Gerenciadores de pacotes GNU/Linux

Um gerenciador de pacotes é uma ferramenta utilizada para instalação, remoção e atualização de programas. Normalmente são encontrados em sistemas GNU/Linux, tendo em vista que tais sistemas consistem de milhares de pacotes distintos. Este artigo disserta sobre os principais gerenciadores de pacotes existentes no mundo GNU/Linux.

[ Hits: 33.942 ]

Por: Gilmar Sampaio em 17/09/2015 | Blog: https://br.linkedin.com/in/gilmarsampaio


Yellow Dog Updater Modified (YUM)



Nascido do Yellow Dog Updater (YUP), o YUM é o gerenciador de pacotes dos sistemas baseados no Red Hat, e usa pacotes RPM. Ele se tornou o gerenciador de pacotes padrão do Red Hat Enterprise Linux 5. A modularidade é um dos principais recursos do YUM. Novos recursos podem ser adicionados ao YUM por meio de plugins e do pacote yum-utils.

Há quem critique, afirmando que o YUM não é uma ferramenta suficientemente integrada, e que o desempenho e a maturidade dos módulos varia. O fato é que sua ampla adoção atesta a boa qualidade desse sistema de gerenciamento de pacotes. Há tempos a Red Hat oferece um serviço de assinatura, a RHN (Red Hat Networks), que fornece atualizações e patches . A assinatura é um serviço importante para o plano de negócios da Red Hat, e por isso ela não dedicou muito tempo ao desenvolvimento de um serviço de gerenciamento de pacotes para não assinantes. Assim, o YUM foi desenvolvido por terceiros, antes de ser adotado pela Red Hat. O RPM é o gerenciador de pacotes tradicional da Red Hat, sucedido pelo up2date e agora substituído pelo YUM.

É um gerenciador de pacotes de arquivos similar ao APT que lida automaticamente com dependências computando-as e resolvendo o que deve ser feito para tratá-las.

O Yum faz o download do pacote especificado de algum repositório. Possui um simples arquivo de configuração. Faz um cálculo eficaz das dependências.

Como o yum sabe de onde fazer download? O ponto de partida é o diretório /etc/yum.repos.d/, que normalmente contém vários arquivos repo. Esse é o local padrão para repositórios, mas outros locais podem ser especificados no arquivo de configuração do YUM, que normalmente é o /etc/yum.conf.

O comando Yum possui várias sintaxes diferentes que iram te ajudar a manipular seus pacotes de software. Vamos conhecer algumas destas sintaxes:

yum install nome_do_pacote

Instalar um pacote. Durante a instalação podem ser pedidas confirmações se você desejar realizar a instalação do pacote dependente. Assim, você terá que apertar a tecla "y" de seu teclado seguido de "Enter" para que a instalação continue. Se você desejar pode adicionar um "-y" ao final do comando, informando assim ao yum que está de acordo com toda a instalação a ser realizada. Mas cuidado, só faça isso se você tiver certeza do pacote a ser instalado.

# yum remove NOME_DO_PACOTE

Este comando remove o pacote desejado.

# yum update

Através deste comando uma lista de todas as atualizações possíveis serem realizadas será exibida a você e sugere as instalação. Caso deseje você pode automaticamente o comando autorizado todas as instalações disponíveis, incluindo a "-y". Ex: yum update -y

# yum check-update

Será feita uma verificação se existe alguma atualização disponível para instalação.

# yum list

Através deste comando você poderá obter várias informações sobre o pacote disponível. Ele possui alguns parâmetros adicionais que são:

# yum list available #lista todos os pacotes que podem ser instalados;

# yum list updates #lista todos os pacotes que podem ser atualizados;

# yum list installed #lista todos os pacotes que estão instalados em seu sistema;

# yum list extras #lista todos os pacotes instalados no seu sistema que não estão disponíveis nos repositórios listados pelo YUM no arquivo de configuração;

# yum list obsoletes #lista os pacotes instalados no sistema que estão obsoletos em algum repositório do YUM.

# yum search PALAVRA_CHAVE

Através do search você pode localizar um pacote instalado em seu sistema utilizando uma palavra chave. O Yum irá localizar e listar para você todos os pacotes que possuam a palavra chave na descrição, sumário, nome do pacote ou em qualquer outro campo de informação da lista de pacotes RPM dos repositórios instalados em seu sistema. Este recurso é muito utilizado para poder localizar, pacotes onde nem sempre o nome é o mesmo do que você deseja. Exemplo do search:

# yum search am

Irá listas todos os pacotes que começam com "am", como o "amsn".

# yum info NOME_DO_PACOTE

Este é usado para listar todas as informações disponíveis no pacote desejado.

# yum deplist NOME_DO_PACOTE

Este comando é usado para produzir uma lista de todas as dependências e quais pacotes necessários dependentes de um determinado pacote.

# yum repolist

Este comando mostra uma lista de repositórios configurados em seu sistema. Por padrão é listado todos os pacotes ATIVOS. Digite yum repolist all para listar os pacotes ATIVADOS e DESATIVADOS.

# yum --help

Menu de ajuda do Yum que irá te trazer informações primordiais para sua utilização.

Plugins para Yum

Yum-Presto: acelera o processamento e download dos pacote, fazendo o download da diferença entre o pacote novo e o pacote antigo. Para instala-lo, execute:

# yum install yum-presto

Fastest Mirror Plugin: através deste plugin, será buscado o espelho mais rápido para o download do pacote em questão. Para instalá-lo, execute:

# yum install yum-fastestmirror

Security Plugin: pesquisa e instala atualizações referente a segurança. É útil para servidores em modo de produção, evitando possíveis problemas de segurança. Para instalá-lo, execute:

# yum install yum-security

Para aplicar, digite:

# yum --security update

Allowdowngrade: por padrão, o Yum apenas realizar upgrade dos pacotes existentes no sistema. Mas através deste plugin você poderá realizar downgrade, retornar o seu pacote a uma versão anterior. Para instalá-lo, execute:

# yum install yum-allowdowngrade

Para aplicar, digite:

# yum update --allow-downgrade

Você pode desativar este plugin, alterando a opção ativada no arquivo:

# vi /etc/yum/pluginconf.d/allowdowngrade.conf

Download Order: através deste plugin, todos os pacotes a serem baixados serão feitos de forma decrescente de tamanho, ou seja, dos maiores para os menores. Para instala-lo, execute:

# yum install yum-plugin-download-order

LangPack: plugin que faz com que o Yum identifique o idioma configurado no sistema no momento e realize o download dos pacotes no mesmo idioma do sistema. Para instala-lo, execute:

# yum install yum-langpacks

Página anterior     Próxima página

Páginas do artigo
   1. Introdução
   2. Metadados e dependências do pacote
   3. Repositórios de pacotes
   4. Instalando programas a partir do código fonte
   5. Gerenciadores de pacotes
   6. PKGTool
   7. DPKG
   8. Advanced Packaging Tool (APT)
   9. RPM
   10. Yellow Dog Updater Modified (YUM)
   11. PACMAN
   12. SMART
   13. ALIEN
Outros artigos deste autor
Nenhum artigo encontrado.
Leitura recomendada

Usando cron e crontab para agendar tarefas

Instalando o Fedore Core 4

Particionamento de disco (HD)

A escolha da primeira distribuição

Processos no Linux

  
Comentários
[1] Comentário enviado por fabio em 17/09/2015 - 14:03h

Meus parabéns! Sem dúvida o artigo mais completo sobre o assunto publicado no VOL.

[2] Comentário enviado por removido em 17/09/2015 - 14:49h

Ótimo artigo! Parabéns mesmo!! :D

Posso listar mais um?? Portage!

+-+-+-+-+-+-+
|G|e|n|t|o|o|
+-+-+-+-+-+-+

[3] Comentário enviado por jrltdo em 18/09/2015 - 21:36h


[2] Comentário enviado por luiztux em 17/09/2015 - 14:49h

Ótimo artigo! Parabéns mesmo!! :D

Posso listar mais um?? Portage!

+-+-+-+-+-+-+
|G|e|n|t|o|o|
+-+-+-+-+-+-+


Muito obrigado, esta ainda é minha primeira contribuição aqui, vou pesquisar mais e futuramente expandir o artigo.

[4] Comentário enviado por jrltdo em 18/09/2015 - 21:36h


[1] Comentário enviado por fabio em 17/09/2015 - 14:03h

Meus parabéns! Sem dúvida o artigo mais completo sobre o assunto publicado no VOL.


Muito obrigado.

[5] Comentário enviado por thiagocantero em 18/09/2015 - 22:21h

Grande Gilmar!
Parabéns por seu artigo, concordo com os colegas acima!Um dos mais completos artigos sobre Gerenciamento de Pacotes no VOL!
Meus parabéns amigo!Obrigado pelo conhecimento compartilhado!
Fique com Deus, forte abraço!
Thiago Cantero.

[6] Comentário enviado por doradu em 18/09/2015 - 23:23h


Parabéns!
Bem didático, mas, vc poderia acrescentar q Kurumin, Mandrake, e Conectiva (por exemplo) são distros descontinuadas.

Mas, esse foi apenas seu primeiro artigo, os próximos serão bem mais depurados.

Falo isso com uma ponta de inveja pois ainda não fiz nenhum, rsrsrs

Abraço

Já foi pros favoritos

[7] Comentário enviado por mvforce em 21/09/2015 - 07:22h


Muito bom artigo. Parabéns.

[8] Comentário enviado por albfneto em 21/09/2015 - 16:13h

Favoritado.
De fato Portage e Entropy são de uso mais restrito.
apenas algumas poucas distros os usam.
o artigo é excelente! Parabéns!
¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨
Albfneto,
Ribeirão Preto, S.P., Brasil.
Usuário Linux, Linux Counter: #479903.
Distros Favoritas: [i] Sabayon, Gentoo, OpenSUSE, Mageia e OpenMandriva[/i].

[9] Comentário enviado por sergeimartao em 29/09/2015 - 08:55h

Overview obrigatório para quem quer conhecer sobre gerenciadores de pacotes linux, favoritado!

[10] Comentário enviado por _STONY_ em 02/10/2015 - 15:15h

Excelente artigo.

Da uma boa noção de como é nas outras distribuições.

Parabéns!

[11] Comentário enviado por DanielDutra em 16/07/2016 - 18:05h

Parabéns companheiro jrltdo pelo excelente artigo é um grande material de estudos para um iniciante como eu.

Eu pensava que o RPM era apenas um formato de empacotamento de arquivos assim como o .DEB

Mas vendo este artigo: https://www.vivaolinux.com.br/artigo/Trabalhando-com-RPM ele se comporta também como um gerenciador de pacotes assim como o APT e o Zypper?

[12] Comentário enviado por MarlonX19 em 30/07/2016 - 21:03h

Obrigado pelo artigo, muito bom.

Deu-me uma boa noção sobre os diferentes tipos de pacotes e gerenciadores de pacotes.

[13] Comentário enviado por fredsonchaves07 em 13/04/2017 - 11:59h

Um gerenciador pode gerenciar qualquer pacote seja .Deb .RPM?

[14] Comentário enviado por jrltdo em 13/04/2017 - 14:27h


[13] Comentário enviado por fredsonchaves07 em 13/04/2017 - 11:59h

Um gerenciador pode gerenciar qualquer pacote seja .Deb .RPM?


Isso vai depender do gerenciador, normalmente na documentação ele traz uma relação dos pacotes que tem suporte.


Contribuir com comentário