Usando o SlackPorts

Este artigo descreve o uso do SlackPorts, uma coleção de ports para a distribuição Slackware Linux.

[ Hits: 11.976 ]

Por: Douglas Giorgio Fim em 27/09/2010 | Blog: http://freebsdwallpapers.blogspot.com/


Introdução



Slackports nada mais é que ports para Slackware. Ports é um conjunto de diretórios organizados com seus respectivos scripts e Makefile, desenvolvido para automatizar a compilação e instalação de programas a partir do código-fonte.

Ports é muito comum em sistemas baseado em BSD, algumas distribuições Linux como Gentoo vem fazendo algo bem semelhante ao ports dos BSDs.

Slackports veio para dar um gosto de ports para os usuários da distribuição Slackware, contém os famosos scripts do SlackBuild.
No site diz "Website coming soon, be patience", ou seja, em breve terá um próprio site.

Obtendo e atualizando

O Slackports utiliza o svn para obter e atualizar toda a coleção.

Como diz o próprio site, o comando é esse:

# svn co https://slackports.svn.sourceforge.net/svnroot/slackports/devel /usr/slackports

Se observarmos no final do comando, temos o diretório /usr/slackports, ou seja, é nesse diretório onde está a coleção de ports.

Estrutura

A organização é simples e fácil de entender.

Dentro do diretório /usr/slackports temos alguns diretórios. Ex.:
  • /usr/slackports/audio
  • /usr/slackports/editors
  • /usr/slackports/games
  • /usr/slackports/video
  • /usr/slackports/www
  • /usr/slackports/x11

E muitos outros. Dentro desses diretórios temos outros diretórios com os nomes do programas:
  • /usr/slackports/audio/xmms
  • /usr/slackports/games/supertux
  • e muito mais.

O diretório /usr/slackports/distfiles armazena o código-fonte baixado, o pacote gerado e alguns diretórios para gerar o pacote.

    Próxima página

Páginas do artigo
   1. Introdução
   2. Comandos
   3. Na prática
Outros artigos deste autor

Atualização e instalação de programas no FreeBSD

Leitura recomendada

Instalação e configuração do Webmin

Zenwalk - Uma distro e tanto

TCOS - Uma alternativa eficiente aos terminais burros

Integrando Nagios e Google Maps

Instalando o Kink - Monitoração de tinta de impressoras HP e Epson

  
Comentários
[1] Comentário enviado por juniorcarvalho em 27/09/2010 - 09:55h

Boa Valeu !

[2] Comentário enviado por roberto_espreto em 27/09/2010 - 10:00h

Legal.
Se é Slackware, está tudo certo! :)

Att,

[3] Comentário enviado por marcrock em 27/09/2010 - 19:21h

Muito bom!
Sempre achei o esquema de ports dos BSDs muito interessante e já usei o ABS no Arch e achava muito prático, tomara que esse prjeto para o Slackware cresça e se quem sabe se torne padrão na distro !!!

[4] Comentário enviado por pinduvoz em 27/09/2010 - 23:32h

Tem uma distro baseada no Slack, o Kongoni, que usa PORTS como padrão para gerenciamento de software:

http://www.vivaolinux.com.br/screenshot/KDE-KDE-4.5.1-(finalmente)/


[5] Comentário enviado por xerxeslins em 28/09/2010 - 00:30h

Muito bom =)

Parabéns pelo artigo!


[6] Comentário enviado por stack_of em 28/09/2010 - 17:40h

Ja utilizei o FreeBSD e gostava muito dos ports.
Vou testar.

Continue com o bom trabalho...

[7] Comentário enviado por levi linux em 25/11/2011 - 23:11h

Parabéns, pelo excelente trabalho.


Contribuir com comentário




Patrocínio

Site hospedado pelo provedor RedeHost.
Linux banner
Linux banner
Linux banner

Destaques

Artigos

Dicas

Tópicos

Top 10 do mês

Scripts