Onde está o Linux

A informática evoluiu e surgiram novas tecnologias e novos sistemas operacionais como o sistema do Iphone, o Windows Seven e até mesmo o Android. As televisões hoje acessam a internet e neste contexto, onde está o Linux?

[ Hits: 11.905 ]

Por: flavio ferreira hespanhol em 18/11/2010


Onde está o Linux?



Sempre fui usuário de Linux, há 2 anos eu tirei o Windows do meu computador e passei a usar somente o Ubuntu. A princípio a coisa foi muito bem, o sistema realmente levava grande vantagem sobre o Windows XP, principalmente na parte referente ao reconhecimento de hardware, que era o grande calcanhar de aquiles do Windows XP.

Contudo a informática evoluiu e surgiram novas tecnologias e novos sistemas operacionais, como o sistema do Iphone, o Windows Seven e até mesmo o Android. As televisões hoje acessam a internet (tendência que deve ser reforçada daqui para a frente).

E neste contexto, onde está o Linux? Como já disse, utilizo o sistema desde o Kurumim, testei várias versões do S.O do pinguim como o Slackware, Debian, Biglinux, Mandriva e as versões minimalistas que prometem salvar PCs antigos, dando a eles nova vida e que em teoria se adaptariam muito bem aos Netbooks, devido a sua simplicidade e tamanho reduzido. Sem falar no incentivo que o governo federal deu para o Software livre, que deveria torná-lo o mais utilizado no país.

Contudo já estamos chegando a 2011 e onde está o Linux? A constante briga entre as comunidades de desenvolvedores e o radicalismo de seus membros acabaram por minar a força de um SO que seria sem dúvida a chave para uma plataforma democrática e realmente livre.

Em pleno século 21 e em uma era onde os teclados estão sendo aposentados o sistema ainda não conta com um suporte multitouch. O tão aclamado sistema multitouch que seria incorporado ao Ubuntu 10.10 é uma piada e simplesmente não funciona. Nas outras distros então nem se fala, falo por experiência própria, pois desenho na tela do computador e enquanto no Windows Seven minha mesa digitalizadora funciona perfeitamente, no Linux (em várias versões testadas) ela simplesmente não funciona, quer dizer isso faz com que o Linux torne-se um sistema obsoleto pois não consegue acompanhar as mudanças exigidas pela vida atual.

O mesmo pode ser dito dos programas para Linux, o Gimp não sai da versão 2.6, o OpenOffice.org, depois que passou para a Oracle, empacou na versão 3.2 e parece que vai acabar. A plataforma Gnome vai deixar de ser usada no Ubuntu devido ao radicalismo de seus desenvolvedores, o K3B funciona da mesma forma desde 1993, o Firefox está na versão beta desde a metade do ano e sem previsões de a versão 4.0 sair, o mesmo se dá com os demais programas.

Não falo somente da central de programas do Ubuntu, falo no geral em sites de download podemos ver sempre os mesmos programas e nas mesmas versões, o aMSN por exemplo, enquanto o MSN já permite a execução de vídeos na própria janela do aplicativo, no aMSN não podemos nem escutar sons enviados por nossos contatos, até os emoticons são arcaicos e obsoletos.

Quem usa Linux diz que as pessoas não utilizam o sistema devido a preguiça de querer aprender a usar algo novo. Isso não é de todo verdade senão o Ipad e o Iphone não seriam o sucesso que são. Convenhamos que o SO dos dois é bem complicado, porém é gostoso de usar, é legal ficar passando os dedos sobre a tela do computador e ver as informações mudando, o que não acontece com o Linux. Em pleno século 21 e ainda temos de digitar linhas de comando no terminal para fazer funcionar uma simples impressora, instalar programas ou atualizar o sistema operacional, ao passo que no Windows Seven tudo isso é feito automaticamente.

Enquanto os usuários de Linux se alienam e os desenvolvedores de distribuições se perdem em discussões sem fim sobre qual delas é a melhor e se o Linux é melhor que o Windows, a Microsoft resolveu o calcanhar de aquiles de seu sistema que era o reconhecimento de hardware e o sistema agora funciona melhor que o Linux.

Vocês vão me odiar por dizer isto, mas é a verdade, enquanto o Linux estagnou e o Ubuntu torna-se cada vez mais complicado ao invés de simples, e convenhamos que aquele esquema de cores roxo com marrom é horroroso e a nova interface gráfica está um lixo, continuamos com os mesmos problemas das versões anteriores, ou seja, faltam codecs, plugins, aplicativos básicos e sem falar nos jogos.

Atualmente fui obrigado a reinstalar o Windows no meu computador simplesmente porquê o Linux não me dá o suporte necessário aos dispositivos que utilizo, minha mesa digitalizadora simplesmente não funciona em Linux e no Windows Seven foi reconhecida automaticamente, o mesmo com minha impressora que tive de perder uma hora tentando fazê-la funcionar no Linux, enquanto no Windows funcionou automaticamente, nem precisei do CD de instalação e este problema persiste no Linux desde 2007, sempre que sai uma versão nova do SO do pinguim testo para ver e me deparo sempre com estes mesmos problemas, quer dizer, o sistema simplesmente não evolui.

Considero isto uma pena, pois gosto muito do Linux e queria vê-lo bater de frente com os sistemas das grandes corporações em termos de funcionalidade e utilização, mas creio que isto jamais vai acontecer.
Linux: Onde está o Linux
   

Páginas do artigo
   1. Onde está o Linux?
Outros artigos deste autor

A Internet torna as pessoas inteligentes?

Blogs de mais, conteúdo de menos

O papel do Linux na atualidade

O futuro e o Linux

Entretenimento no Linux

Leitura recomendada

Hurd - O kernel da GNU

OpenSOLARIS - que sistema é esse que quer "desbancar" o Linux?

A História que se perde...

ReiserFS x Ext3: Quem ganha?

Porque acho que verei um Windows com kernel Unix até 2012

  
Comentários
[1] Comentário enviado por cesarfrrrk em 18/11/2010 - 15:00h

Realmente, esse assunto é complicado. Mas acho que esse tipo de 'atraso' tecnológico, digamos assim, não seja só por conta do radicalismo dos desenvolvedores e/ou fãs xiitas. Radicalismo atrapalha com certeza, mas também deve existir uma tremenda mafia atrás das empresas que desenvolvem software, drivers e afins proprietários. Não sei se é viagem minha, mas por exemplo, você acha que a Microsoft não faz uma bela duma pressão em cima por exemplo da empresa que desenvolve a sua Mesa Digitalizadora?
A microsoft recebe processo atrás de processo por monopolizar algum tipo de protocolo, tecnologia ou qualquer outra coisa, e oque eles fazem? Pagam a multa e continuam segurando.
Uma coisa também que pra mim não faz muito sentido, é esse movimento que fazem pra criar 500 distribuições diferentes. Cada um é cada um, mas eu penso que se os esforços fossem focados em evoluir UMA distro, os resultados seriam muito mais surpreendentes.

[2] Comentário enviado por removido em 18/11/2010 - 15:01h

O Linux é o sistema operacional mais usado no mundo, apesar de ter sido criado para funcionar em Desktop, o sistema evoluiu mais em servidores, que precisam de coisas simples, e só agora está ganhando força de verdade nas Desktop

Em relação ao msn da microsoft, é como uma frase que eu li num livro, "É incrível a capacidade que temos em transformar um simples programa em um monstro"

Pra que eu vou querer ver videos no msn? Pra que ficar mandando sons? A finalidade do msn é comunicação, ao meu ver, ambientes gráficos cheio de efeitos e firulas, são inúteis, não proporcionam nada de vantagem, coisas transparentes pra que?

O Linux nunca ficou estagnado, sempre evoluiu, e continua a evoluir, o unico problema é que para alguns hardwares, de determinadas empresas, como por exemplo Nvidia, é um inferno escrever drivers para ele, simplesmente porque a Nvidia não está nem ai pro Linux.

Apesar de sua mesa digitalizadora não ser reconhecida ainda, há sim suporte a touchscreen no Linux desde o ano passado se não me engano

http://www.youtube.com/watch?v=Yx9FgLr9oTk

http://www.youtube.com/watch?v=CYY-g6ionzM

em relação ao K3B por exemplo, o foco dele é gravar CD/DVD e outras midias atuais, porém até um simples aplicativo que eu escrevi em shell script pode servir para a função mais básica dele, que é gravar, copiar, apagar CDs e dvds, tem aos montes por ai, não acho que o K3B devia "evoluir" como seu primo capilista, que inventou ate de ter players de video.

Não considerando sobre a mesa digitalizadora claro, que creio que logo logo terá suporte, acho que os usuarios deveriam se perguntar

"O que é realmente necessário?"

edit***

Concordo com o que o cezar disse, muitas empresas sofrem com pressão da Microsoft, ou então a empresa decide não sei porque não liberar nem o datasheet do hardware, o que complica muito a escritura de drivers

[3] Comentário enviado por rodrigom em 18/11/2010 - 15:18h

Penso eu, que os Linux e o Windows nunca, ou tao logo serao equiparaveis, porque isso e uma coisa logica, de que adianta 2 coisas q fazem a mesma coisa, ai começa a divisao dos usuarios o windows tem suas vantagens como foi exposto pelo colega fhespanhol ate pq os programas (grande maioria deles) sao feitos pensando no windows, mas o linux tb tem suas vantagens, depende para que voce ira usar.....
Nao existe melhor nem pior, nem entre o *nix e o windows e nem entre *nix e *nix.

Percebo cada vez mais a procura pelo linux e pessoas se interessando.



Abraco

[4] Comentário enviado por agk em 18/11/2010 - 15:25h

Muita coisa acontece por trás disso tudo, mas com certeza existe um grande monopólio que dificulta o trabalho dos voluntários em desenvolver para Linux.

A pergunta que sempre me faço antes de encher a boca e sair por aí reclamando é:

O que eu estou fazendo para melhorar o Linux?


[5] Comentário enviado por murderb13 em 18/11/2010 - 15:37h

Concordo com as suas criticas, também gostaria de ter um aplicativo de messenger mais robusto e atual e a falta de suporte para alguns dispositivos também me forçam a ter que usar o windows algumas vezes. Porém tudo na vida tem seus pontos negativos e positivos e garanto que posso citar muito mais que 3 motivos aqui em favor do linux.
Coloco na balança todos os benefícios que o linux me proporciona e reparo que um simples aplicativo de messenger não é o suficiente para dizer que o linux está ultrapassado.

[6] Comentário enviado por lfmoreno em 18/11/2010 - 16:11h

Bem, minha humilde opinião:
Como disseram acima, depende do que você pretende fazer com um computador.
Sobre o aMSN, de fato é um programa que "parou no tempo". Entretanto (e isso só se vê no Linux), existem diversos outros programas "like MSN" que são infinitamente melhores que o MSN. Empathy, Pidgin, Emessene, etc... além de compatíveis com protocolo do MSN (e com vídeo), ainda são compatíveis com GTalk, ICQ, Facebook, Yahoo, etc...
Sem contar que, no Linux, você instala sua distribuição predileta e já sai usando... no windows (mesmo no 7) você precisa instalar drivers e mais drivers (quando acha). basta você ter uma maquininha um pouco mais antiga para o win 7 rodar capenga.
Você falou que o Win 7 reconheceu sua table. Ótimo. Já eu, tenho um joystick Sidewinder Forcefeedback (um volante), comprado a peso de oura na época (algo perto dos R$800,00), fabricado PELA MICROSOFT, que simplesmente não é mais compatível com windows, desde o XP SP3. E eles já avisaram que simplesmente não farão mais driver para ele. Ou seja, perdi meu brinquedinho (e meu investimento).
Ainda tenho windows em casa. É meu Console de Game. Sim, porque prá isso ele é bom (ou os desenvolvedores de game o são!).
Uso o PCLINUXOS GNOME-MINI como servidor e o MINT como minha máquina principal. E tenho tudo que preciso: Chrome, Pidgin, Exaile, VLC, BROffice... antes, trocava de máquina a cada nova versão do windows. Há dois anos não compro hardware e minha máquina continua "avionada".

PS: uso o Peppermint no meu netbook. ;-)

[7] Comentário enviado por removido em 18/11/2010 - 16:25h

Comentaram por ai que o windows tem mais programas...OK ele tem mais programas, so que quantos prestam?

Quando eu usava windows eu tinha entre 35 e 50 programas instalados, alguns pagos com crack (quer windows? abre o bolso! eu nem bolso tenho...rsrs)

E no Linux? Eu tenho muito mais programas instalados, e tenho uma gama de mais de 30 mil aplicativos no repositorio que realmente prestam, cumprem o que prometem na descrição da instalação. E todos são de graça, e a maioria open source. Ao meu ver a Microsoft priorizou a interface gráfica ao invés do sistema em si, o GNU/Linux não...

[8] Comentário enviado por rafaelskate1983 em 18/11/2010 - 16:49h

Pois é... mais uma vez essa discussão!
Minha opinião é a seguinte: "Quer beleza? Usa Windows! Quer funcionalidade e confiabilidade, usa Linux."
Apesar que o Ubuntu 10.10 eu achei dahora!
E quanto a parar no tempo é mto relativo isso, pois quantos aqui acompanham a evolução do Kernel do Linux pra saber o que está sendo desenvolvido?
E por falar em evolução deêm uma olhada no link abaixo: Multi-touck no ubuntu usando Kinect. Acho q nem windows nem apple tem esse recurso!

http://www.omgubuntu.co.uk/2010/11/multi-touch-in-ubuntu-using-kinect-video-ppa/?utm_source=feedburn...


[9] Comentário enviado por asmayr em 18/11/2010 - 16:53h

O filósofo Nietzsche já dizia que "cada um escolhe o quanto de verdade é capaz de suportar". Você selecionou os aspectos que considera insatisfatórios neste momento e está re-apostando suas fichas no sistema proprietário.
É um direito inquestionável.
Historicamente, as curvas são bem diferentes: o crescimento mundial é do open source e dos sistemas operacionais nesta perspectiva (como o GNU/Linux) e a os sistemas proprietários estão em queda (os números estão ai para quem quer ver).
Talvez, a grande questão é responder acerca do mundo que somos capazes de construir. Este me parece o desafio que a comunidade do opensource está disposta a assumir, compartilhando e incluindo sempre mais. Aqui é o divisor de águas.
E ninguém é obrigado a seguir este caminho. Felizmente somos "condenados a escolher" como dizia Sartre.
Abs e sucesso.

[10] Comentário enviado por fcolimajr em 18/11/2010 - 17:15h

O Linux está exatamente onde deve estar , nos servidores e desktop de empresas e usuários comprometidos com segurança e estabilidade.

Sinto muito pela sua mesa de toque, verifique sempre se o seu hardware é compatível com o Linux.

Uso Linux já a muitos anos (Conectiva 3) e digo : o sistema de detecção do Linux é imbatível , opera verdadeiros milagres , e como tenho uma empresa de manutenção posso afirma de forma convicta e certeira , Windows Seven não é toda esta coisa com o hardware e muitos drivers da Microsoft ,não usam os recursos de forma eficiente , bem como alguns nem funcionam. E graças ao Linux evitamos de condenar alguns componentes que no W7 não funcionam.

Falar sobre o SO do iPad, iPhone como algo para se aprender é piada né. não tem o que aprender para o usuário comum, caixa preta total, a não ser para desenvolvedores, para o usuário comum, esqueça.

O Gimp é estável, leve e faz o que pretende fazer , o mesmo vale para o K3b , querer softwares cheios de recursos infindáveis e em muito vezes inúteis é bem tipico de usuários Windows.

Evolução não deve ser medida por compatibilidade de hardware ou versões de software, mas pela estabilidade e sincronismo com as necessidades dos usuários.

Respeito sua opinião , mas ela deve ser consistente e apresentar fundamentos.

Em tempo, as brigas entre os desenvolvedores são produtivas , bem como a rigidez de algumas equipes, discussões levam a reflexão, e a rigidez leva ao controle, ou vc realmente acha que os desenvolvedores da Microsoft não brigam, ou que não existe normas rígidas para o desenvolvimento das aplicações dentro ma Microsoft!.

[11] Comentário enviado por stremer em 18/11/2010 - 17:19h

cara... grande parte dos softwares livres não fazem parte do sistema operacional... e nem do seu basico...
muito software livre citado (openoffice, firefox, etc) tem também versão para windows... e são de graça... você por acaso ajuda com uma linha de código de desenvolvimento ou doa alguma coisa para quem apoia ou desenvolve os projetos?????
agora se o fabricante de um determinado hardware não disponibilizou driver para linux, ou de um determinante software não fez versão para linux então a culpa é do fabricante...
se é assim então ta cheio de software para MAC que só funciona em MAC.... então se eu só preciso desse software o Windows é um lixo?????

Fico pasmo de ver um artigo destes publicados no vol....

QUE RAIOS DE MODERAÇÃO É ESTA????

[12] Comentário enviado por tonnytg em 18/11/2010 - 17:32h

Na visão do desenvolvedor é muito mais lucro ser fechado a algo do que aberto e gratuito.

Então a culpa é do capitalismo não das OS, sobre o que o Lucas1313 falo da nvidia, ela tem drivers sim para linux, existem alguns problemas isso é fato mas não deixa de ter.

E sobre parado ???

No ubuntu não achou o driver de impressora?
Trabalho com suporte a usuario atendo 326 maquinas umas 100 impressoras e meu pc que controlo e acesso tudo usa ubuntu com kde e fluxbox, tanto no cups ou no manager grafico da impressora do gnome sempre achei algum driver recomendado que funciona 100% então acho q vc não procurou direito.

Para você ter noção fhespanhol até impressora com fax o bixinho acha, e mesa digitalizadora ???? tem gente usando ubuntu com monitortouch screen que isso não ter pra um scanner d mesa ?

[13] Comentário enviado por fhespanhol em 18/11/2010 - 18:08h

Primeiramente obrigado pelos comentários e pelo apoio dado. Minha intenção aqui é justamente fazer pensar, pois como usuário de Linux e entusiasta (sempre que posso instalo no computador de alguém), porém gostaria de ver o Linux realmente ganhar espaço, hoje tem mais pessoas acessando a Internet pelo Iphone que pelo Linux, os Smartphones estão todos vindo com Android que embora seja baseado em Linux não funciona como ele.
A única empresa que parece realmente se preocupar com a questão dos sistemas operacionais é a Adobe ao criar o Adobe Air ela criou um meio de fazer o mesmo programa funcionar em múltiplas plataformas ao mesmo tempo o que é uma extrema evolução, pois você tem um programa que funciona independentemente do S.O instalado na máquina. Antigamente ao ir a uma loja eu via computadores com Linux instalados, porém eram versões tão toscas que acabaram por minar a confiabilidade de uma comunidade inteira, hoje ao ir as grandes lojas ou vemos computadores rodando Windows seven ou então Mac, eu acho que algo deveria ser feito para divulgar mais o Linux e mostrar seus prós como dias especiais a exemplo do VOL Day por exemplo e demonstrações em escolas. No trabalho eu vivo falando em Linux, mas não podemos usar devido ao programa gerenciador que utilizamos que só roda em Windows.
Eu não sou programador apenas usuário, porém sempre escrevo a Canonical relatando os problemas que tenho com o Ubuntu, se todos fizerem isto com as distribuições que usam creio que logo teremos um sistema melhor e totalmente adaptado as necessidades atuais, como os Tablet PCs por exemplo.

[14] Comentário enviado por narfsocram em 18/11/2010 - 19:00h

Avisem ele que Linux é Derivado do Unix, que o sistema operacional da Apple é derivado do unix e inclusive rodando muito código desenvolvido para Linux, o Android tem Kernel Linux.
Ele não sabe a diferença de gerenciador de janela e sistema operacional. e acha que fazer desenho animado na tela é sinal de qualidade ou segurança, ou estabilidade.

E ainda quer escrever artigo.

Pelo amor de Linus, rsrsrsrs.....

Mas vejam pelo lado bom, eu sempre lia os artigos daqui, mas nunca me cadastrei até hj .....

[15] Comentário enviado por stack_of em 18/11/2010 - 19:55h

A maioria das pessoas não entendem como funciona o ambiente do software livre e colaborativo e as forças contrárias que essas iniciativas enfrentam. O autor do artigo não foge à regra.
Insistir em comparar os modelos da Apple e Microsoft com o Linux e produtos de código aberto demonstra total desconhecimento de causa.

Melhor fhespanhol você se refugiar no software proprietário, mais apropriado à sua necessidade.
Caso queira permanecer no mundo livre (e você será sempre bem vindo, por que também é seu), arregace as mangas e faça algo mais útil, ao invés de fazer barulho para ganhar notoriedade.

[16] Comentário enviado por fhespanhol em 18/11/2010 - 21:05h

Caro narfsocram minha intenção é justamente essa, fazer pensar! stack of não quero me refugiar em lugar nenhum, quero que o Linux cresça e atenda as necessidades de todos da mesma maneira que o software proprietário faz, de maneira simples. E não através de ferramentas que ninguém consegue usar. Se o ambiente é colaborativo eu não vejo isso, pois qualquer crítica que se faz aqui é motivo de briga. É criticando que se cresce e acredite ninguém melhor do que eu gostaria de ver o software livre crescer. Ao invés de nos refugiarmos em nossas posições engessadas vamos procurar melhorar o software livre e sua imagem para o público em geral.

[17] Comentário enviado por fhespanhol em 18/11/2010 - 21:07h

E outra coisa se o Linux, o Mac Os e o Andorid são baseados no mesmo código, porquê o Linux não emplaca e os outros sim?

[18] Comentário enviado por rodrigom em 18/11/2010 - 23:01h

Sempre tem os 2 lados da moeda, em todos os comentários tem alguem com razão em algum ponto. Depende do ponto de vista!



Ótima noite a todos.

[19] Comentário enviado por alefesampaio em 18/11/2010 - 23:35h

Rapaz!!! você estar de Parabéns por mostra a evolução do Windows, Realmente uma grande evolução que microsoft fez no Windows server Principalmente nos "Roubo de Código" da Comunidade Open source para fazer com que sua mesa digitadora fique reconhecendo.

Onde foi mesmo a evolução do Windows ? nos Efeitos Visuais Hum legal Isso Meus Linux tem desde 2004. Alias esse efeito do Windows foi uma copia mal feita do KDE.

Sobre Firefox Beta realmente Mas não vamos esquecer que Windows tem um dos Piores Navegadores que processo de abas foi copiado do firefox, que mesmo sendo Beta ainda e melhor que o do Windows Explore8 9 e sei lar qual mais.

Grande Evolução do Windows veja isso :
A Microsoft admitiu que uma ferramenta utilizada em favor do Windows 7 contém códigos desenvolvidos pela comunidade de código aberto e publicados sob licença GPL v2.

O aplicativo em questão é o USB Tool, uma ferramenta gratuita oferecida na Microsoft Store que permite a usuários criar arquivos de boot para o Windows 7 a partir de dispositivos USB, como um pen drive.
Este tipo de recurso pode ser muito útil, por exemplo, para instalar o Windows 7 em um netbook, que não possui drive óptico e, por tanto, deve copiar o sistema operacional de outras formas, como via download ou por meio de uma conexão a drive externo, via USB.

Em post no blog Port 25, o gerente da Microsoft para assuntos open-source, Peter Galli, explica que “após olhar o código em questão, nós podemos agora confirmar que ele esta aí (códigos sob GPL v2), apesar de isso não acontecer de forma intencional de nossa parte”, diz Galli

assim fica fácil construir um sistema Roubando Código.

Sobre o Ubuntu Não aceito que Você Fale isso dele Alias Você e uma ovelha que não pode com sua lan. Também o titulo desse artigo estar errado ele deveria ser chamado de " fhespanhol no meios dos Vírus do Windows". grade evolução então porque continua o simples vírus detonado esse sistema de madame e maricas.

[20] Comentário enviado por dodop em 18/11/2010 - 23:59h

@fhespanhol

Linux "emplacar"? Não viaja....

Linux é uma alternativa, desde os primórdios do Software Livre ele foi movidos por pequenos grupos, por nichos. Nunca visou o que o Windows buscou desde sua primeira versão, a popularização das massas.
Por favor, não faça comparações entre GIMP e Ps, é tosca e sem noção. Por acaso você sabe qual é a versão atual do Ps? O GIMP ainda tem muito a evoluir, idem para o LibreOffice.

Criticar a detecção de Hardware do Linux é um pecado. O Mac OS não faz mais que o obvio, só detecta hardware homologado pela Apple, o Windows só agora na versão 7 começa a mostrar evolução nesse aspecto. O Linux faz isso desde o princípio, detectando todo tipo de hardware de forma mágica. Ainda tem manolo que critica quando o Linux não detecta uma aberração como VIA e SIS.

Se "ser popular e ser usado por todo mundo" é importante para você, sinto lhe informar, esta usando a plataforma errada....

[21] Comentário enviado por dbahiaz em 19/11/2010 - 01:12h

"Contudo a informática evoluiu e surgiram novas tecnologias e novos sistemas operacionais, como o sistema do Iphone, o Windows Seven e até mesmo o Android. As televisões hoje acessam a internet (tendência que deve ser reforçada daqui para a frente)."

Android o que é?

" Android é um sistema operacional móvel. Android desenvolvida inicialmente por Inc., uma empresa comprada pelo Google em 2005 [4]. Android é baseado em uma versão modificada do kernel do Linux"

http://en.wikipedia.org/wiki/Android_(operating_system)

Quem usa o Androdi, meego, Limo?

Samsung Galaxy Table, NEC, Panasonic, Motorola, Nokia N etc...

http://www.limofoundation.org/
http://g1.globo.com/tecnologia/noticia/2010/06/nokia-usara-sistema-linux-em-celulares-n-series.html

...e mais, 91% dos super comutadores do mundo usam Linux, servidores nem preciso.... o caixa eletrônico do Banco do Brasil da minha cidade a tela de toque e é Linux.

Quem não evoluiu???

R: Vc.

Poucas vezes eu critico a moderação, talvez seja a primeira, mas ta parecendo blog pessoal pra desabafo!

QUE RAIOS DE MODERAÇÃO É ESTA???? (2)

[22] Comentário enviado por jhonatam em 19/11/2010 - 04:55h

@dbahiaz

Concordo plenamente, esse artigo não devia ter passado pela moderação, alem de não agregar valor para a comunidade de software livre, mostra um nível elevado de inconsistência e de desinformação por parte do autor.
Pessoas com ideias dessa natureza nem sequer deviam usar Linux e softwares livres pois os mesmos são incapazes de contribuir com a evolução, e quando tem tempo para escrever algo, escrevem uma critica destrutiva e desinformada sobre o assunto.

[23] Comentário enviado por raphasouza em 19/11/2010 - 09:48h

É esse tipo de situação que me faz perder pontos nos debates da faculdade.

Mesmo sendo usuário de Software Livre a uma década e contribuir (até mesmo com sugestões de linhas de código) para alguns softwares que todos nós com certeza usamos (minha modéstia me impede de citá-los), é esse fanatismo xiita que não consigo defender quando se trata de comunidade de software livre.

Segundo o "Aurélio" comunidade é: Grupo de pessoas que vivem EM COMUM, sujeitas a regras e convenções (religiosas, econômicas, comportamentais, etc.) VÁLIDAS PARA TODAS.

Com essa definição em mente posso afirmar que existem comunidades do UBUNTU, comunidades do SUSE, do SLACKWARE, do diabo à quatro (perdoem a expressão), mas COMUNIDADE DO SOFTWARE LIVRE não existe. Podem dizer que todos que acreditam na idéia de que o software deve ser aberto para que todos possamos estudar, mexer, etc, fazem parte dessa "comunidade". Mas aí eu lhes afirmo: Jerusalém é uma cidade santa para 3 religiões diferentes: Catolicismo, Judaísmo e Islamismo; mas não é por terem esse ponto em comum que as torna uma comunidade, e o que vemos acontecendo lá é um verdadeiro tsunami de sangue e lágrimas.

Enquanto houver discussões do calibre que vemos nesses posts e em todos os fóruns da web não faremos parte da COMUNIDADE DO SOFTWARE LIVRE. Precisamos transcender a tudo isso. Fanatismo xiíta é para religiosos emocionalmente instáveis. Somos pessoas "esclarecidas", passemos para a fase de coalizão de ideias. Sejamos uma COMUNIDADE, em todos os seus aspectos.

PS: @alefesampaio. por favor, leia um pouco mais, ler ajuda a escrever melhor. Já não basta a quantidade enorme de analfabetos funcionais no nosso país?

[24] Comentário enviado por alefesampaio em 19/11/2010 - 11:06h


Raphasouza Você e muito modesto cite os código que você contribuiu, a questão de escrita não vem casso aqui ela não foi endereça a você. Acredito que esse código que Você cita Não passe de um Script meramente.
Tenho dificuldade com português não escondo isso. Mas posso mandar você olhar o que já fiz com software livre. Agora você ?.


Funcionário Público

Habilidades:
N/A

Descrição:
N/A


Avaliações de outros membros
[]
Nenhuma avaliação encontrada.


Contribuições do usuário
Artigos:0

Confs:0

Dicas:0

Scripts:0

Screenshots:0

Wallpapers:0

Perguntas:0

Posts:0

Respostas:0

Comentários:1

Pontos:10

Desculpa Funcionário publico, não tem tempo de contribuir em nada, Trabalha muito!!!!.

Agora Coloque no Google o nome "Alefesampaio". modéstia parte amigo Você e um usuário Windows. Que talvez Nem mesmo saiba o que e Shell script.

Não tem moral, nem valor de contesta me em nada uma vez que as linhas de código que você não cita, não fica claro em nada sua Ideologia. Agora mistura software livre com as citações religiosa de Jerusalém e totalmente absurda, mesmo porque você não aconhece, Eu conheço morei minha infância toda la existe sim guerra, porque existe 3 ideologia diferente as guerra de lar comparada a violência do Brasil são fichinha.

[25] Comentário enviado por newpedro em 19/11/2010 - 11:37h

Bem . eu concordo em partes. o linux tem um certo "delay". Esse é o preço a se pagar por usar um sistema livre. assim como nos outros S.O. No windows por ex. o cuidado com viros a lentidão com o passar do tempo. etc..
Vc tem q escolher o S.O de acordo com a sua necessidade. "é q nem escolher a distro".
Se vc quer jogar realmete o Windows é a melhor opção. Se vc quer trabalhar com Imagens Mac é a melhor. Se vc quer eficiência o linux é o melhor ... e por ai vai. afinal todos eles fazem as tarefas básicas do dia-a-dia.
Quando eu decidi migrar para o linux eu sabia de todas essas limitações dele. e convivo muito bem com elas.
Por exemplo quando comprei meu notebook passei uns 6 meses sem usar o wifi pq nao havia suporte pra ele.
E isso ...

[26] Comentário enviado por lestatwa em 19/11/2010 - 11:44h

Não sei nem por onde começar...
@fhespanhol, antes de escrever qualquer coisa, se informe, leia, estude ao máximo o que vai escrever pra não passar vergonha como esta passando.
Péssimo artigo, típico do cara que não possui praticamente nenhum conhecimento técnico.
Meu querido, sou empresário dono de uma das maiores produtoras de software da minha região, porém trabalhamos com soluções e servidores unix-like também. Veja bem, todos os softwares que são produzidos aqui (tanto para Windows, Linux e MacOS), seguem o modelo catedral de desenvolvimento, ou seja, fechado. Não possuo estrutura ainda para apostar no modelo open-source.
Trabalho com linux embarcado em várias empresas, porém nenhuma delas sequer ouve falar em Linux. Este nome esta tão surrado que, atualmente, é um contra-marketing, se tratando de Desktop! Que fique claro. Porém os clientes acabam usando o S.O, gostando e até elogiando sem saber que é linux. Linux tem estigma de coisa de "micreiro". O cliente não quer saber disso, ele quer facilidades.

Por exemplo, respondendo uma de suas perguntas, por que o "sistema operacional do iphone", IOS "emplacou" e é amado em todo o mundo?
Porque é fácil, simples de usar! Se você achou difícil, me desculpe, mas você é retardado.

Por que o Android pegou, já o Symbian não?
Ambos são baseados em linux, sendo que o symbian tem anos de casa, coisa que seu concorrente não tem, porém, quem já usou um smartphone com symbian sabe que você precisa de umas 6 telas pra instalar um simples aplicativo, enquanto no android, basta uma confirmação. Voltamos a facilidade.

Linux, não recebe muito apelo visual muito menos usabilidade, reflexo da falta de investimento em certas áreas.


Pra terminar, leia meu querido, leia muito pra ver se essa cabeça ai começa a pensar.

[27] Comentário enviado por alefesampaio em 19/11/2010 - 11:44h

MUITO BEM COLOCADO NEWPEDRO.

[28] Comentário enviado por dbahiaz em 19/11/2010 - 12:12h

O que o pessoal tem que entender que o "Linux" está muito além de uma distro!

Leiam essa reportagem da globo.com, em especial o "FUTURO" e entendam o que estou dizendo!

http://g1.globo.com/tecnologia/noticia/2010/11/windows-faz-25-anos-como-lider-do-presente-mas-ainda-...

[29] Comentário enviado por icpauloti em 19/11/2010 - 14:34h

Gostaria de sujerir que este post seja retirado pois não traz beneficio nenhum para todas as pessoas que gostam de SL, acho que que se o autor tivesse estudado e analisado os dois S.Os não o havia feito mais gostaria de dar um conselho para autor pesquise mais sobre as duas versões pois e analise quem deu mais frutos e revolucionou alguns itens sobre informática pois você vai mudar de opinião muito rápido e vai entender por que Software Proprietário consegue fazer usuários como você fechar os olhos diante de informações e documentação tão claras a respeito...
ai depois disso acho que você pode Gritar "VIVA A MICROSOFT" ou "VIVA O LINUX"

Ha outra coisa quando você pergunta onde esta o Linux também acho que você tem que se perguntar o que ele faz em sua maquina, PS2, celulares, Google, Banco do Brasil, Caixa econômica, Casas Bahia, etc.

Obs: Minha mina sabe compilar o Kernel 2.6.xx.x . rsrsrs

Até abraço a todos.


[30] Comentário enviado por stack_of em 19/11/2010 - 15:00h

Gente, apesar do fhespanhol não ter muito conhecimento técnico, o artigo dele deixa isso bem claro, talvez a intenção por trás do artigo fosse mesmo fazer uma crítica construtiva.
Não vejo por que agredí-lo ou agredir as pessoas que se colocaram a favor da opinião do fhespanhol.
Essas pessoas precisam de instrução, orientação e não ataques e reprimendas.

Talvez eles não saibam o que é o movimento GNU, a FSF, Richard Stallman, Jon Maddog e sua luta contra a falta de liberdade.

Talvez eles não saibam que a indútria de hardware, apenas recentemente, tem investido em drivers para sistemas operacionais não hegemônicos. É provável que eles não saibam que tem muito driver "open source" escrito na marra, utilizando às vezes engenharia reversa e não raro com conhecimento limitado das especificações de hardware porque a indústria sonega essa informação aos desenvolvedores por que não querem aumentar a liberdade do usuário.

Essas pessoas precisam de compreensão.

Pensem nisso!

[31] Comentário enviado por MatheuZ em 19/11/2010 - 15:19h

Para com isso, como o linux parou, de onde vcs tiraram essa ideia?!?!?!?!?!?

(inicio da discussão)
atraso tecnológico???????????
onde????????????????

PARA SEU CONHECIMENTO
ANDROID SISTEMA OPERACIONAL É LINUX
o maior concorrente do Iphone e do Windows Phone

MAEMO SISTEMA OPERACIONAL DA NOKIA


o pessoal esta reclamando cade o linux????
está aqui, mão a obra o linux somos nós!!!!

abra o código e começa a programar inovações!!!
o único limite é o tempo!!!!!!
o código é aberto e livre para vc criar!!!!!!!!!


o linux conta com um consorcio enorme de grandes empresas
que sustentam a FSF
fundação de software livre onde o Maddog é presidente
e sustentam inovações no linux
http://www.fsf.org/


as grandes empresas são financiadoras do linux
são: IBM, HP, RedHat, WMWARE, ORACLE, etc....

como o pessoal tem coragem de falar isso!!!!

o melhor sistema de arquivo para rede ainda é o do linux
o mesmo foi criado na internet.

MEU AMIGO COMO VC FALA QUE O LINUX ESTÁ MORTO!!!!!!
esta mais vivo que nunca!!!!!!!!!!!

[32] Comentário enviado por MatheuZ em 19/11/2010 - 15:20h

lembrando
OBS:
MAEMO É SISTEMA OPERACIONAL DA NOKIA
BASEADO NO LINUX

[33] Comentário enviado por MatheuZ em 19/11/2010 - 15:30h

Nesta quarta (30/6/2010) foi liberada uma nova versão móvel para desenvolvedores do MeeGo, sistema operacional baseado em Linux desenvolvido em parceria pela Intel e Nokia.

http://www.gametotal.com.br/2010/06/nokia-e-intel-liberam-nova-vers227o-do-meebo-para-desenvolvedore...

Informação é a alma do negócio!!!!!!!!!!!!

[34] Comentário enviado por fhespanhol em 19/11/2010 - 16:07h

Bons comentários os de número 27 á 33 é justamente isto que estou buscando, quem mostre que o Lnux está vivo e dê provas concretas de seu desenvolvimento. Parabéns aos que escreveram estes comentários, vou publicá-los em meu Blog.

[35] Comentário enviado por luiztomaz28 em 19/11/2010 - 16:14h

É galera, realmente este assunto é meio complicado de falar, porque muitos levam para outro caminho.
Eu sou administrador de redes, trabalho com linux e windows, ambos tem suas qualidades e defeito, e sempre vai ter. sou facinado em linux, mas como server, como estaçao de trabalho ainda tem muito o que fazer. A facilidade do windows, os aplicativos funcionar se torna o sistema que é, não adianta, para o usuario final ele quer é rapidez e resolver seus problemas, ainda mais no dia de hoje, esta correria, tem que ser pratico, não adianta. e sem contar que num pais igual o brasil onde as pessoas são comodista e preguiçosos, realmente não daria para ficar windows, ainda mais o sevem sobre reconhecimento de dispositivo, é show.
Abrços a todos, mas o pinguim tem seu lugar. basta compreensão.

[36] Comentário enviado por removido em 19/11/2010 - 16:43h

Se usar a linha de comando é algo ultrapassado. Porque a Microsoft colocou o Power Shell no Windows Server 2008?

[37] Comentário enviado por rodrigo.kiyoshi em 19/11/2010 - 17:24h

fhespanhol,
Provas concretas? tudo o que você disse é baseado em que? na sua experiência?
Meu, a lógica é tão simples quanto mascar um chiclete; o Linux não é pra você e pronto.
Se for levar em conta baseando-me na experiência, digo que não necessitaria de Windows, justamente porque meus servidores são Linux (Slackware) e minhas estações são Ubuntu e tudo está indo tão bem que ninguém se importa com que estão trabalhando, simplesmente funciona e muito bem.
Agora, ser tão convicto a ponto de afirmar que "Considero isto uma pena, pois gosto muito do Linux e queria vê-lo bater de frente com os sistemas das grandes corporações em termos de funcionalidade e utilização, mas creio que isto jamais vai acontecer." é tão surrealista que da pra ver que você está com raiva porque não fez sua mesa digitalizadora funcionar.

[38] Comentário enviado por fabio em 19/11/2010 - 17:50h

NOTA DA MODERAÇÃO:

Pessoal, por mais que a maioria ache que o artigo não acrescente em nada (em alguns pontos concordo com o autor - que é um grande contribuidor do site -, mas discordo na maioria), artigos debativos, por mais controversos que sejam, sempre acrescentam, pois o artigo não se resume somente ao texto escrito pelo autor, ele se incorpora com os comentários.

Até o momento existem 38 comentários no artigo e a maioria deles bem longos e trazendo vários argumentos em prol do GNU/Linux. Excluindo alguns comentários mais exaltados, vejam o quanto de bom conteúdo existe. Artigo dessa categoria é isso aí, não existe a VERDADE, existe o debate.

Um abraço.




[39] Comentário enviado por fhespanhol em 19/11/2010 - 18:40h

Perfeito como sempre Fábio, meu artigo visa justamente gerar o debate sobre o papel do Linux no futuro e as respostas mostraram uma verdade que não sei se foi vista pelos demais usuários e que está nos comentários à partir do de número 27 que mostra que o Linux está em toda parte. Nos caixas de banco, smartphones, Tvs, tablet pcs, pdas e por aí vai. A versatilidade do sistema é tão grande que este já está incorporado a nossas vidas e nem percebemos. Pena somente alguns poucos leitores do site terem entendido a mensagem e contribuido de forma construtiva para atestar esta verdade. ONDE ESTÁ O LINUX?

EM TODA PARTE!!


FIM.

[40] Comentário enviado por albfneto em 19/11/2010 - 19:34h

Olha, eu simplificaria tudo. A defasagem de Linux, é simplesmente, Mercado!.

o fabricante da mesa digitalizadora não faz driver para linux, pq quase ninguém usa linux....!

vejam o exemplo. Android é linux, e MacOS tem kernel linux... Android "reconhece" o hardware para o qual foi feito! Pq o fabricante quer que o aparelho use... Android!

Windows fica na frente? fica, mas 9 de cada 10 micros usam Windows! Se todoMundo usasse Linux,os drivers seriam feitos para Linux|!

agora discordo um pouco da terminologia. Iphome é nova tecnologia, mas Windows Seven... é Windows!

e Android, é um SO feito para usos especificos, especifico é sempre mais fácil.

concordo um pouco com Lestatwa, o artigo é dicotômico,ambíguo.

primeiro diz que gostaria muito de ver linux em todo lugar, depois fala que ele está em todo lugar.... até o TV novo usa Linux, servidores usam linux..

Linux só não está no Desktop, mas se todo mundo usar, vai estar!

Linha de comando não é ultrapassado, usuário não precisa muito,em win e em breve,nem en linux, mas programador, administrador de sistema, precisa sim.

Winuser comum não usa comando, mas Winuser experiente, usa sim!

[41] Comentário enviado por lestatwa em 19/11/2010 - 19:36h

@fhespalhol
Você só pode estar brincando mesmo, primeiro fala isso "Considero isto uma pena, pois gosto muito do Linux e queria vê-lo bater de frente com os sistemas das grandes corporações em termos de funcionalidade e utilização, mas creio que isto jamais vai acontecer."

Depois tem a cara de pau de dizer

" A versatilidade do sistema é tão grande que este já está incorporado a nossas vidas e nem percebemos...." "ONDE ESTÁ O LINUX?EM TODA PARTE!!"

Ou você tem dupla personalidade, ou sofre de um mal chamado "Inclusão Digital".

[42] Comentário enviado por icpauloti em 19/11/2010 - 21:25h

Concordo plenamente com lestatwa e isso não é dupla personalidade isso é 100 personalidade.

concordo com o Fabio em partes pois apesar do debate acho que o autor fugiu totalmente da realidade e para gerar um debate como o mesmo acima é sinal que começou muito errado.
não sei se todos concordamos pois temos esta comudidade até como produto de aprendizado por isso sujerir que este post seja retirado.

Abraço a todos ..

[43] Comentário enviado por fhespanhol em 20/11/2010 - 11:11h

Icpauloti, porquê meu post deve ser retirado do ar? Afinal eu tenho todo o direito e liberdade de me expressar. Só poruqê fiz uma crítica ao Linux vou ser execrado? Isso é um absurdo afinal o que escrevi não está tão errado, realmente fiquei muito chateado de o Linux não dar suporte ao meu aparato de trabalho. Com postei acima sou usuário e não programador, aprendi a configurar rede, modem 3G, instalar programas sem ser através da central de programas, gravar filmes e converter músicas, editar imagens no Gimp e no Synfig tudo na unha, porém convenhamos o Linux é um sistema difícil. Um leigo e um usuário comum tem dificuldades em usar o sistema. Porém apesar de minhas críticas poucos foram os que leram o artigo ponderaram e responderam de forma consciente e visando dar informações úteis. Graças ao que escrevi aqui fiquei sabendo da luta de pessoas pela divulgação e distribuição gratuita da tecnologia, que o Linux está presente em vários aspectos de nossas vidas, pessoas que utilizam o sistema no parque tecnológico de suas empresas com grande sucesso e o que eu acho o principal de tudo me fizeram recuperar a fé no sistema. E eu acho que isso é que é importante em uma comunidade todos apoiarem seus membros e ajudarem aquele que se desgarrou a perceber seu erro e trazê-lo de volta. E isto se consegue não com censura e truculência e sim com paciência, educação, instrução, orientação e principalmente uma mente aberta para debater um tema e chegar a uma conclusão satisfatória sobre o mesmo. Agradeço a todos os que comentaram meu post e lamento infelizmente a falta de capacidade de diálogo de alguns. Porém continuarei escrevendo e ERRANDO, pois sou humano como todos aqui e é errando e tendo a humildade de reconhecer o erro é que aprendemos e nos tornamos pessoas melhores. Você disse que não tenho personalidade, tenho tanta que reconheço meus erros e aprendo com eles.

[44] Comentário enviado por fhespanhol em 20/11/2010 - 11:20h

lestatwa no meu comentário o de número 39 eu informo que à partir do comentário 27 tomo conhecimento do fato de o Linux estar presente em toda à parte. Quer dizer onde fui incoerente? Em lugar nenhum, já que reconheci o fato e expus o mesmo não é mesmo?

[45] Comentário enviado por Miojo em 20/11/2010 - 11:55h

"[...] ainda temos de digitar linhas de comando no terminal para fazer funcionar uma simples impressora, instalar programas ou atualizar o sistema operacional, ao passo que no Windows Seven tudo isso é feito automaticamente. [...] minha impressora que tive de perder uma hora tentando fazê-la funcionar no Linux, enquanto no Windows funcionou automaticamente, nem precisei do CD de instalação [...]."

Eu nunca tive problemas com impressora no Linux. Eu tive uma HP Photosmart 7200, que não instalava de jeito nenhum no Windows, nem com o driver mais novo do site da HP, no Kubuntu (acho que 7.10, não lembro direito) eu pluguei o cabo USB, liguei a impressora e vi um balão de informação na área de notificação que dizia que a impressora estava pronta para ser usada. Hoje tenho uma Photosmart C3180 All-In-One, que também é reconhecida automaticamente no Linux, já no notebook da minha tia, que tem Windows, ela tem que levar no técnico para configurar a impressora sempre que reinstala o Windows.
Sobre instalar programas, eu acho mais fácil selecionar programas em uma lista e clicar em instalar do que ter que baixar cada programa separadamente e depois procurar as dependências. As atualizações no Linux são mais fáceis também, e eu não tenho que reiniciar cada vez que instalo uma coisa.

[46] Comentário enviado por apoiana em 20/11/2010 - 12:10h

Olá pessoal, o desabafo do fhespanhol é legitimo, isso mostra que ele gosta muito do GNU-Linux e ele espera o melhor dele, mas ele foi muito injusto com o mesmo, afinal quanto ele paga para usar o mesmo e quanto ele pagaria para usar um software proprietário? são essas coisas que devemos pesar na hora de fazermos as nossas comparações, pois temos uma infinidade de softwares livres, que não ficam a dever em nada aos seus concorrentes proprietários, para usarmos e modificarmos ao nosso belo prazer, sem contar no terreno minado que o GNU-Linux tem que percorrer, minado pelos donos dos SO proprietários!!! Outra coisa que muita gente critica e no meu ponto de vista é extremamente positivo é um numero muito grande de distribuições, isso é saudável e mostra a liberdade que é o GNU-Linux cada um usa o que achar melhor pra ele, se se focasse numa só distribuição talvez caíssemos no perigo da falta de liberdade e essa competição entre os SO GNU-Linux é saudável !!!! Minha humilde opinião, é essa possibilidade que o GNU-Linux nos dá !! Abraços a todos que puderam contribuir para essas discussões que só o nosso amado GNU-Linux nos proporciona!!!!!!!!!!!!!!

[47] Comentário enviado por nicolo em 20/11/2010 - 12:28h

A pior parte não é ser a favor ou contra, a pior parte é descobrir os adeptos do MALEUS MALEFICARUM dando uma de revolucionários da informática.
Não concordo com o autor mas defendo o direito dele publicar a opinião.

[48] Comentário enviado por millemiglia em 20/11/2010 - 12:37h

fhespanhol, o W7 não é esse primor de compatibilidade com drivers e aplicativos não. Veja só o que aconteceu comigo: meu filho tem um netbook Acer Aspire One A751H (2GB RAM, 250GB HD, tela 11,6") e tentava rodar um jogo chamado Locomotion. O netbook tinha o XP instalado e dava erro no DirectX. Como a versões mais novas do DirectX não rodam no XP, eu resolvi instalar o W7. Tentei todas as versões do W7 em português (do Ultimate ao Starter) e em todas as tentativas a instalação travava nos 28%. Consegui instalar uma versão do W7 Ultimate em italiano. Até agora não entendo porque a versão em português não instalou. Depois tive que sair à procura dos drivers para o W7. Consegui quase todos pois a WebCam não foi reconhecida e os drivers que baixei não funcionaram. Outra coisa que não funciona no W7 é drive de disquete (IDE ou USB, tanto faz). Ok, quase ninguém mais usa, mas eu ainda preciso de vez em quando. Tenho um drive floppy USB Sony para o qual procurei driver para o W7 mas não consegui fazê-lo funcionar de jeito nenhum (nem mesmo instalando o driver do Vista, como recomendado pela Sony). A placa gráfica (uma Intel GMA500) também deu trabalho mas essa consegui resolver.
Esse netbook opera em dual boot pois também tem o Ubuntu Netbook Remix 9.04 instalado e funcionando corretamente. Na verdade, ele é mais usado com o UNR que com o W7. Também tive algum trabalho para resolver o driver da placa gráfica mas achei uma dica no VOL e consegui fazê-la funcionar certo.
O W7 não é ruim (é bem melhor que o Vista) mas ainda prefiro o Ubuntu.

[49] Comentário enviado por jotaeme em 20/11/2010 - 13:20h

Na minha opinião as críticas quando são construtivas são bem vindas pois elas ajudam os desenvolvedores a resolver os problemas encontrados. O que não acho certo é a pessoa começar a falar mal de algo sem ter condições de colaborar para a solução do problema. Eu uso o Ubuntu e ele me serve plenamente. O dia que não me servir mais vou procurar a solução em outro local pois como infelizmente não sou programador não tenho condições de colaborar com a criação de programas novos ou soluções para os já existentes. Devemos dar graças a Deus por existir o linux. É livre, excelente, não se paga nada por ele e serve a milhares de pessoas que não podem pagar os altos preços dos programas de outros sistemas. Aliás, ninguém é obrigado a usar o Linux. Usa quem quer!!!

[50] Comentário enviado por carlosalberto4ti em 20/11/2010 - 13:24h

Artigo , não muito bem feito , mas com uma verdade extrema dentro dele :

- Suporte para tudo , não há (hardware , software e games)

Por que resumo como suporte para todo ?
Foi como disseram mais acima : Windows foi feito para as massas , o linux tem o código fonte aberto .

Isso quer dizer :

Windows , já ta pronto , basta usar .
Linux , pode não funcionar agora , mas desenvolva o suporte que irá funcionar .

Isso causa , como já disseram acima : delay .

E quem mais precisa disso ? Servidores ? Desktop ? Tabletes ? Notebook ? Sistemas de hardware customizado ?

O problema nunca foi Windows X Linux , mas sim :

Hardware/software para as massas X Hardware/software para nichos


Outra coisa ainda não compreendida por muitos que discutem Linux X Windows :


Windows - suporte a hardware e software (ex: plug and play e directx)


Linux é kernel - suporte a baixo nível de hardware (plug and play)
Cups - suporte ao hardware de impressoras
Xsane - Suporte ao hardware do scanner
OpenGL - suporte a software (ex : directx para linux)

O Conjunto de grupos de trabalho (linux , cups , opengl , xsane) ,são chamado de soluções GNU/LINUX (Ou distros linux)

Já para a Microsoft É considerado como , S.O. Windows .


Qual a diferença ?

No Windows , tudo é embutido (fabricantes dão suporte) .
No linux , você precisa pegar os pedaços do quebra cabeça , para ter um sistema completo .


O que o autor do artigo fala : cade o linux ?
Eu despondo : No celular , no servidor , no desktop , nos tabletes , na tv , no microondas , nas urnas eletrônicas , no micro-ondas , etc .

Agora eu questiono e respondo : Cade o windows ?
No desktop , no servidor e no máximo no celular .

Agora vem a questão realmente levantada pelo autor :

Preciso trabalhar no dia a dia , sai para comprar o hardware necessário para minha tarefa , no windows ele funciona , no GNU/linux ele não funciona / ou funciona com metade de sua capacidade .

Tem toda a razão !

Tente tirar de uma foto scaneada os dados com um OCR (que vem junto com os driver da impressora) e faça o mesmo com um OCR , para GNU/linux (open-source) .

Qual o resultado ?

A versão proprietária vence com folga , por um simples fato :

Investiram $$$ no software e no hardware ao contrario do sistema GNU/linux.

O que o autor quer dizer é :Preciso de um sistema , estável , gratuito , sempre atualizado e que me permita fazer o mesmo que em sistema proprietário pagos e não está sendo possível .

Agora eu pergunto a vocês o que realmente não é correto no dia de hoje :

Ele é quem não tem capacidade para usar o projeto GNU/Linux ou
o projeto GNU/Linux , não tem suporte as tarefas do dia a dia dele ?

Hoje eu enfrento o mesmo problema com uma placa de som on-board , sem suporte a completo as suas funções , logo só escuto o som , mas não consigo usar o microfone para chamadas , atravês de sip / skype e olha que estou usando a ultima versão do alsa .

Pergunto a vocês : Eu devo abandonar o GNU/Linux , para ter suporte a hardware ou o projeto GNU/Linux , precisa de maior suporte , para que eu não precise da plataforma Proprietário ?

00:05.0 Audio device: nVidia Corporation MCP61 High Definition Audio (rev a2)
https://bbs.archlinux.org/viewtopic.php?id=61471
http://www.alsa-project.org/main/index.php/Matrix:Vendor-Nvidia
http://www.alsa-project.org/main/index.php/Matrix:Module-hda-intel
https://bugs.launchpad.net/ubuntu/+source/alsa-driver/+bug/369979
dpkg -l | grep alsa | grep ii
ii alsa-base 1.0.23+dfsg-2 ALSA driver configuration files
ii alsa-utils 1.0.23-2 Utilities for configuring and using ALSA


Em resumo o linux está morto para o Desktop das massas ?
http://www.guiadohardware.net/noticias/2010-10/desktop-linux1.html

[51] Comentário enviado por regipa em 20/11/2010 - 14:37h

infelizmente nao desenvolvem pro linux esses drivers, e assim qdo começarem a fazer podemos nadar de braçada, que ninguem pegara a gente. porque linux a maioria sabe, e linux nao. estamos crescendo e podemos passar para nossos filhos e amigos.

entao vamos..corrente para frente...o office novo pro windows é um lixo. ate mais.

os antigos bem melhores e mais facil.

ate mais e sem mais.

minha placa de tv tbem nao pega no linux mas entao mandei ela pra merda, ligo a tv normal e linux na cabeça....e agora quando vou comprar um hardware eu pergunto..serve pro linux??? se sim eu tiro orcamento..se nao eu digo...que merda de produto que nao serve pra nada...

ate mais.

[52] Comentário enviado por removido em 20/11/2010 - 14:38h

È verdade,utilizo o Debian lenny e as vezes me irrito com certas coisas , principalmente com drivers de hardware em geral.Por exemplo tenho uma impressora hp laserjet p1005 que só consigo faze-la funcionar com o tutorial aqui do vivaolinux e isso leva um tempo , no w7 seria só pluga-la,minha placa de video tambem não funciona, é uma ati radeon x1250,só que como disseram acima hoje empresas são pressionadas pela microsoft , pois mesmo o driver da minha placa sendo movido para legacy a ati continuou dando atualizaçoes para o xp e vista e o driver do linux parou no tempo,porem nao vou abandonar meu Debian por causa disso , unica coisa que não consigo fazer nele é jogar o resto ta perfeito!

[53] Comentário enviado por Teixeira em 20/11/2010 - 17:43h

Acho que o Linux "emplacou" sim, e continuará emplacando. Cada um tem o seu nicho.
A Microsoft tem o seu belo quinhão, a Apple também, a Canonical também, a Oracle, e as pequenas grandes iniciativas como o Kurumin, a Caixa Mágica, o Kalango, a Dizinha, o Big Linux, o Mint, etc., cada um no seu quadrado.
Por menor que seja a fatia do bolo, ela é importante.
Citando como exemplo a Apple, ela detém uma fatia que não pertence a mais ninguém e não tem "Microsoft nenhuma" que consiga se apoderar dela.
Mercado de nicho é tão ou mais importante quanto um mercado de monopólio.
Vejam: Ninguém é obrigado a usar um Mac, embora seja MUITO caro se comparado com o IBM-PC.
Existem PCs de segunda ou terceira categorias, que são extremamente mais baratos que o Mac mais modesto. Mas quem pertence ao nicho da Apple, embora possa não ter dinheiro para chegar lá, compra o seu PC... pensando no Mac.
Quem tentar convencer um "Mac addict" que ele "está errado" vai ficar de orelhas quentes...
E mais: Usuários Apple parece que não têm a mínima intenção de provar nada a ninguém. Eles são um universo totalmente à parte.
Empresas que precisam REALMENTE migrar para Apple o fazem sem discussão alguma. Todos os pormenores são ponto pacífico. O Mac não foi feito para amadores, mas para o usuário SOHO e para profissionais. No entanto, conquista TAMBÉM o usuário doméstico comum. Basta que ele tenha "bala na agulha" para comprar um equipamento de preço alto mas que sob seu ponto de vista vale cada centavo investido.
Se eu tivesse necessidade e dinheiro para isso, compraria um Mac de olhos fechados, sem me preocupar tanto com detalhes de hardware. O software é aquele mesmo. Pouco em quantidade, e excelente em qualidade. E tem muito freeware para Mac.
Então o que sobra para nós mortais "que não temos bala na agulha" é escolher - dentro da mesma plataforma de hardware - qual o sistema que dá o melhor custo/benefício.
E novamente o mundo não se divide realmente entre "Windows" e "Linux" mas entre a "versão Windows atual", a "versão Windows anterior" e os demais sistemas operacionais.
Aí, além dos muitos e muitos "sabores" de distros Linux, temos de considerar também os demais sistemas operacionais livres ou proprietários, além da eterna dúvida do usuário em manter ou atualizar o "seu" Windows (o que faz a Microsoft concorrer contra si própria).
Lembremo-nos de que a maioria que instala software proprietário o faz de forma ilegal e inconsequente, mesmo em ambiente corporativo e até em repartições do governo, sem o necessário conhecimento e aprovação das chefias.
Então a fatia do Linux (seja como um todo ou apenas como uma distro isoladamente) é bem mais abrangente do que se pensa.
O Linux portanto está aí, e mesmo com seus alegados "1% de usuários legais" começa a incomodar os supostos "99%" de outros tipos de usuários - dos quais a maioria é comprovadamente ilegal.
Nossa fatia de bolo pode até mesmo não ter glacê, nenhum enfeite, nenhuma cobertura, nenhum moranguinho em cima.
Mesmo assim é uma fatia respeitável e tem o sabor do mesmo bolo.

[54] Comentário enviado por fhespanhol em 20/11/2010 - 18:26h

Confesso que realmente eu comi mosca, deveria ter perguntado se a mesa digitalizadora e a impressora que comprei eram compatíveis com GNU/Linux, a propósito encontrei o driver de instalação dela em um site da Ásia onde um Chinês adaptou o Iscan para funcionar com ela. Quer dizer um cara teve o maior trabalho de compilar um driver simplesmente porquê o mesmo não existia e a Epson está pouco se lixando para o usuário de outro sistema que não seja Windows, no fórum do Ubuntu em Portugal pessoas que usam Mac reclamaram da mesma coisa que eu a falta de suporte técnico a Hardware, é inadmissível que em pleno século 21 ainda sejamos reféns de mega corporações como a Microsoft e que ainda necessitemos de driveres de instalação para fazer funcionar alguma coisa. Será que é tão difícil padronizar o hardware?

[55] Comentário enviado por boyinacio em 21/11/2010 - 00:19h

Por que falar em estagnação se as dez mais máquinas mais poderosas do mundo [http://www.top500.org/] usam como SO Servidor distros Linux?

PS.: Uma discussão na comunidade do Linux Brasil já começou sobre este artigo.

[56] Comentário enviado por andresimi em 21/11/2010 - 00:33h

Sou usuario linux desde o ano passado, nao sou programador. Ja instalei o linux no computador de alguns amigos.. Mas posso afirmar que nao vejo nada mais DEGRADANTE para a "comunidade open source" que os comentarios que li aqui. Quero deixar claro que digo cometnarios, o artigo em si acho muito valido e construtivo.

Que isso gente? Vamos crescer neh?

A violencia com que criticaram o fhespanhol deixa apenas uma impressão: O cara só pode ter tocado na ferida...

[57] Comentário enviado por Diede em 21/11/2010 - 02:00h

Interessante o ponto de vista do autor. Uma das coisas em que discordo é quanto ao Firefox: Estar na versão beta não significa que o projeto é defasado. Significa que ele é maduro o suficiente para que seus desenvolvedores entendam que não há pressa em pegar o código e dizer "Versão final". Quem está acompanhando os betas (uso o beta6) percebe o aumento na performance e os recursos novos.
Outra coisa é quanto ao K3B: Como disse um amigo acima, o propósito dele é gravar Mídias. A ideia não é copiar certos programas por aqui que ocupam vários GB com "suítes de gravação" desde codigicação de vídeo até player. Nós temos suporte a tudo isso, apenas em programas separados. Lembrem-se do conceito KISS.
E outro ponto é quanto aos drivers de dispositivo.
Não posso dizer "Onde está o Linux???" só porque meu dispositivo X não funciona corretamente nele. Eu deveria perguntar "Onde está o fabricante???". Não é a Microsoft que "senta" e desenha os drivers dos dispositivos. São os desenvolvedores que o fazem.
#Culpar o Linux pelo suporte a Hardware (que vem crescendo imensamente) é como culpar o Etanol por meu fusca não ter sido projetado para rodar com ele.

[58] Comentário enviado por fhespanhol em 21/11/2010 - 06:45h

Realmente, estou de pleno acordo com os comentários de 55 à 57, a crítica neste artigo vai além de que sistema operacional usar e sim porquê não somos livres para escolher qual sistema operacional usar. Quer dizer que a cada 2 anos serei obrigado a trocar todo meu hardware simplesmente porquê uma empresa monopoliza o mercado e os fabricantes de hardware estão pouco se lixando para o usuário final. Péssimo não.

[59] Comentário enviado por icpauloti em 21/11/2010 - 12:43h

A respeito do comentário [43] não contexto a sua liberdade de expressão simplesmente fiz uma sugestão a mesma coisa que você diz que tem o direito de se expressar eu também tenho.
Não tenho nada contra você mesmo porque confesso que dos 7 artigos que você escreveu eu li e gostei de 85% das coisas que você escreveu, mais este literalmente me decepcionou e acho que algumas pessoas também sentiram isso.
Principalmente quando você diz que utiliza o Linux desde o Kurumim, ou seja, são quase 7 ou 8 anos usando Linux por isso achei que seu artigo esse em especifico fugiu um pouco da realidade.

Mais tudo bem, abraço acho que todos já entenderam suas conotações.

Até.

[60] Comentário enviado por ipi em 21/11/2010 - 15:12h

Faço das palavras do Diede (Comentário 57) as minhas. Tem alguns fanáticos na comunidade q se recusam a ouvir as opiniões alheias como tb analisar friamente idéias diferente das suas e debater, apelam sumariamente para a agressão gratuita, são os mesmo q sao contra a implementação de facilidades na plataforma. Lamentavelmente tem aqui (no fórum) até pessoas contra gays, é um passo curto para ser contra negros, índios, pobres, e outras diferenças.

O linux não precisa e nem deve ser escravo de Hardware, e, apesar da superioridade em diversas ferramentas para Win32 não devemos confundir o objetivo pretendido por cada ferramenta, pois a base do principio colaborativo não é propriamente a competição junto as novidades do mercado.
Particularmente passei a não gostar do Pacote Nero desde a versão 7, o player deles eh uma merda, porém o Nero express é excelente; como não uso Windows ha muito, nem sei mais como esta o Nero.

E tem mais, só a titulo de exemplificação qt aos drivers, desafio qualquer um a instalar a placa de video SiS UniVGA3 (especificamente a on-board da "PCChips a33g") no windows 7, se não tem suporte a culpa seria da MS?

[61] Comentário enviado por fhespanhol em 21/11/2010 - 17:10h

Concordo com você ipi, talvez tenha sido um tanto duro com o Linux afinal como foi mostrado aqui em comentários o problema não é do sistema operacional e sim dos fabricantes de soft e hardware que ignoram que exista vida além do Windows. O ideal seria termos programas multiplataforma e equipamentos padronizados que dispensem driveres, porém os fabricantes não estão nem aí simplesmente repetem a mesma fórmula já utilizada hà anos sem se preocupar que esteja obsoleta. Vou dar dois exemplos aqui que embora não tenham haver com informática ilustram bem a situação. O primeiro é da fabricação de aquecedores. Até a década de 80 não existia padronização para a fabricação destes aparelhos. Resultado: Caso fosse necessário substitui-lo era necessário quebrar todo o banheiro devido ao fato de aquele modelo estar descontinuado em um enorme prejuízo, após inúmeros processos na justiça a ABNT padronizou a fabricação dos aquecedores. Agora podem haver 50.000 fabricantes de aquecedor no Brasil que todos são obrigados a seguirem as normas de padronização na fabricação deles. O segundo exemplo é dos automóveis. Há anos que existe tecnologia para substituir a matriz energética dos automóveis por outra não poluente, mas ninguém o faz devido aos Royalties que os governos recebem para continuar usando petróleo e destruindo o mundo. Foi All Gore quem alertou o mundo sobre os efeitos da poluição no mundo e embora tenham abafado seus alertas os mesmos continuam a ecoar pelo mundo causando uma conscientização sobre respeito ao meio ambiente vital para a continuação da vida no planeta. Creio que em um pais que elege palhaços como deputados e cogita-se a possibilidade de analfabetos dirigirem o pais em um retrocesso até a idade média é muito importante não nos acomodarmos, pormos a boca no trombone e exigir a melhoria de produtos e serviços.

[62] Comentário enviado por arturbmallmann em 22/11/2010 - 11:01h

fhespanhol no comentário 43 se saiu bem, merece perdao

[63] Comentário enviado por alefesampaio em 22/11/2010 - 12:20h

Ola, fhespanhol Gostaria de pedir Perdão por exageros que por venturas tenha cometido com você, uma coisa que acho muito nobre no ser humano e capacidade de reconhecer suas faltas.

Posso adianta que partir de hoje fica na minha lista pessoal de amigos

Fique com Deus.

[64] Comentário enviado por heepz em 22/11/2010 - 12:38h

Relutei muito para deixar o Windows 7 e passar a usar tão somente o Ubuntu. Concordo com tudo que foi falado no artigo. Sinto falta de programas com as mesmas possibilidades de configurações e recursos que existem para plataforma Windows - principalmente no que tange a aplicativos de áudio/vídeo.

Abdiquei do uso do meu leitor biométrico, embutido no meu notebook, na esperança que logo encontra-se um aplicativo e driver que o fizessem funcionar, mas...

Gosto de usar o Linux. Gosto da proposta de Software livre. Acho que este é o caminho, mas há de convir que o Linux esta ficando obsoleto.

[65] Comentário enviado por yandopc em 22/11/2010 - 13:44h

Cara vc naão sabe do que ta falando.
O linux é e sempre será a plataforma mais usada no mundo! vc acha que o android foi baseado em quê? linux e querendo ou não o android é um linux!!!e como vc diz que o linux está parado no tempo?com tantas coisas que o linux tem de bom!eu uso linux a um ano e meio e não quero saber de porcaria de virus-windows mesmo que infelizmente dependa dele em algumas tarefas mais eu mesmo não quero mais saber dele.outra coisa se algumas coisas não funcionam bem no linux a culpa é do fabricante e não dos desenvolvedores. estude mais um pouco para falar de linux!!!!

[66] Comentário enviado por fhespanhol em 22/11/2010 - 14:24h

alefesampaio obrigado pelo apoio. Aqui eu realmente estou aprendendo muito. E continuarei sempre a usar o Linux fique tranquilo.
vandopc minha bronca é justamente eu ser obrigado a ter de continuar a usar o Ruindows, queria realmente não depender dele para mais nada, mas creio que se continuarmos a exigir e cobrar a coisa anda. Infelizmente vou ter de usá-lo para continuar a usar minha mesa digitalizadora, porém é só para isso realmente. Daí vem uma pergunta que se eu estiver errado me corrija: Não está na hora de surgir uma distribuição GNU/Linux nacional? O governo de São Paulo já apóia o Linux integralmente e o adotou como sistema principal. Inteligência em nossa comunidade é o que não falta. Criemos então uma distribuição nacional com tudo que precisamos. Inclusive suporte a todo hardware fabricado ou montado aqui no Brasil da mesma forma que acontece em outros paises, onde se uma marca monopoliza o mercado é penalizada. Assim saimos da sombra da Microsoft de vez.

[67] Comentário enviado por carlosalberto4ti em 22/11/2010 - 20:17h

O problema não é distro , e nunca foi .

O problema é : abertura das especificações do hardware .

Só com as especificações do hardware é possivel fazer um driver decente para o dispositivo em questão .

Outra coisa :

Onde você acham que a Intel , Amd , Epson , HP , cisco , etc , estão alocadas ? No Brasil ?

As nossas leis , não são tão influentes para mudar algo nos EUA / Europa / China / etc .

As empresas que vocês tanto conversão , nunca vão ouvi-los aqui do brasil , mas se você falar a linguá deles (inglês ?) ai , talvês sim , pelo menos sua voz será compreendida , de acordo com as leis de mercado , onde essas empresas estão situadas .

Que fique claro , o problema não é o brasil , mas sim a dominação sobre a informação , quem domina a informação cobra por isso .

[68] Comentário enviado por omestrebin em 23/11/2010 - 11:45h

O LINUX ESTÁ ONDE VOCÊ QUER QUE ELE ESTEJA.

[69] Comentário enviado por jhonatam em 23/11/2010 - 12:50h

Sobre a distro nacional, existem varias mas tem uma em particular que eu gostaria de recomendar e chamar para quem quiser contribuir e mudar alguma coisa. é o pQui-Linux http://site.pquilinux.org/

[70] Comentário enviado por fhespanhol em 23/11/2010 - 22:20h

Ja estou baixando o pquilinux para darvuma olhada. Obrigado pela dica.

[71] Comentário enviado por premoli em 29/11/2010 - 11:06h

http://www.youtube.com/watch?v=Yx9FgLr9oTk
Touch não funciona? amadorismo em ...

[72] Comentário enviado por brunotec em 17/12/2010 - 15:36h

"O que é realmente necessário?"

desculpe-me reabrir os comentários nesse artigo mas gostaria de expressar minha opinião!

essa frase que postei acima é a frase mais decorrente que vejo desde que comecei a usar linux um pouco mais de 2 meses e eu não concordo com ela!

Um certo dia criei um tópico aqui no Vol perguntando como eu poderia instalar o Microsoft Office no linux que na minha opinião é imensamente superior ao openoffice e logo vieram um caminhão de críticas e vários usuários dizendo que para o tipo de tarefa que queria usar o Office o openoffice estava de bom tamanho!!ai venho a tona essa frase:

O que é realmente necessário?"

Mas pera ai, acredito eu que muitos usuários não queiram apenas utilizar o básico de todas ferramentas e sim querem se manter atualizados e com ferramenmtas de ultima geração funcionando!! como no caso de sua mesa digitalizadora!!

Eu como alguns usuários que postaram comentários acima tbm acredito que exista uma monopolização muito grande por parte da microsoft em relação a criação de drivers por parte de seus fabricantes, o que acaba dificultando as coisas para o linux e acho que ao invés de ter tanto desenvolvedores focados em criar novas distros, podiam focar em apenas uma ou duas e ter um grupo de desenvolvedores para tentar resolver essa falta de drivers, ou seja um grupo especifico para isso! eu sei que em muitas distros tem pessoas trabalhando para tentar criar drivers para linux mas se todos se juntasse ficaria mais fácil.


Enfim, essa é apenas minha opinião e respeito á de todos.

Obrigado.

[73] Comentário enviado por agk em 19/12/2010 - 02:19h

'Eu como alguns usuários que postaram comentários acima tbm acredito que exista uma monopolização muito grande por parte da microsoft em relação a criação de drivers por parte de seus fabricantes, o que acaba dificultando as coisas para o linux e acho que ao invés de ter tanto desenvolvedores focados em criar novas distros, podiam focar em apenas uma ou duas e ter um grupo de desenvolvedores para tentar resolver essa falta de drivers, ou seja um grupo especifico para isso! eu sei que em muitas distros tem pessoas trabalhando para tentar criar drivers para linux mas se todos se juntasse ficaria mais fácil."

Definitivamente eu discordo, não podemos nos sujeitar ao monopólio e trabalhar de graça para eles fazendo drivers. Não tem driver pra Linux? Não compro, não uso, ponto final.

O que pode vir a ser uma solução, em um futuro não muito distante é o open hardware (hardware aberto).

Existem vários projetos nesse sentido, Power.org, OpenSPARC T1, BeagleBoard, Arduino, OpenCores.org.

Para quem tiver interesse tem um artigo recente que fala um pouco sobre o assunto:
http://imasters.com.br/artigo/19169/livre/hardware_aberto_como_e_quando_funciona/

Como o software começou com pequenos passos, assim também o hardware aberto está começando a andar.

[74] Comentário enviado por fhespanhol em 19/12/2010 - 09:17h

O problema é que pelo que venho percebendo do comportamento dos usuários de Linux é que eles não tem interesse na popularização do mesmo. Eles acham-se privilegiados por coseguirem usar um sistema operacional "difícil", pois assim passam a ter um diferencial perante os demais usuários de computador. O exemplo disto é o modo como o Ubuntu é criticado. Em 13/07/2010 saiu um artigo na revista Info falando sobre o Ubuntu e vários usuários Linux disseram que o Ubuntu não é Linux. Simplesmente porquê esta é a distrô que mais visa o lado do usuário final e por permitir a manutenção o sistema através da plataforma gráfica. O Ubuntu é um Linux que está buscando identidade própria e se destaca justamente pela facilidade de uso e por ter por trás dele um patrocinador com um grupo de desenvolvedores que trabalham para seu aprimoramento. Mas isto não é percebido pelo usuário do sistema que é sectário e acha que se o Linux tornar-se "fácil" e o usuário comum passar a usar o sistema ele será diminuido. Ao fazer a crítica exposta neste artigo queria justamente sacudir os membros da comunidade e mostrar que é preciso união e mente aberta na resolução dos problemas que o Linux já apresenta há anos. Só que ao invés disso passei a ser boicotado aqui no VOL. Tem dois artigos meus em espera há quase um mês pelo visto devido as críticas que fiz. Agora eu fico pensando se como torcedor de um time eu o criticasse por uma campanha ruim se eu seria expulso de sua torcida à meu ver isto é imaturidade e se queremos realmente crescer e ser reconhecidos temos que começar a ganhar algumas partidas não só no meio coporativo, mas também junto ao usuário doméstico que é quem forma opinião, se ele diz que o sistema é ruim, pois não lhe permite fazer as atividades que gostaria no computador esta má fama pega e já era.

[75] Comentário enviado por brunotec em 19/12/2010 - 12:20h

@ agk

Você está coberto de razão em seu comentário, pois realmente não se pode trabalhar de graça criando drivers para os fabricantes!!

Mas ao meu ver essa seria a única solução!! já que acreditar que algum dia existirá: open hardware (hardware aberto)........

Seria a mesma coisa que acreditar em papai noel!! pois com certeza por trás de tudo isso deve existir um "$$$CONTRATO$$$$" com os fornecedores de placas de vídeo, audio, jogos e etc.. para que não disponibilizem drivers para linux, pois essa seria a unica explicação para que eles não desenvolvessem esses drivers!!


@ fhespanhol

PUTA SACANAGEM COM VOCÊ NÃO LIBERAR SEUS ARTIGOS HEIN !!!!!

Eu li seus dois artigos a respeito do Linux e gostei pra caramba deles, e acho que atitudes como a sua de dar a cara a tapa ao fazer críticas construtivas que são necessárias para o crescimento do Linux. Esse fanatismo sem tamanho dos usuários ao não quererem que ele se espalhe pelo mundo para continuarem se sentindo diferentes dos outros!!

OBS: Isso que digo, não estou generalizando hein!!

Enfim... tô com vc véio e lhe parabenizo pelos seus artigos e sua iniciativa!!!


[76] Comentário enviado por fhespanhol em 24/12/2010 - 08:03h

Se lembram que falei aqui sobre ter dois artigos em espera há quase um mês? Pois bem recebi uma nota de moderação dizendo o seguinte:

"Artigo:

Retornei o seu artigo para construção para que faças uma revisão do mesmo. Além do abuso de letras maiúsculas (que ainda significa GRITAR) o título é sempre repetido no início do texto.

Também encontrei caracteres não ASCII. Acredito que o copiaste de algum editor WYSIWYG onde as aspas não são as mesmas aspas ASCII."

Esta nota de moderação foi-me enviada pelo Sr.Elgio, agora vamos aos esclarecimentos:

1 - As letras maiúsculas em questão são referentes aos títulos e subtítulos do texto. Não tem nada haver com gritar. Se eu quisesse realmente gritar usaria pontos de exclamação que de acordo com as regras gramaticais é o sinal gŕafico que dá a idéia de esbravejar e gritar. As regras de utilização de letras maiúsculas são:

A letra maiúscula é um recurso gráfico utilizado para dois propósitos: assinalar o início do período (em oposição ao ponto final, que o encerra) e dar destaque a uma palavra, seja ela um substantivo próprio ou não. Ou seja eu posso utilizar para destacar um texto como fiz para facilitar o entendimento do leitor.

2 - Os tais caracteres ASCII à que ele se refere são as aspas e os links que inseri no texto também para destacar idéias e facilitar o entendimento do leitor.

Daí vem a pergunta. A análise deste texto foi feita por uma máquina?

[77] Comentário enviado por guidoseverus em 20/11/2011 - 21:16h

Isso acontece pq não se unem e fazem uma só distribuição GNU/Linux, a Micro$oft só com o RWindows, todas as ideias vão só para ele, enquanto o Linux fica preso num só patamar, ao invés de estar a par ou acima de grandes empresas de SOs.

[78] Comentário enviado por lucoon em 27/06/2012 - 12:26h

Bom, 2012 e eu de coveiro só para comentar:-"fhespanhol, tu errou feio... queria touch, ta ai Android com todos os recursos e ta ai, roda em celular. Linux ia morrer? uhahuahuhua. Até outros SO's utilizando sistema de repositório.

CARA, linux não é só o melhor SO, ele é gratis.


Contribuir com comentário




Patrocínio

Site hospedado pelo provedor HostGator.
Linux banner
Linux banner
Linux banner

Destaques

Artigos

Dicas

Viva o Android

Tópicos

Top 10 do mês

Scripts