Como manter GNOME2 em Sabayon Linux

Este artigo descreve como manter o ambiente gráfico GNOME2, evitando que seja atualizado ao GNOME3, o que
quebraria o GNOME2 completamente! Isto acontece pois o Sabayon é uma distribuição Rolling Release, constantemente
atualizável.

[ Hits: 16.921 ]

Por: Alberto Federman Neto. em 29/08/2011 | Blog: https://ciencialivre.blog/


Introdução e Primeiro Método



Introdução

Vimos que recentemente, o GNOME3 foi colocado na árvore do Portage como Gentoo como estável.

A consequência disso é que o Sabayon, baseado em Gentoo, e "Rolling Release" (automaticamente atualizável), e em certas circunstâncias, também "Bleeding Edge" (com pacotes novos, instáveis ou em teste), perderá em breve seu GNOME2.

Seguindo essa tendência, se atualizado totalmente, o Sabayon com GNOME migrará para GNOME3, e isto deverá quebrar (quebra, eu testei!) o GNOME2, que não poderá mais ser usado.

Ocorre que o GNOME3 é bastante diferente, não compatível com Compiz, ainda não estável etc. E pode ser que você já tenha seu Sabayon todo configurado para usar GNOME2 e não queira atualizar.

No momento, as ISOs Oficiais estáveis ainda são GNOME2, mas em breve, não serão mais.

Se quiser um Sabayon com GNOME2, neste meu site, você poderá baixar as duas ultimas ISOs (32 e 64 Bits) de Sabayon Linux com GNOME2: Na Figura 1, o aplicativo Sulfur (em Sabayon com Repositório "Testing" Limbo ativo) ilustra as atualizações propostas, que converteriam todo o GNOME2 em GNOME3:
Linux: Como manter GNOME2 em Sabayon Linux.
Figura 1
Então, você diria: "eu uso Sabayon e quero manter meu GNOME2, como faço?"

Vamos ver, ha vários jeitos, uns mais fáceis, outros menos.

Primeiro método - Não ativar repositório Limbo

O jeito mais simples: Usando um editor de texto em modo Root, comente (como mostrado abaixo) as linhas do Repositório Sabayon experimental, o Limbo, se o estiver usando.

O Limbo se encontra no arquivo /etc/entropy/repositories.conf.

No arquivo, comente todas as linhas do Limbo, assim:

#repository|sabayon-limbo|Sabayon Linux Limbo Repository|http://#pkg.sabayonlinux.org/entropy|http://pkg.sabayon.org|
#repository|sabayon-limbo|Sabayon Limbo|http://na.mirror.garr.it/mirrors/#sabayonlinux/entropy|http://pkg.sabayon.org|
#repository|sabayon-limbo|Sabayon Limbo|http://ftp.nluug.nl/pub/os/Linux/#distr/sabayonlinux/entropy|http://pkg.sabayon.org|
#repository|sabayon-limbo|Sabayon Limbo|ftp://www2.itti.ifce.edu.br/entropy|http://pkg.sabayon.org|
# repository|sabayon-limbo|Sabayon Limbo|ftp://sabayon.c3sl.ufpr.br/sabayon/entropy|http://pkg.sabayon.org|
# repository|sabayon-limbo|Sabayon Limbo|http://www2.itti.ifce.edu.br/entropy|http://pkg.sabayon.org|
# repository|sabayon-limbo|Sabayon Limbo|http://sabayon.c3sl.ufpr.br/entropy|# http://pkg.sabayon.org|


Isto fará o GNOME3 não ser "chamado" pelo Entropy, pelo Sulfur para atualização. Depois faça uma atualização dos repositórios:

sudo equo update --force

Deste modo, sem o repositório ativo, os upgrades para GNOME3 não aparecerão.

A desvantagem maior deste método, é que em breve, poderá não funcionar mais, quando o GNOME3 for totalmente oficializado, muito em breve.

Você poderá ver que não funcionará quando, mesmo com os repositórios Limbo não ativados, as atualizações para GNOME3 forem propostas. Passe então, aos métodos 2 ou 3.
    Próxima página

Páginas do artigo
   1. Introdução e Primeiro Método
   2. Segundo Método - Não atualizar o GNOME2
   3. Terceiro Método - Mascarando os pacotes de GNOME3
   4. Recuperando o GNOME2 e Conclusão
Outros artigos deste autor

Otimizando o Sabayon Linux (inclusive o Firefox)

Ajustando a hora do micro com extrema precisão

Resolvendo problemas de rede em Linux

Comparando desempenho de distros, arquiteturas ou ambientes gráficos - Método universal

Linux pode ser usado por todo mundo! Escolhendo o seu primeiro Linux. Duas Filosofias fundamentais

Leitura recomendada

Usando o cURL - Client URL

Encontrando um emprego no universo OpenSource

Criando mirror do AVG 7.5 free

Invadiram o kernel.org?!

Criar CD de instalação a partir do HD

  
Comentários
[1] Comentário enviado por albfneto em 30/08/2011 - 12:07h

COMPLEMENTO:

Atualizado até 15 de Setembro de 2015.

Útil para proteger o KDE4, para que não seja atualizado ao KDE5.
Basta usar os pacotes do KDE4 e não os do GNOME2.


[2] Comentário enviado por mcnd2 em 30/08/2011 - 22:25h

Belo artigo.

Quando você fala em 'quebrar' atualizando para o gnome 3, isto significa que o sistema não vai mais subir ou apenas não poderá ter mais o gnome2?

Tô curiosos para testar esse método, mas como meu note dell deu pau e esta na garantia vou ficar na vontade...

Parabéns @albfneto.

[3] Comentário enviado por albfneto em 30/08/2011 - 23:19h

Não terá mais GNOME2, nem compiz, nem Screenlets, nem Cairo-Dock... ambiente GNOME2 não funcionará mais (e seue pacotes serão sobrescritos) e nem nada que funcione nele...
o que não for sobresacrito,, como compiz, screenlets e cairo-dock, estarão ainda ativos, precisa tira-los, senão não abre GNOME3.
portanto é assim, com GNOME2 apagado, deletado, e gnome3 que não abre!
o que aconteceria é isso aqui:

http://forum.sabayon.org/viewtopic.php?f=57&t=25057

ao menos em Sabayon, GNOME3 é muito ruim. vc verá em meu outro artigo, ele destrói XFCE, LXDE e os outros ambientes gráficos, menos KDE, e compiz tb!


Contribuir com comentário




Patrocínio

Site hospedado pelo provedor RedeHost.
Linux banner
Linux banner

Destaques

Artigos

Dicas

Tópicos

Top 10 do mês

Scripts