Menu de Aplicativos do Window Maker

Aprenda como configurar o menu de aplicativos do seu Window Maker.

[ Hits: 31.549 ]

Por: Luís Fernando C. Cavalheiro em 22/07/2013 | Blog: https://github.com/lcavalheiro/


A sintaxe do WMRootMenu: criando submenus



Agora que já entendemos como funciona a sintaxe do Menu de Aplicações do Window Maker, vamos incrementar nossos conhecimentos um pouquinho, criando submenus.

Para declarar um submenu, use a sintaxe:

("Nome do menu",("Primeiro item do submenu",EXEC,"comando do primeiro item"),("Segundo item do submenu,EXEC,"comando do segundo item),...)

Vamos voltar ao último exemplo de Menu de Aplicações que eu usei. Pode ser muito incômodo abrir a janela principal do LibreOffice, e seria interessante que eu já pudesse abrir diretamente no programa que me interessa.

Para isso, eu preciso configurar os submenus corretamente, certo? Vamos mostrar aqui, como ficaria a declaração do menu do LibreOffice com seus subitens:

("Suíte de escritório LibreOffice",
("LibreOffice Writer",EXEC,lowriter),
("LibreOffice Calc",EXEC,localc),
("LibreOffice Impress",EXEC,loimpress),
("LibreOffice Draw",EXEC,lodraw),
("LibreOffice Base",EXEC,lobase)
)

Ou em forma plana:

("Suíte de escritório LibreOffice",("LibreOffice Writer",EXEC,lowriter),("LibreOffice Calc",EXEC,localc),("LibreOffice Impress",EXEC,loimpress),("LibreOffice Draw",EXEC,lodraw),("LibreOffice Base",EXEC,lobase))

Vamos acrescentar agora, essa declaração de menu com subitens ao nosso exemplo de Menu de Aplicações do Window Maker:

("Menu de Aplicações do Window Maker",
("Emulador de terminal GNOME-Terminal",EXEC,"gnome-terminal"),
("Navegador de Internet Mozilla Iceweasel",EXEC,iceweasel),
("Suíte de escritório LibreOffice",("LibreOffice Writer",EXEC,lowriter),("LibreOffice Calc",EXEC,localc),("LibreOffice Impress",EXEC,loimpress),("LibreOffice Draw",EXEC,lodraw),("LibreOffice Base",EXEC,lobase))
)

Agora vamos criar menus com submenus, não apenas com subitens. Para mostrar como fazer isso, vou inserir mais uma declaração de item de menu no nosso Menu de Aplicações.

Vamos declarar um item para programas de linha de comando, coisa que eu uso um bocado aqui na minha casa. Em forma plana:

("Aplicativos para linha de comando...",("Emuladores de terminal...",("GNOME Terminal",EXEC,"gnome-terminal"),("xTerm em fundo branco",EXEC,"xterm -bg white -fg black -fa Liberation -fs 12 -sl 10000")),("Cliente de IRC irssi",EXEC,"xterm -bg white -fg black -fa Liberation -fs 12 -sl 10000 -e irssi"))

Ou, na forma mista:

("Aplicativos para linha de comando...",
  ("Emuladores de terminal...",
    ("GNOME Terminal",EXEC,"gnome-terminal"),
    ("xTerm em fundo branco",EXEC,"xterm -bg white -fg black -fa Liberation -ls -fs 12 -sl 10000")
  ),
  ("Cliente de IRC irssi",EXEC,"xterm -bg white -fg black -fa Liberation -ls -fs 12 -sl 10000 -e irssi")
)

Eu coloquei esses espaços antes das linhas para facilitar o entendimento desse menu com submenus. Vamos inserir essa 'trosoba' toda no nosso exemplo de Menu de Aplicações do Window Maker? Fica assim:

("Menu de Aplicações do Window Maker",
("Aplicativos para linha de comando...",("Emuladores de terminal...",("GNOME Terminal",EXEC,"gnome-terminal"),("xTerm em fundo branco",EXEC,"xterm -bg white -fg black -fa Liberation -fs 12 -sl 10000")),("Cliente de IRC irssi",EXEC,"xterm -bg white -fg black -fa Liberation -fs 12 -sl 10000 -e irssi"))
("Navegador de Internet Mozilla Iceweasel",EXEC,iceweasel),
("Suíte de escritório LibreOffice",("LibreOffice Writer",EXEC,lowriter),("LibreOffice Calc",EXEC,localc),("LibreOffice Impress",EXEC,loimpress),("LibreOffice Draw",EXEC,lodraw),("LibreOffice Base",EXEC,lobase))
)

Por razões óbvias, quando eu coloquei a declaração que nós acabamos de estudar, eu removi a declaração que chamava o GNOME Terminal.

Meus parabéns, seu Menu de Aplicações do Window Maker já está ficando bem incrementado, certo? Bem, se fosse só isso, eu colocaria um raio de dica aqui no Viva o Linux, não precisava um artigo inteiro (ah, sou sócio do mesmo clube que o Gérson, do Vida de Suporte, e o seu Lunga fazem parte, só pra constar ;-)!

Vamos para a próxima página!

Página anterior     Próxima página

Páginas do artigo
   1. Introdução
   2. Uma visão geral do Menu de Aplicações
   3. A sintaxe do WMRootMenu: básico
   4. A sintaxe do WMRootMenu: criando submenus
   5. A sintaxe do WMRootMenu: avançado
   6. Conclusão
Outros artigos deste autor

Window Maker 0.95.4 no Debian Testing - Instalação, configuração e dicas

Guia Pós-Instalação do Slackware - edição 2015

Guia pós-instalação do Slackware - edição 2013

google-drive-ocamlfuse - Monte seu Google Drive usando o FUSE

Empacotando Cliente Copy no Slackware - Como ganhar 20 GB de armazenamento em nuvem

Leitura recomendada

Embutindo legenda e fazendo autoração de um vídeo para DVD

Abrindo um servidor X dentro de outro

Nagios Falante

Análise do Syllable, mais um interresante sistema operacional livre

Programas em Modo Texto (on Shell)

  
Comentários
[1] Comentário enviado por Darkteist em 22/07/2013 - 01:55h

Ótimo para pessoas que curtem esse ambiente, que além de ser leve é interessante e retrô, favoritado, parabéns !

[2] Comentário enviado por izaias em 22/07/2013 - 10:59h

Esse é o charme do WM: retrô e nostálgico.

Realmente, esse tuto está bem mais completo que o outro.
Estava com dificuldades devido à complexidade nessas congurações, agora está mais fácil!

Muito bom, pinguim filósofo!
-----------------

Só uma coisa: o que é 'computaria'?! rsrsrs

[3] Comentário enviado por albfneto em 22/07/2013 - 15:46h

Muito bom isso. Vou configurar no meu. Mais um favoritado!

[4] Comentário enviado por lcavalheiro em 22/07/2013 - 17:27h


[2] Comentário enviado por izaias em 22/07/2013 - 10:59h:

Esse é o charme do WM: retrô e nostálgico.

Realmente, esse tuto está bem mais completo que o outro.
Estava com dificuldades devido à complexidade nessas congurações, agora está mais fácil!

Muito bom, pinguim filósofo!
-----------------

Só uma coisa: o que é 'computaria'?! rsrsrs


"Computaria" é uma brincadeira usando as palavras (e os significados) das palavras "computador" e "putaria" rsrsrs

Gente, muito obrigado pelos elogios!

[5] Comentário enviado por albfneto em 22/07/2013 - 20:39h

Computaria? rsrsrsrsr!

e os Linusers especializados em: "Estalação" de Linux. Quando a gente tá aprendendo e fuça muito,

"estalação" de linux é o que mais a gente faz.

Quando eu comecei a mexer com eles, eu "estalei" o sabayon 6 vêzes e o gentoo, 8 rsrsrrsrsrsrsrsrs.

Por exemplo, vc sabe que na Biblia, 666 é o número da Besta!

e no Linux, 777 é o número da Besta, e a Besta é o Usuário! rsrsrsrs !

O incauto usuário fala: "que legal, pra eu não usar mais senha eu vou mudar as permissões de tudo, olha como sou um gênio!"

rsrsrsrss chmod 777.... e pronto... Linux "Estalado"! rsrsrsrsrsrsrsr

[6] Comentário enviado por lcavalheiro em 22/07/2013 - 21:15h


[5] Comentário enviado por albfneto em 22/07/2013 - 20:39h:

Computaria? rsrsrsrsr!

e os Linusers especializados em: "Estalação" de Linux. Quando a gente tá aprendendo e fuça muito,

"estalação" de linux é o que mais a gente faz.

Quando eu comecei a mexer com eles, eu "estalei" o sabayon 6 vêzes e o gentoo, 8 rsrsrrsrsrsrsrsrs.

Por exemplo, vc sabe que na Biblia, 666 é o número da Besta!

e no Linux, 777 é o número da Besta, e a Besta é o Usuário! rsrsrsrs !

O incauto usuário fala: "que legal, pra eu não usar mais senha eu vou mudar as permissões de tudo, olha como sou um gênio!"

rsrsrsrss chmod 777.... e pronto... Linux "Estalado"! rsrsrsrsrsrsrsr


E de repente coisas como o sudo páram de funcionar... Linux estalado com sucesso, a la Bill Gates rsrsrs

Pior que isso é quando o usuário começa a usar o root como usuário comum, aí é corram pras colinas rsrsrs

[7] Comentário enviado por danniel-lara em 23/07/2013 - 09:03h

Parabéns meu amigo pelo artigo muito bom mesmo ficou Bagual mesmo
ja instalei aqui o windowmker , logo vou personalizar ele no meu fedora

grande abraço

[8] Comentário enviado por lcavalheiro em 26/07/2013 - 11:32h


[7] Comentário enviado por danniel-lara em 23/07/2013 - 09:03h:

Parabéns meu amigo pelo artigo muito bom mesmo ficou Bagual mesmo
ja instalei aqui o windowmker , logo vou personalizar ele no meu fedora

grande abraço


Valeu, Daniel! Um abraço!

[9] Comentário enviado por Ang em 18/04/2015 - 19:09h

O Window Maker é um ótimo gerênciador de janelas, nele baseou-se o BlackBox, que originou o FluxBox que é o que estou utilizando para desenvolver um ambiente gráfico inovador para o mundo Unix!
Eu quase nunca tive paciência pra mexer em Window Maker, nem me lembro direito do Window Maker, mas seu artigo está ótimo para um gerenciador de janelas!

Ang,
Manaus, AM, Brasil.
Usuário Linux,
Distros Favoritas: Bodhi Linux, Ubuntu, Big Linux, Kurumim, OpenSUSE e Slax.


Contribuir com comentário




Patrocínio

Site hospedado pelo provedor RedeHost.
Linux banner
Linux banner
Linux banner

Destaques

Artigos

Dicas

Tópicos

Top 10 do mês

Scripts