Instalando sidux em pendrive para usar como "Canivete Suíço"

Depois de uma situação de aperto por não conseguir acessar wifi mesmo insegura em viagem, decidi instalar o sidux em pendrive.

[ Hits: 23.162 ]

Por: meinhardt, jorge g em 13/07/2009


Por quê usar um pendrive e o sidux



Em primeiro lugar pela portabilidade do pendrive.

Adicionalmente, devido a necessidade crítica de redundância e principalmente para não precisar mais apelar para o XP, o que eventualmente ocorreu apenas em viagens a trabalho caso alguma ou todas as distros instaladas falhassem no acesso a wifi.

Fiz a instalação com total sucesso do sidux Ouranos (2009-01) kernel 2.6.28-5 em pendrive.

Foi a minha primeira experiência com este tipo de instalação, porém muito fácil e rápida, como era de se esperar em se tratando de sidux com sua incomparável capacidade de reconhecimento do hardware.

O uso do pendrive, além da portabilidade e da maior rapidez de acesso a dados, quando comparado com um leitor / gravador de CD /DVD, permite manter uma distro completamente instalada, configurada e personalizada com todos os aplicativos que você normalmente usa, já numa configuração com a qual você está habituado. Com isto, em caso de imprevistos, é só espetar o pendrive e voltar praticamente ao mesmo ponto em que você se encontrava, sem ter que inicializar nenhuma Mídia-Live, partindo de zero.

Afinal, por que o sidux?

Dentre as várias alternativas de distros que tenho testado e usado, o sidux entre todas tem sido indiscutivelmente aquela que tem a melhor capacidade de reconhecimento e configuração do hardware, devido as suas frequentes atualizações da versão de kernel usado e dos pacotes atualizados e estabilizados. Não é sem razão que o sidux é dito um Debian - Hot and Spicy (Quente e Apimentado). Além disto, foi a única distros dentre as que tenho instaladas que não me deixou "na mão".

No caso de hardware mais antigo, a importância da capacidade superior em reconhecimento do hardware deixa de existir, porém em NoBos atuais em que muitas vezes ainda não foi conseguida a ativação de todos os itens do hardware, isto é crucial, sendo o grande diferencial do sidux, além do excelente desempenho.

Página anterior     Próxima página

Páginas do artigo
   1. Comentários iniciais
   2. Por quê usar um pendrive e o sidux
   3. Instalação passo-a-passo
   4. Conclusões e comentários finais
Outros artigos deste autor

Teste a vulnerabilidade de seu PC

Experiencias de um viajante - binômio sidux/Ceni novamente destaque

Zorin OS - interessante distro lançada no ano novo - primeiras impressões

Kernel 3.0-0 já disponível no aptosid e operando de forma estável

Sugestões sobre distros Linux e particionamento de HD

Leitura recomendada

Ångström: Linux em Palmtops, portáteis e embarcados sem mistério

Montar HD em NTFS com o ETCH

Resolvendo definitivamente a configuração de placa de TV e webcam

Wireless RTL-8180 no Linux

Conexão wireless ad-hoc no Ubuntu - relato de experiência

  
Comentários
[1] Comentário enviado por Lisandro em 13/07/2009 - 21:53h

Artigo nota 10. Parabéns.

[2] Comentário enviado por ricardoperera em 13/07/2009 - 22:50h

Artigo mto bom!! Hein, ms acho q tem como vc deixar esse pendrive bootável em qualquer máquina.. uma vez eu li num tutorial do Morimoto q ele colocava o Kurumin no pendrive e ele deletava um arquivo que era o arquivo que armazenava as informações da máquina... daí toda vez q ele bootava como nao encontrava o arquivo ele acabava fazendo o reconhecimento do hardware e de quebra configurando tudo.... Então acho que existe como deixar esse pendrive armazenando as informações e ainda usável em qualquer micro...

[3] Comentário enviado por mcnd2 em 13/07/2009 - 22:54h

Show de bola.

Tenho instalado no meu Pen o "Slax" em 1.5Gb ext3 e 500MB fat32 para arquivos de trabalho.

Nota 10...

Vlw...

[4] Comentário enviado por meinhardt_jgbr em 13/07/2009 - 23:09h

ciscokid,

Como comentei no artigo, existe outra maneira de "preparar" o pendrive. Uma como uma instalação normal igual a de um HD e portanto "amarrada" a configuração do hardware do PC onde for instalado e outra similar a aquela descrita pelo Morimoto, onde você pode inclusive agregar ou retirar aplicativos e fazer uma montagem do conteúdo da distro que você escolher para usar no pendrive.
Usando o sidux, esta segunda alternativa requer que você copie a imagem ISO da mídia de instalação no pendrive. Por outro lado permite você usar o pendrive para rodar a distro a partir de qualquer PC. Meu objetivo entretanto não era este, porém apenas usar no meu NoBo em caso de necessidade. Por esta razão preferi esta alternativa de instalação. O artigo portanto não trata de instalações em pendrive de forma genérica. O Manual do sidux, tem as duas alternativas bem explicadas.

Grato pelo comentário!!


Contribuir com comentário