Programação visual (módulo 03)

Neste módulo veremos como usar edição de imagens com certa responsabilidade na publicidade em si. Também veremos que as regras foram feitas para serem quebradas (pelo menos para nós da criação), porém com bom senso.

[ Hits: 17.693 ]

Por: Guilherme RazGriz em 18/10/2006 | Blog: http://razgrizbox.tumblr.com


As tais regras



Muito se fala do conflito "Atendimento vs Criação". Aqui na "comunidade" (sim, entre aspas, já que na minha opinião não existe comunidade de software livre ou qualquer outra, esse pensamento utópico deveria ser extinto na cabeça das mentes não alienadas, porém adorno esteja errado, =[ já que todos nós fazemos parte da massa e somos controlados por alguma instituição qualquer ou até mesmo por um jogo de interesses).

Então vamos agir de acordo com essas diretrizes, ou seja: NÃO existem regras e que vença o mais bem preparado no mercado de trabalho, isso significa que você não deve contar com a ajuda de ninguém, a menos que ambos desejem o mesmo objetivo e possam cumprir a meta almejada JUNTOS.

Isto é peça chave para você daqui para a frente:

Se alguém que tem algum cargo maior do que o seu cometer um erro crasso na sua frente, não pense em esmagá-lo, a menos que ele mereça, agora lembre-se que cometer o erro duas vezes é burrice.

Se o cliente não te der liberdade para criar, aconselho você a não assinar o trabalho apesar de executar.

NÃO adianta você querer culpar o software por um erro que VOCÊ cometeu ou pela tua total INCOMPETÊNCIA, é preciso ter a humildade e grandeza de saber pedir ajuda de vez enquando.

Não seja arrogante com o cliente, a menos que ele MEREÇA (e muito).

Saiba reconhecer os seus próprios erros antes de criticar alguém.

PARE de reclamar do que você tem para trabalhar (software e hardware). O software VOCÊ MESMO ESCOLHEU (no caso do software livre claro, se te forçarem a usar o outro a culpa é deles), afinal o software apenas faz o que você manda, então não o culpe pena sua incompetência.

Se você não sabe, PROCURE aprender.

Supondo que você já tenha os softwares instalados (o nosso "amigo" GIMP, os seus de desenho vetorial, 3D e o que mais for) vamos prosseguir.

    Próxima página

Páginas do artigo
   1. As tais regras
   2. Munição
   3. Hoje nós vamos criar
   4. Por fim
Outros artigos deste autor

As letras que fazem TOING

O Rio distorcivo e o Gimp

O Organo Abstrato e o GIMP

Profundidade indivisível

Blender - Como fazer um planeta 3D

Leitura recomendada

Experimentando o XGL/Compiz no Mandriva 2007

"Tatuando" pessoas com o Gimp

Aceleração 3D Nvidia no Debian Etch

Visualizador de sistema de arquivos tridimensional

Não se afoguem mais em uma tonelada de Logs, ELK te salva! (Real-time)

  
Comentários

Nenhum comentário foi encontrado.


Contribuir com comentário




Patrocínio

Site hospedado pelo provedor RedeHost.
Linux banner
Linux banner
Linux banner

Destaques

Artigos

Dicas

Tópicos

Top 10 do mês

Scripts