Guerra no Rio

49. Re: Guerra no Rio

Ayrton Gomes
marun

(usa Debian)

Enviado em 04/12/2010 - 13:29h

é mesmo, o termo caçu bodi refere a um assalto aqui em cabo verde, eles te tomam o dinheiro, a

roupa e muitas outras coisas;

exemmplo:
>>> ano passado foram dar caçu bodi numa mulher e ela tinha pouco dinheiro, uns centavos, como não gostaram disso, fizeram a mulher engolir as duas moedas que ela tinha .!.

>>>heheheh, o meu primo "aniltonf" ele também sofreu um caçu bodi, tomaram ele a grana e o ténis que ele tinha .!. ele foi pra casa que nem um mendigo .!. hhehehe muito cool mesmu


  


50. Re: Guerra no Rio

Sergio Teixeira - Linux User # 499126
Teixeira

(usa Linux Mint)

Enviado em 04/12/2010 - 14:09h

Como fazer música com qualidade e sobretudo simplicidade:
http://www.youtube.com/watch?v=KMRkuKUFl3I&feature=related
Coisas lá das ilhas do Marun...

A propósito, músicos por aqui não querem tocar em Casios com tonebank de jeito nenhum: Eles acham que é "tosco", ou que esse tipo de instrumento é "apenas um brinquedo". Se não for Roland ou algo que o valha, então nem pensar.
Eu penso assim: Quando se consegue qualidade com um equipamento "inferior", vale o resultado final. Eu já tive de improvisar um distorcedor de guitarra com um pequeno amplificador a pilhas e com um diodo em série com o altofalente. Ficou uma gambiarra tremenda, mas surtiu resultado desejado.
Músicos como Carlos Santana, Hermeto Pasqual e tantos outros conseguiram tirar som melodioso de folhas de papel ou de zinco, talheres, caixas de fósforo, serrotes...
Tinha um ancião da igreja que frequento que tocava todos os nossos hinos em uma folha - qualquer folha disponível no momento.

E por falar em gambiarras, quem ouve as gravações - sobretudo as mais antigas - feitas aqui no Museu da Imagem e do Som do Rio de Janeiro nem sequer imagina a dificuldade técnica para conseguir pelo menos o som - quanto mais a excelente qualidade.
Graças ao amigo Monteverde, o "santo" que conseguiu a maior partes desses verdadeiros milagres.


51. Re: Guerra no Rio

Sergio Teixeira - Linux User # 499126
Teixeira

(usa Linux Mint)

Enviado em 04/12/2010 - 14:22h

Marun,
Quando a polícia pega esses caras do caçu bodi, o que acontece?


52. Re: Guerra no Rio

Perfil removido
removido

(usa Nenhuma)

Enviado em 04/12/2010 - 14:28h

Caros Teixeira e Marun , boa tarde! o que é caçu bodi?


53. Re: Guerra no Rio

Ayrton Gomes
marun

(usa Debian)

Enviado em 04/12/2010 - 14:38h

Boa tarde

S.ra Freiana, caçu bodi é um termo do crioulo cabo-verdiano que serve para designar um assalto

fora do comum, onde o assaltante rouba muito mais que dinheiro, roupas enfim é um assalto mais

grave do que o normal .!. Eu sou cabo-verdiano , S.ra Freiana .!.

Teixeira, a polícia solta depois de alguns dias .!. infelizmente .!. infelizmente


54. Que horror!

Perfil removido
removido

(usa Nenhuma)

Enviado em 04/12/2010 - 14:42h

Marun estou assustada! Meu Deus! Olha aqui no Rio não está muito diferente não. Acho que vamos chegar logo logo!Por favor, pode me chamar de Vc! Senhora é muito pesado, sinto-me com uns 90 anos! O Teixeira, vai ser solto? Ele está preso?


55. Re: Guerra no Rio

Sergio Teixeira - Linux User # 499126
Teixeira

(usa Linux Mint)

Enviado em 04/12/2010 - 18:46h

Freiana, eu estou aqui mesmo no Rio de Janeiro...
Estava "preso" apenas no sentido de estar ocupado levantando mais um computador, um velho Pentium IV com 512MB de memória e monitor CRT de 15".
Botei o bichinho para rodar o Big Linux e está funcionando razoavelmente bem.
Claro que se tivesse 1 GB seria melhor, mas está dando para o gasto.
Em função disso, sumi durante algumas horas.

Bem, violência é violência, seja qual for a forma pela qual está sendo cometida.
Aqui no Rio tem AR-15, AK-47 e outras armas de guerra. Lá em Cabo Verde são revólveres, facas e facões. Para quem simplesmente passa por elas na qualidade de espectador, é coisa mais ou menos simples, e a gente vai ficando calejado com o tempo.
Porém ficar sob a mira de qualquer arma que seja é uma experiência muito traumatizante.
Fui praticante de artes marciais, incluindo nisso a defesa pessoal.
E aprendi duas coisas importantes, que faço questão de repassar:
1- Com faca não se brinca; ou se age conforme a oportunidade, ou fica-se quieto. Não existe um meio termo.
2- Existem defesas eficazes contra revólver ou pistola, mas nenhuma contra as balas.
Não existe "defesa póstuma". Para agir temos que ter certeza absoluta do momento exato. Se adiantar ou atrasar meio segundo o risco que se corre é demasiadamente grande, e esse erro coloca a nós e as pessoas à nossa volta em perigo;
E não me venham com aquela história de que "se fosse comigo eu teria feito isso e aquilo". Na verdade não teria feito era NADA. Mas o que exite de fanfarrões por aí, não está no gibi...


56. Re: Guerra no Rio

Perfil removido
removido

(usa Nenhuma)

Enviado em 04/12/2010 - 19:19h

Ah! O Marun colocou de um jeito que deu para entender isso! Que bom! conseguiu colocar o bichinho para funcionar! rsrsrsr. É muito divertido conversar com Vcs do Vol!


57. Re: Guerra no Rio

Ayrton Gomes
marun

(usa Debian)

Enviado em 04/12/2010 - 19:25h

Muito obrigado pela consideração S.ra Freiana, mas não me dei conta ainda do que se trata, me

desculpe pela falta de atenção .!.


58. Re: Guerra no Rio

Sergio Teixeira - Linux User # 499126
Teixeira

(usa Linux Mint)

Enviado em 04/12/2010 - 20:06h

A colega Freiana (Ana Cristina) é de São Gonçalo, cidade que fica do outro lado da "grande poça", digo, do mar.
Apesar de a distância que separa São Gonçalo do Rio de Janeiro ser bastante grande, ambas as cidades fazem parte do mesmo Estado que também tem o nome de Rio de Janeiro.
Só a Ponte Rio-Niterói, que é o principal acesso a Niterói (de onde se vai para São Gonçalo) tem 14 quilômetros de extensão.
Por aqui os lugares são geralmente grandes e muito populosos.
Cabra Marun, dá uma olhada no Google Maps para ter uma noção.


59. Re: Guerra no Rio

Ayrton Gomes
marun

(usa Debian)

Enviado em 04/12/2010 - 20:09h

hhehe, teixeira, esses caras desse video conheço todos, um até é meu Padrinho, aquele que usa

óculos .!. essa praia onde estão se chama " beach rotcha " ou mesmo Praia Rotcha; Veja algumas

imagens da minha terra : http://www.caboverde.com/images2/img-dg43.htm

beach rotcha: http://www.ecaboverde.com/img5009.htm



60. Re: Guerra no Rio

Perfil removido
removido

(usa Nenhuma)

Enviado em 04/12/2010 - 20:46h

É isso mesmo Teixeira, conhece São Gonçalo? É muito populoso mesmo!