Tapa-olho, Gancho e Perna-de-pau

Artigo dedicado aos que limitam seus conhecimentos e se influenciam pelo sistema sem se dar a oportunidade de uma opinião própria, o que gera a inteligência artificial. Surpreenda-se por conhecer.

[ Hits: 10.944 ]

Por: Rafael Silva de Santana em 04/04/2008


Tapa-olho, Gancho e Perna-de-pau.



Encontro-me em mais um de meus monólogos, procurando entender porque ainda existe tanta crítica em cima de uma plataforma tão sólida e eficaz como já se demonstrou ser GNU/Linux.

O "tapa-olho" da humanidade, a Microsoft, ainda reina em absoluto no mercado. Quando se fala em sistemas operacionais o que vem logo em lembrança é Windows. Já se perguntou porque?

Vamos tentar compreender de uma forma simples, porém objetiva, com minha própria história no mundo Linux, mostrando minhas versões de "tapa-olho" - 3.11/95/98/00/NT/XP/2003. Pronto, agora é fácil compreender que quando se fala em sistemas operacionais o que vem logo a mente é Windows e consequentemente é uma das razões pelas quais GNU/Linux é tão criticado.

O "tapa-olho" da humanidade investe no conceito em que o profissionalismo fica de lado, pegando um "gancho" naquilo que chamamos de Engenharia Social, onde uma vez a explicação para isso é que não existe patch para ignorância humana.

O "tapa-olho" e o "gancho" andam lado a lado nessa história pois, quem usa o "tapa-olho" também aderiu um "gancho" para enroscar outro ao seu lado, não lhe dando a oportunidade de expandir seus conhecimentos, e apreciar outro tipo de paisagem, talvez uma mais gelada como as que vivem os pinguins.

Não estou falando que todo cidadão tem a obrigação de entender sobre Linux, mas se este se encaixa como profissional de TI é de total apreço que tenha o interesse de aprender Linux e quando falo em aprender, o que quero dizer é saber operá-lo, ao ponto de editar arquivos de configurações, resolver dependências, compilar programas e entender sobre gerenciadores de pacotes.

Parece difícil não é? Surpreenda-se, não é!

Você nasceu e cresceu em meio a sua língua nativa, consequentemente o seu idioma é sua língua nativa, mas experimente passar alguns meses em um país de língua estrangeira para ver como conseguirá engatinhar rápido em mais um novo idioma.

Agora vamos voltar para o Linux, notou como pode ser bem mais fácil aprender Linux do que uma outra língua? É, você não precisará sair de seu país e nem do conforto de sua casa para isso, apenas um pouco de determinação e coragem fará com que você consiga fazer expandir seus conhecimentos e ter por base sólida uma firme opinião, aquela que antes falara: "Linux é um Lixo", pelo contrário, seu desafio é sentar na frente do PC de qualquer membro do VOL e operá-lo, se não souber operá-lo, também não poderá sair falando, assim como não falaria outra língua sem aprendê-la, porque falaria mal.

Agora colocaremos mais um trauma em sua vida, não bastasse o "tapa-olho" e o "gancho", olha só que engraçado, o pirata tornou-se completo, pois ele acaba de ganhar uma "perna-de-pau".

"Perna-de-pau", o profissional de TI que se limita ao uso da Microsoft, aquele que não tem conhecimento adequado dos bastidores daquilo que nos trouxe ao mundo da informação, o Computador.

O usuário de Linux com o passar do tempo vai se tornando também um bom profissional em hardwares, pois muitas vezes se depara com configurações de arquivos e ativação de plugins que exigem conhecimento técnico sobre tais.

Outro motivo pelo qual acaba se tornando um bom profissional em hardwares é a total falta de profissionais. Parece piada mas não é.

Agora só o que faltava é ter espaço para falar sobre o "papagaio".

Saia para comprar um hardware e pergunte se este tem suporte a Linux, irá encontrar uma total falta de incoerência nos argumentos dos vendedores de plantão e quando encontrar uma resposta objetiva já estará tão saturado que passará a duvidar da mesma e o que mais vai escutar é: "com Windows é compatível".

Portanto, conhecimento nunca é o bastante, livre-se da "perna-de-pau" por realmente conhecer aquilo que lhe torna um profissional, conheça os bastidores de um sistema operacional, a interação entre humano, kernel e hardware, não se limite a apenas navegar com o ponteiro do mouse sobre um ambiente gráfico bonitinho e aplicar permissões de redes simplesmente por ter uma política em suas mãos.

Torne-se um profissional completo, não pirateie o seu conhecimento e quando expressar sua opinião seja respeitado por conhecer...

Dê uma chance para sua faculdade de raciocínio, expanda seus conhecimentos, conheça Linux e seja completo!

Rafael Santana,
Codinome: fulllinux
Distribuição: Slackware
[email protected]

   

Páginas do artigo
   1. Tapa-olho, Gancho e Perna-de-pau.
Outros artigos deste autor

Pirataria - aliada da Microsoft?

Exclusivo - Entrevista com Fábio Berbert, criador e mantenedor do projeto Viva o Linux!

RSS - O antes e o depois já nas bancas!

O grito!

TI - Ajuda ou atrapalha?

Leitura recomendada

Como ajudar o Software Livre

Software Livre e a sociedade da colaboração

História das UI - Interfaces de Usuário (para pensar no futuro)

Quando a Microsoft me fez mudar para OpenSource

Ilegalidade em Editais de Concurso que cobrem Conhecimento em Software Específico e Proprietário

  
Comentários
[1] Comentário enviado por stremer em 04/04/2008 - 11:40h

cara. Concordo em partes! Realmente quando você diz que todo profissional de TI tem de conhecer linux eu acho a mesma coisa, da mesma forma que acho IDIOTA aquele cara que não chega nem perto do windows e critica sem ao menos conhecer, é o winuser que "evita" o linux. Conhecimento nunca é demais.
Por outro lado discordo quando fala que windows é só click no mouse. Não é bem assim. Ferramentas servem pra facilitar, mas não deixam de ser ferramentas e dependendo da complexidade da coisa não é somente sair dando click no mouse (isto é para usuário leigo e se for assim tem distro linux que tbem é só click no mouse). Além de que se o cara for programador, um bom programador windows tem de conhecer a API win32 oque tbem esta longe de click no mouse.

Sim, as pessoas como usuários tem de conhecer Windows e Linux para terem escolha. Tem de se acabar o mito que linux é dificil. Os profissionais de TI precisam conhecer linux ao mesmo como configurar e instalar determinadas coisas. Mas nem por isso precisam ficar com o linux, não é obrigação. Eu escolhi o linux mas conheco diversos profissionais extremamente competentes e que conhecem MUIIIITTTOOO de linux, dentre eles alguns que chegam a administrar mais de 50 servidores linux, outros que programam em C faz mais de 30 anos e adivinha oque usam no desktop de suas casas? Windows. E sim, eles tem os motivos deles, e isso não cabe a nós julgar, pois se o cara prefere andar de fusca, mesmo depois de ter dado uma volta em uma ferrari ninguem vai convencer ele o contrario, mesmo não sendo certo comparar fusca e ferrari com windows e linux ou vice-versa.

Mesmo assim bom artigo, pois inicia discussão e toda discussao é saudavel se não for levada a uma briga.

[2] Comentário enviado por juliaojunior em 04/04/2008 - 12:10h

sinceramente, não gosto de pregação quando o assunto é informática e computação. uso linux, acho o máximo, mas não sou pastor da Sacro-Santa Igreja do Linux Universal.

Linux é melhor? Para mim, sim. Mas dependendo do uso, sem hipocrisia, há campos onde os avanços foram poucos. Ainda hoje tenho dificuldade de encontrar boa documentação em muitos campos, como por exemplo a área de multimídia (tratamento de vídeo, som, etc). Não digo que inexiste. Digo que é difícil encontrar. Isto para mim, que uso há mais de 10 anos... quanto mais para alguém q deseja 'apenas usar o computador'!!

Há de se entender algo muito simples: usuário 'doméstico', que usa seu computador em casa, deseja realmente só clicar, e mais nada. É um tipo de consumidor, e não vejo problema nisso. Não é necessário que todos sejam 'entendidos' de informática. Se os usuários Linux desejam vê-lo invadir os desktops, Ubuntu's da vida precisam mudar muito para alcançar o Windows. Podem jogar pedras, mas é a verdade.

[3] Comentário enviado por y2h4ck em 04/04/2008 - 13:01h

Acho que o único pecado da comunidade linux no geral é querer fazer com que todo mundo tenha linux !! Ja assistiram o desenho do "Pink e Cerebro"? É igualzinho o Cérebro tentando dominiar o mundo.

O mundo tem espaço pra todos, defenda o que for bom à você, e deixe que as pessoas defendam o que elas acham bom pra elas.

Afinal ... Seu Linux não é melhor que o Windows XP que seu amigo usa, se ele nunca teve necessidade de rodar um linux :)


[]s

[4] Comentário enviado por ricolopes em 04/04/2008 - 13:38h

É interessante... o Linux é uma droga para animação digital, compare as ferramentas do Linux com as ferramentas do Windows... pobre Linux, agora dizer que o Linux é melhor que o Windows no mínimo é muita falta de noção de espaço...

E outra, ninguém está interessado num sistema que depende de profissionais extremamente qualificados numa área tão restrita como é o Linux, eu por exemplo ainda hoje depois de usar o Linux há 5 anos, ainda me bato pra resolver certos problemas... sendo que certos problemas chego a demorar dias para resolver, isso implica em tempo perdido para minha empresa... quem quer um sistema que quando trava, leva dois dias pra resolver... é inviável!

[5] Comentário enviado por cleitonsb em 04/04/2008 - 14:08h

Qrande post, concordo plenamente.

- y2h4ck, não vi nada falando sobre usuario linux, e sim PROFISSIONAIS DE INFORMÁTICA. E sim, se seu amigo usa windons, nem sempre é pq nunca teve necessidade, e sim pq não conhece a vasta gama de S.O.s com que ele pode contar...

- ricolopes, fica até ridículo vc vim afirmar isso, onde a maioria dos membros da comunidade são Linuxusers... Se vc, que diz ser usuario a 5 anos, e ainda posta uma idéia dessas, e pq vc não sabe nada sobre o linux.
Qualquer um usa linux, até os mais leigos. Falo por experiencia propria. "Minha mãe usa linux". E ela é dona de casa.
Sou usuário linux a uns 3 anos, e sou totalmente INDEPENDENTE de qualquer outra plataforma. E não sou o super profissional. Photoshop não é windons....

[6] Comentário enviado por stremer em 04/04/2008 - 14:12h

ah só uma obs:
quando falaram que os ubuntus da vida ainda precisam evoluir muito pra chegar aos windows eu concordo plenamente. Acho que pra usuário avançado já é possivel trocar totalmente o desktop por linux (eu consegui fazer isso de 1 ano pra ca com o Ubuntu mas uso linux como desktop desde 2001, eu tinha 2 computadores 1 com windows e outro com linux, mas ainda era fortemente dependente do windows. Antes de 2001 eu tinha dual boot mas o linux não fazia mto mais que tocar um CD de música e navegar péssimamente na internet com os browsers da época, era fraquissimo pra desktop antes de 2001).

Acho que temos sim que DIVULGAR o LINUX pois as pessoas precisam ter escolha e nada melhor que nós que conhecermos divulgarmos, porém criticar o concorrente é a pior forma de divulgar qualquer coisa. Temos de falar das qualidades e deixar o usuário decidir. Outra coisa que sempre ressalto é: Quem desenvolve software tem que desenvolver pra linux e quem usa linux tem de usar software pra linux e compativel com e não ficar emulando as coisas com Wine que ai o incentivo ao software bom, compativel com linux começa a ser praticamente nulo.

[7] Comentário enviado por alvaroguimaraes em 04/04/2008 - 15:00h

Ah! E o que vocês acham do novo Solaris?

[8] Comentário enviado por stremer em 04/04/2008 - 15:29h

Acho o solaris ótimo e melhor que o linux para muitas soluções (não todas), mas o solaris é um sistema para servidores, esta mto longe de ser desktop. Eu diria que se for comparar o solaris com desktop ele é o linux em 1996.

[9] Comentário enviado por Teixeira em 04/04/2008 - 15:39h

Acho que estamos radicalizando muito e esquecendo os muitos profissionais que trabalham em redes Linux e são leigos (sendo permanentemente auxiliados por profissionais de suporte que, estes sim, TÊM OBRIGAÇÃO de conhecer o Linux e saber resolver os problemas que volta-e-meia aparecem).

Não existem apenas usuários Linux de âmbito doméstico.

Todo e qualquer sistema operacional, ou qualquer produto existente no mercado, tem os seus prós e seus contras.

Qual o automóvel que não tem defeito?
Ou o televisor? Ou o refrigerador?
Ou o fogão? O monitor? O estabilizador?
A motherboard?

Na verdade o que chamamos de "defeito" é quase sempre uma característica de um determinado produto que, se comparada a outro, tem de nossa parte uma classificação menor.

O que temos que ver é se, comparando qualidades e defeitos, dá para conviver e usar de forma satisfatória.
Se vale a pena.

E até agora tem valido a pena para os usuários tanto de Windows quanto de Linux, tendo cada um as suas próprias razões, seus próprios motivos, suas próprias convicções.

Até aqui, dentro de meu pequeno conhecimento, acho que o Linux é bem mais complexo no que diz respeito a instalações específicas (mas não complicado); E que o Windows é mais prático de uma forma geral, porém complicado quando procuramos reduzir os defeitos que encontramos.
Além do que, é um sistema "engessado" e que "ancora" muito o hardware.

O que quero dizer é que, com conhecimento, se pode instalar um kernel relativamente moderno do Linux em um PC de arquitetura ultrapassada (juntando-se uma biblioteca daqui, outras coisinhas dali, o que certamente dá bastante trabalho mas ainda é possível);
Mas não se pode de forma alguma pretender instalar um windows XP em um Pentium 100 ou um windows 98 em um 386 de forma a que se possa tirar algum proveito de tais conjuntos.

É como diz o ditado: "Cada macaco no seu galho".

Podemos aprender com o Windows no sentido de observar o que "faz sucesso" entre seus usuários e, caso seja de nosso agrado, desenvolvermos nós mesmos a implementação desse(s) recurso(s) em nossas máquinas.


[10] Comentário enviado por Pianista em 04/04/2008 - 15:40h

Caro ricopolis. vou falar uma coisa. eu usei o Windows desde o 3.11 e apenas a 3 meses eu vim conhecer o linux.. e vou te confessar.. não sinto a menor falta.. mas uma coisa eu afirmo não existe SO melhor que outro. assim como o Linux não é melhor que o Windows o contrario tambem não ocorre.. alguem ja deve ter pensado, se uma pessoa quer adquirir conhecimento. o Linux é com certeza muito melhor que o Windows.. agora se você quer jogar com certeza o Windows é um bom video-game.. e se você quer grafico use MAC.. mas isso é apenas uma convenção, no linux você pode fazer o que quiser... se eu quiser jogar no meu linux eu jogo, se eu quero usar grafico eu uso... e ninguem vai me impedir.. mas é claro "o novo sempre é DIFERENTE" se você passa a vida usando o Movie maker e um dia de repente começa a usar o kino.. vai ser uma diferença e tanto....


e quanto ao artigo! bom artigo, porem não concordo plenamente.. qualquer um que se dedique independentemente do S.O. vai aprender do mesmo jeito.. como eu ja disse, eu usei o Windows desde a versão 3.11 e aprendi muita coisa (ate prq meu windows vivia dando pau)...rsrsrsrsrsrs

[11] Comentário enviado por kalib em 04/04/2008 - 16:59h

Grande fulllinux...
Infelizmente ainda é a realidade que encontramos no mundo..não só em nosso país mas em todo o mundo...
Mesmo morando em outro país, Canadá, por alguns meses pude ver que as respostas dos papagaios é sempre a mesma...Quando sabiam que vendiam linux, não sabiam sequer dizer qual era a distribuição...até porque: "Distribuição? É Linux, ué"...sempre a mesma resposta...

A limitação de aprendizado por conta de algo fazer todo o trabalho por você é incrível...o conhecimento é uma coisa ótima...a fome em busca dele é uma dádiva...é uma pena que muitos não tenham isso em mente...

Excelente artigo cara..parabéns.. ;]

[12] Comentário enviado por EnzoFerber em 04/04/2008 - 18:29h

Excelente artigo.

Não concordo quando você fala que todo profissional de TI tem que conhecer BEM os dois. Um bom profissional de TI deve conhecer a fundo um sistema operacional, e ter noções básicas sobre outros. Afinal de contas, todos são sistemas operacionais. A logica por tras deles é a mesma (não estou falando que são iguais, estou me referindo à logica usada para construí-los).

Lembro quando usei o Linux pela primeira vez (eu já era programador). O que aconteceu foi amor a primeira vista, e logo já estava tentando convercer a todos para usarem linux (Slack :).

Depois percebi que este tipo de mentalidade é errada. Você não pode julgar qual sistema operacional é o melhor. Cada um é o melhor em alguma coisa. Por exemplo, o Windows, é muito melhor do que o Linux em reconhecimento de hardware.

O Linux é um sistema para pessoas que gostam de tecnologia, não para as pessoas "comuns". Advogados não querem saber se para instalar um programa você tem que abrir um shell, digitar ./configure, make e/ou make install. Ele quer clicar e programa dele já está funcionando.

Empresas em geral, usam os 2. Windows para usuários, e o Linux para fazer a segurança, compartilhamento de arquivos e impressoras, servidores de e-mail e web, entre outras coisas.

A questão do hardware é outro grande problema que influencia na decisão de usar linux. Se você não for um desenvolvedor e tiver capacidade de fazer seus proprios drives, você vai ter uma gama de hardwares muito menor para escolher. Por exemplo, mouses trackman, os poucos drives que existem são horriveis.

Wireless é um sufoco pra configurar. Como já dito acima, é necessario um profissional que entenda de linux pra fazer isso tudo. Vocês realmente acham que todos vão pagar pra isso? Não, eles usam windows. É só colocar um pedaço de biscoito no seu slot PCI-E e o windows reconhece, instala e avisa: "Seu hardware esta pronto para ser usado". Lembrem-se, na sociedade capitalista que vivemos, dinheiro é a coisa mais sagrada que existe. É assim, gostemos ou não.

Linux é o melhor sistema operacional que já usei, e não pretendo parar de usar. Mas exige tempo para aprender a usar, e como ja dito, ninguem tem tempo. Tempo é dinheiro. E ninguem quer perder dinheiro.

Novamente, excelente artigo, parabéns.
[]'s

[13] Comentário enviado por stremer em 04/04/2008 - 18:36h

Slackware_10. Falou bonito!
A unica coisa que volto a falar é: Não podemos obrigar as pessoas a usar linux, mas temos sim que mostrar para elas e tirar aquele mito que é dificil, pois elas precisam ter opção. Lembre-se quanto mais gente usando, maior compatibilidade, pois as empresas terão mais interesses em "suportar" o linux.

[14] Comentário enviado por dfsantos em 04/04/2008 - 18:59h

mano tem uns caras aki que parecem serem espioes do bill so pode.
huHUhuhUHuhUHuhUhUHhu =D

[15] Comentário enviado por gjr_rj em 04/04/2008 - 19:07h

Adorei o artigo, concordo e descordo da maioria das opiniões :). Na realidade estou gostando de ver cada vez mais usuários de Linux entendendo que o windows tem seu valor, mesmo que para outros. Eu acho que há espaço para o Linux e o windows conviverem, como também para o solaris, MAC e outros SO’s. O que me incomoda é a disparidade no percentual de usuários. Não há como me convencer que é por qualidade do SO líder.

Agora, o ricolopes viajou! Acho que ele confundiu, pelo menos comigo, erros no windows é que me consomem 2, 3 , 4 dias. Já teve problema que desisti. E olha que comecei com o DOS, passei por todas as versões de windows, usei muitos suas API's na criação de software etc.
E quando você sabe onde está o problema, tenta corrigir e ele não deixa, dá até saudades do 98.

[16] Comentário enviado por evanio em 04/04/2008 - 20:03h

Concordo em parte com o artigo acima, não que eu seja tão importante pra dizer se ta certo ou errado!

Se juntarmos todas as opinões colocadas aqui tirando-se algumas idéias radicais das duas partes (windows/linux) chegaremos exatemente á realidade do que acontece hoje entre os dois sistemas!

Eu trabalho com informática desde da era DOS, e conheci linux pela primeira vez em 1999, logo de cara com a coplexidade de se fazer um modem funcionar e junto com a minha preguiça em aprender eu desisti logo, e tb na época eu queria lucrar e tinha muito clientes windows user e nenhum de linux, fiquei só no winx!

Mas hoje existe uma outra realidade, quando voltei o linux eu comecei me interessar na area de servidores e ai o linux é show, na minha opnião muito mais eficiente que windows, tive dificudades novamente mas fui a luta e graça á um amigo que me iniciou no mundo do pinguin e a galera aqui do vol com ótimos artigo e tutos, eu jah estou trabalhando com servidores e ganhando muita grana, mas na area de facilidade para usuários que gosta do next, next, finish, ainda precisa melhorar no sentido de facilitar ao usuario doméstico.

Eu penso que a dificuldade de se usar o linux é a limitação do seu conhecimento...depende só da pessoa melhorar isso, ainda não uso linux como desktop totalmente 100%, simplesmente pq gosto muito de jogos e afins multimídias, mas sei que ele é capaz rodar isso tb. Ainda tenho windows em casa e talvez vou usa-lo também por muito tempo, pq ainda ganho dinheiro com ele, pra um profissional é importante ter conhecimento e lucros.. pq só conhecimento não basta!

Hoje ganho dinheito com os dois sistemas e se eu puder ter capacidade conhecer um terceiro sistema com intenções de obter mais lucros eu irei com certeza faze-lo.

[17] Comentário enviado por fulllinux em 04/04/2008 - 20:55h

Opah,

Valew pessoal por essa discusão saudável...

Mas só para resaltar o ponto, no artigo cito Profissional de TI e não usuários desktops e tah certo que o artigo é meio forte, mas em nenhum momento obrigo a niguem aprender GNU/Linux, digo sim que é de total apreço que este tenha o interesse de aprender Linux.

Também não critico em momento algum o OS da Microsoft, mas digo que é um tapa olho, pois domina o mercado de forma que o sistema se obriga a usa-lo...

Tambem não critico o OS da Microsoft pois sei de seu potencial, como poderam observar, tive meu desenvolvimento em Informática todo pelo Windows e como já disse em outros artigos meus, "se ele fosse tão ruim como alguns usuário Linux falam, mesmo Piratas não dominariam o mundo dos desktops".

E quando falo de limite de conhecimento, é que com Windows você aprende a superfice do sistema e esbarra nisso, não citei softwares como pacotes Office, Adobe Creative Suite, Jogos e blábláblá... mas só o Sistema Operacional.

Já que com Linux você literalmente consegue mergulhar em suas entranhas, através de seus fontes, kerneis, dependências e fora outras coisas que se aprende na prática.

Gosto muito de Sistemas Operacionais, Até mesmo já lecionei aulas de Windows, Intermediario e Avançado, sou Design Gráfico e digo que não tem plataforma melhor que MAC OS, minhas reenderizações de imagens o correm com extrema fluência nessa plataforma incansavel.

Agora atente-se a um simples ponto, você só passa aconhecer um OS quando conhece Unix/Linux e quem aqui usa Unix/Linux sabe disso.

Abraço.

[18] Comentário enviado por removido em 04/04/2008 - 22:39h

Bom artigo, o quê o usuário de Windows necessita eu digo: JOGOS!!!

Isso mesmo, eles querem ( e com razão ) colocar o CD ou DVD do seu jogo preferido no Linux e instalar o mesmo, sem ler como configurar o wine ou adquirir uma cópia paga do Cedega para isso.

Navegar na porcaria do orkut e acessar msn qualquer sistema operacional faz isso, apenas usa-se windows pois as pessoas estão acostumadas a ele, faça um traçado de quem usa computador atualmente: na sua grande maioria pessoas dos 11 ao 25 anos e principalmente os que tem 14 e 16 anos que são fissurados por jogos, basta ir em uma lan house qualquer para constatar o que falo, dos 100% presentes 90% estão jogando algo...

Logo deveria haver alguma forma de contornar isso, é claro que as grandes softhouses ( empresas de games ) deixam o Linux de lado, mas na minha opinião é um mercado a se considerar, pois da própria filosofia anti-pirataria que nós possuímos isso é um ponto muito favorável a nós...

[19] Comentário enviado por ricardo6142 em 05/04/2008 - 09:28h

?comentario=
Muito bom o artigo,
concordo que os profissionais de TI devem conhecer o linux e saber administrar bem, mas infelizmente muitos não tem essa visão e acham que se manjarem muito de windows é o suficiente,
tadinho deles Lol:0
como diria meu professor ....
O melhor Sistema para você é aquele que você sabe administrar melhor.
mas nunca sabemos de tudo e quanto mais se conheçe dos sistemas (windows/linux/mac/sun)melhor posição no mercado você consegue.

[20] Comentário enviado por removido em 05/04/2008 - 13:13h

Bom, lá vai minha opinião:
Sou usuário linux desde 2005... estou engatinhando no sistema... pra falar a verdade só conheço Debian e suas derivadas... é mto facil usar apt-get pra instalar tudo... qdo decidi compilar meu primeiro kernel, perdi uns 3 dias... hehe... hoje sei compilar e instalar uma serie de softwares e já não apanho tanto do Linux...
Como Administrador de Redes (hibridas, em geral) e aluno de Ciência da Computação, considero o linux sim superior ao Windows pelo fato de ter tudo aberto. Se algo não funciona no linux, eu posso concertar, ou encontrar alguem q já concertou antes... isso é verdade, e faz a maior diferença...

Agora, pensando em usuários domésticos, eu fico com o grupo dos que vão tomar pedradas. Eu considero o Windows muito superior. Pense por exemplo no Ubuntu, que considero a distribuição mais simples de usar atualmente. Mesmo ela, com liveCD e instalador gráfico, exige conhecimentos de Hardware para instalar. Ela pergunta na instalação sobre partições de disco, sistemas de arquivos, coisas que o Windows deixa transparente até o momento em que você clica no botão de "Avançado".
Mesmo durante o uso... instalar um programa no windows é só next-next-finish... já no linux a simples instalação do amsn exige o synaptic (ou coisa parecida)... usuário final não precisa saber nome de pacotes, não faz parte da cultura dele... se a mãe do cleitonsb sabe usar apt-get, com certeza ela não é simplesmente uma dona de casa...

No final, eu ainda critico as grandes empresas que limitam seus softwares ao mundo Windows. A Adobe me revolta por não lançar uma versão de sua ótima suite CS3 para o Linux... eu pagaria por ela o mesmo valor da licença para Windows, não precisaria ter código aberto ou coisas do tipo... bastaria rodar no Linux sem Wine (aliás, nem com Wine consegui fazer rodar)... O mesmo para fabricantes de jogos... por isso sou fã da ID Software, pelo menos Quake eu jogo no linux sem precisar emular...

Por outro lado, o pessoal q desenvolve pra linux poderia caprichar um pouco mais... tem softwares com interface horrível. Eu uso Gnome, e encontro muita coisa em Gtk que realmente não agrada em nada. Olhem por exemplo para o Toten, na minha opinião o melhor player, mas sem interface nenhuma. E quando eu falo interface, não quero dizer skins (acho o uso de skins ridículo), e sim uma tela bem organizada, com todas as informações ao alcançe, com possibilidade de customização, etc...

Bom gente, como Sistema Operacional, o linux é realmente uma das melhores alternativas (junto com o Mac na minha opinião), mas no quesito interface gráfica, temos muito o q aprender com o Bill e o Steve Jobs.
Não critico o windows por muitas coisas não... na minha opinião, se a licença fosse mais barata eu até compraria uma, para rodar meu jogos (como disse alguém acima, ele é um ótimo video game)...
As grandes falhas do windows (segurança, disponibilidade, estabilidade, escalabilidade, interface nativa, etc) é ignorada totalmente por usuários e até mesmo por alguns profissionais...

[21] Comentário enviado por cruzeirense em 05/04/2008 - 16:48h

É a velha discussão. "O Windows é uma porcaria", "A Microsoft só quer dinheiro", "O Linux é muito melhor"...
Que saco! Isso já tá enchendo a paciência.
Ninguém aí sabe como configurar a placa de rede wireless 8187?
Porque minha empresa comprou um notebook positivo V51 que vem com o mandriva pré instalado e a placa não funciona de jeito nenhum!
O foda é que fui eu que mandei comprar falando que o linux é bom, apesar de ter uma pequena esperiência no linux porque vejo sempre vocês falando aí que o linux é ótimo, muito melhor que o Windows.
Agora tô num mato sem cachorro pq a empresa vai entrar numa licitação e tem que ter todos os softwares legalizados.
Vou ter que falar com meu chefe pra comprar o windows pq o linux não deu certo.
O foda é que instalei o Tapa-olho, Gancho e Perna-de-pau e funcionou que é uma beleza.
Me ajuda aí gente pois o Mandriva veio pré instalado e tinha que funcionar.

[22] Comentário enviado por coyotesp em 05/04/2008 - 18:09h

Excelente artigo...
Otimos conceitos aplicados, desconsiderando o radicalismo, totalmente excelente..

[23] Comentário enviado por fulllinux em 05/04/2008 - 19:21h

Usuário Linux, é gato escaldado...antes da aquisição faz a verificação...essa realtek 8187 wireless a muito não tem suporte a Linux...talves uma simulção!

[24] Comentário enviado por removido em 06/04/2008 - 09:44h

Cruzeirense...
1°, tira o mandriva, q me perdoe quem usa, mas não é distro q preste. Coloca ubuntu e tenta d novo. Qq coisa tente esses links
http://groups.google.com/group/linux.debian.user.portuguese/browse_thread/thread/5e916292eb0efb82
http://www.forumdebian.com.br/topico-1940_Informacoes_Uteis_Sobre_Wireless_em_Linux.html

espero q ajude

[25] Comentário enviado por maran em 06/04/2008 - 17:20h

Velho, eu nunca sei o que cometar em seus artigos.
Então venho aqui mais uma vez parabeniza-lo pelos seus artigos.
E gostoso de ler seus artigos, pois possuem uma imparcialidade em qualquer coisa q vc aborda..

Abraços

Maran

[26] Comentário enviado por cleitonsb em 06/04/2008 - 21:07h

Galera do VOL, grande artigo e proveitoza discução.

Deixa eu colocar aqui novamente meu ponto de vista: Mesmo entre os profissionais de TI, quem diz que o linux é difícil? Quem não conhece!

O que quero dizer é o seguinte elieser_topassi, quando digo que "minha mãe usa linux e é dona de casa", se refere não ao apt-get, mas sim ao "next, next e next...". Isso mesmo. Se um usuario windows quer instalar um programa, ele primeiro busca o nome do programa, e assim adquire o programa.exe e dá seus dois cliks e tudo certo, né?

Assim tbem é no meu ubuntu... Eu procuro o programa, e guando encontro meu programa.deb, dou dois cliks e é só "next, next, e next tbém..." Até as dependencias são resolvidas com esse metódo, com total independencia de apt-get ou synaptc.

Pode acontecer que não funcione com todos os programas, assim com qualquer outro S.O.

Quanto ao hardware ser reconhecido, Slackware_10, tbém não concordo. Recentemente tive que instalar uma multifucional hp no meu pc. Eu conectei na porta usb e... pronto! isso mesmo, não instalei nada! Faz isso no windows... Outra vez tive que instalar uma placa wireless no meu pc, e foi a mesma coisa. Só conectar e ta instalado... É claro, nem todas as distro faz isso, e não funciona com todo tipo de hardware, mas no meu pc, a unica coisa que tive que instalar, foi a placa de video.

Pode acontecer que não funcione com todos os hardwares, mas eu pessoalmente a unica coisa que ja vi que não precisa ser instalado no windows é mouse e teclado, pq nem audio funciona de cara...

Bom, já devem ter percebido que sou eXtremamente idealista, e sou mesmo. Quem tem grana pra bancar a licensa e usar o windows, que use, não critico. Mas por favor winusers, não falem mal de algo que não conhecem...

[27] Comentário enviado por removido em 07/04/2008 - 01:41h

full ,
muito legal seu artigo !!!!!!
sempre provocando excelentes debates ..........

[28] Comentário enviado por Andre Cavalcante em 07/04/2008 - 09:45h

Olá a todos.
Ótimo post. Gera uma discussão boa. Pena que o pessoal nos comentários deturpou o seu conteúdo.
Sim, profissionais de TI necessitam conhecer sistemas operacionais e, de fato, não necessita ser profundo conhecedor de todos, mas tem que entender da maioria o suficiente para mexer nele e botar pra funcionar um servidor qualquer. Falta profissionais? SIM e muitos.
O Linux tem problemas com hardware? NÃO! Os problemas de compatibilidade com hardware são problemas relativos aos fabricantes, porque o Windows não dá suporte a nenhum hardware específico (somente aos chamados genéricos e àquela parca lista do bd que vem com o CD de instalação, todo o resto é um tira e põe de CD...). Exemplo: tenho um note acer 4200 que veio com o Windows. Tirei o windows e coloquei o linux. Só tive um probleminha com a configuração de 3d. Uma vez conseguida, desliguei porque odeio aquele cubo mudando as minhas áreas de trabalho. Tive que colocar o Windows (justamente porcausa da dependência de um cara de TI que sismou que o sistema da empresa dele tem que usar Oracle Desktop, vê se pode, em pleno mundo da Web!). Quando fui instalar, tive que usar o XP, porque o Vista não rolou. No XP ele não detectou nada. Tive que voltar com o CD da acer, aquele de recovery que vem tudo pré-instalado. Imagine o contrário, que a Acer quisesse colocar Linux. Ela teria menos trabalho para fazer o seu CD de recovery, sairia mais barato para ela. Mas contratos, são contratos e eles tem que manter o Windows porque tá no contrato.
Pro Linux pegar de vez (aí falo dos desktops) basta somente algumas empresas passarem a fazer contratos comerciais com o Linux (não é que a DELL já fez isso com a Canonical e tá vendendo desks e notes com Ubuntu!?)

[29] Comentário enviado por ario em 07/04/2008 - 09:53h

Qualquer S.O. só depende de pessoas dedicadas para ser tornar cada vez melhor. Os esquimós ou os tuaregs conseguiram sobreviver no gelo e no deserto respectivamente. Eles fizeram do melhor para conseguirem isto, mesmo com ferramentas diferentes.

Se uso Linux, uso porque gosto, porque deveria me preocupar com os outros?. Em cada melhoria, sinto um pouco de mim nela (ou contrário, cada melhoria querem me convencer que é melhor, que eu tenho que somente aceitar e não escolher).

O Linux já atende minhas necessidades. Estranhei sim o oppenoficce no ínicio, mas ele não deixa a desejar todas minhas necessidades atualmente. Me viciei nele, tudo é questão de costume. O mesmo para Firefox. Embora prefiro o gnome, sempre instalo o konqueror como o melhor gerenciandor de arquivos (quem é um explorer para me atender como o konqueror!). Alguém já usou o "screen" para mantuenção remota de sistemas SCADA? Maravilha!

Jogos são todos jogos. Não podemos conhecer ou jogar todos, então neste universo de jogos, sempre encontramos bons jogos no linux. Participar no progresso do Linux para mim é o melhor jogo. Scritps para mim são lúdicos. Eu adoro aquelas línhas íncríveis resolvendo coisas que dispensam programas cheios de cliques e telas travadas.

Eu gosto de computador, eu gosto de internet, mas eu gosto de muitas outras coisas. Para mim, até mesmo no Linux muitas coisinhas engraçadinhas que servem para nada acabam por ser um elefante branco. Eu quero somente cores, som, imagens, video, internet, uma caixa postal para comunicar com o mundo. Um editor que satisfaça um documentação padrão. Para que usar outro sistema que não o linux, para pagar e usar passivamente? Não, prefiro participar e colaborar. A colaboração é o preço que pago mas tenho o retorno, pois fica no meu conhecimento.

Aprendi que posso usar mais de um sistema no computador, um linux e outro linux; um estável e outro em atualização -- já nem me lembro mais daquele formate-ce-dois-pontos para testar uma nova versão.

Depois que passei a usar linux, pelo menos minha cerveja já sai de graça, e o mais incrível, sem piratear a cerveja.

E querem saber de uma coisa:

É PREFERÍVEL ESTAR INCOMODANDO A REINAR INTRANQUILO!





[30] Comentário enviado por cruzeirense em 07/04/2008 - 12:55h

lordhulk
Obrigado pela dica, funcionou direto do live cd. Depois foi só instalar na máquina que continuou blz.
Valeu turma! Brigadão pela ajuda!!!!

[31] Comentário enviado por neuroprodigy em 07/04/2008 - 20:31h

Concordo em partes com o artigo acima. Acho que TI, Software e Hardware são ferramentas que são utilizadas para atingir a um determinado objetivo. Seja a solução proprietária, de código aberto, etc.. Tudo depende de quanto está disposto a se gastar com tempo, recursos e mão de obra qualificada.


[32] Comentário enviado por otaviozm em 08/04/2008 - 11:45h

independente de um profissional de TI precisar saber muito Linux ou Windows, seria ideal saber muito português antes de tudo! cada erro grotesco nos comentários...

[33] Comentário enviado por elionw3 em 12/04/2008 - 11:08h

A do "perna de pau" e do "papagaio" é otima!!!

Não é maldade pregarmos a favor do linux, afinal, tivemos uma boa experiencia, e queremos que todos nossos amigos compartilhem :)

Mas uma boa parte dos defensores de linux, é "maria vai com as outras" assim como a maior parte dos usuarios Windows


Contribuir com comentário




Patrocínio

Site hospedado pelo provedor RedeHost.
Linux banner
Linux banner
Linux banner

Destaques

Artigos

Dicas

Tópicos

Top 10 do mês

Scripts