Exibindo um splash durante o boot com Splashy

Dando continuidade às minhas pesquisas sobre a criação de LiveCDs, decidi seguir a sequência do boot e pesquisar o componente que seria exibido para o usuário logo após o gerenciador de boot: o splash ("tela de carregamento"). Há no Linux diversos programas que podem ser utilizados para tal finalidade, entre eles o Splashy, cujas instalação, configuração e personalização trataremos nesse artigo.

[ Hits: 38.939 ]

Por: Antônio Vinícius Menezes Medeiros em 07/06/2010 | Blog: http://www.vinyanalista.com.br/


Criando um tema



Para os que gostam de utilizar o terminal, o Splashy tem a sua própria ferramenta para a criação de temas. Para usá-la, execute no terminal o seguinte comando:

# splashy_config -c

Várias perguntas serão feitas a você a respeito do tema. Respondendo a essas perguntas, no final do processo será criada uma pasta com os arquivos do tema. Para finalizar, você deve transformar essa pasta em um arquivo .tar.gz, de modo que você possa guardar o tema e instalá-lo usando os passos descritos anteriormente. Para isso, execute o seguinte comando no terminal:

# tar czf nome_do_tema.tar.gz nome_do_tema

Não entrarei em detalhes a respeito do uso dessa ferramenta visto que é possível usar para a mesma tarefa uma ferramenta gráfica muito mais intuitiva, fácil de usar e com igual funcionalidade: o Splashy Manager.

Para criar um tema com o Splashy Manager, estando ele aberto, clique no botão "Create a theme". Surge então uma caixa de diálogo com quatro abas que agrupam as informações referentes ao tema.

A primeira delas é a aba informações ("Info"). Nela você deve digitar as informações gerais referentes ao seu tema: nome (campo "Name"), versão ("Version"), descrição ("Description"), site ("Url"s) e autor ("Author").
Linux: Exibindo um splash durante o boot com Splashy
Note que dentre essas informações a mais relevante é a primeira, o nome do tema. Além do próprio tema, a pasta na qual ele será armazenado também receberá esse nome, assim como o arquivo .tar.gz que criaremos no final do processo para que seja possível distribuir e instalar o tema seguindo os passos já vistos. Portanto, é interessante que o nome do tema seja simples, de fácil digitação.

A segunda aba, fundo ("Background"), é dividida em três seções: imagens ("Images"), dimensões ("Dimensions") e efeitos ("FX").
Linux: Exibindo um splash durante o boot 
com Splashy
Na primeira delas, você deve especificar quais imagens serão exibidas durante a inicialização ("boot"), o desligamento ("shutdown"), a ocorrência de um erro ("error"), o retorno de uma hibernação ("resume") e o início de uma hibernação ("suspend"). Você pode optar por escolher imagens diferentes ou utilizar a mesma imagem (mais comum) em todas as opções. É importante observar que o Splashy só suporta imagens em formato PNG.

Na segunda, você deve informar qual será a largura ("Width") e altura ("Height") da imagem que será exibida. É recomendável aqui especificar o tamanho 1024 X 768, que é mais comum. É interessante também que a resolução aqui informada coincida com a informada na configuração do gerenciador de boot.

Na terceira e última seção da segunda aba você deve especificar quais efeitos deseja que sejam exibidos. Marque a opção "Verbose on error" se desejar que, caso seja gerada alguma mensagem de erro, esta seja exibida na tela.

Indo para a terceira aba, barra de progresso ("Progress bar"), você irá configurar a barra de progresso, que pode, ou não, ser exibida em todos ou em apenas alguns processos.
Linux: Exibindo um splash durante o boot 
com Splashy
Na primeira seção, exibir ("Show"), você deve marcar em quais processos deve ser exibida a barra de progresso: inicialização ("On boot"), desligamento ("On shutdown"), retorno de hibernação ("On resume") e início de hibernação ("On suspend"). Deve informar também, em cada um deles, a direção em que a barra de progresso deve se mover: da esquerda para a direita ("Forward") ou da direita para a esquerda ("Backward"). O mais comum é que durante a inicialização a barra se mova para a direita e durante o desligamento, da direita para a esquerda.

Na segunda seção, dimensões ("Dimensions"), configuraremos a posição - X e Y - e o tamanho da barra de progresso - largura ("Width") e altura ("Height") - em pixels. Observe que a posição é medida a partir do canto superior esquerdo da tela.

Na terceira seção, cor ("Color"), você pode definir as cores de frente e de fundo da barra de progresso. Na seção borda ("Border"), você pode definir também se a barra de progresso terá uma borda, marcando a opção habilitar ("Enable") e definindo a cor de fundo. Os campos de texto com valores numéricos ao lado dos seletores de cor definem a opacidade (transparência) da cor, aceitando um valor inteiro entre 0 (invisível) e 255 (totalmente opaca).

Na quarta e última aba, você pode configurar a exibição de uma caixa de texto. A caixa de texto serve para exibir as mensagens que aparecem no terminal. Sua utilização não é muito comum, visto que a maioria das pessoas não gosta das mensagens que aparecem no terminal e preferem ocupar toda a tela com uma imagem. Uma possibilidade interessante é exibi-las juntamente com a barra de progresso.
Linux: Exibindo um splash durante o boot com Splashy
Se você desejar exibir a caixa de texto, a primeira coisa que você deve fazer é marcar a opção habilitar ("Enable"). A partir daí, as outras opções estarão disponíveis para edição.

São semelhantes às opções da aba anterior. Só há uma seção nova, fonte do texto ("Text font"), que configura o tipo, o tamanho e a cor da fonte que aparecerá na caixa de texto.

Uma vez que você terminou de configurar seu tema, clique no botão "Apply". O Splashy Manager armazenará o tema dentro de uma pasta com o mesmo nome do tema em "/etc/splashy/themes" e configurará o Splashy para utilizar este tema.

Se você deseja que ele seja exibido já no próximo boot, no terminal, execute o comando:

# update-initramfs -u -t -k $(uname -r)

Para finalizar, se quiser distribuir o tema, você deve transformá-lo em um arquivo .tar.gz. Para isso, execute o seguinte comando no terminal:

# cd /etc/splashy/themes
# tar czf nome_do_tema.tar.gz nome_do_tema


Página anterior     Próxima página

Páginas do artigo
   1. Introdução
   2. Instalação do Splashy
   3. Instalação de programas adicionais
   4. Instalando novos temas para o Splashy
   5. Criando um tema
   6. Modificando um tema
   7. Utilizando no LiveCD
Outros artigos deste autor

Portugol Online - Software livre para facilitar o estudo de algoritmos

Conheça o OpenOffice.org e o BrOffice.org

Desmistificando a instalação do Dazuko

Guia de referência do ISOLINUX (parte 1)

Instalação do ClamAV com DazukoFS

Leitura recomendada

GSlapt - Gerenciando os pacotes de seu Slackware

Usando webcam no Ubuntu Linux

Criando um invejável serviço de backup em CD-R com gravação multi-sessão

Nagios Falante

O desafio continua...

  
Comentários
[1] Comentário enviado por giovani2003 em 07/06/2010 - 16:21h

Cara muito bom esse teu artigo. Estou trabalhando exatamente com algumas questões... que dentre elas tenho que criar um splash customizado para deixar uma instalação mais visual para o usuário e este teu artigo veio em boa hora me economizou algumas horas de pesquisa.

[2] Comentário enviado por giovani2003 em 07/06/2010 - 16:23h

Aproveitando... Você já usou o simple-cdd? Se sim... Você já customizou a imagem inicial (menu de opções "Graph Installer, memteste, etc) splash.png (o padrão mostra do Debian).

[3] Comentário enviado por vinyanalista em 08/06/2010 - 15:05h

Olá Giovani, que bom que você gostou do artigo.

Eu não sabia o que era o Simple-CDD, então olhei rapidinho no Google, é um CD de instalação do Debian personalizado, certo?

Quando àquela imagem que você me perguntou, o "splash.png", que você vê no menu inicial do CD de instalação do Debian, eu não sei se há uma forma de alterar pelo próprio comando Simple-CDD, mas acredito que se você montar a ISO do CD depois que ela estiver pronta, copiar todo seu conteúdo para uma pasta temporária, substituir aquela imagem e depois regerar a ISO deve funcionar.

Aquela imagem é a imagem de fundo do menu de boot do ISOLINUX. Você pode olhar dois artigos que eu publiquei aqui antes sobre o ISOLINUX para saber como personalizar aquele menu.

Espero que tenha ajudado,

Um abraço, até mais.


Contribuir com comentário




Patrocínio

Site hospedado pelo provedor RedeHost.
Linux banner
Linux banner
Linux banner

Destaques

Artigos

Dicas

Tópicos

Top 10 do mês

Scripts