Compartilhando o Terminal

Muitas vezes queremos passar o passo-a-passo de algo para um amigo ou demais pessoas e é simplesmente seguir utilizando o terminal e explicando onde for necessário. Gravar toda a tela com programas como Kazam, Record My Desktop e similares é uma opção, mas talvez não das melhores, ainda mais se você preza por sua RAM.

[ Hits: 3.550 ]

Por: Gildásio Júnior em 29/10/2015


Introdução



Artigo originalmente postado em: [CLI Lindo!] Compartilhando o termial – ShellShare & Asciinema | gjuniioor

Muitas vezes queremos passar o passo-a-passo de algo para um amigo ou demais pessoas e é simplesmente seguir utilizando o terminal e explicando onde for necessário. Gravar toda a tela com programas como Kazam, Record My Desktop e similares é uma opção, mas talvez não das melhores, ainda mais se você preza por sua RAM. haha

Pensando nisso surgiu o ShellShare [1], um projeto do Vitor Baptista, aberto e hospedado no Github. Como o próprio nome já informa, é um software responsável para fazer o compartilhamento do terminal, falarei melhor mais adiante.

Além desse ShellShare - que é como um live do terminal - tem o Asciinema [2], que grava o terminal e deixa online como um vídeo à seu dispor.

Vou fazer duas sessões nesse post: uma sobre o ShellShare e uma sobre o Asciinema, então, eles se completam.

ShellShare

Na própria descrição do projeto é mostrado para o que foi feito, simplesmente: compartilhar o terminal. Apenas como um broadcast, ou seja, quem estiver assistindo não poderá controlar seu computador através deste.

A instalação é muito simples, basta fazer download do binário e ter Python em seu computador. Difícil, não?!

wget -qO shellshare http://get.shellshare.net

A opção '-q' do wget faz com que não haja saída em tela do comando, e a '-O' determina qual o nome do arquivo baixado.

Depois disso, basta dar permissão de execução para ficar melhor utilizável e mover para um caminho do path, se assim quiser.

chmod +x shellshare
$ echo $PATH
$ sudo mv shellshare /usr/bin


Uso:

Depois disso feito, o programa já pode ser utilizado em qualquer lugar do computador. Portanto, basta executar o comando e irá retornar um link. Esse link você passa para quem deve visualizar o compartilhamento e seja feliz!

Para finalizar a execução do ShellShare, use o comando 'exit' ou tecle 'ctrl+d'.

Para fazer um melhor uso, utilize a opção help:

shellshare --help
usage: shellshare [-h] [-v] [-s SERVER] [-r ROOM] [-p PASSWORD]

Transmits the current shell to shellshare

optional arguments:
  -h, --help            show this help message and exit
  -v, --version         show program's version number and exit
  -s SERVER, --server SERVER
                        shellshare instance URL (default: shellshare.net)
  -r ROOM, --room ROOM  room to share into (default: random room)
  -p PASSWORD, --password PASSWORD
                        room's password (default: random password)

Perceba as opções '-r' e '-p' são minhas favoritas. Utilizando elas você pode utilizar uma sala de sua escolha e configurar uma senha, para somente quem a tiver poder acessar. Bacana, não?!

Asciinema

Já falei sobre ele, não há muito o que acrescentar, simplesmente: grava o terminal e disponibiliza na web por um player em js.

Instalação:

Não preciso explicar muito essa parte, já é bem documentada no próprio site do projeto: [3].

Em suma, provavelmente está nos repositórios de sua distribuição.

Uso:

Basta rodar o comando de gravação:

asciinema rec

Após isso vai começar gravar. Para finalizar, digite o comando 'exit' ou pressione 'ctrl+d'.

Automaticamente, após a finalização, vai perguntar se você quer fazer upload, pressionando sim, em instantes irá retornar um link onde poderá assistir à gravação. Por enquanto, esse usuário não está registrado, ou seja, tu não poderá editar nada após isso.

Mas temos uma solução! Execute o comando:

asciinema auth

Que ele vai te passar um link para acessar pelo browser. Após isso, basta inserir e-mail, verificar... Ou seja, basta seguir um procedimento "next like".

Assim como recomendei para o ShellShare, para o asciinema, é bom olhar o help dele para ter uma noção de novas opções.

asciinema --help
usage: asciinema [-h] [-y] [-c <command>] [-t <title>] [action]

Asciicast recorder+uploader.

Actions:
 rec              record asciicast (this is the default when no action given)
 auth             authenticate and/or claim recorded asciicasts

Optional arguments:
 -c command       run specified command instead of shell ($SHELL)
 -t title         specify title of recorded asciicast
 -y               don't prompt for confirmation
 -h, --help       show this help message and exit
 -v, --version    show version information

Como por exemplo a opção '-t' que já configura o cast na web com um título.

Conclusão

Bem, basicamente, é isso! São duas ótimas formas de compartilhar o terminal, sem precisar de um pesado Recorder My Desktop ou um sugador como um Hangouts.

No mais, have fun e até mais ver!

Referências

[1] - https://github.com/vitorbaptista/shellshare
[2] - https://asciinema.org/
[3] - https://asciinema.org/docs/installation

   

Páginas do artigo
   1. Introdução
Outros artigos deste autor

WeeChat - Um (O) cliente IRC CLI

Instalação do Arch Linux com LVM + Luks

VirtualBox no Arch Linux

A pós-instalação do Arch Linux

Transmission-CLI - Gerenciando torrents via CLI

Leitura recomendada

Os Caminhos Para Certificação LPI1

Como criar pacotes para o Arch Linux (parte 2) - pacotes svn e cvs

Instalando Debian através de um win32 executável

O que fazer com o BASIC LINUX

Backup remoto usando SSH

  
Comentários
[1] Comentário enviado por edps em 29/10/2015 - 22:09h


Engraçado é que essa semana atualizei minha dica no blog:

https://edpsblog.wordpress.com/2015/03/21/how-to-asciinema-expansao/

E já ia mandar para o VOL, mas vc saiu na frente! rsrs estou usando bastante o asciinema, minha última shot contém 4 links sobre um dist-upgrade do Wheezy para o Jessie (sem systemd, pulseaudio ou network-manager):

http://www.vivaolinux.com.br/screenshot/Openbox-Jessie-systemd-free/

O outro eu não conhecia, thanks por compartilhar.


Contribuir com comentário




Patrocínio

Site hospedado pelo provedor RedeHost.
Linux banner
Linux banner
Linux banner

Destaques

Artigos

Dicas

Tópicos

Top 10 do mês

Scripts