Usando o SlackPorts

Este artigo descreve o uso do SlackPorts, uma coleção de ports para a distribuição Slackware Linux.

[ Hits: 12.027 ]

Por: Douglas Giorgio Fim em 27/09/2010 | Blog: http://freebsdwallpapers.blogspot.com/


Comandos



Para instalarmos o jogo supertux, temos que ir no seu diretório.

cd /usr/slackports/games/supertux

Para ver os parâmetros usados junto com o make, usaremos os seguinte comando:

# make help

o retorno é esse:

Basic slackports usage:
  - all-in-one command (download build install clean-all):
    make bundle 
  - to show dependencies (NO automatic resolution):
    make deps
  - to just download sources: 
    make download
  - to build the package:
    make build
  - to install the package:
    make install
  - to remove the installed package:

    make uninstall

  - to clean up temp. build files:

    make clean

  - to clean up ALL package files:

    make clean-all

Vamos ver com mais detalhes o que cada um deles fazem.

# make bundle

Como dizem, faz tudo, baixa, compila e gera um pacote, instala o pacote e limpa os arquivos temporários e os arquivos no diretório distfiles.

# make deps

Exibe as dependências.

# make download

Faz o download do código-fonte.

# make build

Compila e gera o pacote.

# make install

Instala o pacote gerado.

# make uninstall

Desinstala o pacote instalado.

# make clean

Limpa os arquivos temporários gerados no build.

# make clean-all

Faz o mesmo que o "make clean" e exclui os arquivos no diretório distfiles.

Temos também 2 comandos que não aparecem no "make help".

# make search name=programa

Serve para buscar a port desejada. Ex.:

# make search name=supertux
==> games/supertux

# make viewchanges

Exibe as mudanças, na verdade ele exibe o arquivo /usr/slackports/CHANGES.

Página anterior     Próxima página

Páginas do artigo
   1. Introdução
   2. Comandos
   3. Na prática
Outros artigos deste autor

Atualização e instalação de programas no FreeBSD

Leitura recomendada

Leitura e escrita em NTFS usando o ntfs-3g

Instalando o Songbird no Linpus Linux Lite (Acer Aspire One)

Importando extratos do Banco do Brasil para o Kmymoney (gerenciador de finanças pessoais)

Instalando o SoapUI no Ubuntu

Dá para usar BackTrack como desktop! Sabia?

  
Comentários
[1] Comentário enviado por juniorcarvalho em 27/09/2010 - 09:55h

Boa Valeu !

[2] Comentário enviado por roberto_espreto em 27/09/2010 - 10:00h

Legal.
Se é Slackware, está tudo certo! :)

Att,

[3] Comentário enviado por marcrock em 27/09/2010 - 19:21h

Muito bom!
Sempre achei o esquema de ports dos BSDs muito interessante e já usei o ABS no Arch e achava muito prático, tomara que esse prjeto para o Slackware cresça e se quem sabe se torne padrão na distro !!!

[4] Comentário enviado por pinduvoz em 27/09/2010 - 23:32h

Tem uma distro baseada no Slack, o Kongoni, que usa PORTS como padrão para gerenciamento de software:

http://www.vivaolinux.com.br/screenshot/KDE-KDE-4.5.1-(finalmente)/


[5] Comentário enviado por xerxeslins em 28/09/2010 - 00:30h

Muito bom =)

Parabéns pelo artigo!


[6] Comentário enviado por stack_of em 28/09/2010 - 17:40h

Ja utilizei o FreeBSD e gostava muito dos ports.
Vou testar.

Continue com o bom trabalho...

[7] Comentário enviado por levi linux em 25/11/2011 - 23:11h

Parabéns, pelo excelente trabalho.


Contribuir com comentário




Patrocínio

Site hospedado pelo provedor RedeHost.
Linux banner
Linux banner
Linux banner

Destaques

Artigos

Dicas

Tópicos

Top 10 do mês

Scripts