Um pouco de pintura digital

É isso mesmo, todo mundo "reclama" que não consegue fazer as coisas, mesmo as mais simples, então resolvi mostrar de uma forma mais completa o que já mostrei no meu baú sobre esse assunto simples, mas fascinante.

[ Hits: 30.783 ]

Por: Guilherme RazGriz em 15/06/2007 | Blog: http://razgrizbox.tumblr.com


Dá mesmo pra trocar a cor dos objetos?



Bem, se isso não fosse possível utilizando software livre, eu nem teria começado o artigo! Vou mostrar em apenas um seguimento o que nós vamos aprender.

"E ela era assim":


"E fiquei assim":


E se por acaso gostar de simetria igual ao tio razgriz...


Muito bem senhores, apesar de ser incrivelmente poderosa, estas técnicas não são complicadas, e já vimos a mesma de maneira simplificada no meu Baú proibido, mas como ele é voltado para quem já acompanha os meus artigos a bastante tempo, vou detalhar aqui um tanto mais. Mesmo assim, peço a você que NUNCA leu um artigo meu e ou NÃO possui experiência com o Gimp, que LEIA pelo menos os documentos recomendados abaixo antes de prosseguir:
Caso você não seja um dos "novatos" pode prosseguir.

A primeira coisa a saber é que todo o objeto nunca vem SÓ, ou seja, junto dele vem os tons presentes no ambiente em que o objeto que sofrerá a transformação está, ou seja, não podemos apenas trocar a cor sem alguns cuidados básicos para que a mesma se encaixe na paisagem a fim de fazer com que o trabalho fique o mais próximo possível não do real, mas do palpável a sua imagem e semelhança.

Dependentes eternos seremos dos efeitos de camadas e em alguns casos do brilho e saturação seremos, mas... melhor isso do que abdicar do poder de recriar um mundo sobre quatro rodas a nossa maneira não? =]

Como nasce essa pequena mágica das cores?

Abra uma imagem qualquer de algo que você deseje alterar, pode ser um veículo, um mouse ou outro objeto qualquer, a seguir, duplique o mesmo (basta clicar na ferramenta , presente na interface de controle de camadas que fica na interface principal do Gimp).

Depois você vai criar uma nova camada, para tal operação, basta clicar na ferramenta , presente na interface principal do Gimp no mesmo local da ferramenta do passo anterior. Assim que você clicar na ferramenta, será perguntado a você que tipo de camada deseja criar, selecione a opção "transparente.


Você também pode aproveitar esta interface para dar nomes as suas camadas para que você possa se organizar melhor, mas isto é apenas uma sugestão.

Agora com a ferramenta Balde de Tinta () escolha uma cor e pinte a camada transparente que você criou, para começar EU escolhi a cor "verde" com tons um pouco mais escuros, mas isso não quer dizer que você deva seguir o meu esquema de cores, já que o livre arbítrio é mais do que permitido aqui.

Agora, veja o que acontece quando nós aplicamos o efeito de camada "COR", que é o padrão para essa técnica:


Quando apagamos as partes verdes indesejáveis com a ferramenta borracha, veja o que acontece:


Se eu tivesse paciência terminaria de apagar o verde desnecessário, mas aposto que você vai ter aí no seu trabalho. =]

Ainda não satisfeitos vamos pegar o que vimos no artigo sobre luz e aplicar a ferramenta Mapeamento alien 2.


Muito bem, isso é o BASICASSO, se você só queria aprender o mínimo sobre este assunto pode parar por aqui, porém se você deseja aprender sobre tonalidade, ressalvas em objetos brancos e ou pretos, ambientes e erros comuns, pode continue lendo.

    Próxima página

Páginas do artigo
   1. Dá mesmo pra trocar a cor dos objetos?
   2. Ambiente
Outros artigos deste autor

Publicidade? Linux? Como?!

O reflexo a partir de um plexo

Modelagem realista com o Blender

Como fazer uma transição de imagens em vídeo com o OpenShot

As letras que fazem TOING

Leitura recomendada

Cinelerra no Ubuntu - Instalando e configurando para melhor desempenho

Unity Desktop no Arch Linux

Instalando o KDE 4.0 no Slackware

OpenSmiles - Criando imagens e figuras de moléculas químicas em formato de qualidade

Ativando o suporte a DRI no Gentoo Linux

  
Comentários
[1] Comentário enviado por edupooter em 15/06/2007 - 10:26h

Belo artigo, parabéns!

[2] Comentário enviado por riick em 15/06/2007 - 13:35h

Cara, excelente artigo, parabéns.
Sou doido pra aprender melhor o Gimp, ainda to meio preso no photoshop.
Mas, com esses seus artigos, logo vou esquecer de vez o photoshop.

Abraço.

[3] Comentário enviado por dbahiaz em 15/06/2007 - 15:08h

Muito legal ler os seus artigos...ainda crio coragem e coloco a mão na massa, sou pessimo com imagem digital rs.

Parabéns!

[4] Comentário enviado por andersonjackson em 15/06/2007 - 21:38h

Eu li todos os seus artigos desde a primeira publição (sim, eu sou péssimo em gráficos) e gosto bastante da sua didática e você passa muito bem o queres.

Sempre faço os exemplos que você mostra e depois fico feido bost** n'agua... me perguntando; E agora??? O que faço com isso?
Mas tenha certeza de uma coisa: É que eu realmete nõa levo jeito para gráficos e pra piorar não pratico o sufuciente... ai ja viu...

Meus parabéns continue colaborando com a comunidade, um forte abraço.

[5] Comentário enviado por M25K em 11/01/2009 - 18:08h

oi galera axei bem legal o gimp tou usando ele pra fazer tuning virtual so k tou com uns probolemas aki por ex:
1 CARRO E PRETO E ADICIONEI UM PARA CHOKES LARANJA VIVO JA FIZ OS PASSOS DIREITINHO MAS NAO TOU COSEGUINDO K ELE FIKE COM A COR DESEJADA FICA- SE SEMPRE A NOTAR UMA COR DIFERENTE..
sou novato se alguem puder me ajudar fica aki tb meu msn,..msimoes25@hotmail.com
abraco a toda a comunidade

[6] Comentário enviado por albfneto em 15/09/2010 - 19:30h

seus artigos são muito bons , e vc tem conhecimento de design gráfico. Legal


Contribuir com comentário




Patrocínio

Site hospedado pelo provedor RedeHost.
Linux banner
Linux banner
Linux banner

Destaques

Artigos

Dicas

Tópicos

Top 10 do mês

Scripts