Gravando CDs em modo texto

Esse tutorial é voltado para os fãs de console ou até mesmo para aqueles que mesmo gostando de X, não o tem disponível no servidor que possui a gravadora de CDs. Aqui aprenderemos a fazer gravação de CDs usando o programa cdrecord na unha.

[ Hits: 20.952 ]

Por: Roberson Carlos em 12/02/2005 | Blog: http://carlrobers.wordpress.com


Preparando para a gravação



Para se gravar CD's no Linux fazendo uso da interface de texto é necessário ter instalado em seu PC o programa cdrecord. Este é o mesmo programa usado pelo K3b para que ele execute a gravação.

Pensando nisto dá para ver o tamanho do poder deste software. Isto é importante, pois muitas pessoas às vezes precisam forçosamente migrar para um monitor monocromático, assim, a interface KDE, Gnome ou outra que esteja em uso não estará disponível na hora da inconveniente necessidade de se gravar um CD.

Para se gravar um CD, antes vamos determinar algumas variáveis:
  • $velocidade = velocidade da transmissão dos dados para a mídia;
  • $dispositivo = gravador;
  • $arquivos = arquivos a serem gravados.

Então cabe ainda adicionar valores para as variáveis, assim:

# export velocidade=8
# export dispositivo="0,0,0"
# export arquivos="/root/imagem.img"


Para você saber qual o número que seu gravador ganha (0,0,0), digite o seguinte comando:

# cdrecord -scanbus

Você terá uma saída semelhante a esta:
scsibus0:
  0,0,0 0) 'SONY '     'CD-RW CRX220E1'  '6YS1' Removable CD-ROM 
  0,1,0 1) 'LITE-ON '  'LTR-12102C '     'RS09' Removable CD-ROM 
  0,2,0 2) * 
  0,3,0 3) * 
  0,4,0 4) * 
  0,5,0 5) * 
  0,6,0 6) * 
  0,7,0 7)

Olhando a saída do "cdrecord -scanbus" sei que meu primeiro CD-ROM é um "Sony CRX220E1" e que seu número é "0,0,0" e o segundo é um "Lite-On LTR-12102C" e que seu número é "0,1,0".

Em alguns casos pode acontecer o imprevisto de não aparecerem os dados na saída do "cdrecord -scanbus", pois o kernel pode não estar configurado com a emulação da interface SCSI, para maiores informações consulte o tópico referente.

    Próxima página

Páginas do artigo
   1. Preparando para a gravação
   2. Gravando CDs
Outros artigos deste autor

Avast antivírus para GNU/Linux

Configurando uma conta do Yahoo no Evolution

Desmistificando o Linux Loader (LILO)

Instalando Apache Tomcat em Linux 2.6

Evosign - Adicionar assinatura automática ao Evolution

Leitura recomendada

Convocação da Seleção Brasileira do Software Livre

KoverArtist: Criando capas de CDs e DVDs

Instalando GLPI + OCSINVENTORY no CentOS 7

LinuxStok: Gestão comercial

WhatsApp no Debian 8.7.1 via Genymotion

  
Comentários
[1] Comentário enviado por removido em 12/02/2005 - 11:30h

Só um pequeno adendo: se não estou enganado, no kernel 2.6.X a sintaxe "dev=0,0,0" não funciona mais. Se me recordo da última vez que utilizei gravação em modo texto, no "dev=" vc colocaria assim: "dev=/dev/hdc", etc, NÃO ME LEMBRO!!!
Alguém que faça uso deste recurso mais vezes não poderia dar os detalhes ???

[2] Comentário enviado por feraf em 12/02/2005 - 15:55h

Olá,
Só um recado para quem usa gravadores ATAPI, eles tambêm são detectados pelo linux, mas a sintaxe do cdrecord varia um pouco. Em vez de 'cdrecord -scanbus' é 'cdrecord dev=ATAPI -scanbus' e para gravar, em vez de 'cdrecord dev=0,0,0' é 'cdrecord dev=ATAPI:0,0,0'... é isso aí, para quem não quiser usar emulação SCSI. Com minha gravadora nunca falhou.

[]'s

[3] Comentário enviado por taoweb em 14/02/2005 - 11:12h

Eu gosto de utilizar o cdrecord pelo webmin em servidores.
Funciona muito bem.

[4] Comentário enviado por removido em 14/02/2005 - 18:49h

Massa o artigo!
Sou fissurado em modo texto, embora ainda não saiba muita coisa...
Falou!
EJ

[5] Comentário enviado por skfk em 15/02/2005 - 13:28h

Boa dica.. bom pra backups em servidores...
Para gravadora de DVD serveria o cdrecord mesmo ?

[6] Comentário enviado por mandrado em 22/12/2005 - 18:47h

Eu estou usando o Debia Sarge com kernel 2.6 e o comando para identificar a gravadora foi:

# cdrecord -dev=ATA: -scanbus
...
Using libscg version 'schily-0.8'.
scsibus1:
1,0,0 100) 'HL-DT-ST' 'CD-RW GCE-8520B ' '1.00' Removable CD-ROM
1,1,0 101) *
...

ou

# ls -l /dev/cdrom
lrwxrwxrwx 1 root root 3 Dec 22 09:16 /dev/cdrom -> hdc

Levando-se em conta que se pode utilizar como endereço da gravadora como sendo dev=/dev/hdc ou dev=0,0,0 dependendo do método que vc utilizar.

[7] Comentário enviado por sombriks em 24/01/2007 - 03:40h

hehe, molegal... por vezes achei q era mais complicado... ei, com relação ao dd, será q ele é eficaz para cds que usualmente se mostram difícies de se fazer backups? o tempo já comeu muitos cd's meus (meus cds de TA... aiai...)
e seria legal uma iso de reposição....

[8] Comentário enviado por robersonfox em 24/01/2007 - 04:01h

li em um artigo aqui que é possível sim.


Contribuir com comentário




Patrocínio

Site hospedado pelo provedor RedeHost.
Linux banner
Linux banner
Linux banner

Destaques

Artigos

Dicas

Tópicos

Top 10 do mês

Scripts