Instalando sidux em pendrive para usar como "Canivete Suíço"

Depois de uma situação de aperto por não conseguir acessar wifi mesmo insegura em viagem, decidi instalar o sidux em pendrive.

[ Hits: 23.590 ]

Por: j g meinhardt em 13/07/2009


Por quê usar um pendrive e o sidux



Em primeiro lugar pela portabilidade do pendrive.

Adicionalmente, devido a necessidade crítica de redundância e principalmente para não precisar mais apelar para o XP, o que eventualmente ocorreu apenas em viagens a trabalho caso alguma ou todas as distros instaladas falhassem no acesso a wifi.

Fiz a instalação com total sucesso do sidux Ouranos (2009-01) kernel 2.6.28-5 em pendrive.

Foi a minha primeira experiência com este tipo de instalação, porém muito fácil e rápida, como era de se esperar em se tratando de sidux com sua incomparável capacidade de reconhecimento do hardware.

O uso do pendrive, além da portabilidade e da maior rapidez de acesso a dados, quando comparado com um leitor / gravador de CD /DVD, permite manter uma distro completamente instalada, configurada e personalizada com todos os aplicativos que você normalmente usa, já numa configuração com a qual você está habituado. Com isto, em caso de imprevistos, é só espetar o pendrive e voltar praticamente ao mesmo ponto em que você se encontrava, sem ter que inicializar nenhuma Mídia-Live, partindo de zero.

Afinal, por que o sidux?

Dentre as várias alternativas de distros que tenho testado e usado, o sidux entre todas tem sido indiscutivelmente aquela que tem a melhor capacidade de reconhecimento e configuração do hardware, devido as suas frequentes atualizações da versão de kernel usado e dos pacotes atualizados e estabilizados. Não é sem razão que o sidux é dito um Debian - Hot and Spicy (Quente e Apimentado). Além disto, foi a única distros dentre as que tenho instaladas que não me deixou "na mão".

No caso de hardware mais antigo, a importância da capacidade superior em reconhecimento do hardware deixa de existir, porém em NoBos atuais em que muitas vezes ainda não foi conseguida a ativação de todos os itens do hardware, isto é crucial, sendo o grande diferencial do sidux, além do excelente desempenho.

Página anterior     Próxima página

Páginas do artigo
   1. Comentários iniciais
   2. Por quê usar um pendrive e o sidux
   3. Instalação passo-a-passo
   4. Conclusões e comentários finais
Outros artigos deste autor

Teste a vulnerabilidade de seu PC

Quando seria mais conveniente usar wvdial no terminal para conexões 3G ou EDGE?

Linux também pode ser bom para a terceira idade - "Ginástica" mental pode ajudar a prevenir Alzheimer

Instalando Linux em notebooks - uso de cheatcodes

Sugestões sobre distros Linux e particionamento de HD

Leitura recomendada

Instalando placa de som de modo rápido, fácil e prático

Como configurar o dispositivo Wireless LG LW2110P chipset rtl8180 no Slackware 10

Resolvendo definitivamente a configuração de placa de TV e webcam

Ångström: Linux em Palmtops, portáteis e embarcados sem mistério

Placas de vídeo que já perderam o suporte no Linux

  
Comentários
[1] Comentário enviado por Lisandro em 13/07/2009 - 21:53h

Artigo nota 10. Parabéns.

[2] Comentário enviado por ricardoperera em 13/07/2009 - 22:50h

Artigo mto bom!! Hein, ms acho q tem como vc deixar esse pendrive bootável em qualquer máquina.. uma vez eu li num tutorial do Morimoto q ele colocava o Kurumin no pendrive e ele deletava um arquivo que era o arquivo que armazenava as informações da máquina... daí toda vez q ele bootava como nao encontrava o arquivo ele acabava fazendo o reconhecimento do hardware e de quebra configurando tudo.... Então acho que existe como deixar esse pendrive armazenando as informações e ainda usável em qualquer micro...

[3] Comentário enviado por mcnd2 em 13/07/2009 - 22:54h

Show de bola.

Tenho instalado no meu Pen o "Slax" em 1.5Gb ext3 e 500MB fat32 para arquivos de trabalho.

Nota 10...

Vlw...

[4] Comentário enviado por meinhardt_jgbr em 13/07/2009 - 23:09h

ciscokid,

Como comentei no artigo, existe outra maneira de "preparar" o pendrive. Uma como uma instalação normal igual a de um HD e portanto "amarrada" a configuração do hardware do PC onde for instalado e outra similar a aquela descrita pelo Morimoto, onde você pode inclusive agregar ou retirar aplicativos e fazer uma montagem do conteúdo da distro que você escolher para usar no pendrive.
Usando o sidux, esta segunda alternativa requer que você copie a imagem ISO da mídia de instalação no pendrive. Por outro lado permite você usar o pendrive para rodar a distro a partir de qualquer PC. Meu objetivo entretanto não era este, porém apenas usar no meu NoBo em caso de necessidade. Por esta razão preferi esta alternativa de instalação. O artigo portanto não trata de instalações em pendrive de forma genérica. O Manual do sidux, tem as duas alternativas bem explicadas.

Grato pelo comentário!!


Contribuir com comentário




Patrocínio

Site hospedado pelo provedor RedeHost.
Linux banner
Linux banner
Linux banner

Destaques

Artigos

Dicas

Tópicos

Top 10 do mês

Scripts