O GIMP: Pincéis e texturas

Muita gente desconhece o verdadeiro potencial dos pincéis e das texturas no GIMP - muitas vezes tido como meros figurantes na janela do programa. Saiba como tirar proveito desses poderosos recursos.

[ Hits: 96.482 ]

Por: Davi Ferreira em 06/08/2004


Introdução



Conforme prometi no artigo anterior, trago ao leitor mais alguns tutoriais e dicas sobre o GIMP. Dessa vez você fica sabendo um pouco mais sobre outros recursos pouco utilizados, porém extremamente poderosos: os pincéis e as texturas.

Sabe aquele visual sujo, chamuscado, grunge que você vê por aí? Pode ter certeza que foi criado com a utilização de pincéis. Assim como efeitos metálicos, de pedra e madeira geralmente são criados com texturas. A verdade é que pouca gente conhece e/ou utiliza bem esses recursos.

Os pincéis vão muito além dos círculos e quadrados apresentados pelo GIMP. Com um mínimo de criatividade é possível criar diferentes estilos de pincéis que darão um novo toque à suas imagens. Não fique limitado às formas geométricas básicas na hora de utilizar/criar um pincel: opte também por sujeiras, pedaços de papel, palavras entre outras coisas.

Já as texturas, quando utilizadas de forma errada, acabam com qualquer design. É comum ver texturas sendo utilizadas como fundo de páginas web, tais como tijolos, pedra, ferro, etc, que acabam destruindo e confundindo o visual do site. Em se tratando de GIMP, também é comum o uso das texturas padrões que acompanham o aplicativo - quem nunca usou a textura de folhas, ou de rachaduras?

Hora de colocar a criatividade pra funcionar. Chega de papo e mãos à obra!

    Próxima página

Páginas do artigo
   1. Introdução
   2. Pincéis
   3. Texturas
   4. Conclusão
Outros artigos deste autor

GIMP 2.0: Tutoriais rápidos

Tactical Ops no Linux

Transformando Windows em Linux

Leitura recomendada

Cópia completa do HD - cluster por cluster

Instalação do Cacti baseado em uma distribuição própria - CactiEZ

Instalando o Slackware em um computador sem cdrom, placa de rede e disquete

Experimentando o Looking Glass

Ambiente gráfico LXDE

  
Comentários
[1] Comentário enviado por ice2642 em 07/08/2004 - 00:59h

Bem legal seu artigo, gostei dos sites.
Me fala uma coisa, no lance de desturas que comando voce usa para fazer ela ficar sem emendar viziveis ? eu tento no MAP > Maque sampleless mas as vezes o resultado não é dos melhores, existe um meio de fazer ela digamos, definindo a borda que se quer unir por ex ?
Valeu.
Marcio

[2] Comentário enviado por jose_maria em 07/08/2004 - 01:03h

Excelente artigo Davi. O GIMP é fantástico, eu uso ele pra tudo relacionado a gráficos. A minha galeria de coisas que eu fiz nele está em http://gug.sunsite.dk/gallery.php?artist=220 tem o originais do gimp que ajudam para quem quer estudar. Valeu.


Contribuir com comentário




Patrocínio

Site hospedado pelo provedor RedeHost.
Linux banner
Linux banner
Linux banner

Destaques

Artigos

Dicas

Tópicos

Top 10 do mês

Scripts