Publicidade? Linux? Como?!

"Publicidade? Linux? Como?!". Essas foram as últimas palavras do ex-gerente de TI de uma agência de publicidade da minha cidade que migrou todas as suas máquinas não "Apple" para Linux (SuSE 9.3 Professional), substituindo Windows XP e demais softwares. Vamos mostrar como isso aconteceu.

[ Hits: 35.138 ]

Por: Guilherme RazGriz em 07/11/2005 | Blog: http://razgrizbox.tumblr.com


Executando



Muito bem, hora de colocar a mão na massa.

Vamos criar o slogan que marcará a campanha. No exemplo foi usada a idéia de contrariedade, atacando certa empresa que todos conhecem e citando um filme muito conhecido também.

""GET THE FACTS" você está pronto para conhecer a verdade?"

Dicas para o seu slogan: ele deve ser forte e marcar presença na memória das pessoas à quem ele é direcionado. Em resumo, é algo que não deve ser esquecido.

Procure demonstrar que você tem algo diferente para mostrar. "Você pode não reinventar a roda, mas pode fazer um modelo melhor e mais barato".

Faça diversas provas de slogan e caso esteja em grupo, encoraje todos os membros a expressarem suas idéias.

Perfeito, já temos nosso slogan. Agora vamos ao texto da campanha, é importantíssimo seguir as dicas anteriores, pois as regras não mudam para a criação do texto.

"GET THE FACTS" você está pronto para conhecer a verdade?

Todos os dias você é literalmente enganado e não se dá conta disso. É hora de conhecer a verdade por trás da "informática' que você conhece e a que você vai conhecer.

"Travou e perdi o documento, tenho que aceitar como algo natural e ainda pagar o preço por isso sem poder reclamar com quem fabricou o programa".

Por que pagar por algo que emperra a sua produtividade? Existem diversas opções excelentes e gratuitas que executam a mesma função sem travar e com muito mais velocidade.

"O Linux é uma telinha preta como um tal de MS-DOS?"

Não, o Linux é um sistema capaz de realizar uma infinidade de tarefas, sejam elas simples ou complexas, de acordo com a necessidade de quem usa, com a confiabilidade e estabilidade que apenas a maturidade somada a qualidade pode trazer.

"O Linux é de graça, por isso que o outro é melhor"

Definitivamente é o contrário. A menos que você deseje pagar por algo com poucos recursos e muitos problemas.

"Vírus e mais vírus... um dia ainda vou quebrar de tanto chamar técnicos pra consertar o meu sistema"

Esse gasto é desnecessário caso você opte por conhecer a verdade.

"Eu li na revista que devo formatar de 6 em 6 meses o meu "sistema"... mas eu não quero fazer isso... eu deveria ter outra opção que fosse até melhor do que essa que eu uso"

Para quem usa o "sistema pago" sim, mas para quem conhece a verdade este procedimento é totalmente dispensável.

"A empresa do meu sistema disse que se eu migrar, vou me aborrecer por que ela diz que o sistema dela é melhor... e eu só conheço ele..."

Ela conhece a verdade e sabe que se você a conhecer, ela é quem vai se aborrecer.

"Qual é a verdade nisso tudo?"

A verdade é que você usa algo que não funciona como deveria e você ainda paga por isso. Mas você não sabia que havia algo melhor e tão simples quanto. Venha para o software livre e conheça a informática de verdade!

(Texto foi criado para equipar o folder impresso e o hotsite)

Quanto ao texto do hotsite: escreva algo nos moldes do que você fez para os impressos, só que maior. Lembre-se, é um HOT SITE (site PEQUENO).

Página anterior     Próxima página

Páginas do artigo
   1. Publicidade?
   2. Alguma coisa de marketing
   3. Planejamento
   4. Executando
   5. Criação da marca da campanha e impressos
   6. SIM, é possível
Outros artigos deste autor

Já falamos do PC Popular, mas será que o laptop também é ruim?

Tratamento de imagens em pessoas usando construtivismo reaplicado

Pequenas coleções

Filamentos para Impressão 3d: Um Teste a Toda Prova

Porque o PC popular é ruim?

Leitura recomendada

Um método para a construção da interface gráfica MATE no Slackware

Como turbinar seu GIMP com mais fontes

Desenhando um avatar do Tux no InkScape

Raios de luz explodindo atrás do texto

Website com o Gimp

  
Comentários
[1] Comentário enviado por marcosomelhor em 07/11/2005 - 15:28h

+ um otimo artigo seu meus parabens

[2] Comentário enviado por kaled em 07/11/2005 - 16:25h

Eu acompanhei a seria "Edição Pesada" e consegui convencer alguns designers que trabalham comigo a usar o Gimp por causa dela.

Espero que com esse novo artigo teu consiga abrir a cabeças de mais pessoas, inclusive as que decidem como gastar o dinheiro.

Continua assim amigo

[3] Comentário enviado por cmercaldo em 07/11/2005 - 16:53h

Video para incentivar, muito bom !
http://video.google.com/videoplay?docid=7600554419014140162&q=claudiom

Att
Claudio Mercaldo

[4] Comentário enviado por removido em 07/11/2005 - 18:26h

"NÓS temos os softwares... apenas temos de acreditar neles e no nosso conhecimento interno. " - a melhor frase de 2005!!!
;-P

[5] Comentário enviado por timm em 08/11/2005 - 07:35h

O artigo tá ótimo, mas eu nunca duvidei da capacidade do Linux pra qualquer coisa.

Tenho um grande amigo que é designer, e certa vez a gente tava conversando sobre software. Eu tava começando no Linux, e então ele ficou surpreso ao saber o sistema que eu usava, e disse: "Timm, eu tô usando um programa da "Plataforma Livre" no lugar do PhotoShop, chama-se Gimp. É fantástico, experimenta se tu tiver a oportunidade"

E assim que eu tiver a oportunidade eu usei, instalei pelo URPMI, no Mandrake, e achei realmente muito bom, eu tava começando, e aquilo mudou totalmente os meus conceitos sobre Software Livre. No meu PC de trabalho eu não uso Photoshop. só Gimp. Esse meu amigo ainda queria aprender a trabalhar com Maya, mas ele é preguiçoso o suficiente pra isso... Então continua no 3DStudioMax... Pena, podia ser um puta "Plataforma Livre", como ele se referia à OppenSource...

[6] Comentário enviado por strongz em 08/11/2005 - 15:43h

isso ae acvsilva.. a melhor frase.. não digo de 2005 mais a melhor =P
"NÓS temos os softwares... apenas temos de acreditar neles e no nosso conhecimento interno. "

[7] Comentário enviado por homertrix em 09/11/2005 - 12:41h

concordo, temos que que confiar en nossa capacidade que com o conhecimento, podemos mudar o monopolio, da informática, disponibilizando a LIBERDADE de esconha para os usuarios investirem nessa idéia !!!!

[8] Comentário enviado por ramonklown em 09/11/2005 - 21:53h

Eu concordo com a frase, mas isso não dependo somente dos desenvolvedores.
Acho que depende mais dos que estão abitolados no Windows XP do que nós.

[9] Comentário enviado por gotslack em 21/06/2006 - 00:19h

cara.. ótimo artigo!!
mto bom mesmo.

isso prova que nem todo bom designer usa o Janelas; e nem todo bom projeto, precisa dele! ;D

só há algo que me disperta curiosidade há mto.
no windows, é fácil.. mas no linux, como eu posso converter meus brushes do photoshop para gimp?

*.abr -> *.gbr

se alguém souber, me avise! ;D
abraços

[10] Comentário enviado por Diede em 27/12/2007 - 03:22h

Se for só renomear os .abr para .gbr, o comando é algo assim:
for brushes in *.abr; do mv $brushes $(basename $brushes .abr).gbr


Contribuir com comentário




Patrocínio

Site hospedado pelo provedor RedeHost.
Linux banner
Linux banner
Linux banner

Artigos

Dicas

Tópicos

Top 10 do mês

Scripts