Instalando o KUbuntu / Ubuntu no notebook eeepc da Asus

Este artigo se propõe a mostrar, passo-a-passo, como instalar o KUbuntu / Ubuntu no notebook eeepc da Asus, sobrescrevendo o Xandros.

[ Hits: 60.258 ]

Por: andre uebe em 21/05/2008 | Blog: http://resa.net.br


Preparando o Cartão / Pendrive de Boot



Para esta etapa, a ser realizada em outro micro com Linux que não seja o eeepc, sugiro utilizar um cartão SD de até 2 GB para este procedimento. O cartão de 16 GB que comprei usa o novo padrão SDHC e não foi reconhecido pelo leitor USB de cartão que uso para ligá-los diretamente ao meu desktop (onde acontecerá as operações).

Creio que o procedimento deve funcionar com pendrive também.

Será necessário também o CD de instalação da distro que, no nosso caso, é o KUbuntu.

Em resumo o que será feito é:

1) Criar uma partição de boot no pendrive

2) Copiar os arquivos referentes a distro

3) Instalar os arquivos responsáveis pelo boot.

Visto isto, mãos à obra.

1) Criar uma partição de boot no pendrive

Saiba que todos os dados do pendrive serão perdidos com a operação. Logo, salve-os com antecedência!

Adotaremos a notação sda1, sda2 quando nos referirmos as partições do pendrive, mas saiba que pode haver alterações nesta notação (como sdb1, sdb2) em função da existência de outros dispositivos USB previamente conectados ao seu desktop.

A seguir, siga os passos digitando no terminal (shell):

1.1) No terminal, desmonte o pendrive, digitando:

$ sudo umount /dev/sda1

1.2) Para evitar erros na operação (este passo é meio empírico faça-o se quiser), refaça a partição:

$ sudo mkfs -t vfat -F 32 /dev/sda1

Onde:
  • -t vfat = formatar para FAT
  • -F 32 = Formatar para Fat 32 (e não 16).

1.3) Abra o particionador "gparted" para o dispositivo (sda) e não para a partição (sda1), digitando:

$ sudo gparted /dev/sda

Obs.: No KUbuntu é necessário instalar antes, digitando:

$ sudo apt-get install gparted

1.4) No gparted, delete qualquer partição existente e escolha a opção de criar nova partição.



1.4.1) Selecione um espaço de 750MB para a partição 1, que deverá estar como primária no formato de FAT32.



Após criá-la:

a) Selecione-a com o botão direito do mouse e escolha: "Formatar para:" -> Fat 32

b) Selecione-a novamente e com o botão direito do mouse e escolha: "Manage Flag" -> boot

Este passo de tornar a partição em questão "bootável" é essencial para que o sistema possa inicializar-se pelo dispositivo.

1.4.2) No espaço restante "unllocated", selecione com o botão direito do mouse e cria uma segunda partição primária, com o espaço restante, como FAT32.

Após criada, selecione-a com o botão direito do mouse e e escolha: "Formatar para:" -> Fat 32.

1.5) Clique no botão de confirmar (um "V" verde na barra superior e aguarde).

Agora você terá duas partições primárias no seu pendrive:
  • 750 MB para armazenar os arquivos de instalação (no nosso caso o KUbuntu);
  • restante para armazenar seus arquivos pessoais (você não quer desperdiçar espaço, não?).

Página anterior     Próxima página

Páginas do artigo
   1. O eeepc da Asus
   2. Por qual motivo não manter o Xandros?
   3. Preparando o Cartão / Pendrive de Boot
   4. Copiando os arquivos de instalação da distro no pendrive
   5. Instalando o sistema no eeepc
   6. Configurando a Home
Outros artigos deste autor

Instalando Token da OAB no Linux Mint 17.3 (Rose)

Convertendo arquivo de vídeo em áudio via ffmpeg (incluindo metadados)

Lendo formatos EPUB no Kindle com o Calibre

CmapTools: Gestão do Conhecimento através de Mapas Conceituais no Linux

Dukto - Transferindo arquivos entre computadores conectados à mesma rede

Leitura recomendada

Ativando suporte ao NTFS no RedHat9 sem recompilar o kernel

Utilizando atributos em partições ReiserFS

LVM completo e sem mistérios

Dm-crypt - Criptografia no filesystem - Kernel 2.6

Subversion - Controle de versão de documentos

  
Comentários
[1] Comentário enviado por isaac em 21/05/2008 - 21:28h

Estava até pensando em comprar um, mas mudei de idéia quando li sobre o MSI Wind (um EEEpc Killer).

[2] Comentário enviado por JosuéDF em 22/05/2008 - 15:44h

realmente a onda de UMPCs e Subnotebooks veio pra ficar, comecou com o projeto OLPC, e podem esperar que muitas novidades virão, várias grandes empresas percebem que os usuários estão precisando de mobilidade e conectividade, e já tivemos grandes lançamentos no segmento, só para citar alguns: OLPC, Macbook Air, Asus EEEPC, Intel Classmate ate a brasileira Positivo Informática está lançando seu mini notebook da linha Mobo, a lista está ficando boa, será bom pra nós consumidores Geeks ávidos por tecnologia termos várias opções de compra, mas o ideal agora é esperar bastante pra vermos os preços cair um pouco e fazer a escolha certa.




[3] Comentário enviado por y2h4ck em 26/05/2008 - 10:09h

Bom levando em conta que um eeePC custa U$ 399 preço de um iPhone, o preço está muito bom :)

Só para reforçar o argumento do nosso amigo sobre o quão sofrível são os repósitorios do Xandros, ele vem com uma versão instalada do SAMBA que é vulnerável a exploitação remota (usando metasploit por ex) e não tem nenhuma atualização pra isto nos repositorios default. Para finalizar a falha ja existe a mais de 1 ano rs

[4] Comentário enviado por andreuebe em 26/06/2008 - 18:10h

Estou tentando agora recompilar o kernel do Ubuntu para deixa-lo rapido como o Xandros original.


[5] Comentário enviado por JulioCD em 16/02/2009 - 02:38h

André,
Você conhece a distro SilTaz? O liveCD tem 25 MB e a instalação se expande para 80 MB. Eu testei e achei bastante interessante. Ela não é limitada, tem bons programas. A grande diferença é que muitas das configurações são feitas diretamente no arquivo. Por exemplo ao se colocar um CD ele não é detectado e precisa ser montado clicando-se em um ícone no gerenciador de arquivos. No site tem ainda um arquivo iso com mais alguns programas, com um tamanho de 285 MB. Segundo o site, o repositório tem cerca de mil programas.
Tenho um notebook HP BR730 e estou pensando em troca-lo por um EeePc, devido ao peso e dimensões, pois só uso o notebook para mostrar fotos e ler arquivos PDF. Uma pergunta: o leitor de PDF do EeePc é bom? Leio muito PDF no meu Palm, onde a tela é bem menor, porém fica bom de se ler, pois o Palm tem um programa que faz com que as letras do arquivo PDF fiquem grandes e cômodas para se ler.
Grato e parabéns pelos artigos.

[6] Comentário enviado por andreuebe em 17/02/2009 - 22:07h

Olá JulioCD

Não conheço esta distro mas vou dar uma olhada. Pessoalmente prefiro as distros que se utilizam de repositórios debian. Atualmente os repositórios mais completos são o do próprio Debian e o do Ubuntu.

Se o uso é só para exibição de fotos e ler PDF, creio que não terá problemas com seu Eeepc. Ainda assim, recomendo o de 9 polegadas pois além de uma tela maior, a configuração é um pouco mais "parruda". Caso queira usá-lo normalmente, aí recomendo um micro de 10 polegadas como um Acer, por exemplo (Tenho atualmente um MSI Wind que me é muito bom!).

Abs

Andre

[7] Comentário enviado por andreuebe em 17/02/2009 - 22:20h

A propósito, o leitor de PDF que vem no Xandros (nativo do Eeepc) é satisfatório. Se o uso for o descrito acima, recomendo, inclusive, manter o Xandros mesmo (que tem uma lista muito limitada de programas disponíveis no repositório).

Abs

Andre


Contribuir com comentário