Inkscape descomplicado - Parte I

Nesta pequena série de artigos, você vai aprender a utilizar o Inkscape para realizar "pequenas grandes" tarefas, que podem tirar o sono de qualquer pessoa que nunca precisou criar nada... até agora!

[ Hits: 10.483 ]

Por: Guilherme RazGriz em 28/07/2014 | Blog: http://razgrizbox.tumblr.com


Inkscape? Pra que serve mesmo?



Caros,

Esta pequena série tem a sua serventia em auxiliar aquelas pessoas que, eventualmente, precisarão em algum momento da vida digital, abrir o Inkscape para criar seja um mero cartão de visitas, ou até mesmo uma arte 3D para usar em um vídeo de forma prática e sem rodeios. Vamos lá?

Sendo um dos melhores programas para desenho vetorial disponíveis no universo do Software Livre, a leveza e a baixa demanda de recursos do mesmo, permitem que ele rode sob praticamente qualquer configuração, tornando-o arma importante para momentos assim.

Na imagem abaixo, temos um pequeno panorama das ferramentas que iremos aprender a utilizar:

Vamos começar pela ferramenta Retangular, esta ferramenta permite criar formas retangulares sem maior esforço e ainda dar ao mesmo, cantos arredondados através da movimentação das parábolas brancas presentes nas laterais do objeto recém criado. E tudo isso bastando clicar e arrastar o recurso a ser alterado para ver o resultado!
Linux: Inkscape Descomplicado - Parte I   Linux: Inkscape Descomplicado - Parte I   Linux: Inkscape Descomplicado - Parte I

Por fim, ainda podemos utilizar o seletor de objetos para modelar o seu formato final. Com um segundo clique sobre o objeto, podemos também modificar a sua inclinação das extremidades ou mesmo rotacioná-lo!

Agora, vamos converter o nosso retângulo em caminho, isto pois, o nosso objeto ainda possui as "travas" relativas à ferramenta que originou o mesmo. A conversão em caminho, tem em sua serventia permitir a livre modelagem do mesmo, através da ferramenta de edição de nós. Com esta ferramenta podemos mover, rotacionar ou mesmo deletar pontos vetoriais indesejados!
Linux: Inkscape Descomplicado - Parte I   Linux: Inkscape Descomplicado - Parte I   Linux: Inkscape Descomplicado - Parte I

A ferramenta Circular possui recursos bem similares aos vistos na ferramenta anterior, porém, agora podemos criar aberturas através das mesmas parábolas supracitadas.
Linux: Inkscape Descomplicado - Parte I   Linux: Inkscape Descomplicado - Parte I

Com objetos originados da ferramenta circular, também devemos converter para caminho caso a modelagem livre seja primordial ao nosso trabalho.


    Próxima página

Páginas do artigo
   1. Inkscape? Pra que serve mesmo?
   2. Operações booleanas e polígonos
   3. Introdução ao trabalho com gradientes
Outros artigos deste autor

Blender para todos! - Parte I

O MP3 player e o Ogg Vorbis

Um pouco de pintura digital

Edição pesada de imagens com o Gimp (parte 1)

Profundidade indivisível

Leitura recomendada

Da criança problema até o abacaxi

Edição pesada de imagens com o Gimp (parte 3)

Guia SSD no Linux: tudo que você precisa saber e o que precisa esquecer!

Aixgl + Beryl no Slackware

ICINGA - Monitorando máquinas remotas com NRPE

  
Comentários
[1] Comentário enviado por albfneto em 28/07/2014 - 11:39h

Mais um grande artigo. Favoritado.
vc é aqui nosso especialista nos softwares linux de computação gráfica.


Contribuir com comentário




Patrocínio

Site hospedado pelo provedor RedeHost.
Linux banner
Linux banner
Linux banner

Destaques

Artigos

Dicas

Tópicos

Top 10 do mês

Scripts