É o Linux somente para especialistas?

Este artigo discute conceitos divulgados erroneamente na imprensa sobre a "complexidade" do Linux no desktop. Serão abordados tópicos que vão desde a maturidade das interfaces gráficas do Linux, custo x benefício (Windows x Linux), impactos negativos do monopólio da Microsoft e responsabilidades que devemos ter enquanto divulgamos software livre.

[ Hits: 35.536 ]

Por: Perfil removido em 10/02/2005


Escolhendo o sistema



Há duas semanas um jornal de grande circulação na cidade do Rio de Janeiro publicava no seu caderno de informática, no editorial, o seguinte texto:

"Escolhendo um sistema

Caros amigos, escolher um sistema operacional para uso nos mais diversos tipos de máquinas é um dilema que aparece em muitas das mensagens que recebemos. Na minha opinião, a escolha ainda não é trivial, mas já foi bem mais complicada que hoje. Mesmo assim, alguns fatores devem ser observados. Falemos então um pouco sobre eles.

A primeira escolha é entre usar Windows ou outro sistema, principalmente o Linux. Infelizmente, penso que o último ainda não amadureceu o suficiente em sua interface para ser usado por pessoas menos experientes. Recomendo-o somente para especialistas [destaque nosso]. Ainda há a opção do bom e velho Mac, com seu OS X, mas seu alto custo está fora do orçamento da maioria.

Assim sendo, para 95% dos usuários, a melhor relação custo-benefício ainda é o Windows. É claro que isso está mudando, mas acho que ainda vai levar algum tempo para que os efeitos deste processo cheguem à maioria. Por isso, a partir da próxima semana, dedicaremos algum tempo falando da versão que hoje vem instalada em 99% dos nossos micros com sistema operacional instalado: o Windows XP, tentando responder porque ele se tornou praticamente uma unanimidade de escolha para fabricantes(...)"

Como um texto aparentemente técnico apresenta em si mesmo tamanha contradição nas informações!!! Será que os conceitos ali publicados resistem a uma análise um pouco mais profunda???

Bem, tentemos!...

    Próxima página

Páginas do artigo
   1. Escolhendo o sistema
   2. Dilema na escolha
   3. Custo x benefício
   4. Monopólio
   5. Divulgando o Linux: Responsabilidades dos usuários
   6. Referências
Outros artigos deste autor

Solução de backup para servidores Windows, Linux & BSD’s

Lapidando a configuração do mplayer

Block Hosts: Bloqueando ataques de força-bruta (brute force) em FTP, SSH e outros

Banda Larga é um direito de todos!

Metaspoit: Brute force + invasão com meterpreter encriptado com RC4

Leitura recomendada

Cadê a Comunidade!?!?

Pirataria - aliada da Microsoft?

Porque Linux não emplaca em desktops

Qualidade de respostas

Por que as pessoas geralmente não usam Linux?

  
Comentários
[1] Comentário enviado por morvan em 10/02/2005 - 09:35h

Excelente artigo, acvsilva. Nota 1000. Gostaria de acrescentar um fato: dificilmente se instala um Windows "andando nos cascos", sem no mínimo uma visita a um sítio, para resolver problema de um driver (seja de USB 2.0, Vídeo, Áudio, etc. Precisa de um SP(N) sempre, principalmente para os mais novos (XP E 2k)). No Linux, via de regra, a máquina sai pronta do laboratório, com todas as dependências de dispositivos resolvidas. Apesar do senso comum, no meu local de trabalho, pelo menos, esta é a tônica. Isto é ou não maturidade?

[2] Comentário enviado por vodooo em 10/02/2005 - 10:57h

Estou sem palavras!!!

Ótimo artigo!

É impressionante como algumas pessoas falam sobre coisas que não conhecem, e falam erroneamente, pois o Linux está pronto para qualquer ambiente de trabalho sim!

Abraços

[3] Comentário enviado por hellnux em 10/02/2005 - 11:31h

Bom artigo amigo........

Infelizmente temos que aturar essas informações equivocadas, o pior é que vem de pessoas que julgam saber alguma coisa.

Valeus.....

[4] Comentário enviado por tuxjpa em 10/02/2005 - 12:52h

Bacana este artigo, temos que mostrar para as pessoas que elas estão sendo alvo de um monopolio da M$.

Vlw...
Abraço.

[5] Comentário enviado por tutasme em 10/02/2005 - 15:21h

blz
Tenho Linux instalado (suse 8.2) e te-lo como Desktop foi muito facil, apenas dar o boot pelo cd, escolher idiomas etc.. nada que fuja as regras de instalacao de qualquer SO. Sem amadurecimento ideal o Linux e suas distribuicoes nao alcancaria o desktops que o utilizam hoje.
viva o linux

[6] Comentário enviado por buzzard em 10/02/2005 - 16:00h

Muito bom artigo, argumentos com fundamentos lógicos.
Quanto a parte "Custo x Benefício" eu só tenho que concordar porque o Windows para você ter "tudo" você tem que comprar o Windows, Office etc e no final o custo fica alto enquanto no Linux você já vem com suporte a maioria das coisas.

Parabéns pelo artigo.

[7] Comentário enviado por wester em 10/02/2005 - 16:48h

Ótimo texto! Apenas como complemento à questão de monopólio da MS, há alguns meses, precisei trabalhar na aquisição de 5 computadores. Devido à urgência, entrei em contato com a Dell, passei toda a minha configuração e no final, o atendente me passou o preço do Windows XP Professional. "Não, eu só vou querer as máquinas. Não vou usar esse SO", eu disse. Bom, aí o vendedor me disse que é obrigatório. Venda casada agora? Não mesmo! Acabei encomendando as máquinas numa loja comum mesmo...

[8] Comentário enviado por jragomes em 10/02/2005 - 17:03h

O problema da venda com sistema operacional é legal... em algum lugar diz que um computador só pode sair de fábrica com SO. Tanto é que para evitar isso, acho que a propria Dell nos EUA, te dá a oportunidade de instalar um DOS que custa uma ninharia e ainda fica dentro da lei.
E esse negócio de só poder sair com um SO é por causa das parcerias que eles tem com a M$, eles ganham desconto e tudo.

Agora quanto ao artigo, só elogios, muito bem escrito, linguagem clara e direta. Parabéns!

[9] Comentário enviado por wester em 10/02/2005 - 18:10h

Bom, legal certamente é, acho que não arriscariam tanto. De qualquer forma, no meu caso a única opção era esse ou o Windows 2000. Pode estar dentro da lei, mesmo assim considero venda casada, pois queriam me forçar a comprar algo que eu não precisaria.

[10] Comentário enviado por removido em 10/02/2005 - 18:37h

Caro wester:

esta venda casada é típica do monopólio...
Abraços,

;-))

[11] Comentário enviado por gelemeurer em 10/02/2005 - 18:58h

Cara nota 10!!! Valeu!

[]s

GM


[12] Comentário enviado por anp em 10/02/2005 - 21:39h

Excelente !!! É a única palavra para esse notável artigo ! Parabéns.

Obs.: relação custo x benefício. Nada mais !

[13] Comentário enviado por warlinux em 11/02/2005 - 15:19h

Poderiamos realizar um teste instalar o Windows XP e o Conectiva 10, numa mesma máquina e veremos qual daria mais trabalho para colocar funcionando, com os drives e atualizações tudo funcionando.

Não dê opiniões ao que você não conhece, como falar que é melhor ou pior se você não conhece.

Se o cara falou que o Linux é imaturo, ou para especialistas, logo ele não sabe usar então como pode julgar.

Ou todo mundo, já nasceu sabendo a usar o Windows, só acham ele mais fácil pois foi o primeiro que aprendemos a usar.

Falow fui...

[14] Comentário enviado por rhGangster em 13/02/2005 - 13:40h

nossaaaaaaaa pra vcs eu n sei mas soh do cara falar q windows ta em 99% de maquinas, oq diz dos outros, no minimo 1% das outras versoes do windows? kde os outros operacionais??? aff cara a alguns anos a superdownloads fez uma pesquisa e saiu perguntando pra galera qual era melhor pra eles, linux ou windows, linux venceu... 46% ¬¬ e isso ja faz algum tempinho, leiam isso na revista ArquivoLinux n2 q veio com a GeeK n15 .... fuiZzZZZ

[15] Comentário enviado por Meuapelidoaqui em 13/02/2005 - 18:44h

Muito bom oq vc fez, pegou o artigo e partiu ele, explicando corretamente. Muito inteligente.

[16] Comentário enviado por Herr_Filip em 08/12/2005 - 11:33h

Apenas algo que eu achei interessante:

O título do artigo do Jornal era "Escolhendo um SO"?
Se for, (ou mesmo que nao seja), o maravilhoso autor do artigo do JORNAL fez a escolha dele, com base em algo que ele desconhece e somente fala sobre uma das opções: Windows XP.

Imagem isso:
"Comparativo entre o Chevrolet Astra e Fiat Stilo:
Como o Astra nao traz teto-solar na versão X, vamos analisar apenas o Stilo"

Ou seja, o autor do artigo do Jornal nao teria como traçar uma comparação entre Windows e Linux, porque ele nunca deve ter tido nenhuma experiencia com Linux.

Entao porque o jornal não deu o titulo do artigo algo como:
"Mais uma chupação de Ovo p/ Microsoft: Falando sobre o XP"

Nao gosto de ler artigos de informática em jornal, nem algumas revistas por aí, pela simples falta de conhecimento em Linux

São obrigados a conhecer Linux? Nao. Nao sao. Entao nao falem o que nao sabem!

Na minha opinião, o autor do artigo do Jornal devia ir fazer o que sabe: capinar.

[17] Comentário enviado por Herr_Filip em 08/12/2005 - 11:34h

OBS: esqueci de dizer, parabéns pelo artigo!!

[18] Comentário enviado por emersonat em 28/12/2009 - 09:34h

Bom seu artigo.
Sou usuario basico do Linux ja a 5 anos e confesso que algumas coisas ainda no windows são mais conhecidas e de facil utilização.
Creio que a mudança é uma questao de tempo.
Valeu

[19] Comentário enviado por Sidinei Pereira em 25/10/2010 - 10:30h

Sem palavras...
Um ótimo artigo.
custo-benefício combina com Open source e não para o windows...
Uma falta de conhecimento em Linux acaba denegrindo a imagem deste belo sistema.



Contribuir com comentário




Patrocínio

Site hospedado pelo provedor RedeHost.
Linux banner
Linux banner
Linux banner

Destaques

Artigos

Dicas

Tópicos

Top 10 do mês

Scripts