Guerra no Rio

13. Re: Guerra no Rio

j g meinhardt
meinhardt_jgbr

(usa Debian)

Enviado em 29/11/2010 - 19:28h

Desculpe discordar companheiro André (pinduvoz) porém se uma camera de vídeo é capaz de captar a imagem daqueles bandidos apontando suas armas exatamente na direção do reporter, qualquer atirador de bom nível com um fuzil com mira telescópica, não apenas poderia como deveria abater o vagabundo, pois como lembrou bem o companheiro Acvsilva, cara armado sem uniforme é bandido ou terrorista, fugindo aos padrões das convenções com a de Genebra. Houveram várias imagens dos vagabundos brincando em cima das lajes com armas na mão, apontando em direção aos policiais e reporteres e atirando a esmo. Possivelmente ia pegar mal liquidar aqueles vagabundos em fuga, mas bem que poderiam haver praticado tiro ao alvo com tantos daqueles outros que ficavam dando sopa.


  


14. Re: Guerra no Rio

Andre (pinduvoz)
pinduvoz

(usa Debian)

Enviado em 29/11/2010 - 19:52h

Se o bandido está atirando em direção às pessoas, atirar nele é legítima defesa de terceiro.

Mas se ele está fugindo, atirar nele não se justifica perante o direito posto, salvo se a intenção é impedir a fuga (tiro na perna, por exemplo).

Não sou criminalista, e nem mesmo gosto da área, mas insisto na defesa do estado de direito, pois é a lei que deve lidar com o criminoso e não o justiceiro de plantão.


15. Re: Guerra no Rio

Perfil removido
removido

(usa Nenhuma)

Enviado em 29/11/2010 - 20:01h

Sr. Jorge, não foi num sentido negativo pelo cotnrário. ahhahaha
E Sr. pinduvoz, nem se ele estiver atirando não se deve retribuir, o ditado foi deveras bem colocado e é de total significância. Que tal acabarmos com o tráfico da mesma forma que acabamos com a dignidade feminina (com novelas, moda e pornografia que resumem influencia direta da midia)? Se a mídia tem o poder de influenciar para o mal por que não pdoeria fazer o oposto? Diplomacia bem empregada derruba qualquer um, seja ele um governo, uma nação ou toda humanidade. Alguém conheçe a história de Mahatma Gandhi?


16. Re: Guerra no Rio

Perfil removido
removido

(usa Nenhuma)

Enviado em 29/11/2010 - 20:08h

Quem dessa politicagem está interessado em direitos seja ele individual ou social?
O interesse é financeiro, como bem sabem.
Se for de real interesse(R$/U$) que se acabe com tudo isso, tudo isso já era!



17. Re: Guerra no Rio

Perfil removido
removido

(usa Nenhuma)

Enviado em 29/11/2010 - 20:11h

É mas tem que ser de "Real" interesse.
Pode ser de "Dólar" interesse também, entre outros.


18. Re: Guerra no Rio

Ednilton Santos de Oliveira
ednilton_so

(usa KUbuntu)

Enviado em 29/11/2010 - 20:26h

O sr. Jorge colocou bem a ideia da maioria dos brasileiros. O problema é que, como sempre, sempre esquecem dos detalhes.

Talvez você não saiba, mas nem todos os bandidos são porque querem ser e nem todo ficha limpa é do bem. Antes de ser traficante, alguns deles
1. Passou fome quando era criança;
2. Era espancado pelos pais;
3. Teve algum parente que morreu de gripe por falta de atendimento médico;
4. Foi espancado por policiais só por ser "favelado" e ainda foi condenado por desacato à autoridade;
5. Já chegou em casa sem ter nada e viu filhos chorando de fome;
6. Já foi humilhado por alguém porque era um "favelado miserável";
7. Não sabe o que é lazer, só o que é trabalho e sofrimento;
8. Muito pior que isso.

Se você acha que esse cidadão é o culpado, é porque anda vendo muita novela da Globo. O principal culpado disso tudo são os governantes e a sociedade. Antes que essa pessoa, que provavelmente nunca teve o direito de se defender, tenha cometido UM crime contra a sociedade, a sociedade já cometeu VÁRIAS atrocidades contra ele.

Enquanto você pede o ASSASSINATO dessa pessoa, aposto que você vota noutra que já matou, pelo menos de fome, milhares de pessoas. É isso que você chama de justiça?


19. Re: Guerra no Rio

advlou
advlou

(usa Outra)

Enviado em 29/11/2010 - 20:41h

Os justiceiros estão à margem da lei. E tudo que está à margem da lei não deve ser aceito pela sociedade pois, cedo ou tarde, volta-se contra a própria sociedade.


20. Re: Guerra no Rio

Andre (pinduvoz)
pinduvoz

(usa Debian)

Enviado em 29/11/2010 - 20:50h

Ednilton,

vc tem "muita" razão, mas não é só o meio que forma o indivíduo. Muita gente boa sai das favelas ou das classes baixas, galgando posições invejáveis na sociedade brasileira (lembre-se do nosso "presidente operário" e "fugitivo da seca").

A saída para o país está mesmo na educação, que abre oportunidades iguais e baseia o sucesso no trabalho de cada pessoa, ou seja, em mérito próprio. Precisamos que a educação chegue na favela, no morro e no gueto, assim como a polícia (leia-se "a lei e a ordem") está chegando.


21. Re: Guerra no Rio

Perfil removido
removido

(usa Nenhuma)

Enviado em 29/11/2010 - 21:04h

Sou pessimista quanto a isso.
Terminando os eventos a violência voltará fortalecida com armas mais poderosas e custeadas por drogas mais caras ainda.


22. Re: Guerra no Rio

Alex
Lordmetalex

(usa Linux Mint)

Enviado em 29/11/2010 - 21:14h

Eu sei que não se deve rebater a violência com a violência, tenho certeza que os dedos dos atiradoes de elite até coçaram de vontade de sentar bala na bandidagem, quando estes fugiam, mas daí vem o direito que até eles tem de viver. Agora, como dizer isso para aquela família que perdeu uma filha, morta com uma bala perdida que acertou o peito dela dentro de casa? Essa retomada do Rio de Janeiro é louvavel mas não é tudo; a polícia tem que estar presente o tempo todo nessas áreas,o governo tem que criar oportunidades para os cidadãos que ali vivem (empregos e especialização técnica), água encanada e tratamento do esgoto, coisas básicas que teóricamente é direito de todos cidadãos. Mas será que isto é interessante para os políticos?


23. Guerra no Rio

MARCELO HENRIQUE BERNARDES RODRIGUES
marcelohbr

(usa CentOS)

Enviado em 29/11/2010 - 21:24h

Concordo plenamente com vc! Deveriam ter feito isso ha muito tempo. o Estado tem poder, não precisar deixar a população ficar passando por maus bocados por causa desses bandidos.
Mas todo esse contingente e ainda deixarão eles escaparem pelo esgoto. Isso prova que a poilicia nao tinha informação alguma sobre a real situação do morro. Espero que não voltem a atacar e a causar prejuísos a pessoas inocente...

Marcelo


24. Re: Guerra no Rio

Clodoaldo Santos
clodoaldops

(usa Linux Mint)

Enviado em 29/11/2010 - 23:12h

Aposto que no meio da bandidagem que corria naquele morro não havia nehum pai da familia preocupado com o futuro de seus filhos ou de sua esposa... alias só havia malandro covarde pelando de medo... se derrubassem uns 10 ou 20 os outros sentavam e ficariam esperando serem presos.. ali não havia nehum inocente... e são esses covardes que metem a bala na sua cabeça se vc demorar 3 segundos p/ descer do carro... com esses não deveria haver misericordia... que fosse pelo menos um tiro na perna... e deixar os fdp com dor até a chegada do resgate... desculpem-me mas tbem ando PDV com toda essa situação... como dizia o coronel travassos ex-secetrario de seg pub em MT qdo eu era adolescente : bandido bom é bandido morto!