Aprendendo a criar pixmap no Gimp

Venho através desse artigo ensinar como você poderá criar seu próprio pixmap para usar no seu style do Fluxbox. Mas e se você nem se quer sabe o que é um pixmap?! Então, leia o artigo.

[ Hits: 27.947 ]

Por: Rafael em 25/10/2006


O tal pixmap...



Como dito anteriormente, estarei ensinando como fazer o pixmap para poder utilizar no seu style do Fluxbox.

Mas, o que é Pixmap?
Pixmaps são arquivos no formato ".xpm" (Nome_Arquivo.xpm) que são compostos por cores, 'códigos' (exemplo: !@#$%), etc. Ele parece com um arquivo de imagem como você poderá ver se clicar sobre um arquivo ".xpm".

Você já deve ter visto aqui mesmo no VOL alguns screenshots usando pixmap, porém pode ser que você não sabia. Veja dois exemplos nas minhas screenshots com pixmap:

  

Viu?! Tem pixmap pra todo lado nessas duas screenshots. :D
Estou utilizando pixmap na barra de tarefas, no título do menu nas janelas. Enfim, você poderá usar os pixmaps em vários lugares.

E como eu faço para criar esse tal de Pixmap?
Essa é uma parte meio "chata" (se bem que nem tanto, eu gosto de criá-los, já não sei você :D). Mas vamos lá.

Temos dois modos de criar um pixmap, ou melhor, dois que eu sei, caso você saiba mais algum, mande seus comentários. :D

O primeiro deles é editando na mão o arquivo ".xpm", ou seja, pelo terminal ou por algum editor de texto gráfico. Sim, sim, editor de texto gráfico mesmo como o "KWrite" por exemplo. Com ele você poderá abrir e editar o pixmap pelos "códigos".

Como você vê nessa imagem:


O segundo modo é um pouco mais fácil, que é feito com o Gimp. Ufa, Gimp, que maravilha heim. Pois então, pelo Gimp você também pode criar o pixmap, basta abrir o Gimp e criar uma imagem com variações de cores e depois salvar no formato ".xpm" (o próprio Gimp tem essa extensão). Claro, você poderá criar como quiser essa imagem (não precisa ser necessariamente uma imagem de cores), mas para esse artigo será usado uma imagem com variações de cores.

Veja esse exemplo de pixmap no Gimp:


Viu só?! Pelo Gimp não é tão difícil assim, apesar de que ambos são um pouco "fáceis" dependendo do que for fazer, claro. :D

Próxima página você aprenderá a criar o Pixmap...

    Próxima página

Páginas do artigo
   1. O tal pixmap...
   2. Criando o pixmap
   3. Usando o pixmap no Fluxbox
   4. Algumas opções para uso do Pixmap
   5. Style especial
   6. Conclusões
Outros artigos deste autor

Criação de imagem com o Gimp

Criando o seu próprio wallpaper com o Gimp

Saiba como ativar dois ou mais fbpagers no Fluxbox

Leitura recomendada

ARToolKit: Criando aplicativos de Realidade Aumentada

Existe design além do Corel Draw?

Alguém aí falou em deformação?

Modelagem realista com o Blender

VRML - A Web ganhando vida!

  
Comentários
[1] Comentário enviado por rafpelegri em 25/10/2006 - 07:26h

Parabéns chará!!!!!!
Adorei o artigo. Utilizo o fluxbox a mais ou menos 8 meses e não me desfaço mais dele. O problema é que estava enjuando da cara dele, portanto aprovitando o seu artigo, vou brincar no final de semana!!!
Qualquer coisa, se ficar legal, posto ele nos screenshots!
Flw!!!

[2] Comentário enviado por flipe em 25/10/2006 - 09:14h

você só não explicou o que o pixmap, XPM faz, você só disse o que todos veêm, que ele é um arquivo de imagem.

[3] Comentário enviado por leaf em 25/10/2006 - 15:05h

Brigado aí chará, fico feliz que gostou. Fluxbox é demais, aguardo screenshots com seus pixmaps heim ;ddd ...

Hey flipe, desculpa mas você leu o artigo todo?! Pq senão teria entendido o que um pixmap faz. Pixmap nada mais é do que um arquivo de imagem, como eu falei, e que é usado com o style do Fluxbox, onde o mesmo serve para adicionar cores, formulas, etc, no style. Enfim, veja as duas screenshots na primeira página do artigo, repare que na parte do Minimizar/Maximizar dessas screen, tbm foram usados pixmap ;ddd ...

Bom, espero que tenha entendido ...

Abraço ...
Rafael

[4] Comentário enviado por laassjc em 15/10/2015 - 07:22h

Oi Rafael, hum....interessante.
Recentemente eu pulei o muro e vim para o lado linux (Xubuntu 14.04) da historia. E tô achando ótimo! Não sinto falta de nada e ainda descobri que posso deixar 'a minha casa' do meu jeito. Perfeito. Porém, não encontro um bom tema 'Glass" que seja simples e elegante como o Aero Glass do win7. Então estou procurando me informar sobre 'Como criar um tema glass que me satisfaça plenamente'. Na busca acabei encontrando o seu artigo...Bom artigo. interessante. Gostei muito da linguagem que você usa para transmitir o que sabe. Bacana. Gostei. Parabéns. Agora vou prosseguir a minha busca por mais informações sobre como criar o meu próprio tema. (chique, né não?) Se tiver alguma dica, ele será muito bem vinda. Grato e um forte abraço.
Luiz Antonio


Contribuir com comentário




Patrocínio

Site hospedado pelo provedor RedeHost.
Linux banner
Linux banner
Linux banner

Destaques

Artigos

Dicas

Tópicos

Top 10 do mês

Scripts