Torne o Ubuntu o seu principal sistema operacional

Este artigo foi escrito com o objetivo de ajudar àqueles que estão migrando de outros sistemas operacionais para o Linux, e estão usando a distribuição Ubuntu. É muito difícil migrar de um sistema para outro, principalmente porque os softwares que se estava acostumando a usar no outro sistema são diferentes dos que se vai usar agora.

[ Hits: 12.250 ]

Por: Raul Lopes S. Grangeiro em 06/05/2011


Introdução, Por que migrar? Os Softwares, Conclusão



Introdução

Migrar de um sistema operacional para outro é uma decisão complicada, principalmente se não tivermos nada ou ninguém que nos ajude. Você entra no novo sistema, aprende o básico, consegue mexer, entende mais ou menos o que faz, mas não conhece os softwares, não sabe como fazer suas tarefas por falta de conhecimento. Por isso, vamos ver neste artigo alguns softwares que podem fazer tarefas básicas que você está acostumando a fazer. E a partir daí tornar o Ubuntu o seu principal sistema operacional.

Por que migrar?

Quando aprendemos a usar o computador, geralmente as pessoas nos ensinam a mexer no sistema operacional da Microsoft®, o Windows. Mas nem sempre este sistema não é o que procuramos, e depois de algum tempo temos que procurar um que sirva para as nossas necessidades. Neste momento começa a migração, ou seja, o momento em que você começa a aprender a mexer em um novo sistema operacional. E neste caso você está migando para o Linux, em especial para o Ubuntu.

Os Softwares

O grande problema de quem migra de um sistema operacional para outro é a dificuldade de achar programas adequados que sirvam para fazer suas atividades no computador. Como exemplo temos players de áudio e vídeo, editor de imagens, editor de textos, programas de MSN, browsers, etc.

Para começar vamos ver softwares que poderiam ajudar você nessa mudança. O que descreverei a seguir são softwares de meu uso, que você também pode usar.

Editor de texto

Eu costumo usar o OpenOffice.org. No começo achava-o muito ruim, mas depois acabei me acostumando e o uso para todas as minhas atividades do colégio e extra-curriculares. Mas se você não se acostumou ou não gosta do OpenOffice, você pode usar o Microsoft Office® no seu Ubuntu Linux da seguinte maneira:

Abra a Central de Programas do Ubuntu e procure Wine, e depois instale-o. Assim, este software estará acessível no seu menu Aplicativos. Agora, use o CD de instalação do seu Microsoft Office® para instalá-lo no seu Linux via Wine. Com isso você pode não ter problemas em editar textos no seu Linux.

Player de áudio

Eu uso dois softwares para ouvir música no meu Ubuntu: O Reprodutor de filmes Totem e o Rhythmbox. Na minha opinião são dois excelentes softwares, mas se não o agradar, você pode instalar outros como Exaile, Amarok, Aqualung entre outros. Para saber de outros softwares visite a sessão Multimídia da Central de Programas do Ubuntu.

Player de vídeo

Eu uso dois player de vídeo: Reprodutor de filmes Totem, já citado, e o VLC Media Player. O segundo que eu uso é um dos melhores disponíveis pra Linux, mas você pode usar também o Dragon Player, ou o Mplayer. O Mplayer é usado em linha de comando, mas você pode baixar uma interface gráfica para ele na Central de Programas do Ubuntu, no caso, você pode instalar o SMPlayer, que é uma das interfaces gráficas mais comuns para Mplayer.

Gravar CDs e DVDs

O Ubuntu vem com o Brasero, que é um ótimo software para gravação de CDs e DVDs, mas você pode usar também o K3B, que é um dos melhores disponíveis para Linux, neste você pode fazer desde tarefas mais simples como gravar dados em CD ou DVD, até criar CDs de áudio, gravar imagens de discos, extrair áudio ou vídeo de discos, e etc. O K3B é comparado ao Nero, muito usado no Microsoft Windows®. Se você quiser um outro software, procure por GnomeBaker, na Central de Programas do Ubuntu, que é um outro excelente software para gravação.

Gravar filmes em DVD

Se você tem filmes em seu computador e quer gravá-los em formato DVD pra assistir no aparelho de DVD, você pode instalar o DeVeDe, que é um software leve, simples e muito prático. Você pode encontrá-lo na Central de Programas do Ubuntu. Com este software você pode mudar plano de fundo do Menu, textos do Menu, organização dos filmes e etc. Se o DeVeDe não lhe agradar você pode procurar na Central de Programas do Ubuntu por ManDVD, que é um outro excelente software. Para encontrar outros softwares visite a sessão Multimídia na Central de Programas do Ubuntu.

Ripar CDs e DVDs

Para ripar CDs você pode usar o Rhythmbox que é o player padrão do Ubuntu, mas se este software não lhe agradar, você pode usar o RipOff, ou o Sound Juicer ou o Goobox. Você pode encontrá-los na Central de Programas do Ubuntu. Para ripar DVDs recomendo o software OGMRip, este é um excelente software, e creio que servirá para suas atividades. Todos podem ser encontrados na Central de Programas do Ubuntu, mas se não o agradar procure por dvd::rip ou Acidrip na Central de Programas do Ubuntu.

Editor de imagens

Se você procura um software simples de edição como o Paint® do Microsoft Windows®, recomendo o Gimp, disponível na Central de Programas do Ubuntu. Este é um excelente software, com muita funcionalidades.

Editor de vídeo

O Ubuntu vem com o editor de vídeo Pitivi, mas se este software não lhe agradar você pode usar outros softwares como OpenShot, Kdenlive, Cinelerra. Os dois primeiros podem ser encontrados na Central de Programas do Ubuntu, mas para instalar o Cinelerra, você deve visitar o site oficial e seguir as instruções para instalar este software em seu computador.

Site oficial Cinelerra:

Conversor de Som

O Ubuntu não vem por padrão com nenhum software para conversão de som, mas você pode procurar na Central de Programas do Ubuntu por SoundConverter, que é um software para conversão de som para os formatos mais populares.

Conversor de vídeo

O Ubuntu não traz por padrão nenhum software de conversão de vídeo, no entanto, você pode procurar por WinFF na Central de Programas do Ubuntu. Este é um excelente software para conversão de vídeo para os formatos mais comuns. Para procurar outros software visite a sessão Multimídia da Central de Programas do Ubuntu.

Gravar DVDs 9 em DVDs 5

Se você quiser copiar DVDs 9 em DVDs 5 existem vários softwares para fazer esta tarefa. Os mais comuns são: k9copy e dvd95. Você pode encontrar esses softwares na Central de Programas do Ubuntu.

Browsers

O Ubuntu traz por padrão o navegador Firefox, mas se este não o agrada, você pode instalar o Google Chrome ou o Opera, ou muitos outros disponíveis na Central de Programas do Ubuntu. Para instalar o Google Chrome, visite a página de download do Google, e procure por Google Chrome. Para instalar o Opera, visite a página de downloads do Opera e baixe a versão correspondente ao seu sistema.

Página oficial do Google Chrome:
Página oficial do Opera:

Clientes de MSN

Se você gosta de MSN, o Ubuntu traz por padrão o programa Empathy. Mas se você não gosta deste software, e quer outro, procure na Central de Programas do Ubuntu por Emesene, Amsn ou Pidgin. Estes são excelentes clientes de MSN para Linux.

Skype

O Ubuntu não traz por padrão o Skype, mas este pode ser baixado do site oficial do Skype. Procure pela versão correspondente da sua distribuição.

Site oficial Skype:

Firewall

Embora o Linux seja praticamente imune a vírus, é recomendável a você instalar um firewall. Você pode instalar o Firestarter, disponível na Central de Programas do Ubuntu. Ou também poderá instalar o ufw, e sua interface gráfica, o gufw, todos disponíveis na Central de Programas do Ubuntu.

Bíblia Sagrada

Se você procura um software de Bíblia pra o seu Ubuntu, recomando aBiblia, que pode ser baixada do site oficial.

Site oficial aBíblia:

Barras, como as do MacOS

Se você procura àquelas barrinhas como as do MacOS, você deve procurar na Central de programas do Ubuntu por Cairo Dock ou Avant Window Navigator.

Wine

É um software criado para fazer aplicações Windows® rodarem no seu Linux, ele não promete perfeição, pois muitos softwares não funcionam nele, mas é uma mão-na-roda para alguns casos. Para instalá-lo entra na Central de Programas do Ubuntu e pesquise por Wine.

Conclusão

Agora que você conhece alguns softwares do seu Linux Ubuntu, você pode começar a usar o seu sistema a todo vapor, mas não se limite a isso, pois Linux é muito mais que isso. Existem milhares de softwares disponíveis pra Linux, então, desfrute de um excelente sistema operacional, sem pagar nada!

Deus abençoe a todos!

Raul Lopes S. Grangeiro
   

Páginas do artigo
   1. Introdução, Por que migrar? Os Softwares, Conclusão
Outros artigos deste autor

Mamãe mandou eu escolher esse daqui... será?

Rakarrack - Uma pedaleira virtual no Fedora 21

Visão Geral do Linux Mint

Instalei o Ubuntu! E agora?

Qual distribuição Linux devo escolher?

Leitura recomendada

Entendendo os scripts de inicialização do Gentoo

Guia de Instalação do Slackware

Do Ubuntu ao Arch

Entrevista com Knurt, o pires voador

O maravilhoso Xandros Linux Desktop

  
Comentários
[1] Comentário enviado por bitetti em 06/05/2011 - 13:50h

Gostei do artigo.
Quando migrei eu precisava de um SO que fosse confortavel como o w e que me oferecesse recursos importantes para criação.
No Ubuntu achei esses recursos e muitos outros que me viciaram na plataforma.

Faz quase 3 anos q disse adeus as pilhas de CDs e DVDs ^_^


[2] Comentário enviado por zecamaeda em 06/05/2011 - 21:27h

Tudo isso é verdade e funciona ,eu tenho experiência ,pois uso o ubuntu a mais de 3 anos e não me arrependo e tenho instalado na minha maquina o seven ultimate mas até me esqueço que ele existe o meu sonho é um dia ver a maioria do povo brasileiro usando linux é gratuito ,quanto mais pessoas usarem melhor ele ficara parabéns pelo artigo escrito quanto mais informações melhor.

[3] Comentário enviado por draggom em 06/05/2011 - 22:06h

Concordo plenamente com tudo o que foi dito por nosso camarada, mesmo que tudo isto soa como uma grande propaganda do ubunto, o que não vejo como um grande problema, só acho que temos que exaltar as qualidades do gnu/linux e deixar as pessoas decidirem qual é a melhor distribuição que vai atender as sua necessidades no momento.

[4] Comentário enviado por removido em 07/05/2011 - 07:13h

Muito bom o artigo!!

Também abandonei o windows já algum tempo. E encontrei tantas facilidades no Linux, tantos recursos... Que hoje não consigo conceber a possibilidade de uma volta à plataforma da microsoft!

Só queria pontuar um detalhe no texto. Sobre Editor de imagens! O paint® do microsoft windows® não pode nem de longe ser comparado com o Gimp, que é muitas vezes melhor. kk

E tem uma notícia boa também, a Adobe já anda demonstrando interesse em portar o seu pacote Creative Suite para o Linux. Veja aqui: http://www.tiagohillebrandt.eti.br/blog/2011/04/creative-suite-para-linux-no-radar-da-adobe/

Acredito que no momento em que isto acontecer, o Linux passará a ser a plataforma preferencial de vez da maioria.


[5] Comentário enviado por raulgrangeiro em 07/05/2011 - 11:55h

Amigos, eu falei do Ubuntu porque é a distribuição que eu uso. Não posso falar de algo que não conheço. Mas o que interessa é que o Linux cresça e tenha muita gente usando. Porque quando alguém entra nesse novo sistema, as oportunidades de aprendizado e usabilidade são muitos grandes, e faz-se necessário a divulgação do Linux.

Obrigado pelo apoio!

Agradeço a Deus por me instruir a escrever sobre o Linux!

Deus abençõe a todos!

[6] Comentário enviado por millemiglia em 07/05/2011 - 12:09h

Legal, ótimo artigo Raul. Uso Ubuntu faz três anos já e não me arrependo de ter abandonado o Windows. Claro que ainda tem uns resquícios pois tenho o wine instalado para abrir alguns arquivos que estão em formato proprietário de um editor de textos que eu usava e ainda não me dei ao trabalho de converter para .odt.
Concordo com o CelsoRod, o MS-Paint é muito básico para ser comparado com o GIMP. Uma comparação melhor seria, no mínimo, com o Corel Paint Shop Pro ou mesmo o Adobe Photoshop.
Como player de áudio eu sugiro o Audacious, uma evolução do xmms. Ele tem uma interface menos invasiva que os players atuais que ocupam a tela inteira. Faz lembrar também as primeiras versões do WinAmp.

[7] Comentário enviado por nicolo em 07/05/2011 - 17:06h

Eu acho este tipo de artigo importante para a divulgação e suportação do linux. Já escrevi um artigo deste tipo para o ubuntu 8.04, na minha opinião o melhor de todas as versões ubuntu.
Se você usa o ubuntu poderia ter descrito em cada tópico o que você fez para instalar, ou substituir, um pouquinho da sua afortunada experiência.
Ver como o outro fizeram e fazer igual é um dos pilares do aprendizado humano.
Fica aí a sugestão para o seu próximo artigo.

Já pensei escrever algo sobre o Ubuntu studio 11.4, mas estou meio desapontado com a quantidade de bugs.
O artigo está bom nas dicas sobre os programas disponíveis.
Abraços

[8] Comentário enviado por raulgrangeiro em 07/05/2011 - 18:47h

Muito obrigado amigos! O Ubuntu 10.04 LTS também veio cheio de bugs, mas com o tempo as atualizações corrigiram o problema.

Obrigado pelo apoio!

Deus abençoe vocês!!!

[9] Comentário enviado por joao.polo em 09/05/2011 - 20:32h

Sem palavras...
É uma compilação de tudo o que eu sempre quis saber de linux, pois sempre surgem dúvidas sobre que programas usar pra cada caso.
Sou defensor ferrenho de linux, e gosto de estar com as respostas na ponta da língua quando alguém me pergunta "e como vc faz isso em linux".
Grande abraço!

[10] Comentário enviado por julianoazevedo em 15/05/2011 - 15:34h

O que aconteceu com o Ubuntu 11.04? Utilizava o Ubuntu como distribuição principal desde quando eu o conheci no 9.10 64bits. Fiz instalações limpas de todas as atualizações sem nenhum problema até o 10.10. Foi aí que algo aconteceu de ruim, baixei a iso do 11.04 e quando fui instalar ocorreu um travamento em um ponto e simplesmente o meu Grub desapareceu deixando-me em estado de choque.

[11] Comentário enviado por Paul Albert em 19/05/2011 - 13:59h

quero ganhar ou conprar um original como faço.

[12] Comentário enviado por raulgrangeiro em 19/05/2011 - 19:34h

Quer ganhar ou comprar o que amigo?

[13] Comentário enviado por m4rock em 30/05/2011 - 20:29h

Muito bom, gostei do artigo... eu usava o Ubuntu em dual boot com Windows devido a minha esposa que gosta mais do windows...
agora instalei só o Ubuntu e coloquei o Xp no Virtualbox para ela usar.
Enquanto isso vou treinando no Slackware por enquanto na maquina virtual... Um abraço a todos.

[14] Comentário enviado por danielvaladao85 em 12/07/2013 - 11:29h

Cara me amarrei no mini tutorial, e quero acrescentar mais alguns programas, e atualizar acerca de outros:
Web Design
Há algum tempo atrás acreditava-se não ter programas como os da adobe para criação de sites, mais descobri que era um engano, pois além dos programas editores de código HTML existem programas WISYWIG, são eles: Animação 2d: Synfig, animação 3d: Blender, Editor WISYWIG tipo Dreamweaver: Kompozer e Aptana, Editor profissional HTML: Bluefish, Manipulação de Imagens: Inkscape e Gimphoto (Gimp). E ainda há a possibilidade de instalar os programas da Adobe via WINE.

Alguns programas saíram dos repositório, o que é o caso do GNOMEBAKER. O mensageiro EMESENE no ubuntu 13.04 não está no repositório.

[15] Comentário enviado por raulgrangeiro em 12/07/2013 - 17:55h

Olá danielvaladao85,

Que bom que gostou do artigo. Graças a Deus! Atualmente não tenho tempo pra quase nada por causa da faculdade, então se quiser melhorar o artigo acrescentar itens fique a vontade! Afinal estamos aqui querendo ajudar uns aos outros!

Um grande abraço! Deus o abençoe!

Raul


Contribuir com comentário




Patrocínio

Site hospedado pelo provedor RedeHost.
Linux banner
Linux banner
Linux banner

Destaques

Artigos

Dicas

Tópicos

Top 10 do mês

Scripts