Utilizando o X-Deep32 para rodar programas Linux em máquina Windows

Uma das vantagens do X Window System (sistema de janelas X. Exemplos: XFree86, X.org e outros) é ser bastante flexível e adaptável. Neste tutorial iremos usá-lo para a aplicação a qual ele foi desenhado originalmente para fazer: rodar aplicações gráficas remotamente. Para isto, usaremos o X Window rodando aplicações Linux no Windows.

[ Hits: 64.848 ]

Por: Renan Birck Pinheiro em 15/06/2005 | Blog: http://renanbirck.blogspot.com


Façamos o teste final



Tecnicamente está tudo preparado para executarmos aplicações Linux no desktop Windows, vamos aos preparativos finais.

Execute o PuTTY e em "Host Name" digite o IP do servidor Linux, em "Protocol" escolha "ssh". Em SSH -> Tunnels, marque "Enable X11 Forwarding" e em "X Display Location" digite ":0" (dois-pontos seguido de um zero, sem espaço entre os dois).

Clique em Open que a conexão será estabelecida.

Na linha de comando do PuTTY, digite:

export DISPLAY=<IP do cliente Windows>:0.0 (dois pontos zero ponto zero). O DISPLAY é SEMPRE em maiúsculas.

Exemplo:

$ export DISPLAY=192.168.63.1:0.0

ATENÇÃO: O DISPLAY é SEMPRE em maiúsculas.

Para certificar-se, digite:

$ echo $DISPLAY

Deverá aparecer o que você digitou anteriormente.

Exemplo:


$ export DISPLAY=192.168.49.2:0.0
$ echo $DISPLAY

192.168.49.2:0.0

Obviamente troque o '192.168.49.2' pelo IP do cliente (Windows).

Você pode querer fazer um shell script para isso.

Agora, o que fazer?

Se você escolheu "Multiple MS Window Mode" no item 5, experimente digitar no PuTTY:

$ xterm &

Aparecerá um xterm.


Se você escolheu "Single Window Mode" no item 5, experimente carregar o "twm", o gerenciador de janelas mais simples que existe:

$ twm &

Clique e segure o botão esquerdo no "visor" do X-Deep32 (a tela que está com um padrão trançado), você deverá ver o menu do twm. Escolha xterm para abrir um terminal e carregue alguns programas para testar.


Para tirá-lo, volte à janela do PuTTY, digite 'killall twm' e inicie o seu gerenciador de janelas favorito.

Em pouco tempo o gerenciador de janelas aparecerá.

Página anterior     Próxima página

Páginas do artigo
   1. Introdução
   2. Entendendo a terminologia do X Windows
   3. Vantagens e desvantagens
   4. O que é necessário?
   5. Instalação do X-Deep32 e PuTTY
   6. Executando e configurando o X-Deep32
   7. Façamos o teste final
   8. Considerações finais e bibliografia
Outros artigos deste autor

BC: A sua calculadora programável no Linux

SIMH: Recriando um pouco da história

MySQL + Amarok: dupla poderosa

A tecla mágica SysRQ

Leitura recomendada

Truques e dicas para o Acer Aspire One e o Linpus Linux Lite

PNL para Hacking

Dual-boot: instalando o Windows depois do Linux

Como acessar uma partição ReiserFS pelo Windows

Bonding para Heartbeat + Bonding para DRBD + OCFS2 + Debian Squeeze

  
Comentários
[1] Comentário enviado por removido em 01/10/2005 - 23:58h

AAAAAAAAAAARRRGGGHHHHHHH....................
10!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!


Contribuir com comentário