Para o usuário leigo, qual o melhor: Kurumin ou Ubuntu?

É crescente o número de pessoas que aderem ao Kurumin e ao Ubuntu visando suas facilidades para o usuário leigo. E aqui comento (como usuário semi-leigo) minha experiência com as duas distribuições voltadas a quem está começando no mundo Linux.

[ Hits: 77.671 ]

Por: Marcelo Augusto Insabralde em 29/11/2005


Por que experimentar os dois?



É visível a quantidade de pessoas que buscam conhecer o Linux, mas é um tanto desastroso a concepção que os usuários leigos do Linux fazem quanto ao sistema. Pessoas buscam conhecer o Linux e, de cara, querem instalar o Slackware (que, convenhamos, o Slackware não é uma distro para leigos, nem aqui, nem na China). não que eu tenha algo contra, mas é um sistema pra quem já tem certos conhecimentos no terminal. É óbvio que fica uma má impressão do sistema e suas funcionalidades. Mas qual sistema o usuário leigo deve usar? O Kurumin? O Ubuntu? É nesta pergunta que quero me centralizar diante de minha experiência com as duas distribuições no meu humilde Pentium 233, 128 RAM e um HD 40Gb (do meu serviço, claro, que em casa que é bom, de informática só meus CD's).

Sou militar e trabalho na Seção de Informática e por determinação do comando do Exército, todos os computadores do EB (Exército Brasileiro) deverão ter, obrigatoriamente, todos os programas do tipo open source ou freeware. Daí, eu e mais o pessoal da Seção resolvemos instalar no PC o Kurumin, pra testar e ganhar conhecimento para depois prestar suporte ao restante do Batalhão.

Já havia acontecido a migração nos servidores, do Win2000Server para o Debian, mas o servidor era o de menos (qualquer coisa a gente restaurava uma imagem ISO de segurança que criamos), as demais Seções e Companhias que são o problema. Em princípio, todos os computadores migrarão do Office 2000 para o OpenOffice e agora começamos a nos preparar para migrar os SO.

No começo achamos o Kurumin um tanto confuso (resultado de anos usando o Windows), mas com o tempo começamos a entender sua estrutura e com o apoio de trocentas apostilas tiradas da internet e mais uns livros do Morimoto, que um dos militares da seção comprou, aí foi ficando tranqüilo.

Em testes realizados aqui, o Kurumin se saiu muito bem, com scripts prontos pra quase tudo e facilidades que esperamos usar para convencer os demais militares.

Mas em meados de Agosto, ouviu-se falar em Ubuntu e seu requisito baixo para instalação e o melhor, também é voltado ao usuário leigo... E agora? Bom, resolvemos testá-lo. Será ele melhor que o Kurumin? Será ele a chave para impulsionar a migração aqui?

Veja o que deu...

    Próxima página

Páginas do artigo
   1. Por que experimentar os dois?
   2. Kurumin e Ubuntu - O resultado
Outros artigos deste autor

Instalando o KBFX e mudando a imagem do Menu K de uma vez por todas

Leitura recomendada

Acessando partições ReiserFS pelo Windows

O Linux e eu - uma parceria ideológica, funcional e divertida

Instalando o asterisk no Debian GNU/Linux

Utilizando ferramentas de virtualização para testar distros

Cube 2 - Sauerbraten: Jogo de tiro em primeira pessoa

  
Comentários
[1] Comentário enviado por pun1sh3r em 29/11/2005 - 03:01h

Se o problema é a memória, o melhor seria usar GUIs mais leves como fluxbox

Eu também comecei a usar linux com o Kurumin, mas depois de pouco tempo já ficou muuuuito friendly pro meu gosto e agora estou no ubuntu e pretendo ir pro debian daqui a algum tempo :)

gnome rlz

[2] Comentário enviado por lord_roxton em 29/11/2005 - 03:03h

Se o que vc quer é amigabilidade experimenta o Muriqui Linux!

[3] Comentário enviado por m4sk4r4 em 29/11/2005 - 03:32h

Olá,

Bom não testei ainda o Kurumin, mais acabei de testar
o Ubuntu 5.10.
Bom realmente a instalção por ser em modo texto pode complicar algum usuário, mas não é um bixo de 7 cabeças.

Realizei uns pequenos teste, gostei muito do que vi,
bom vem com OpenOffice2, tem um ferramenta bastante simples para adionar novos programas, e uma para atualizar o sistema, Evolution, Firefox, e o Gaim.

Bom sou usuário do Slack, mais o Ubuntu pra minha irmã usar, e parar de ficar enchendo meu saco, de como faz isso e aquilo, vai me ajudar muito.
Imaginem ela usando flux com rox, hehehe.
É abusar da coitada.

Gostei desse site também, obtive muita informações
sobre Ubuntu aqui.
http://www.ubuntu-br.org/Wiki/Ubuntu

Bom assim que pintar uma oportunidade eu vou baixar o Kurumin para testar, lembrando que esse teste no Ubuntu foi através do Vmware, e com um único CD.

[]'s
Gabriel Santana


[4] Comentário enviado por removido em 29/11/2005 - 08:50h

sinceramente, pra instalação do ubuntu nao eh necessario um conhecimento médio de Linux. Pois na minha opinião, conhecimento médio eh muito conhecimento.

[5] Comentário enviado por nascimentoeng em 29/11/2005 - 08:58h

Olhe, vc está um pouco equivocado.

Opa, em primeiro lugar vc opinou em relação ao Desktop sobre uma opinião pessoal, que é KDE contra Gnome, no meu caso prefiro Gnome, o visual é mais limpo.

Mas se vc quisesse poderia utilizar o Kubutun, distribuido no site, que vc entrou em inglês. (www.ubuntulinux.org, www.kubuntu.org)

Quanto a instalação do Ubuntu, depende do jeito que você resolver instalar. O fato de não ter uma interface gráfica não siguinifica que é difícil. Com execeção de colocar o nome do usuário, da máquina e a senha, apenas com a tecla enter é possível instalar. Já que ele faz tudo sozinho.

Quanto ao seu problema de memória, poderia fazer a instalação do XUbuntu, que é uma versão ainda em desenvolvimento, do Ubuntu para PC's com pouca memória. Poderá se informar melhor em relação a isso em https://wiki.ubuntu.com/InstalandoXubuntu (em português)

O Ubuntu tem varios manuais em português. Você poderia visitar o www.ubuntubrasil.org e ver, que lá existe até uma versão completamente traduzida do Ubuntuguide (www.ubuntuguide.org). Temos também, um projeto, do qual participo O Planeta Ubuntu Brasil (http://planeta.ubuntubrasil.org)
[]'s

[6] Comentário enviado por f360c4 em 29/11/2005 - 09:26h

de boa, não falando do seu artigo, pq simplismente, vc colocou suas opiniões e experiencias, isso é otimo.

pra mim DISTRIBUIÇÃO é igual, futebol, politica, e religião, não c discute.
uso o UBUNTU, comecei com o kurumin, passei pelo slack, debian, conectiva, mandrake, etc etc . . .

o ubuntu por inquanto ta indo blz, mas sou daquele q tem q ser tudo FREE, por isso logo + so DEBIAN mesmo.

o q não podemos deixar é q os usuarios, de LINUX EM GERAL entre em conflito entre si, pow LINUX é LINUX, por isso apoio totalmente projetos q linux tem q ser todos iguais. . .

tenho medo q daqui a alguns anos, não podemos + estar num forum de linux e sim tem q ser de kda distribuição especifica...

poxa LINUX é LINUX temos q apoiar todos e tudo, afinal não vamos deixar o sonho de muitos acabar . . . . SOMOS 1 só.

viva o LINUX

f360c4-v4mp3r

[7] Comentário enviado por canaman em 29/11/2005 - 09:52h

Depois de tantos comentarios.. queria so deixar minha opiniao... Linux para usuarios completamente leigos vindo de windows e kurumin... uso o debian no trabalho e ubuntu em alguns, mas eu que mexo nessas maquinas... Passei a usar o ubuntu em casa tambem, mas veja bem, para o usuario brasileiro, o kurumin e ideal para comecar.. primeiro porque o ubuntu vem sem suporte para mp3 e alguns codecs de video, segundo: nao tem suporte a softmodem, o kurumin e bastante preparado para isso, principalmente por ser nacional e vir com suporte aos modens mais vendidos aqui. Acho que o morimoto fez um trabalho exepcional, assim como o pessoal do kalango linux que tambem esta muito bom! A ideia e trazer os usuarios para o linux, depois ele trocam de distro se quiserem...

[8] Comentário enviado por andgarcia em 29/11/2005 - 10:08h

Já testei ambas, praticamente as duas solicitam as mesmas configurações qdo estão sendo instaladas, a diferença está mesmo na aparência! ;)

[9] Comentário enviado por thekind em 29/11/2005 - 10:20h

Concordo plenamente com você, para usuário leigo, que não está preocupado em saber se é linux, windows ou o que for, só quer saber de usar uma planilha, a internet ou um editor de texto o kurumin é uma grande solução e o kde é o acompanhante ideal. Agora eu achei uma solução melhor ainda, que independe do linux usado, só tem que ter o kde como desktop, se chama kiosktool. Funciona basicamente assim. Tenho um servidor central ( tem que ser bom ) , ai os usuários se conectam a ele via xdmcp ou ltsp. Com o kiosktool faço com que os usuários so enxerguem no desktop os icones que precisam, não tendo acesso a mais nada do linux ( bloqueio o botao direito do mouse, tiro o menu iniciar do kde etc ), então quando carrega o linux deles, na realidade estão enxergando o servidor central porem limitado, clicam no icone que precisarem e pronto, nao tem que sair procurando nada, nem farão besteira porque não tem acesso a mais nada, inclusive até na pasta pessoal deles só faço com que enxerguem da pasta deles pra dentro, não podendo passear pelas outras pastas ( diretório pra os que gostam de reclamar ) ... e por ai vai

[10] Comentário enviado por felipebalbi em 29/11/2005 - 10:31h

Como participante do projeto Ubuntu-Br gostaria de comentar o artigo:

" Instalação: média, quase a mesma do Debian, precisa de alguém com um mediano conceito de Linux;"

A instalação do Ubuntu é extremamente simples já que ele reconhece grande parte do hardware e não faz 100% das perguntas que o Debian faz. Na próxima versão do ubuntu (6.04 - Dapper Drake) há planos para inserir um instalador gráfico.


"Configuração: no que diz respeito ao básico (onde levamos em conta configuração do teclado, tela, papel de parede, mouse, que é onde, no máximo, alguém das seções e companhias daqui vão mexer), média;"

As configurações básicas, talvez você tenha tido dificuldade por estar acostumado com o KDE e o Ubuntu por padrão vem com o gnome, porém, também são menus fáceis de localizar. Toda a parte de configuração e administração está localizada no menu Sistema.

" Pacote de programas: bom (seria ótimo se o KDE fosse padrão da distribuição)."

O Projeto Ubuntu tem um subprojeto chamando KUbuntu que é o Ubuntu utilizando KDE. Acho que seria uma boa testá-lo também.

" Suporte: médio, o site oficial é em inglês e não achamos apostilas ou guias em português."

O site oficial do projeto Ubuntu-BR é www.ubuntu-br.org, lá temos um Guia (http://www.ubuntu-br.org/guia), um Wiki (http://www.ubuntu-br.org/Wiki/FrontPage), um Planeta (http://planeta.ubuntubrasil.org/) e os endereços de nossas listas de discussão (http://lists.ubuntu.com/).

Acredito que você poderia ler a análise sobre o Ubuntu feita pelo site Br-Linux.org disponível em: http://br-linux.org/linux/analise-ubuntu-breezy

Se você estiver experimentando problemas com o Ubuntu, você pode assinar nossa lista de discussão que estamos 24/7 tirando dúvidas e discutindo sobre assuntos diversos.

Não quero dizer que o Kurumin é ruim ou algo do tipo, afinal o que vale é ser livre... Porém, após mais de 6 anos testando diversas distribuições e trabalhando com segurança da informação, posso afirmar que Ubuntu está mais seguro que o Kurumin. E no caso do Exército Brasileiro, acredito que a segurança da informação deveria estar no topo da lista de requisitos a serem supridos.

[11] Comentário enviado por FDL em 29/11/2005 - 10:49h

O kurumin e um projeto nacional... Deve apoia-lo e so em ultimo caso tentar outro. De que adianta tambem so usar SL gringo?

[12] Comentário enviado por leonardoamorim em 29/11/2005 - 11:07h

Fala sério né pessoal. O povo também quer tudo mastigadinho. Aprender Linux exige um pouco de força de vontade, isso é preguiça. A verdade é que poucas pessoas estão dispostas a estudar um pouquinho mais.

[13] Comentário enviado por leonardoamorim em 29/11/2005 - 11:09h

Se eu fosse um militar, estudaria mais um pouco para poder operar melhor o sistema e daria preferência ao Debian-BR-CDD, que é um projeto bom, com manual e softwares em português, visual fácil e etc.

[14] Comentário enviado por andgarcia em 29/11/2005 - 11:14h

Isso e preconceito, devemos utilizar a distro que mais nos agrada.
Devemos apoiar iniciativas brasileiras sempre, mas nem por isso vamos fechar os olhos para o q vem e fora.

[15] Comentário enviado por removido em 29/11/2005 - 12:10h

Sou usuário de Linux a menos de 10 meses, e comecei com o Kurumim, que foi a distro mais amigável que encontrei na época, mas acho que depende do usuário, não se acomodar, pois depois de certo tempo, vi que ela não me atendia mais, pois o que eu queria mesmo era dominar o SO, e não apenas utilizá-lo como um simples desktop que me desse tudo pronto, então parti para outras distros e cheguei no Debian agora, que me agrada muito..então é isso, acho que parte do usuário mesmo saber o que quer e correr atrás...

[16] Comentário enviado por leonardoamorim em 29/11/2005 - 12:13h

Vocês estão distorcendo o que estou falando. O artigo ficou bem escrito, é um assunto interessante, mas só emiti minha opinião oras. Já testei as 3 distros citadas aí: Ubuntu, Kurumim e Debian-BR-CDD. As 3 são boas sim. Você tem todo o direito de preferir uma distro. Eu só acho que tem pessoas que não querem aprender o sistema de verdade, gostam de ficar na zona do conforto. Não custa nada aprender uns comandos. Tudo é questão de costume. Agora o que você tem que aceitar é que o artigo está aberto para comentários, só fiz o meu. Não quis ser preconceituoso,o que importa é que todas são Linux.

[17] Comentário enviado por Marco Carvalho em 29/11/2005 - 12:17h

Acho engraçado usarem frases como "distribuição Foo é difícil para usuário leigo que veio do windows instalar".
Pô, usuário leigo, daqueles que quer só usar um editor de texto, uma planilha ou navegar na internet *NÃO INSTALA WINDOWS*, quem faz isso é um amigo, uma assistência técnica ou já vem instalado quando compra.
Para esse sujeito, o Linux, seja qual for, deve ser instalado por alguém que já tenha algum conhecimento e possa orientar nos passos iniciais.
Se o cara paga para um técnico reinstalar o windows a cada 6 meses por que não pagar para alguém que saiba o que está fazendo para instalar o Linux?
Minha esposa não sabe absolutamente nada de informática e usa tranquilamente o Debian para acessar banco, procurar suas receitas na internet e para jogar Frozen-Bubble e Super Tux.
O "suporte" que dou a ela é exatamente o mesmo que dou para usuários windows diariamente.

[18] Comentário enviado por maiconfaria em 29/11/2005 - 12:27h

Uso o kurumin e não me considero leigo em linux, uso ele pela compatibilidade com os repositorios debian e porque acabo conhecendo novos progs, os quais naum teria conhecido de outra forma... pessoal vamos parar com isso! o marimoto tem o que ninguem conseguiu uma marca! o kurumin é mais conhecido que o próprio linux no brasil, talvez por isso estejam querendo desqualificalo, uso tb o kurumin pra ajudar no site de suporte e acredito que isso me coloca na vangarda da divulgação do linux com o publico leigo, é claro que o cara que usa kurumin vai ter que aprender algo( aliais... muito menos que no ruindows )

[19] Comentário enviado por Marco Carvalho em 29/11/2005 - 12:43h

Discordo quanto à alguém estar querendo desqualificar o Morimoto. Eu acho que ele fez um bom trabalho no Kurumin enquanto *Live-CD* e só.
Eu não recomendaria a instalação do Kurumin em HD para ninguém, e meus motivos são estritamente técnicos, pois conheço-o bem por dentro e não concordo com a forma com que as coisas são feitas.
Quando vou sugerir uma distribuição para alguém que quer instalar por si próprio eu recomendo o Debian-BR-CDD e o Ubuntu.
De qualquer forma, esta é *minha* opinião.

[20] Comentário enviado por pools em 29/11/2005 - 14:15h

Acredito que o Kubuntu deveria ser testado no lugar do ubuntu, pois pelo que percebi um dos problemas era com a interface gnome.

Faltou pesar o que estará mais desenvolvido no futuro, e que me perdoem o pessoal do Kurumim (gosto dele, nada contra mesmo), o desenvolvimento e evolução do ubuntu está revolucionando até mesmo da que se originou, o Debian. conheço muitos que trocaram do Debian para o Ubuntu pela forma mais dinâmica de trabalho e lançamento de novas versões.

Independente da distribuição, a boa escolha é sempre Linux!

Att.

PoolS

[21] Comentário enviado por agk em 29/11/2005 - 15:44h

Ótimo artigo, parabéns.
Concordo que o Kurumin vem com vários scripts que instalam quase tudo, isso ajuda bastante os usuários iniciantes e até alguns já mais experiêntes.

O ubuntu eu nunca usei, já testei o Debian-BR-CDD e particularmente não gostei muito pois faltam muitas ferramentas do Debian original e alguns pacotes e repositórios estão desatualizados, mas sempre recomendando aos meus amigos por causa da sua fácil instalação.

Estou utilizando o Debian e não tenho dificuldades para conseguir realizar o meu trabalho, uso Debian tanto nos servidores como nas estações de trabalho, já fiz testes com kde, gnome, fluxbox, xfce e outras e não senti grande dificuldades em trabalhar nelas. O que muda entre as interfaces são alguns menus, ferramentas e a forma de realizar algumas tarefas, mas os conceitos de se operar o sistema permanecem exatamente os mesmo.
[ ]'s a todos.

[22] Comentário enviado por monthiel em 29/11/2005 - 17:53h

Eu usei o Kurumin por bastante tempo, reconheço que não tenho nenhum comentário negativo a ele, mas apartir do momento que conheci o Ubuntu, não largo mais.
Confesso que sofri um pouco mesmo na instalação dele, e acabei perdendo meu Windows (graças a Deus) mas no resto.. blz, vejam minha concepção:
http://kde-brasil.blogspot.com/2005/11/impresses-sobre-o-ubuntu-510_29.html

[23] Comentário enviado por marcelbueno em 29/11/2005 - 18:08h

Sou muito mais o UBUNTU ! O Kurumin é bom para iniciantes, mas para quem conhece por baixo, sabe bem a nhaca que é e as falhas que dá !

Mas veja pelo lado positivo, é bem melhor que o BartPE (Windows em CD): hehehehhe !


[24] Comentário enviado por agente100gelo em 29/11/2005 - 19:44h

O Kurumin é fantástico, ideal para usuário iniciante instalar em casa, conhecer os programas, ver alguma coisa de configuração, mas para empresas/instituições ele é muito aberto. Tá tá tá... dá pra desativar o sudo, mas mesmo assim. O KDE é muito mais fácil de fazer compreender ao usuário iniciante do que o Gnome pq ele parece mais com o que o usuário está acostumado (leia-se Windows). Eu acho o Gnome muito mais produtivo mas para migração eu escolheria o KDE.

[25] Comentário enviado por silviojunior em 29/11/2005 - 22:47h

Muito bom artigo,

Participei a pouco de um Simposio de Tecnologia da Marinha, e eles estão com projetos para troca de SO's da suas Unidades. Tambem sou militar, (2o Ten R/2), e gostaria de ver nosso EB usando soluçoes opensource. É claro que projetos de migração são complexos, porém devemos executá-lo o mais breve possível!!

Grande abraço!!

[26] Comentário enviado por razgriz em 30/11/2005 - 00:44h

Parece que uma distribuição muito importante foi esquecida. Open Suse .

mais facil do que isso só mesmo o "Pense bem" ( isso mesmo akele pc de responder perguntas dos anos 80 e 90)

[27] Comentário enviado por Nick em 30/11/2005 - 09:05h

"Parece que uma distribuição muito importante foi esquecida. Open Suse"
Me desculpe mas a questão é Kurumin ou Ubuntu.
Sem duvida nenhuma Ubuntu. Eu utilizaei por muito tempo o Kurumin, qdo nao intendia muito bem da coisa e usava por diferencial. Mas agora a coisa não é mais por ai. O kurumin é bom sim. para iniciantes, mas como todo mundo sabe, o Kurumin é uma coxa de retalhos, de tanto os cara colocar frufru aki e ali, enchaeu o sistema de bug.
Icone majiko facilita sim, mas não é sempre viavel. Pois se um pacote sai do repositorio que o script estava apontando? O usuario iniciante nao vai conseguir concertar isso. Acaba ficando uma bugacera total. E só pelo fato de vc não poder usar o teu nome como usuario default, tbm ja é um ponto contra.
Agora o Ubuntu, eu usei ele por alguns meses e o garoto é simplesmente formidavel. Aquele grande problema com sources que o Kurumin tem, o Ubuntu atropela tudo, isso porque ele tem o seu proprio repositorio e não falha nunca.
A falta do usuario root tbm é um ponto a mais em segurança.
Rapido, e trabalha tbm na lingua nativa pt_br.
Ambiente de trabalho Gnome 2.12, é simplesmente maravilhoso, leve, funcional e limpo. Mas nada que impeça de vc instalar um KDE 3.5b!
Atualização a cada 6 meses, onde o update é rapido e limpo, não tras complicaçoes, assim como o Kurumin. Tenta fazer um dist-upgrade nele e conta como foi depois...
Kurumin tem nova versão toda semana...nunca vi isso! Aja cd pra queimar...
Eu voto no Ubuntu, atualmente uso Debian Sarge com sources misto e ameu conselho é esse: Ubuntu Breeze 5.10

[28] Comentário enviado por canaman em 30/11/2005 - 10:38h

Desculpem mas depois de ler mais opiniões tive que me expressar novamente... Pessoal é o seguinte, TODO MUNDO devia apoiar o kurumin.. imagine, um cara que tinha um site nota 10 sobre hardware, abandonou quase tudo desse projeto pra enfiar a cara e trabalhar pra fazer um linux fácil para o usuário final... Claro que nao pode ficar perfeito, afinal falhas são encontradas até nos BSDs, mas se não fosse o trabalho dele vocês acham que o linux estaria se espalhando tanto no brasil para o usuário desktop? Aqui em fortaleza os 2 jornais de maior circulação do estado estão realizando simultanemente um curso de linux, com fascículos e CDs do kurumin. O kurumin é MUITO bom, pois trouxe a visão para o linux no desktop no brasil... ele trás novos usuários para o linux! Mesmo quem acha que o kurumin não é uma versão boa para usar no desktop tem que reconhecer que alguem que começa no kurumin por exemplo, pode depois migrar para a "sua" distro... Acho que a idéia do kurumin é trazer os usuários para o linux e os que só usam recursos básicos do computador usem-no, pois mesmo assim ele é mais seguro que o windows.... Bom taí meu desabafo... Ficar criticando o trabalho de alguém que se dedica para ajudar o linux no geral é muito triste.. vocês deviam ajudá-lo... Eu comprei um livro seu sobre redes e servidores linux que gostei muito... comprei pra ajudar e acabou me sendo muito útil... E não fala só do kurumin...

[29] Comentário enviado por parad em 30/11/2005 - 10:38h

Pessoal, acho que alguns de vocês não entenderam bem o artigo ou seja foi um teste para saber qual distro Kurumin x Ubutu, é a ideal para um iniciante, portanto devemos nos atentar ao propósito do artigo que é excelente, pois é retratado de maneira a facilitar a um usuário leigo(isso mesmo prestem atenção no LEIGO) escolher entre as duas distros, que queiram aceitar ou não são as que mais atendem as necessidades de um usuário LEIGO.
Particularmente sou Kurumin e não abro, me desculpem os usuários de outras distros, as quais tem desenvolvido um trabalho excelente, que lutam contra tudo, sem verbas, sem apoio do governo, etc, etc,..para disponibilizar ao mundo uma ferramenta completa e sem custos.
Bom, mas voltando ao x da questão, iniciei no mundo Linux, com o conectiva 8, mas desisti pela falta de ferramentas de reconhecimento de hardware, veja bem era um usuário LEIGO, passei por diversas distros, umas 15, até conhecer o Kurumin que de cara instalei com uma facilidade maior do que o ruidows, sem falar que o meu modem foi reconhecido e pude me conectar, linha discada, agora tenho o speed, mas que no Brasil é 90% de linha discada. Entre outras coisas que me levaram a utilizar o Kurumin está em primeiro lugar o seu fórum, que de longe é o mais completo para auxiliar os usuários, e aprender sobre Linux, hardware e outras coisas, com todo o respeito a outros foruns hoje não existe suporte melhor do que o do guiadohardware, e com relação as duas distros o Kurumin tem se tornado não somente mais fácil de utilizar, mas acima de tudo um caminho tranqüilo para quem quer aprender sobre Linux ou apenas utilizar outro sistema e não pagar ao bil.
Hoje já instalei em 62(todos devidamente registrados) micros o Kuruma, sempre levo CDS de outras distros, para que o usuário possa escolher e mostro as diferenças, sem ser parcial, e sempre escolhem o Kuruma, escolha motivada pela apresentação do sistema em si, mas principalmente pelo suporte disponibilizado no seu fórum.
Minha opinião é de que o Morimoto entendeu o X da questão e mesmo podendo criar uma distro altamente técnica, partiu para o caminho da qualidade com facilidade, neste quesito no Brasil hoje o Kurumin não tem concorrente, ou seja pra que criar uma nova distro que somente após vários cursos de Linux você estará apto a utilizar, no kurumin o usuário inicia como leigo, perdido pega gosto pela coisa e se tiver vontade em pouco tempo já domina o Linux, mas para que isso aconteça , e vejam bem não sou fã do Morimoto que todos sabem tem um mau humor terrível, mas profissionalmente e um exemplo a ser seguido.
A sim não vejo necessidade de mudar de distro somente pelo fato de a outra ser mais técnica, parece que se eu utilizar outra distro mais técnica sou melhor, nada disso o melhor é fazer as mesmas coisas com mais facilidade, e o Kurumin é isso ai tudo com facilidade.

Parabéns pelo artigo, nota 10

[30] Comentário enviado por canaman em 30/11/2005 - 10:41h

Só um aditivo... comecei com o conectiva 3 e apaguei todo o meu windows ha trocentos anos atrás.. fui pro mandrake, voltei pro conectiva e estacionei no slack por vários anos... ainda o tenho instalado em um k6-2... Estou pensado em ubuntu para meu desktop atual... mas instalei o kurumin para testes e fiquei maravilhado com o fato de tudo funcionar.. Lembrei das dificuldades que eu tive no início.. configurar modem, som... cada atualização de distro o modem parava de funcionar... Tudo bem que tem gente que acha que o certo é isso mesmo.. sofrer pra descobrir as coisas.. mas imagine uma pessoa com 50 anos.. acha que ela vai atrás de postar perguntas em fóruns e recompilar kernel? Ela quer é usar o computador... Pensem nisso... Até..

[31] Comentário enviado por nsaraiva em 30/11/2005 - 12:00h

Sou professor de informática e dou aula de Linux básico em um curso aqui no Grajaú-RJ. As aulas utilizam o Kurumin que realmente eu considero bem fácil para usuários leigos e para os que utilizam o Windows(a grande maioria dos meus alunos). O problema é que eu acho o Kurumin muito precário em relação as bibliotecas, se você não utilizar o apt-get, já era!!!

Toda vez que eu tento compilar alguma coisa, falta dezenas de bibliotecas!!!

E infelizmente eu possuo um modem motorola SM56 que não possui driver para kernel 2.6. Minha solução é baixar o fonte ou o .deb no windows e depois acessar pelo Kurumin e tentar instalar. Na maioria das vezes eu desisto, por faltar vária bibliotecas e ter que ficar baixando cada uma que falta.

[32] Comentário enviado por Marco Carvalho em 30/11/2005 - 12:30h

"Desculpem mas depois de ler mais opiniões tive que me expressar novamente... Pessoal é o seguinte, TODO MUNDO devia apoiar o kurumin.. imagine, um cara que tinha um site nota 10 sobre hardware, abandonou quase tudo desse projeto pra enfiar a cara e trabalhar pra fazer um linux fácil para o usuário final... "

Me desculpe, mas acho que você não conhece a história do Kurumin.
Para resumir, o Kurumin foi criado com o intuito de ser uma "caixa de ferramentas" para uso próprio do Morimoto e este nunca teve a intenção de transformá-lo em uma distribuição. Ele mesmo disse por inúmeras vezes que não é um desenvolvedor, é um escritor. Seu negócio é palestras e cursos.
Tanto é que hoje ele se envolve minimamente com o Kurumin, quen está tocando para valer é a comunidade.
O Morimoto nunca largou nada para enfiar a cara no Kurumin, aliás, ele está pouco se lixando para o futuro do Kurumin, como já demonstrou claramente várias vezes.

[33] Comentário enviado por devilkaus em 30/11/2005 - 12:48h

Cara, sou totalmente leigo, e os únicos Linux que tive contato foram o Kurumin, Mandriva, Fedora e Ubuntu.

De boa, eu optei pela simplicidade: Ubuntu rlx! Kurumin é muito bagunçado, provavelmente você achou mais fácil por ter estudado ele há mais tempo.

[34] Comentário enviado por Nick em 30/11/2005 - 14:14h

Kurumin é zuadasso memo...Ubuntu é mais organizado e quase livre da bugaiada que o Kurumin tem.
Voto para Ubuntu.

[35] Comentário enviado por parad em 30/11/2005 - 16:17h

Tem umas pessoas que morrem de inveja do Morimoto, não criam nada e atrapalham quem ajuda, o teste não é sobre pessoas e sim sobre duas distros.
Ter inveja faz com que a pessoa não viva a propria vida e passe a viver a vida dos outros, colocando problemas na pessoa de que tem inveja e não olhando para a sua vida propria.

[36] Comentário enviado por Nick em 30/11/2005 - 21:09h

Meu voto é para o Ubuntu, por ser mais funcional e nao ter a bugacerado Xuruminho 5.56454545beta54.
Não existe esse lance de inveja, a minha opiniao é essa: Kurumin não presta assim como eu nao vou com a cara do Slack.
Só porque eu nao gosto, nao quer dizer que isso seja inveja, eu nao gosto de leite, e nem por isso eu tenho inveja das vacas!!!
O Morimoto faz um otimo trabalho? Em partes sim. Pois é muito facil vc pegar uma distro e remasterizar ela ao teu gosto. Aposto, meu amigo "parad", que vc nem sabe de que distro o Kurumin foi feito o remaster. Claro que antes de vc responder essa questao, vc vai garimpar na internet e saber....e colocar aki que sabia...durrr.
Como o nosso amigo la em cima disse: O Morimoto nem imaginava que o Xuruminho 5.54787ª beta65 iria fazer esses sucesso, pois o cara fez o sistema para "ele" usar. E deu a merda que deu.
Agora, fica de boa ai que vc nem sabe o que vc esta falando.

Opa, esqueci..ainda fico com o Ubuntu!

[37] Comentário enviado por parad em 30/11/2005 - 21:32h

É isso ai olha o invejoso se manifestando...novamente não se atém ao artigo e utiliza uma pessoa a qual sente, pelo jeito muita, mas muita inveja..não vou mais ler este tópico, pois já dei minha opinião e não vou perder tempo com invejosos.
Que querem ser mas não tem capacidade, quanta inveja...consulta um psiquiatra...

[38] Comentário enviado por sl4x em 30/11/2005 - 22:48h

Bom, primeiramente gostaria de defender o Slackware, pois ao contrário da opinião do autor, eu o considero simples desde a instalação até a utilização. Basta saber o básico de inglês... Mas isso é só minha opinião.. :)
Quanto a kurumin e Ubuntu, já utilizei ambos, porém, ao utilizar o primeiro, me decepcionei no meio de tantas falhas... Não sei como a versão atual encontra-se atualmente, mas na época que eu o utilizei não podia nem se pensar em um "apt-get upgrade" que o sistema parava de funcionar... Pensando dessa maneira, acho que o kurumin, apesar de suprir os usuários com maior diversidade de aplicativos e scripts prontos para baixar programas, é uma distro cheia de "retalhos" a qual não considero segura. Se você quer instalar um programa no Ubuntu que no kurumin é instalada com apenas um clique, você pode procurar no Google onde encontrará uma vasta documentação de como instalar tais programas e garanto que aprenderá muito mais.
Na minha opinião, o Ubuntu atende muito melhor os usuários que querem não so utilizar SL, mas sim ter maior confiança no sistema que esteja utilizando. Quanto ao WM padrão, como muitos outros já citaram anteriormente, existe o Kubuntu que utiliza o KDE em vez do GNOME.
Concordo com o que o colega Marco Carvalho disse em um comentário acima:
"usuário leigo, daqueles que quer só usar um editor de texto, uma planilha ou navegar na internet *NÃO INSTALA WINDOWS*, quem faz isso é um amigo, uma assistência técnica ou já vem instalado quando compra."
Acredito que o usuário LEIGO que não tem capacidade pra dar um "next next finish" na instalação do windows irá conseguir instalar o Linux e se o cara tiver o minimo conhecimento de informática ele consegue instalar qualquer uma das duas distros facilmente.
Bom... Finalizando... Apesar de eu não utilizar o Ubuntu, ele dá de dez em cima de seu "concorrente".

[39] Comentário enviado por gilvanfisico em 30/11/2005 - 22:59h

Pessoal isso depende do gosto e da vontade de aprender de cada um, eu na primeira vez q vi um linux foi um slack e um kurumim, (pois na maquina de meu amigo tinha as duas distro), ele me apresentou e tal, só q eu vi no PC de meu professor o Suse e me apaixonei de kra! baixei o suse 9.1 aproveitei a raiva q eu estava do Rwindows pois ficava travando a toda hora, formatei a máquina instalei o Rwindos de novo mas tb meti o suse 9.1 nele, totalmente leigo, fiz a instalação, ele reconheceu tudo automaticamente ate as partições do win! uso suse ate hj nunca larguei embora tenha slack instalado minha máquina! Então eu penso assim, não existe uma distro melhor para o leigo e sim a vontade dele em aprender linux. Se for pequena, media ou grande esta vontade o linux q ele escolher vai ficar de acordo a sua vontade. Pois se for pequena fará pouco uso, se for media vai instalar programas configurar o sistema direitinho e tal e se a vontade for grande ele deixará sua distro de igual pra igual com qualquer outra, mudadando kernel e tudo mais! isso depende de cada um! antes era tudo via texto, o pessoal num aprendia? pq hj com texto e grafico não pode aprender? abraços a todos. O q importa mesmo é q SOMOS LIVRES, SOMOS LINUX!!

[40] Comentário enviado por wavemmx em 01/12/2005 - 02:18h

o problema do kurumin é q ele já vem capado e vc sempre tem q ficar baixando as coisas e os scripts poluem o kurumin ,ja o Ubuntu é maavilhoso tudo (ou quase) q vc precisa vem num cd .O insabralde precisa conhecer melhor o ubuntu e o projeto (se ele quiser) .só ir em www.ubuntubrasil.org

[41] Comentário enviado por wavemmx em 01/12/2005 - 02:22h

eu uso Ubuntu ,é uma grande distro ,ele o que fez a matéria ,estava reclamando ou melhor ,discutindo q o ubuntu não vem com o kde ,mas o ubuntu q vem com o kde é o kubuntu .Pra aqueles q desejam conhecer melhor essa distro é só ir no site acima q eu descrevi no comentário

[42] Comentário enviado por tarcisioaug em 01/12/2005 - 03:06h

Bem só quero expressar minha opnião, nunca usei o unbutu, mas, já tive um contato razoável com o kurumin e que posso dizer é que se trata de uma distro excelente para iniciantes, mas, infezlimente com muitas carençias, exemplo eu já havia instalado-o no HD, quando comprei um combo gravador+DVD, beleza pluguei todos os cabos reconheci-o no setup e configurei-o no rWindows, ai então entrei no kurumin e fiquei abismado não reconheceu de jeito nenhum eu tive de reinstala-lo para que pudesse usar meu combo, mais não foi só com o combo não, aconteceu também com discos rígidos. Outra opnião é que nós brasileiros devemos largar a preguiça d lado e ir aprender um pouco de ingles, pois não trate-se apenas de ler manuais de distros e sim uma questão de aperfeiçoamento pessoal.

Abraços!

[43] Comentário enviado por Grobsch em 01/12/2005 - 08:27h

Acho que os moderadores deveriam parar de publicar estes artigos de propaganda ou então criar uma seção apenas para artigos e revisões de distros, quem lê acha que Ubuntu e Kurumim são os mais indicados e que não existe nada mais....
Existem dezenas, talvez centenas de distros nacionais e internacionais para o usuário leigo e novato...

[44] Comentário enviado por Grobsch em 01/12/2005 - 09:55h

Acrecentando, acho e incentivo os artigos falando de distros, são fundamentais, mas discordo quando estes indicam duas como melhores soluções para usuário novato, mesmo porque, comecei a usar linux com o Slackware sem jamais ter visto sequer um sistema rodando e sem saber o que era root e sinceramente não consigo entender esta implicância com o Slackware, não existe distro difícil, existe usuário que não quer aprender.

Desculpa peço por usar o artigo para apresentar minha opinião sobre o que discordo veemente.

[45] Comentário enviado por m4sk4r4 em 01/12/2005 - 11:54h

Olá,

Bom eu não vejo problema nenhum em publicar esse tipo de artigos, o problema que o pessoal parece já está fanatico, e não gosta de ouvir opniões, lembrem que este espaço no vol é aberto para nós expormos nossas experirências vividas, foi o caso de nosso amigo, e dá maioria que postam seus artigos aqui, usem a distro que acharem melhor para vocês, agora parem de ficar fazendo cmentário de que aquela não presta e etc, veja que no artigo nenhum termo desse tipo foi usado.Usar a palavra simples, facilidade é uma coisa, falar mal do trabalho e esforço do próximo parece ser muito fácil, acho que até seria leagl remover este tipo de comentários.

Todo comentário com ofensa há algum trabalho de colegas ou da comunidade devemos ignorar.

[]'s
Gabriel Santana

[46] Comentário enviado por Grobsch em 01/12/2005 - 12:10h

Ou você não leu o comentário que enviei ou o artigo ou algo entre os dois. um artigo que principia assim:
"Pessoas buscam conhecer o Linux e, de cara, querem instalar o Slackware (que, convenhamos, o Slackware não é uma distro para leigos, nem aqui, nem na China). não que eu tenha algo contra, mas é um sistema pra quem já tem certos conhecimentos no terminal."
Merece comentários contra, sim.
Segundo vc democracia é de quem escreve o artigo, apenas os comentários devem sofrer censura??
Outra coisa, não disse que distro fulana ou distro ciclana não presta, disse que existem outras tantas distros para serem usadas, e que os moderadores devem adotar algum dispositivo para evitar que sejam esquecidas.

[47] Comentário enviado por removido em 01/12/2005 - 12:20h

Gostei do artigo e concordo, ao contrário do que muitos falam o kurumin é uma boa distro para usuários iniciantes sim.


[48] Comentário enviado por dupotter em 01/12/2005 - 15:52h

melhor distro pra iniciante é o kurumin e pronto, até quem torce o nariz sabe disso. Agora não podemos ficar discutindo se esta ou aquela distro é melhor, este artigo reflete a realidade do autor, talvez não reflita a sua, mas em todo caso, deve ser respeitado, o Ubuntu não é mais fácil para um leigo nem aqui e nem na China, o Kurumin é um projeto nacional e deve ser apoiado, que mania que brasileiro tem de não ser patriota. Ah sim, depois de familiarizado com o pinguim, parta para o Ubuntu, Kubuntu pra quem quer KDE, Fedora, Slack, Debian, pra onde quiserem, mas admitam que não existe distro mais fácil que o kurumin, que trás até drivers de softmodens visando a reaidade brasileira.
Ah sim, uso Redhat/CentOS/Fedora, comecei com Conectiva 8, então nunca usei por mais que dois dias kurumin e ubuntu. Posso garantir que tenho conhecimentos técnicos suficientes para afirmar o que disse.

[ ]'s
Eduardo Henrique.

[49] Comentário enviado por mailws em 02/12/2005 - 02:52h

Sem comentários! Kurumin.

[50] Comentário enviado por pitt3r_p4rk3r em 02/12/2005 - 17:27h

Não tive pasciência para ler todos os comentários...

Mais pelo que vi.... vcs não sabem o que são usuários leigos...

Tem gente aki onde trabalho que liga para o suporte... por que deletaram o atalho para o word do desktop e não sabem como entrar no word agora...

hehehe

o Kurumin é uma boa solução... pra Inis....

Acredito que o ubuntu é uma boa solução... so que para gringos... pois tem muito suporte... tanto quanto o Kurumin.... so que em ingles...

[51] Comentário enviado por removido em 02/12/2005 - 23:11h

Comecei com o Conectiva e usei por algum tempo, mas depois que passei usar Red Hat/Fedora comecei a encontrar as soluções que precisava disponível em SL. Em servidores uso o Red Hat e o Debian e inicialmente coloquei o Fedora para meus usuários em substituição ao Windows. Funcionava mas dava muito trabalho para ajustar às necessiades. Logo conheci o Kurumin 3, e não me convenci a substituir o Fedora por ele. Descobri o Kalango, com o qual, não sei porque, tive mais facilidade de instalar e manter para os usuários leigos. Mas o Kurumin 5 chegou relamente muito bom para o que eu precisava. Tem um acesso à internet pronto sem a necessiade de instalar/revisar os plugins e os todo o trabalho que tenho é informar o endereço de rede e escolher as impressoras (coisas de 2 ou 3 minutos). Nada mais. Já estou com o Ubuntu 5.1 para testar mas o Kurumin está quase perfeito então continuo fazendo a transição do Windows para o Linux com ele. Sei que se precisar modificar muito o sistema terei algumas falhas mas não é esta a minha necessidade. Então vou me acomodando com ele, até que mudem minhas necessidades ou surja coisa que já advinhe o endereço de rede e configure as impressoras automaticamente na instalação.

Para navegar na Internet e editar alguns arquivos é a melhor opção de SL que conheço no sentido de facilitar a vida do administrador.



[52] Comentário enviado por removido em 02/12/2005 - 23:23h

Agora vi a msg do pitt

"Mais pelo que vi.... vcs não sabem o que são usuários leigos...

Tem gente aki onde trabalho que liga para o suporte... por que deletaram o atalho para o word do desktop e não sabem como entrar no word agora... "

E acrescento:

Existem coisas que não dou importância para meu uso mas que para o usuário tem valor:

1 - A primeira estação de trabalho que coloquei o linux para um usuário recebi uma reclameção de que estava em ingles. Fui ver e apenas o Firefox era em ingles, mas para o usuario isso fazia uma grande diferença. Tiver que mudar.

2 - Uma usuária se encantou com o Kurumin e me pediu para intalar logo para ela porque gostou do papel de parede do indiozinho! Aproveitei para promover o linux com aqueles que davam importancia a essas frescuras.

3 - Em uma sala onde tem vários usuários e várias estações descobri que os usuários estavam disputando quem era melhor no Frozen Bubble. (São excelentes profissionais e competentes no que fazem mas na hora do almoçoparecem crianças no video-game). Mais um fator que promoveu o linux

4 - De maneira geral a resistência ao linux é forte entre os usuários, mas essas bobagens me ajudam politicamente a convence-los das qualidades do sistema.


Como o Kurumin foi feito para um publico brasileiro, há certas singularidades inatas que favorecem a aceitação da transição.

[53] Comentário enviado por wavemmx em 03/12/2005 - 00:22h

eu não quero puxar sardinha pra nenhuma distro (aquele meu comentário era só uma referencia)eu acho q cada usuario tem q procurar uma distro q se encaixa no seu perfil e gosto e se uma distro não encaixa na sua necessidade ,não fale mal dela ,procure outra q se encaixa em seu gosto e necessidade (mas as vezes algumas precisam ser criticadas para a sua melhoria)

[54] Comentário enviado por lexemail em 04/12/2005 - 15:00h

Tudo bem pessoal???

Eu comecei usando o Kurumin 4.1, logo passei pro 5.0 e nesse meio tempo, baixei varia distros, como, Suse, Cl 10, Slack 10.1, Debian cdd, Ubuntu, Kubuntu e mais algumas que não me recordo. Vou ser bem sincero e pratico, eu como usuario novato, menos de 1 ano, gostei muito do Kurumin, facil, pratico, eficiente, porem meio confuso, o Kubuntu, achei pesado, mesmo tendo um micro +ou- rapido. Dessas distros que testei, a que mais gostei foi do Suse, estavel, rapido, pratico. Não mantive em meu micro pois queria uma distro baseado no Debian, por isso continuei procurando, e achei, pelo menos na minha humilde opinião... Ja vou deixando claro aqui que não tenho nada contra o Kurumin, que alias acho uma ótima distribuição, ou qualquer outra distro, todas elas tem seus ponto forte e fraco, mas não vou citar.
Pra teminar, baixei por curiosidade o Kalango 3.2, é live, rodei numa maquina mais modesta, no cd mesmo, e gostei muito, ja vem com OO 2.0, Kde 3.4, kernel 2.6.11, uma aparencia bem agradavel, um painel de controle bem organizado, tudo muito facil e pratico. Minha reação foi automatica, instalei na minha maquina no lugar do Kurumin, que de uns dias pra ca estava meio instavel e travando. A instalação é igual a do Kurumin, alias ele é baseado do Kurumin, mas com algumas diferenças para melhor. Como por exemplo, a minha placa de video da nvidia ja vem instalada com 3d e tudo, maravilhoso.

Testem, quem testar não vai se arrepender.

[55] Comentário enviado por Nenoreb em 17/02/2006 - 16:31h

Kalango, Kurumin, kubuntu... Li todos os comentários ... sou usuário c/ pouquíssima experiência em Linux e gostaria de saber qual destas distro estão prontas para uso de quem quer instalar um novo programa, desinstalar, atualizar, navegar, mp3, assistir vídeo e dvd.

Aproveito a oportunidade para parabenizar todos os brasileiros que se interessam pelo soft. livre, que acreditam na liberdade do conhecimento e no cooperativismo como forma de igualar as oportunidades e que não gostam de fazer papel de trouxa.

[56] Comentário enviado por lcslucas em 19/02/2006 - 06:53h

Bom do jeito que todo mundo ta falando o Kurumin é so pra leigo, o que num eh verdade, primeiro que so cara for um expert o Kurumin é linux e tem suas fontes abertars então ele que concerte tudo que acha que ta ruim. Bom eu so fanzão do Kuruma, pq como foi para mim, para muitos ou melhor dizendo ainda é para muitos a porta de entrada pro mundo do Linux. Geralmente, não generalizando, geralmente quem vem pro Linux é pq ja não está mais Satisfeito com o Windows, então é muito pouco provavel mesmo que ele pare no Kurumin. Eu costumo dizer que o usuario Linux não é um usuario satisfeito, é um usuario exigente e insatisfeito, gosta sempre de coisas novas, nunca de ficar parado. Eu conheço nego que meche com linux a uma cara e num tem uma distro certa, quer dizer ate tem, uma preferida mas sempre ta testando e experimentando uma distro novo, bom isso é um dos prazeres e vantagens do linux tenho que reconhecer, tem uma infinidade de opções para experimentar, conhecer e se aprofundar. Bom mais voltando ao Kurumin, como ja disse não eh sistema so pra leigo não, é muito bom, com a experiência que tenho com linux, que não é la essas coisas mas também não é de se jogar fora, pode instalar, usar e abusar do nosso indiozinho da antartica brasileira que tenho certeza que vai conseguir uma interação muito boa. O Ubuntu é muito bom tb, so que como muita gente ja cito eh gringo e num tem o suporte que o kurumin tem aqui no Brasil, por isso indico o Kurumin. Pode instalar sucegado e divertirce com o seu Linux agora que ja tem o Kurumin instalado. Ahh mais uma coisa pro caso do seu gualda o militar ae o Kurumin ta perfect meu velho, poe o kuruma pa roda nessas maquinas ae e manda bala, depois mais pra frente vc troca por uma distro mais completa, mas agora pra aprender a dominar e ver como o linux se sai nas maquinas ae o kurumin ta mais do que bãooo. Ah eu sei que num ta no tema debatido, mas também recomendo a distro Kalango, que eh meio parecida com o kurumin, mais limpo na minha opinião, eu ate tenho instalado aqui e vira e meche to mechendo nele. Bom so tenho a dizer milita bem vindo ao mundo Linux o mundo dos exigentes, e NÃO ACOMODADOS!!!!!!!!

[57] Comentário enviado por sugoi em 06/03/2006 - 13:41h

Uso o Kurumin desde as primeiras versões, de fato, no começo estava terrível, mas com pouco tempo de trabalho se tornava uma excelente distro, bastante completa por sinal. Na versão recente, 5.1, minha atual, não tenho problema algum, uso bastante o KDE e aplicativos baseados na GTK e tudo roda perfeitamente. Toda distro, no começo, é sempre um pouquinho chato talvez, mas com um pouco de esforço e menas perda de tempo com comentários metralhando uns aos outros, muito se consegue. Aqui é tudo onboard, hardware bem ruim, e ainda assim o desempenho é 10x maior que meu Windows XP quando recém instalado e bootado, Kurumin é excelente, Ubuntu é excelente, Slack também, bem como todas as outras, depende do usuário, eu posso gostar mais de uma do que outra, mas isso não quer dizer que essa outra não seja excelente para muitos. Kurumin é Linux, Ubuntu é Linux, são todos nosso amigos *nix! Uns vem com algumas coisas a mais, outros menos, mas você pode deixar seu linux como quer, essa é a grande maravilha, meu Kurumin Linux é diferente de todos, parece mais um Debian puro, ou slack com apt-get hahaha, brincadeiras a parte, você faz o seu Linux, e ele é único, se te serve bem, pronto! Só não acomode. esteja sempre buscando e testando. Vamos continuar contribuindo com que podemos de bom, as coisas ruins aparecem naturalmente, vamos deixar nossas forças para a hora que realmente precisamos em vez de desperdiçar com discuções sem ponto.

[58] Comentário enviado por André P. Tavares em 13/06/2006 - 20:40h

Na minha opinião, para o usuárioo iniciantes, iniciannte mesmo, usa Kurumin. Mas depois de se acostumar com o sistema, nada melhor que ir para o Ubuntu!

E o isntalador do Ubuntu é bem fácinho meu, é só prestar atenção =)
Só achei o particionamente meio confuso, eu feio mei perdido, mas deu certo =)

abraço tod0s

[59] Comentário enviado por Evilrick em 19/07/2006 - 14:22h

Parabenizo a iniciativa das forças armadas em usar o soft livre.

Entrando na discussão:
Alguns amigos meus foram unânimes em uma coisa: O Ubuntu é ótimo, é estável e reconhece de cara sua placa de rede, tem um repositório de tal maneira e tal...
Mas eu sou da turma do dial-up e não ter suporte ao meu modem é lasca! Fora isso, ele vem com muito pouca coisa (pelado) e nós iniciantes (que tb somos filhos de Deus) precisamos de algo mais fácil, pelo menos no início.
Não tenho nada contra o Ubuntu assim que assinar banda larga vou instalá-lo pra ver qual é a dele.

Mas até essa data eu preciso usar a net (discada) e foi devido à praticidade que eu escolhi o Kurumin. Eu já tenho tudo praticamente na mão, posso navegar na net, assistir DivX, usar um IM, mIRC, ouvir mp3 logo de cara, sem falar que o KDE ao meu ver, mais fácil que o Gnome.

Tenho um amigo que é slack até a morte. Achei legal o lance dele fazer o que quer com o sistema (talvez seja um passo futuro), mas no momento ainda to com medo desse bicho aí hehehehe.

Mas gente, no final das contas é tudo Linux. Cada qual vai na sua distribuição preferida. Testarei quantas distros eu puder, pra no final me decidir pela que melhor me atenda. O importante é não ser dependente de licença$.

[]'s

[60] Comentário enviado por Dg em 02/09/2006 - 14:37h

Onde tem informação para aprender a modificar o kernel, muda-lo para daptar as minhas necessidades. Como fazer com que o drive de dvd leia e grave cds ou dvds..criar drive para impressora....

[61] Comentário enviado por claudiostrajac em 25/09/2006 - 15:05h

O Marcelo tocou em um ponto interessante. Eu passei por esse artigo por acaso e tive a certeza que estou no caminho certo. Tenho conhecimento intermediário de informática, por isso não sou um expert. Mas sou fuçador, sou curioso e isso me favorece na hora de instalar qualquer software, seja ele proprietário ou livre. Atualmente tenho duas máquinas, um humilde Pentium II 400 Mhz com 96 Mb e HD de 40 e um Pentium III 866 com 380 Mb e HD de 40. Mas até semana passada só tinha o jurássico PII 400... Nele já rodei o Conectiva 6 e recentemente cheguei a instalar o Ubuntu. De quebra ainda tentei rodar o Kurumin direto do CD mas ficou muito lento, pois além da memória baixa, não tinha uma partição swap digna de um Kurumin... :-) Esses dias, já com um swap de gente, rodei nele o Kalango, que é o Kurumin remodelado, e mesmo sendo do CD, rodou muito bem. Já o Ubuntu, até hoje não consegui fazer ele reconhecer o meu mouse serial. Já no PIII o Kurumin roda que é uma beleza. Antes disso, fui testar o Ubuntu nele e o mouse serial novamente parecia morto... :-( Fui editar o xorg.conf, assim que eu salvei o arquivo e reiniciei a máquina, bau bau Gnome... :-( O Ubuntu é uma boa distro para micros mais antigos, mas peca ao não reconhecer o mouse. O Kurumin reconhece tudo, já vem com todos os scripts prontos e tem um visual muito atraente. Isso sem falar que o KDE é bem mais fácil de usar que o Gnome. Estou testando o Kalango, mas minha distro oficial é o Kurumin.

[62] Comentário enviado por agk em 26/09/2006 - 16:43h

Também tive esse probleminha com o mouse serial que o amigo claudiostrajac falou, mas isso é simples de resolver, o que fiz foi simplesmente dar um boot com o kurumin, olhar no /etc/X11/XF86config-4 e copiar as configurações do mouse.
Depois dar boot com o Ubuntu e alterar no /etc/X11/xorg.conf as conf do mouse, lembrando que o kurumin usa ainda o XFree e o Ubuntu utiliza o Xorg, mas basicamente o que precisa mudar são as linhas referentes ao device e ao protocol, funciona perfeitamente.
Concordo que é uma falha do Ubuntu não reconhecer automaticamente alguns mice seriais, mas não quer dizer que não seja possível.
[ ]'s

[63] Comentário enviado por stefanosandes em 25/11/2006 - 11:18h

rsrsrsrs nego adora rebaixar uma distro ou outra pq é assim ou assado, na minha opinião é ai que o windows é melhor, se podes instala o xp e pornto, ninuem fica brigando entre win98 e xp, e uma atualização natural q quem pode faz, mais no mundo linux oque se ve e o contrario, e nego que usa slakware querendo rebaixar quem usa kurumin, no inicio eu axava que linux era um conceito amsi agora vejo que nego transforma isso numa perfumaria, cada um usa oque axa melhor e ainda diz que o do doutro é pior, infelizmente este vai ser o apocalipse do linux.

[64] Comentário enviado por andersguitar em 25/02/2007 - 23:34h

Voces estao esquecendo de uma pequena coisa: o UBUNTU/KUBUNTU tem rios de dinheiro em investimento, ou seja, tem alguem por trás que injeta $$$.
Já o kurumin, é só o Morimoto e a comunidade que tenta ajuda-lo a desenvolver melhor a distro.
Uso o kurumin, nao tive nenhum problema.Quando tenho, recorro ao forum, ao presente site, enfim.
Ah sim, tentei até instalar o UBUNTU, mas ele nao instalou, travou na hora que começava a carregar.Já o kurumin...
Entao, ao inves de falar que aquele ou outro é ruim deveriamos ver qual se encaixa melhor as espectativas e necessidades de cada um.

[65] Comentário enviado por antonioleite em 17/03/2007 - 16:23h

Na minha humilde opnião, acho que cada distro vai atender melhor a uma determinada necessidade eu prefiro Debian e utilizo também o Kurumin ja experimentei o Ubuntu e não me dei muito bem com ele ja no meu compaq notebook antigão coloquei o Dizinha que vai muito bem, acho que cada distro tem sua função voltada para determinados nescessidades.

Um Abração a todos...

[66] Comentário enviado por grisotto em 21/03/2007 - 14:22h

é isso mesmo, kurumin é bem facil, tem site so para ele, forum com suporte e tals. para usuario iniciante como eu, foi otimo. so que ja tenho minha partição para instalação do Ubuntu hehehe


falows galera

[67] Comentário enviado por balboa45 em 22/04/2007 - 11:19h

Muito boa essa discussão a respeito de qual distibuição é a melhor para o usuário leigo no Brasil e até para aqueles que são avançados (técnicos) que nunca trabalharam com o Linux. Partindo do pressuposto de que há uma necessidade imensa de avançarmos para a captação de mais usuários para o software livre e também porque os povos precisam se incluir digitalmente e a maioria dos governos não se preocupam, de fato, com esse problema preferindo pagar milhôes a Microsoft ou a outra qualquer para suas dependências; e outros governos, como no Brasil, que mesmo aderindo ao software livre o pratica dentro da máquina estatal, não extendendo para sua população, preferindo que o usuário use um software pirata ou compre um original, que ambos instalado só nos dão dor de cabeça posteriormente. O que é que adianta dizer que está fazendo inclusão digtal ( tímida e vergonhosa) oferendo através de programas, computadores a preços baixos, com um sistema livre muito mal personalizado e deixando a desejar para o usuário final, que agora teve ou vai ter a oportunidade de possuir um microcomputador e tendo como mais agravante, o não suporte em termos de usabilidade, não oferecendo em cada estado ou município cursos voltados ao uso do sistema linux e seus aplicativos cotidianos. Analisando por esse ângulo e preocupado com inclusão de verdade no nosso país e no mundo, vejo que o único sistema que pode fazer a incluusão é o GNU-LINUX e como no nosso Brasil, o nosso governo só quer viabilizar o software livre em suas dependências, acho que para apoiar na sua governabilidade, fugindo do real papel do estado que é servir sua sociedade, vejo o trabalho do kurumin Linux muito plausível. Não importa para nós, técnicos, analistas, programadores, etc, o que importa é que estamos falando de usuário leigo e que em termos de Brasil, o único trabalho real e concreto que traz uma usabilidade ao povão, que só quer excutar seus textos, suas planilhas, acessar emails, bate-papos, baixar suas fotos, gravar seus cds ou dvds e navegar pela internet e oferendo textos aos próprios usuários leigos para aprenderem a navegar pelo sistema, indiscutivelmente é o trabalho do Morimoto. Temos que aprender de uma vez por todas, que o usuário leigo não é um usuário avançado e ele é que quem paga nossos serviços, não querendo saber se tal distro é assim ou assado, querendo saber, de fato, que o sistema seja o menos complicado possível e que com uma boa vontade do usuário avançado possa explicá-lo o seu uso essencial detalhado. Não temos que pensar só em nós, até porque esse tipo de pensamento hoje em dia, está fora do contexto e se iguala ao pensamento proprietário, devemos pensar no crescimento do nosso país e por pensarmos assim, primeiro temos que pensar no crescimento do nosso povo e dos povos. Um abraço, viva a inclusão digital (de vedade) e viva o Linux.

[68] Comentário enviado por Markinho em 24/07/2007 - 14:02h

Acredito que qualquer um deles.

Pois, não obstante os mesmo sejam "Linux" não existe "ahh...esse é mais difícil que aquele.."....

O que existe são interfaces diferentes...

Uso o Ubuntu 7.04....estou quebrando a cabeça...até porque não sei nem mesmo instalar um antivirus com a extenção *.tar.gz

Não é diferente de outras distribuições....

Todas distribuições do Linux devem ser praticamente iguais...com comandos do terminal praticamente idênticos...

O que muda são programas instalados (em uma distribuição tem tais programas...em outra outros programas.....mas em ambas também os mesmos programas......exemplo: OpenOffice)....

Agora, se fizermos uma análise da dificuldade do Linux em relação ao Windows,...aí sim....há uma gama de diferenças....exemplo: no DOS do windows digitamos "ipconfig"....já no DOS do Linux (o nome não é DOS, mas sim "TERMINAL") digitamos "ifconfig"....

Agora, se fizermos comparação entre as distribuições do Linux...não existe um mais difícl que o outro....se um é difícil...o outro também será....se um é fácil..o outro também será.....o problema é que como estamos acostumandos com o windows, não temos nem idéia do que pode ser feito com o linux...é muita coisa diferente....comandos diferentes.....tudo diferente.......é uma novidade para todos nós a gama de programas....comandos....etc......

[69] Comentário enviado por Markinho em 29/07/2007 - 12:26h

E aew galera, beleza!?

Cabei de comentar aí em cima...mas hoje vim aki para mudar a opnião...

Vc iniciante, que pretende entrar no mundo Linux....aconselho o kurumin (instale o completo...o regular...não o light)....

Por que? Porque considero um sistema mais fácil que o ubuntu....ele é bem prático....já vem com muita coisa pronta....como por exemplo CODECS...que vc se dá muito mau quando está com o ubuntu.....no Kurumin já tem os CODECS que vc precisa para qualquer coisa....é um sistema que tem praticamente tudo que as outras distribuições possuem....a diferença é que o kurumin é bem mais fácil de mexer....até para instalar......pois aki consegui instalar o ubuntu com um programa.,...pelo windows....que baixa ele e já preparada tudo pra vc.....só que é um sistema MUITO PESADO....aqui rodou legal o KURUMIN....bem leve...prático...e tem praticamente tudo....mil vezes melhor que o ubuntu....

Valew...abraços!

[70] Comentário enviado por antonioleite em 29/07/2007 - 15:31h

Pessoal estou a muito pouco tempo utilizando Linux, mas acredito que ele é tão facil de utilizar quanto o Ruindows, além de ter muito mais pessoas dispostas a te ajudar a solucionar dúvidas que surgem eu particularmente utilizo o Debian, dan small linux e o Dizinha e são praticamente a mesma coisa eu acredito que quanto mais se utilizar o Sistema mais fácil o mesmo se torna, mas é lógico que ajuda uma distro mais amigavel para quem vem do Ruindows, principalmente na Instalação da mesma eu sugiro um Mandriva ou Suse,... é essa ai minha opinião....

INTE ++++

[71] Comentário enviado por adelsouza em 14/08/2007 - 13:14h

Bem, vamos lá... Quem aqui gosta de giló??? e de quiabo??
O caso aqui, na minha opinião, é de mediação de conflitos e objetivo.
E não de "puxar a sardinha pro seu lado" ou defender com unhas e dentes sua distro do coração.
Há pessoas que começaram (como eu) pelo Kurumin. Aliás, acho que é o caso da maioria... antes mesmo antes de termos a noção de alguma bagunça no desktop ou nos menus... ainda há aqueles que estão baseados em versões antiquissimas da distro. Eu acompanhei cada evolução do Kurumin, e o 7 está muito bom. Mas já usei Mandrake, Conectiva, a fusão Mandriva (tb achei legal), Debian, ELive, até DSL (Dawn Small Linux) já usei. Faltam um monte de distros pra experimentar, principalmente o Slack. Eu tb experimentei suco de graviola e detestei...
Nenhuma pessoa é igual. Nenhuma distro, por mais que derivada de outra, é igual. Meu primeiro esporte é voley, aqui no Brasil o da maioria é futebol. Tastes (gostos) não deveriam ser discutidos, "flames" como esse não levam a nada. Estudar "cases" (casos concretos) como este do artigo são extremamente válidos, pois descrevem uma implantação que não vai elevar o nome só do Kurumin ou do Ubuntu, mas do Software Livre.
Não sou o dono da bola, nem tenho a intenção de desmerecer qualquer uma das opiniões aqui presentes. Acho o Morimoto um visionário, está na minha linha de respeito logo abaixo do nome do Linus Torvalds.
Em casa estou usando Mandriva, aqui no trampo uso OpenSUSE em dual com o ruindows. uso o kurumin sempre que algum ruindows dá pau e eu preciso acessar a partição. Tudo é ferramenta, o importante é difundir o Linux, bom, eu acho.
O artigo está de parabéns, nota 10.
E o linux tb. Só acho que deveríamos usar toda essa "gana" com os novos usuários, seja em qual distro for. Entre nós, só como exercício.
Qual distro eu prefiro? Prefiro LINUX.

Abraços.

[72] Comentário enviado por kuruman em 01/11/2007 - 18:17h

kra discor um poko .. a instalação do ubuntu é muito facil ... se vc ja instalo o windows vai se babinha mano ... ele é sim um pouquinho difissil de achar as coisas nos menus mais é só de pois de no máximoi duas semanas de uso vc ja pega pratica; ele é assim por sem bem enchuto do que o kde que tem muita coisa na tela... acho um tanto quanto meio que sujo visualmente, mais é so configurar legal que fica otimo .. flw aew

[73] Comentário enviado por maickelpc em 22/11/2007 - 17:35h

tai...resolveu uma duvida que eu sempre tive

[74] Comentário enviado por SuporteTecnicoID em 06/01/2008 - 14:35h


Que tal experimentar o ResuLinux?
http://linuxhard.org/?page_id=3
A distribuição com projeto puramente nacional mais rapida usando kde.

Estavel, simples, objetiva , completa, e com auto nivel de facilidade.

Suporte Técnico pelo forum, um dos mais rapidos.
Proximidade grande com os desenvolvedores do projeto, liberdade de opinião e democracia de decisões sempre ouvindo os seus usuarios.
Instalação altamente intuitiva .
abraços, e venham conhecer o ResuLinux!
SuporteTecnicoID

[75] Comentário enviado por douglasdamame em 05/08/2008 - 16:54h

Olá,
Vou dar um de coveiro e retirar esta discurssão do fundo do buraco.

Atualmente não sou utilizador do Linux, acho que por comodidade e falta de tempo em ficar lendo a prendendo mais sobre linux, além de programas que utilizo frequentemente, como photoshop e dreamweaver, que não tem para linux.... ai vão me dizer que tem alternativas para linux, ... sim , eu sei que tem e já testei todas, mas vocês mesmos sabem que não é a mesma coisa e quem trabalha como webdesign ou webmaster irá entender, portanto continuo me irritando a cada dia com o ruindows e esperando a cada dia que eu tenha tempo para aprender mais sobre o linux e outras libguagens de programação, como o PHP e etc.

Já instalei em minha máquina o Ubuntu e gostei muito, nada complicado de instalar e até fazer o dual boot, apenas o retirei quando fiz a formatação da minha máquina e como queria continuar a usar os programas que estava acostumado, instalaei apenas o windows.

Baixei agora o kurumim para testar e posso garantir que para usuários ele se parece muito mais com o windows.

O que vocês, que desenvolvem o linux tem que ter em mente, é que 80% das pessoas que utilizam o computador são usuários e não querem nem saber em pegar um livro ou apostila e muito menos saber para que serve um bendito comando. O usuário quer entrar no sistema, enviar e receber e-mail, navegar na internet, ouvir musica, assistir clipes e filmes e utilizar programas do Office (open office eu acho extremamente ótimo) e mais nada, sem complicação e tudo pronto sim.... eles não irão querer ficar tendo que digitar comando para configurar uma impressora, um monitor ou um webcam.

Equanto todas as distros de linux não entender que isso é que é importante, não interessando se é KDE ou Dubian para o usuário, o linux sempre será para eles um SO complicado e que é melhor ter um WIundows pirata do que um SO Livre.

O que os usuários querem é simplicidade e facilidade.

Ou alguém aqui já teve que ir no DOS do windows para instalar uma impressora?


Para béns a todos vocês que lutam pelo linux, parabéns ao Ubuntu e ao Kurumim, pois estes dois foram que eu testei até agora, mas parabéns a todos...


[76] Comentário enviado por Metalhead em 08/09/2008 - 09:51h

Entre o Ubuntu e o Kurumin, fique com o Kurumin. Tem também o SO Kubuntu, que, grosso modo, é mais semelhante ao Windows que o Ubuntu (apesar de ser baseado neste último)


Para usuários leigos (que devem ser a maioria quase absoluta na instituição onde tu trabalha), entretanto, Windows (sobretudo XP) continua sendo a melhor opção, apesar de existir a questão da pirataria (motivo pelo que certamente o EB está migrando pro Linux, como também ocorreu na instituição onde trabalho).

[77] Comentário enviado por jlmc1 em 17/09/2010 - 20:03h

Sou militar e trabalho na seção de informática do meu Batalhão, e em cumprimento ao plano de migração do Exercito Brasileiro, em 1 (um) ano foi migrada todas as maquinas de Windows para Linux Ubuntu. Esse processo se deu primeiramente com a substituição das ferramentas offices ( msoffice para broffice) e depois a substituição do sistema de Windows XP para primeiramente para a distribuição Kurumin 7 e depois para Ubuntu sendo uma distribuição mais amigável que permite ate a utilização de temas parecidos com o Windows facilitando uma maior aceitação do usuário. Tudo foi planejado para que a migração acorresse de uma forma suave e tranqüila com inicialmente problemas de resistência dos usuários, mas superadas pelas facilidades que a ambiente desktop Linux trás na atualidade nos tornando uma das poucas unidades do Exercito Brasileiro a migra 100% para Linux sendo que a seção de informática já teria migrado a mais de 5 (cinco) anos utilizando a distribuição Debian. Resultado disto:
0 (ZERO) problemas de vírus perda de arquivos formatação de computadores queda se serviços da rede sendo os servidores Linux mais leves e robustos.

[78] Comentário enviado por lucascientista em 30/06/2012 - 10:31h

é o que eu digo o kurumin esta se saindo melhor que o ubuntu mas o ubuntu é o mai usado no mundo? ok?


Contribuir com comentário




Patrocínio

Site hospedado pelo provedor RedeHost.
Linux banner
Linux banner
Linux banner

Destaques

Artigos

Dicas

Tópicos

Top 10 do mês

Scripts