Publicidade? Linux? Como?!

"Publicidade? Linux? Como?!". Essas foram as últimas palavras do ex-gerente de TI de uma agência de publicidade da minha cidade que migrou todas as suas máquinas não "Apple" para Linux (SuSE 9.3 Professional), substituindo Windows XP e demais softwares. Vamos mostrar como isso aconteceu.

[ Hits: 35.140 ]

Por: Guilherme RazGriz em 07/11/2005 | Blog: http://razgrizbox.tumblr.com


Planejamento



O planejamento é VITAL para que possamos cumprir todas as nossas tarefas de forma organizada e sem atropelos.

A lista abaixo foi feita com base nas tarefas que serão desempenhadas na campanha "Get the Facts". A sua lista deverá ter as tarefas pertinentes à sua campanha, lembrando que para o caso de trabalho em GRUPO as tarefas deverão ser delegadas de acordo com o potencial de cada membro (neste caso faça uma reunião com os mesmos para obter um perfil dos mesmos).
  • Pesquisa sobre o público alvo;
  • Escolha das mídias de exposição do "produto" (internet, impressos, etc);
  • Delegação de tarefas;
  • Metas;
  • Prazos;
  • Lançamento.

01 - Pesquisa sobre o público alvo


Estudar seu comportamento, preferências e grau de instrução (tarefa já cumprida).

Relatório:
Usuário com baixo conhecimento em informática, normalmente situados entre as classes A B e C, segundo grau completo e não raramente curso superior.

Poder aquisitivo de moderado a alto (classes A e B, sendo a maioria presente na classe B).

Aceita novos conceitos com relativa facilidade quando convencidos de que os hábitos antigos estão ficando obsoletos e perdendo funcionalidade. Transição facilitada quando o produto não provoca grandes alterações na economia empresarial e doméstica.

Com relação a parcela da classe C: raramente obtém acesso ao computador, a não ser em telecentros e/ou empresa. Aceitam novos conceitos, desde que mostrados na mídia de massa em larga escala, como televisão e jornais ditos como "populares".

Todas as classes compreendem com relativa facilidade linguagem escrita e visual.

02 - Escolha das mídias de exposição do "produto" (tarefa cumprida)


Relatório:
Devido ao baixo orçamento, foram escolhidas a internet e mídia impressa em folder com papel de qualidade (6000 impressos), bussdoor (outdoor colado em coletivos) e plotter (adesivo com arte impressa em 300 a 1400 DPI, sendo que o mesmo pode ser usado para adesivar veículos, portas, paredes, etc).

Orçamento total a ser gasto: R$ 1200,00 (você não precisa mandar fazer nada, a menos que queira mesmo ver sua campanha nas ruas. O valor pode varia de acordo com sua localização).

03 - Delegação de tarefas (tarefa cumprida)


Como não há equipe nesta campanha, não há necessidade de escrever nada no momento.

04 - Prazos (tarefa cumprida)

  • Criação do slogan: 1 dia;
  • Texto da campanha: 1 dia;
  • Criação do folder: 1 dia;
  • Criação do plotter: 1 dia;
  • Hot site: 2 dias;
  • Impressão na gráfica (tempo requerido pela mesma para preparar o buss door, folders e plotters): 5 dias;
  • Lançamento 2 dias.

Total: 12 dias.

Tempo previsto de duração da campanha nas ruas: 30 dias (mantendo-se os R$ 1200,00 mensalmente, pode se estender o tempo necessário).

05 - Lançamento

  • Adesivar automóvel;
  • Checar as provas da gráfica e distribuir o material em locais públicos;
  • Verificar linhas de ônibus com o buss door circulando;
  • Aguardar o resultado da campanha. =]

Página anterior     Próxima página

Páginas do artigo
   1. Publicidade?
   2. Alguma coisa de marketing
   3. Planejamento
   4. Executando
   5. Criação da marca da campanha e impressos
   6. SIM, é possível
Outros artigos deste autor

Blender - Criando personagem 3D em menos de 10 minutos

Filamentos para Impressão 3d: Um Teste a Toda Prova

Programação visual (módulo 2)

O reflexo a partir de um plexo

Edição pesada de imagens com o Gimp (parte 2)

Leitura recomendada

Imagination: Transforme suas fotos em DVD

Construindo Somando e Subtraindo

Escrevendo com LaTeX

Ubuntu 10.04 - Wallpapers Animados Utilizando Vídeos

Edição pesada de imagens com o Gimp (parte 1)

  
Comentários
[1] Comentário enviado por marcosomelhor em 07/11/2005 - 15:28h

+ um otimo artigo seu meus parabens

[2] Comentário enviado por kaled em 07/11/2005 - 16:25h

Eu acompanhei a seria "Edição Pesada" e consegui convencer alguns designers que trabalham comigo a usar o Gimp por causa dela.

Espero que com esse novo artigo teu consiga abrir a cabeças de mais pessoas, inclusive as que decidem como gastar o dinheiro.

Continua assim amigo

[3] Comentário enviado por cmercaldo em 07/11/2005 - 16:53h

Video para incentivar, muito bom !
http://video.google.com/videoplay?docid=7600554419014140162&q=claudiom

Att
Claudio Mercaldo

[4] Comentário enviado por removido em 07/11/2005 - 18:26h

"NÓS temos os softwares... apenas temos de acreditar neles e no nosso conhecimento interno. " - a melhor frase de 2005!!!
;-P

[5] Comentário enviado por timm em 08/11/2005 - 07:35h

O artigo tá ótimo, mas eu nunca duvidei da capacidade do Linux pra qualquer coisa.

Tenho um grande amigo que é designer, e certa vez a gente tava conversando sobre software. Eu tava começando no Linux, e então ele ficou surpreso ao saber o sistema que eu usava, e disse: "Timm, eu tô usando um programa da "Plataforma Livre" no lugar do PhotoShop, chama-se Gimp. É fantástico, experimenta se tu tiver a oportunidade"

E assim que eu tiver a oportunidade eu usei, instalei pelo URPMI, no Mandrake, e achei realmente muito bom, eu tava começando, e aquilo mudou totalmente os meus conceitos sobre Software Livre. No meu PC de trabalho eu não uso Photoshop. só Gimp. Esse meu amigo ainda queria aprender a trabalhar com Maya, mas ele é preguiçoso o suficiente pra isso... Então continua no 3DStudioMax... Pena, podia ser um puta "Plataforma Livre", como ele se referia à OppenSource...

[6] Comentário enviado por strongz em 08/11/2005 - 15:43h

isso ae acvsilva.. a melhor frase.. não digo de 2005 mais a melhor =P
"NÓS temos os softwares... apenas temos de acreditar neles e no nosso conhecimento interno. "

[7] Comentário enviado por homertrix em 09/11/2005 - 12:41h

concordo, temos que que confiar en nossa capacidade que com o conhecimento, podemos mudar o monopolio, da informática, disponibilizando a LIBERDADE de esconha para os usuarios investirem nessa idéia !!!!

[8] Comentário enviado por ramonklown em 09/11/2005 - 21:53h

Eu concordo com a frase, mas isso não dependo somente dos desenvolvedores.
Acho que depende mais dos que estão abitolados no Windows XP do que nós.

[9] Comentário enviado por gotslack em 21/06/2006 - 00:19h

cara.. ótimo artigo!!
mto bom mesmo.

isso prova que nem todo bom designer usa o Janelas; e nem todo bom projeto, precisa dele! ;D

só há algo que me disperta curiosidade há mto.
no windows, é fácil.. mas no linux, como eu posso converter meus brushes do photoshop para gimp?

*.abr -> *.gbr

se alguém souber, me avise! ;D
abraços

[10] Comentário enviado por Diede em 27/12/2007 - 03:22h

Se for só renomear os .abr para .gbr, o comando é algo assim:
for brushes in *.abr; do mv $brushes $(basename $brushes .abr).gbr


Contribuir com comentário




Patrocínio

Site hospedado pelo provedor RedeHost.
Linux banner
Linux banner
Linux banner

Artigos

Dicas

Tópicos

Top 10 do mês

Scripts