Exibindo um splash durante o boot com Splashy

Dando continuidade às minhas pesquisas sobre a criação de LiveCDs, decidi seguir a sequência do boot e pesquisar o componente que seria exibido para o usuário logo após o gerenciador de boot: o splash ("tela de carregamento"). Há no Linux diversos programas que podem ser utilizados para tal finalidade, entre eles o Splashy, cujas instalação, configuração e personalização trataremos nesse artigo.

[ Hits: 38.934 ]

Por: Antônio Vinícius Menezes Medeiros em 07/06/2010 | Blog: http://www.vinyanalista.com.br/


Instalação do Splashy



A instalação do Splashy pode ser feita facilmente no Debian e derivados a partir do pacote splashy que se encontra disponível nos repositórios oficiais do Debian Lenny. Opcionalmente, você pode instalar também os temas para Splashy feitos pela equipe do Debian, disponíveis no pacote splashy-themes:

# apt-get install splashy splashy-themes

Lembrando que para ter acesso aos repositórios do Debian Lenny você deve ter as seguintes linhas acrescentadas no arquivo "/etc/apt/sources.list":

deb http://ftp.br.debian.org/debian/ lenny main contrib non-free
deb http://ftp.br.debian.org/debian-security/ lenny/updates main contrib non-free
deb http://ftp.br.debian.org/debian-volatile/ lenny/volatile main contrib non-free

Além disso, é bom lembrar também que antes de instalar ou atualizar programas devemos sempre atualizar a lista de pacotes dos nossos repositórios. Para isso, execute o comando:

# apt-get update

Depois de baixados e instalados os pacotes, abra o arquivo de configuração do GRUB ("/boot/grub/menu.lst") e altere a linha referente ao kernel, acrescentando "vga=791 splash":

TITLE Debian GNU/Linux, kernel 2.6.26-2-686
ROOT (hd0,0)
KERNEL /boot/vmlinuz-2.6.26-2-686 root=/dev/hda1 ro quiet vga=791 splash
INITRD /boot/initrd.img-2.6.26-2-686

Os parâmetros que acrescentamos agora à configuração do GRUB informarão ao kernel que devem ser carregados durante o boot o framebuffer, necessário para a execução do Splashy, com resolução 1024x768 (parâmetro "vga=791"), e o bootsplash ("splash"). Observe que é interessante que o parâmetro "quiet" também seja informado nessa linha, pois se isso não ocorrer o kernel mostrará dezenas de mensagens antes da exibição do Splashy. Se esse parâmetro não existia na sua configuração original do GRUB, acrescente-o.

Observe que é possível configurar o framebuffer para utilizar outras resoluções. Pode ser interessante utilizar a resolução 800x600, passando como parâmetro ao kernel "vga=788". As resoluções suportadas e os códigos correspondentes encontram-se na tabela a seguir, extraída do arquivo readme do Splashy, que você pode encontrar na pasta "/usr/share/doc/splashy/":

                  640x480    800x600    1024x768       1280x1024       1600x1200
 256 colors (8b)    769        771         773            775             796
 32K colors (15b)   784        787         790            793             797
 64K colors (16b)   785        788         791            794             798
 16M colors (24b)   786        789         792            795             799

Salve o arquivo de configuração do GRUB e reinicie o computador. Ao iniciar o Linux, você deve ver agora o tema padrão do Splashy:
Linux: Exibindo um splash durante o boot com Splashy
Observe que durante a instalação do pacote splashy, o Splashy já é inserido no initramfs. Após quaisquer alterações que fizermos na configuração do Splashy ou no tema do Splashy que estamos utilizando durante o boot deveremos executar o comando a seguir para atualizar a configuração do Splashy dentro do initramfs:

# update-initramfs -u -t -k $(uname -r)

Página anterior     Próxima página

Páginas do artigo
   1. Introdução
   2. Instalação do Splashy
   3. Instalação de programas adicionais
   4. Instalando novos temas para o Splashy
   5. Criando um tema
   6. Modificando um tema
   7. Utilizando no LiveCD
Outros artigos deste autor

Guia de referência do ISOLINUX (parte 2)

Instalação do ClamAV com DazukoFS

Guia de referência do ISOLINUX (parte 1)

Instalação do MediaWiki em uma Project web do SourceForge

Conheça o OpenOffice.org e o BrOffice.org

Leitura recomendada

Instalando o Slackware em um P100 com 16 RAM

Como fazer publicações pelo Instagram Web

Scribus 1.1.6: A opção Linux para Adobe PageMaker, QuarkXPress e InDesing

Como fazer hackergotchi (ou avatar de cabeça flutuante)

Montando um mirror de atualização do anti-vírus AVG

  
Comentários
[1] Comentário enviado por giovani2003 em 07/06/2010 - 16:21h

Cara muito bom esse teu artigo. Estou trabalhando exatamente com algumas questões... que dentre elas tenho que criar um splash customizado para deixar uma instalação mais visual para o usuário e este teu artigo veio em boa hora me economizou algumas horas de pesquisa.

[2] Comentário enviado por giovani2003 em 07/06/2010 - 16:23h

Aproveitando... Você já usou o simple-cdd? Se sim... Você já customizou a imagem inicial (menu de opções "Graph Installer, memteste, etc) splash.png (o padrão mostra do Debian).

[3] Comentário enviado por vinyanalista em 08/06/2010 - 15:05h

Olá Giovani, que bom que você gostou do artigo.

Eu não sabia o que era o Simple-CDD, então olhei rapidinho no Google, é um CD de instalação do Debian personalizado, certo?

Quando àquela imagem que você me perguntou, o "splash.png", que você vê no menu inicial do CD de instalação do Debian, eu não sei se há uma forma de alterar pelo próprio comando Simple-CDD, mas acredito que se você montar a ISO do CD depois que ela estiver pronta, copiar todo seu conteúdo para uma pasta temporária, substituir aquela imagem e depois regerar a ISO deve funcionar.

Aquela imagem é a imagem de fundo do menu de boot do ISOLINUX. Você pode olhar dois artigos que eu publiquei aqui antes sobre o ISOLINUX para saber como personalizar aquele menu.

Espero que tenha ajudado,

Um abraço, até mais.


Contribuir com comentário




Patrocínio

Site hospedado pelo provedor RedeHost.
Linux banner
Linux banner
Linux banner

Destaques

Artigos

Dicas

Tópicos

Top 10 do mês

Scripts