GNU e Linux: amigos para sempre

Esse artigo é apenas um simples resumo (muito resumido) da história do hacker Richard Stallman, do projeto GNU e do surgimento do Linux. Feito para usuários iniciantes que não sabem o que é GNU e qual a sua ligação com o Linux.

[ Hits: 58.449 ]

Por: Xerxes Lins em 02/09/2009 | Blog: https://voidlinux.org/


O surgimento do Linux



9. Linus e Linux

Em 1991 a FSF estava, lentamente, desenvolvendo seu micro-kernel GNU Hurd. Enquanto isso, na Finlândia, um estudante de Ciência da Computação da Universidade de Helsinki desenvolvia um kernel monolítico baseando-se no micro-kernel do sistema Minix (sistema desenvolvido pelo consagrado Andrew Stuart Tanembaum - chefe do departamento de sistemas de computação na Universidade Vrije). O nome desse estudante era Linus Torvalds.

Linux: GNU x Linux
Linus Torvalds
Linus Torvalds resolveu distribuir o seu kernel na internet e o batizou com o nome Linux, contração de Linus e UNIX, já que o Minix era uma versão reduzida do UNIX, criada com fins didáticos (era um "mini UNIX").
Linux: GNU x Linux
Tux - simpático mascote do Linux
O projeto GNU precisava de um kernel e, pelo menos provisoriamente, o kernel Linux se adequava perfeitamente ao projeto enquanto o GNU Hurd era desenvolvido.

Ao final de 1992, Linus publicou o Linux nas condições da GPL. Sendo assim, houve um casamento perfeito entre o projeto GNU e o kernel Linux, ambos sob licença GPL.

Linus não conhecia Richard Stallman, nem conhecia a FSF, nem conhecia o projeto GNU. Mesmo assim, havia distribuído o Linux livremente na internet. Não demorou até que muitas pessoas começassem a unir os programas do projeto GNU ao kernel Linux, originando o sistema GNU/Linux.
Linux: GNU e Linux: amigos para sempre ^^
Andrew Stuart Tanenbaum

10. GNU x Linux

Hoje em dia é comum simplificarmos as coisas e falarmos apenas Linux, ao invés de GNU/Linux. Para muitos, essa simplificação não implica apenas em ignorar todo um trabalho de anos de um grupo de programadores, mas significa também reduzir a importância do projeto GNU na história da informática.

Stallman pede que se use o termo GNU/Linux e não apenas Linux, como uma forma de lembrarmos dos ideais que existem e que impulsionaram o projeto tornado-o possível. É por isso que algumas pessoas fazem questão de usar o termo GNU/Linux ao invés de apenas Linux.

Outros, incluindo o próprio Linus, acham que simplesmente usar o termo Linux é suficiente e que isso não fará as pessoas esquecerem do projeto GNU. Usar o termo GNU/Linux seria algo desnecessário.
Linux: GNU x Linux
Stallman 2009

11. Distribuições Linux

Com o tempo vários aplicativos e ferramentas novas foram surgindo. Qualquer pessoa, teoricamente, poderia unir o kernel Linux aos programas do projeto GNU e criar o seu sistema operacional, personalizando-o ao seu gosto particular. Assim surgem as distribuições Linux, diferentes na superfície, mas todas tendo o Linux como coração.

Assim surgiu, por exemplo, em 1993, o Slackware. Distribuição criada por Patrick Volkerding com o objetivo de ser usada principalmente em servidores e tentando se aproximar ao máximo da segurança e funcionalidade do sistema UNIX.

Também em 1993 surgiu a distribuição Debian, criada por Ian Murdock. Essa é uma distribuição criada com base no espírito do projeto GNU de colaboração mútua e foi até mesmo patrocinada pela FSF.

Há distribuições Linux para todos os gostos. O usuário que começa a testar várias delas acaba percebendo que o que diferencia uma da outras são características invisíveis a primeira vista, já que a aparência depende do ambiente gráfico escolhido. As características mais importante são coisas como:
  • Velocidade do ciclo de atualização das versões;
  • Se é rolling-release (ou seja, se mantém-se sempre atual ao invés de ter uma nova versão periodicamente);
  • A quantidade de documentação disponível na internet no idioma do usuário;
  • A modernidade dos pacotes;
  • O quanto os pacotes são testados para serem considerados seguros;
  • A quantidade de pacotes disponíveis;
  • Se tem sistema de gerenciamento de pacotes automatizado;
  • A eficiência do gerenciamento de pacotes;
  • Se já vem com vários programas instalados, pronto para desktop ou se é preciso construir o sistema ao seu gosto;
  • Se exige boa conexão com a internet para instalar ou se não precisa de internet para instalar;
  • Se exige conhecimento mediano sobre sistemas operacionais ou se serve para leigos;
  • Se admite ou não o uso de softwares proprietários em seus repositórios;
  • Se foi feito para várias arquiteturas de processador ou se foi feito para uma especificamente;
  • Entre outros.

Linux: GNU x Linux
GNU e Linux: amigos para sempre ^^
Página anterior     Próxima página

Páginas do artigo
   1. A história de Richard Stallman
   2. A história do GNU e GPL
   3. O surgimento do Linux
   4. Conclusão
Outros artigos deste autor

Incentivo ao Funtoo

Entendendo o boot-update

KISS vs. HUG

Sport: Frontend para Slackbuilds ao estilo Ports do BSD

Lidando com compactação de arquivos no Linux

Leitura recomendada

A Catedral e o Bazar - Eric S. Raymond

Instalação de um Servidor Web

Fundamentos do sistema Linux - Permissões

Emmi Linux - Uma Revisão, Primeiras Impressões e Testes

Como gerenciar permissões no Linux

  
Comentários
[1] Comentário enviado por ricardok2 em 02/09/2009 - 13:05h

Parabéns pelo artigo.
Mudou totalmente meu conceito sobre Linux, GNU, e Software Livre.
Apesar de ser usuário Linux há algum tempo, eu não sabia de muita coisa ...

[2] Comentário enviado por cruzeirense em 02/09/2009 - 13:36h

Excelente artigo.

Agora, eu não sou tão averso ao software proprietário. Acho que ele é tão importante quanto o software livre. Na verdade o que provocou essa (r)evolução gigantesca na área de informatica foi o software proprietário, com seu alto custo, mas também com altos investimentos.

Abraços,

Renato

[3] Comentário enviado por xerxeslins em 02/09/2009 - 14:07h

@ricardok2: thanx ^^

@cruzeirense: com certeza o software proprietário trouxe incríveis revoluções, mas junto com elas, trouxe o crescimento do monopólio... ou seja, o conhecimento retido nas mãos de poucos, enquanto a revolução do software livre nos oferece uma alternativa que possibilita aprendermos mais, de forma mais livre.

[4] Comentário enviado por rafaelstanley em 02/09/2009 - 14:14h

Artigo muito bom, meus parabéns.


UP ^^

[5] Comentário enviado por albfneto em 02/09/2009 - 16:11h

É muito bom, xerxes, muito legal!
eu acho história, um assunto sempre interessante....

[6] Comentário enviado por joelzao em 02/09/2009 - 16:58h

Excelente!!!!

[7] Comentário enviado por smoisesr em 02/09/2009 - 17:31h

Excelente artigo, PARABÉNS!
[]'s

[8] Comentário enviado por xerxeslins em 02/09/2009 - 17:57h

Pessoal agora tem um videozinho =P

[9] Comentário enviado por tpjunior em 02/09/2009 - 18:50h

Muito bom mesmo seu artigo, parabéns.
:)

[10] Comentário enviado por pinduvoz em 02/09/2009 - 19:01h

Como interessado em História da Informática que sou, já conhecia os fatos relatados no seu artigo.

Já como membro de uma comunidade que difunde o uso do SL e do GNU/Linux, aplaudo a iniciativa de trazer esses mesmos fatos ao conhecimento de quem se dispuser a ler um texto breve.

Parabéns!

[11] Comentário enviado por kalachinikov em 02/09/2009 - 21:54h

Parabêns!! Realmente uma aula sobre GNU Linux... muito bom.. vlw =)

[12] Comentário enviado por kaito57 em 03/09/2009 - 02:39h

Ótimo artigo, agora percebo por que alguns são tão fanáticos ao defenderem o ideal do software livre...

Claro que tem gente que é chata e não ajuda em nada, muito pelo contrário... mas tb tem os chatos que sabem defender de maneira que o conhecimento seja difuso para a comunidade.

[13] Comentário enviado por asdf2 em 03/09/2009 - 16:42h

melhor artigo sobre a histora do software livre que já vi aqui no VOL, valeu cara.

[14] Comentário enviado por guilhermedelfino em 04/09/2009 - 11:08h

Òtimo Artigo !!!

[15] Comentário enviado por wryel em 04/09/2009 - 11:11h

Muita boa escrita rapaz, agora quando alguém falar de gnu é vou saber do que realmente se trata, e eu concordo com o stallman, pu** sacanagem ele fazer todo o serviço pesado pro linus levar quase toda a fama HAHAHA...

GNU/Linux na cabeça! :)

[16] Comentário enviado por angelito em 07/09/2009 - 22:00h

Otimo artigo. GNU e Linux se completam :D

Abração

[17] Comentário enviado por pdouglas em 08/09/2009 - 14:44h

Ótimo artigo!!! Tenho certeza que muitos usuários de GNU/Linux nem sabem quem é Richard Stallman, quando ele, na verdade foi mais importante para o GNU/Linux do que o próprio Linus Torvalds(não desmerecendo o trabalho do mesmo). Parabéns pelo excelente artigo!!

[18] Comentário enviado por annakamilla em 09/09/2009 - 00:00h

muito bom o seu artigo.



[19] Comentário enviado por oliviofarias em 18/02/2010 - 23:33h

Meu amigo.
Maravilhoso seu artigo...
Adorei mesmo, principalmente a parte que explica que não é só LINUX e sim GNU/LINUX.
;c)
no 10.

[20] Comentário enviado por Primo NT em 13/03/2010 - 09:54h

Muito bom......Piratas do Vale do Silicio! xD

[21] Comentário enviado por andfeh em 01/08/2010 - 23:34h

Meu, e a gente ai (mal informados, entre outros) achando que arrebentamos no "Linux"... e na verdade estamos tão acostumados ao capitalismo digital influenciando nossas decisões, que até esquecemos da história, para não dizer que nunca a conhecemos e estamos dissiminando um teoria falsa e sem fundamentos reais, que na verdade é imparcial, simplesmente pensa em nossa liberdade, e na verdade mesmo, esta tentando nos libertar das pragas homogêneas que levam nossa grana até pessoas, que sequer, sabem programar!

Seu artigo realmente mudou minha maneira de pensar.
Valeu mesmo.

[22] Comentário enviado por fabulozox em 27/09/2010 - 18:41h

Artigo show de bola!
É muito bom conhecer um pouco sobre uma grande pessoa como é esse Stallman.
Parabéns!

[23] Comentário enviado por doradu em 15/10/2010 - 13:06h

grande artigo

corrigindo, o Linus não batizou o Linux (ele sugeriu Freax - Free + Unix)

quem deu nome ao boi foi Ari Lemmke

http://en.wikipedia.org/wiki/History_of_Linux

vlw

[24] Comentário enviado por xerxeslins em 15/10/2010 - 13:34h

doradu, valeu pela informação!

=)

[25] Comentário enviado por walewin74 em 20/12/2010 - 16:25h

ai vemos a importancia de seres como Richard, Linus entre outros ,que fazem com que algo não proprietario, seja realmente de estremo valor para eles e para nos tbm....VivaoLinux....

[26] Comentário enviado por viniciusdmoreira em 10/02/2016 - 21:40h

Parabéns pelo artigo e muito obrigado pelas informações, Xersxellins!
Richard Stallman é gênio! Ele não possui apenas o conhecimento técnico, mas também é um legítimo filósofo, capaz de fazer uma leitura ampla sobre as coisas e de mundo. Devemos reverências à este cara!!! O mundo está e se tornará cada vez mais dependente dos computadores e Richard Stallman sempre soube disso e, sua nobreza permitiu uma visão ética e humana sobre este tema. Só existem universidades porque o conhecimento foi compartilhado!!!
A única observação que faço ao seu artigo, Xersxellins, é quando você chama o Stallman de utópico. Utópico significa "em lugar algum", e o projeto GNU já é uma realidade mais que consolidada.

[27] Comentário enviado por xerxeslins em 11/02/2016 - 09:21h


[26] Comentário enviado por viniciusdmoreira em 10/02/2016 - 21:40h

Parabéns pelo artigo e muito obrigado pelas informações, Xersxellins!
Richard Stallman é gênio! Ele não possui apenas o conhecimento técnico, mas também é um legítimo filósofo, capaz de fazer uma leitura ampla sobre as coisas e de mundo. Devemos reverências à este cara!!! O mundo está e se tornará cada vez mais dependente dos computadores e Richard Stallman sempre soube disso e, sua nobreza permitiu uma visão ética e humana sobre este tema. Só existem universidades porque o conhecimento foi compartilhado!!!
A única observação que faço ao seu artigo, Xersxellins, é quando você chama o Stallman de utópico. Utópico significa "em lugar algum", e o projeto GNU já é uma realidade mais que consolidada.


Obrigado! O artigo é de 2009. Acho que hoje eu mudaria algumas coisas do que disse rsrs.

Abraço!

[28] Comentário enviado por cristophervidal em 06/03/2016 - 20:58h

Excelente artigo, obrigado por compartilhar tal conhecimento.
Abraços!

[29] Comentário enviado por uchiha_itachi em 02/04/2017 - 13:22h

Muito obrigado por compartilhar seu conhecimento conosco. Um artigo muito simples e direto.

[30] Comentário enviado por xerxeslins em 03/04/2017 - 11:32h


[29] Comentário enviado por CarlosAugustoSEP em 02/04/2017 - 13:22h

Muito obrigado por compartilhar seu conhecimento conosco. Um artigo muito simples e direto.


Obrigado!!!


Contribuir com comentário




Patrocínio

Site hospedado pelo provedor RedeHost.
Linux banner
Linux banner
Linux banner

Destaques

Artigos

Dicas

Tópicos

Top 10 do mês

Scripts