Inkscape descomplicado - Parte I

Nesta pequena série de artigos, você vai aprender a utilizar o Inkscape para realizar "pequenas grandes" tarefas, que podem tirar o sono de qualquer pessoa que nunca precisou criar nada... até agora!

[ Hits: 11.255 ]

Por: Guilherme RazGriz em 28/07/2014 | Blog: http://razgrizbox.tumblr.com


Inkscape? Pra que serve mesmo?



Caros,

Esta pequena série tem a sua serventia em auxiliar aquelas pessoas que, eventualmente, precisarão em algum momento da vida digital, abrir o Inkscape para criar seja um mero cartão de visitas, ou até mesmo uma arte 3D para usar em um vídeo de forma prática e sem rodeios. Vamos lá?

Sendo um dos melhores programas para desenho vetorial disponíveis no universo do Software Livre, a leveza e a baixa demanda de recursos do mesmo, permitem que ele rode sob praticamente qualquer configuração, tornando-o arma importante para momentos assim.

Na imagem abaixo, temos um pequeno panorama das ferramentas que iremos aprender a utilizar:

Vamos começar pela ferramenta Retangular, esta ferramenta permite criar formas retangulares sem maior esforço e ainda dar ao mesmo, cantos arredondados através da movimentação das parábolas brancas presentes nas laterais do objeto recém criado. E tudo isso bastando clicar e arrastar o recurso a ser alterado para ver o resultado!
Linux: Inkscape Descomplicado - Parte I   Linux: Inkscape Descomplicado - Parte I   Linux: Inkscape Descomplicado - Parte I

Por fim, ainda podemos utilizar o seletor de objetos para modelar o seu formato final. Com um segundo clique sobre o objeto, podemos também modificar a sua inclinação das extremidades ou mesmo rotacioná-lo!

Agora, vamos converter o nosso retângulo em caminho, isto pois, o nosso objeto ainda possui as "travas" relativas à ferramenta que originou o mesmo. A conversão em caminho, tem em sua serventia permitir a livre modelagem do mesmo, através da ferramenta de edição de nós. Com esta ferramenta podemos mover, rotacionar ou mesmo deletar pontos vetoriais indesejados!
Linux: Inkscape Descomplicado - Parte I   Linux: Inkscape Descomplicado - Parte I   Linux: Inkscape Descomplicado - Parte I

A ferramenta Circular possui recursos bem similares aos vistos na ferramenta anterior, porém, agora podemos criar aberturas através das mesmas parábolas supracitadas.
Linux: Inkscape Descomplicado - Parte I   Linux: Inkscape Descomplicado - Parte I

Com objetos originados da ferramenta circular, também devemos converter para caminho caso a modelagem livre seja primordial ao nosso trabalho.


    Próxima página

Páginas do artigo
   1. Inkscape? Pra que serve mesmo?
   2. Operações booleanas e polígonos
   3. Introdução ao trabalho com gradientes
Outros artigos deste autor

As letras que fazem TOING

O Rio distorcivo e o Gimp

Gimp e o abstrato perspectivo

Água e submersos?

"Tatuando" pessoas com o Gimp

Leitura recomendada

Botões acqua no Inkscape

Edição pesada de imagens com o Gimp (parte 3)

Instalando e configurando desktop 3d no Debian Etch 64 bits

Compiz Fusion: Ativando o efeito de "janela pegando fogo" e outros efeitos 3D

Blender para todos! - Parte IV

  
Comentários
[1] Comentário enviado por albfneto em 28/07/2014 - 11:39h

Mais um grande artigo. Favoritado.
vc é aqui nosso especialista nos softwares linux de computação gráfica.


Contribuir com comentário