwCbmy

openSUSE surpreendeu! Continua entre os primeiros.

[20] Comentário enviado por removido em 02/12/2016 - 15:55h

[18] Comentário enviado por cavnet em 30/11/2016 - 17:34h

Gostei! será que o Red Star OS dá para alterar a ligua?
Cumprimentos
[email protected]


Já vi screenshots em inglês sim, mas não sei como fizeram isso. Segundo os criadores, a distro possui apenas uma língua, o Coreano, nesse caso. Mas, você pode instalar e, caso saiba ler em Coreano, encontrar a opção de "mudar idioma"...
Boa sorte!

[21] Comentário enviado por Ang em 16/12/2016 - 05:20h

Com certeza são excêntricas. As que me chamaram atenção foram o Red Star OS e Pony OS. E a que eu odiei foi Apartheid Linux porque seus idealizadores são idiotas por manterem a ideologia nazista. Creio que devemos livrar nosso Linux de algo racista.. Mas a maioria teve inspiração em algo que gosta para criarem uma distro inspirada em artistas ou programa de TV. O artigo está ótimo e dou os parabéns ao escritor.

Angelo de Souza
Manaus, AM, Brasil.
Distros Favoritas: Ubuntu, Slax e FreeBSD.

[22] Comentário enviado por removido em 18/12/2016 - 20:24h

[21] Comentário enviado por Ang em 16/12/2016 - 05:20h

Com certeza são excêntricas. As que me chamaram atenção foram o Red Star OS e Pony OS. E a que eu odiei foi Apartheid Linux porque seus idealizadores são idiotas por manterem a ideologia nazista. Creio que devemos livrar nosso Linux de algo racista.. Mas a maioria teve inspiração em algo que gosta para criarem uma distro inspirada em artistas ou programa de TV. O artigo está ótimo e dou os parabéns ao escritor.

Angelo de Souza
Manaus, AM, Brasil.
Distros Favoritas: Ubuntu, Slax e FreeBSD.


Como deixei bem claro no artigo, não queria inserir tal distribuição, pois estaria divulgando-a, e assim, contribuindo com a mesma, de certa forma. Mas, refleti muito sobre essa questão e cheguei a seguinte conclusão: construir um muro entre as pessoas e dizer que o que está do outro lado é ruim, ou que não existe nada do outro lado, não resolve o problema. E, é justamente isso que os usuários do Apartheid Linux fazem...
Só o debate e a troca de ideias podem fazer com que o homem tenha um melhor entendimento da forma como as outras pessoas pensam e veem o mundo. Quais são suas realidades e como ajudá-las a superar as discriminações raciais, neste caso.


Contribuir com comentário




Patrocínio

Site hospedado pelo provedor RedeHost.
Linux banner
Linux banner
Linux banner

Destaques

Artigos

Dicas

Tópicos

Top 10 do mês

Scripts