Tutorial GIMP: Preparando mapas para artigos científicos

Neste artigo procurei estudar os recursos do Gimp e usá-los para produzir um mapa a partir de uma imagem. É voltado para pesquisadores de diversas áreas que usam o Gimp como programa de edição de imagens, mas também é útil para qualquer um que esteja estudando o programa.

[ Hits: 17.685 ]

Por: Bruno Rafael Santos em 10/06/2010 | Blog: http://rafaelocremix.wordpress.com/


Criando um mapinha



Sabe aqueles mapas fofinhos que temos em artigos científicos? Geralmente eles são em escala de cinza para economizar tinta dos periódicos impressos e para evitar que os pesquisadores miguxos transformem o artigo em um carnaval.

Neste tutorial veremos como fazer um mapa simples para um artigo. O procedimento todo foi feito no Gimp 2.6.7 rodando no Mandriva Linux 2010 Free. Os comandos para realizar este procedimento são os mesmos para o Photoshop.

Serão usados recursos bem básicos como Vetores, Seleção, Cores e Edição de Texto, porém são essenciais para trabalhos mais complexos.

Vamos lá!

A bola da vez é um mapa da cidade de São Luís - MA.
Notem que foi tirado do Google Maps, então a qualidade não é das melhores. Também tem muita informação desnecessária, o que torna as coisas mais interessantes...

Vamos usar a ferramenta de Seleção por Cores para separar o oceano do continente: "Shift + o". Pode ser encontrada em Seleção > Por Cor ou pela Caixa de Ferramentas.
O funcionamento é bem simples, clique em uma cor que você queira selecionar e todos os pontos de imagem com essa tonalidade serão selecionados. Isso é melhor que ferramentas como a Seleção Contínua, pois o nosso mapa contém muitos corpos d'água isolados que você precisaria selecionar individualmente depois.

Como existem variações de cores nas áreas costeiras, a ferramenta pode se confundir, então use um baixa Tolerância e o Zoom (Z) para selecionar as variações de tons individualmente. Com isso o resultado ficará bem melhor.
Depois de feita a seleção vem o vetor. O vetor é basicamente um jeito de transformar a seleção em um desenho. Isso é muito útil, pois permite que você possa mexer à vontade na seleção em perdê-la. O vetor fica na aba vetores na caixa de Camadas e Canais:
Agora com o vetor tudo fica muito mais fácil. Tudo que você precisa fazer agora é pintar o vetor. Selecione o vetor na aba Vetores e use o comando Vetor para Seleção. Isso recupera a seleção do oceano sem que você tenha que usar a Seleção por Cores novamente.
Agora é simples, você pode simplesmente apertar Delete para apagar tudo o mar, rios e afluentes. Use a ferramenta Pincel (P) para pintar tudo da cor que desejar.

Por que usar pincel e não a Ferramenta de Preenchimento (Shift + B)? É que o Pincel pintará tudo na seleção e o Preenchimento afeta apenas áreas contínuas. Usa situação semelhante a que encontramos no uso da Seleção por Cores em vez da Seleção Contínua.
Depois é só usar o comando Inverter Seleção (Ctrl + H) para mudar do mar para o continente e fazer a mesma coisa com outra cor. Notem que a seleção do continente inclui as legendas do GoogleMaps para os locais. Você poderá preservá-las criando mais um vetor para elas depois ou pode simplesmente fazer as suas por cima como eu fiz...
Agora é só colocar o texto em seu devido lugar e fazer os retoques finais. É que ficam alguns pontinhos em algumas partes do mapa, são áreas com cores anômalas que foram mal selecionadas.

E pronto, agora é só plotar os pontos cartográficos ou incluir outras legendas que variam com o tipo de trabalho:
   

Páginas do artigo
   1. Criando um mapinha
Outros artigos deste autor

Defesa pessoal com o GPG, Nautilus Scripts, partições encriptadas e leves doses de paranoia

Python para pesquisadores: material didático

Recuperação de arquivos do LibreOffice

Campos no LibreOffice: usos e abusos

Devo atender? Um ótimo aplicativo para bloquear Telemarketing

Leitura recomendada

Convertendo de AVI para AMV nativamente

Instalando Compiz Fusion no Slackware 12.1 + AIGLX + NVIDIA

Kino: Capture e edite seus vídeos no Linux

Instalando o compiz no Arch Linux

Construindo Somando e Subtraindo

  
Comentários
[1] Comentário enviado por Lisandro em 10/06/2010 - 07:03h

Viva o Gimp!!!

[2] Comentário enviado por albfneto em 10/06/2010 - 23:09h

Puxa, legal.... diferente, criativo. está nos favoritos.
sou pesquisador científico, gostei!

[3] Comentário enviado por bieu em 12/06/2010 - 16:05h

vlw rafa !

[4] Comentário enviado por sandrosfc em 26/06/2010 - 03:20h

Muito bom,vlw pela dica ;)

[5] Comentário enviado por levi linux em 12/01/2012 - 11:57h

Outro excelente artigo! Parabéns, favoritado!


Contribuir com comentário




Patrocínio

Site hospedado pelo provedor RedeHost.
Linux banner
Linux banner
Linux banner

Destaques

Artigos

Dicas

Tópicos

Top 10 do mês

Scripts