Programação (III) - Programação Orientada a Objetos (POO)

Este é o terceiro artigo da série sobre programação e vamos falar aqui sobre POO, que não é a melhor coisa do mundo, mas é o melhor que já vi para a programação nestes meus 25 anos no ramo.

[ Hits: 44.655 ]

Por: Edvaldo Silva de Almeida Júnior em 04/07/2008 | Blog: http://emeraldframework.net


O Gênesis



... No princípio a programação era sem forma e vazia, e o caos pairava sobre a face do abismo.

Programar os primeiros computadores (ENIACs, UNIVACs e outros ACs do mesmo gênero) era como operar uma daquelas meses telefônicas antigas, cheias de fios, que você desplugava de um lugar e plugava no outro, de acordo com o que desejava que o computador fizesse.

Claro que nessa época a programação era coisa para poucos. Apenas quem conhecia a arquitetura da máquina profundamente podia programá-la. E se mudasse a máquina, seu conhecimento todo estaria jogado fora. Teria que aprender a fazer tudo de novo.

Claro que a coisa não podia ficar assim por muito tempo, e foi por isso que se disse: faça-se a linguagem assembler!

Temos que admitir, porém, que programar em assembler era tão difícil quanto plugar e desplugar fios no painel dos computadores primitivos. Uma coisa é embutir um trechinho de assembler aqui e outro ali no meio de um programa C, para otimizar o desempenho de certos trechos críticos. Outra coisa é programar um sistema operacional inteiro em assembler. A arquitetura da linguagem favorece a desorganização e torna o esquema de programar e debugar uma arte que exige mais paciência do que técnica propriamente dita.

Foi com essa constatação que veio a segunda declaração: façam-se as linguagens estruturadas!

E foram surgindo coisas como o PL/1, o PASCAL e o C...

PAUSA PARA O HUMOR: Uma vez um colega meu de faculdade pediu a outro que explicasse como era, mais ou menos, a linguagem C. Ele já havia estudado PASCAL, portanto o outro explicou da seguinte forma: "C é uma espécie de PASCAL, mas só que lá o BEGIN é igual a '{' e o END é igual a '}'".

O surgimento dessas linguagens decorreu do conceito de "Programação Estruturada", que já abordamos no artigo PROGRAMAÇÃO (II) e portanto vamos apenas relembrar brevemente.

Na programação estruturada procura-se quebrar um programa em unidades lógicas (módulos), que podem ser procedimentos (procedures) ou funções (functions), e organizar o funcionamento dessas unidades hierarquicamente, de forma que o programa funcione bem e que os programadores saibam bem o que estão fazendo.

A verdade, porém, é que depois de duas décadas de programação estruturada, em meados dos anos 80, os programadores estavam tão confusos quando antes, os programas tão difíceis de escrever e manter quanto antes e os usuários tão insatisfeitos quanto antes.

Foi então que foi dito: Faça-se a Programação Orientada a Objetos!

E a POO foi feita, e os programadores ajuizados viram que ela era boa!

    Próxima página

Páginas do artigo
   1. O Gênesis
   2. Um pouco de Filosofia
   3. POO
   4. Classe
   5. Implementação
   6. Revisando a implementação
   7. Escopo e Encapsulamento
   8. Instância (Objetos, finalmente!)
   9. Herança
   10. Polimorfismo
   11. Referências e conclusão
Outros artigos deste autor

KDE em um PC "primitivo"

Software Livre e o Código de Defesa do Consumidor

O "Linux Tinha Chapéu"

Instalando Slackware "na marra"

Livre não precisa ser gratuito

Leitura recomendada

Instalando codecs, plugins e drivers NVidia e ATI com o EasyUbuntu

Terminais leves no SuSE (LTSP)

Software livre e o Windows

Logrotate, uma importante ferramenta de administração dos logs do sistema

LPI - Certificação Profissional Linux

  
Comentários
[1] Comentário enviado por gabriel.av em 05/07/2008 - 20:30h

Olha eu achei isso muito importante flw

[2] Comentário enviado por ssdeassis em 05/07/2008 - 21:56h

esperei muito pela terceira parte do artigo continua muito bom como os dois primeiros tenho aprendido muito com a sua série de artigos. Agora vamos ao proximo. Meus parabems.

[3] Comentário enviado por k4mus em 05/07/2008 - 22:37h

Parabens Amigo!!

..vc conseguiu explicar a POO de uma forma agradavel e simples de entender.

Parabens!

[4] Comentário enviado por f_Candido em 06/07/2008 - 14:46h

Muito bom. Parabéns. Bem Simples e Direto.

Abraços


Contribuir com comentário




Patrocínio

Site hospedado pelo provedor HostGator.
Linux banner
Linux banner
Linux banner

Destaques

Artigos

Dicas

Viva o Android

Tópicos

Top 10 do mês

Scripts