Gerenciando arquivos com o Shell

Este é o segundo de uma série, que visa a ser uma porta de entrada para o mundo GNU/Linux. Neste artigo, serão abordados os tópicos: comandos básicos para gerenciamento de arquivos, processando e filtrando arquivos de texto, expressões regulares e o editor Vi.

[ Hits: 14.074 ]

Por: rafael silveira gomes em 30/04/2014


Comandos básicos para gerenciamento de arquivos



Gerenciando arquivos

No Shell, é possível realizar as mesmas operações feitas em modo gráfico. Abordaremos agora, alguns dos comandos utilizados nas operações básicas de gerenciamento de arquivos.

Caminho relativo e caminho absoluto

Para entender melhor como funcionam os comandos de manipulação de arquivos, é necessário entender, primeiro, dois conceitos: Caminho Relativo e Caminho Absoluto. Estes conceitos são válidos para todos os comandos de manipulação de arquivos.

- Caminho Relativo:

O caminho relativo para um arquivo, ou pasta, é o caminho que informamos quando formos trabalhar com arquivos, ou pastas, dentro do diretório corrente (atual). Por exemplo: Estamos dentro do diretório /home/usuario.

Para acessar a pasta /home/usuario/Documentos com o comando cd, basta informar seu nome, como em:

cd Documentos

- Caminho Absoluto:

O caminho absoluto é um caminho de acesso à uma pasta, ou arquivo, que é válido independentemente do diretório em que estivermos naquele momento.

Por exemplo: estamos no diretório /home/usuario/Documentos/pasta, para acessar a pasta /home/usuario/Download com o comando cd, utilizamos o caminho absoluto, como em:

cd /home/usuario/Download

Comandos básicos

Comandos básicos para gerenciamento de arquivos

O comando cd:

Este comando é extremamente importante no Shell, ele é utilizado para nos movimentarmos entre os diretórios no sistema de arquivos. Alguns exemplos de seu uso são:

Acessar uma pasta:

cd /caminho/pasta

Voltar um nível acima da pasta corrente (atual):

cd ..

Acessar a última pasta acessada:

cd $OLDPWD


O comando pwd:

Este comando é muito útil e auxilia o uso do comando cd, informando qual diretório estamos acessando naquele momento.

Sua sintaxe é:

pwd


O comando ls:

Este comando é utilizado para listar o conteúdo de diretórios. Alguns exemplos de seu uso, são:

1. Para listar o conteúdo do diretório:

ls /caminho/pasta

2. Para listar o conteúdo e incluir arquivos ocultos:

ls -a


O comando mkdir:

Este comando é utilizado para criar um diretório. Sua sintaxe é:

mkdir /caminho/pasta


O comando rmdir:

Este é o comando utilizado para excluir diretórios vazios. Sua sintaxe é:

rmdir /caminho/Pasta


O comando touch:

Este comando é utilizado para alterar informações de acesso aos arquivos, como, por exemplo: data de modificação, data de último acesso, etc. Mas, pode ser utilizado para a criação de novos arquivos.

Exemplos de uso:

1. Criar um novo arquivo:

touch arquivo

2. Alterar a data do ultimo acesso ao arquivo:

touch -a --date="aaaa-mm-dd" arquivo

3. Alterar a data de modificação do arquivo:

touch -m --date="aaaa-mm-dd" arquivo


O comando mv:

Este comando pode ser utilizado para dois fins: renomear arquivos ou movê-los.

Exemplos de uso:

1. Para renomear um arquivo:

mv arquivo novoNome

2. Para mover um arquivo:

mv arquivo /caminho/pasta

3. Para mover um arquivo e alterar seu nome:

mv arquivo /caminho/pasta/novoNome


O comando cp:

Este comando é utilizado para copiar arquivos e diretórios. Alguns exemplos de seu uso, são:

1. Para copiar um arquivo:

cp arquivo /caminho/pasta

2. Para copiar uma pasta (e seu conteúdo):

cp -R pasta /caminho/pasta


O comando rm:

Este comando pode ser utilizado para remover arquivos e diretórios que possuam conteúdo. Alguns exemplos de seu uso, são:

1. Para remover um arquivo:

rm arquivo

2. Para remover uma pasta:

rm -R /caminho/pasta


O comando ln:

Este comando é utilizado para criar uma ligação (link) entre dois arquivos. Antes de sua utilização, é necessário compreender dois conceitos: Link Simbólico e Link Físico.

- Link Simbólico:

Um link simbólico é um arquivo que contém o endereço de outro arquivo. Links simbólicos, podem apontar para quaisquer arquivos, mesmo que estes não estejam no mesmo sistema de arquivos. Caso o arquivo apontado seja deletado, o link continua apontando para aquele endereço, chamamos isso de "link quebrado".

- Link Físico:

Links físicos são representações de um mesmo arquivo em diferentes diretórios. Diferente dos links simbólicos, os links físicos não ficam quebrados, entretanto, estes só podem apontar para arquivos que estejam no mesmo sistema de arquivos.

1. Para criar um link simbólico:

ln -s /caminho/pasta/ nomeLink

2. Para criar um link físico:

ln /caminho/pasta nomeLink

    Próxima página

Páginas do artigo
   1. Comandos básicos para gerenciamento de arquivos
   2. Processando e filtrando arquivos de texto
   3. Expressões regulares
   4. O editor vi
Outros artigos deste autor

Gerenciando Processos com o Shell

Gerenciamento de Discos com o Shell

Introdução ao Shell

Leitura recomendada

Usando variáveis de ambiente

A importância de um backup

Estruturas de virtualização

Instalação e configuração básica de um Debian 6 Squeeze para Desktops

A origem do Linux

  
Comentários
[1] Comentário enviado por dimasdaros em 01/05/2014 - 20:05h

Artigo que deveria ser lido por todos que usam Linux, especialmente iniciantes, com os assuntos tratados já da para se virar bem com o terminal.
Bom artigo @rsilveiragomes

Só uma pergunta sobre o "cd $PLDPWD", funcionamento dele pelo que notei aqui é semelhante ao "cd -", que volta para o diretório anterior.
Sabe qual a diferença?

Grande abraço.
Até mais


[2] Comentário enviado por rsilveiragomes em 01/05/2014 - 21:14h

dimasdaros >>>

Obrigado pelo feedback :)
A minha idéia é essa mesmo fazer com que os iniciantes aprendam a caminhar com as próprias pernas (igual eu estou aprendendo).

Agora sobre a sua dúvida:

O comando: "cd $OLDPWD" volta para o diretório anterior através do valor guardado na variável OLDPWD (esta variável guarda sempre o endereço do último diretório acessado).

O comando "cd -" volta para o diretório anterior e mostra na tela qual é este diretório. Ou seja, "cd -" equivale a um "cd $OLDPWD" + "pwd".

entendeu ?

[3] Comentário enviado por dimasdaros em 01/05/2014 - 21:20h


[2] Comentário enviado por rsilveiragomes em 01/05/2014 - 21:14h:

dimasdaros >>>

Obrigado pelo feedback :)
A minha idéia é essa mesmo fazer com que os iniciantes aprendam a caminhar com as próprias pernas (igual eu estou aprendendo).

Agora sobre a sua dúvida:

O comando: "cd $OLDPWD" volta para o diretório anterior através do valor guardado na variável OLDPWD (esta variável guarda sempre o endereço do último diretório acessado).

O comando "cd -" volta para o diretório anterior e mostra na tela qual é este diretório. Ou seja, "cd -" equivale a um "cd $OLDPWD" + "pwd".

entendeu ?


Compreendi sim, realmente quado testei aqui teve essa diferença, mas nem dei atenção à ela.
Brigadão pelo esclarecimento (y)

[4] Comentário enviado por albfneto em 02/05/2014 - 19:35h

conheço, mas favoritei. Dica muito boa para todos os Iniciantes!
Parabéns!

sugiro que cite a primeira parte, nos comentários, para loalizar mais fácilmente. Cada parte da série que fizer, cite as anteriores.

[5] Comentário enviado por rsilveiragomes em 02/05/2014 - 20:08h


[4] Comentário enviado por albfneto em 02/05/2014 - 19:35h:

conheço, mas favoritei. Dica muito boa para todos os Iniciantes!
Parabéns!

sugiro que cite a primeira parte, nos comentários, para loalizar mais fácilmente. Cada parte da série que fizer, cite as anteriores.


É.. bem pensado isso kkk
Só que agora não consigo mais editar o artigo (ou consigo ?).. vou implementar a dica nos próximos ;)
Valeu !

[6] Comentário enviado por albfneto em 03/05/2014 - 13:43h

vc pode citar a parte 1 aqui mesmo, nos comentários, mas se quiser, me forneça o link e o texto, o que queria colocar na edição e onde colocar (em que ponto do artigo) que eu edito para você, sou um dos Moderadores.


[8] Comentário enviado por marbreu em 30/06/2014 - 20:26h

muito bom este artigo, vç deveria condensar seus outros artigos em um só, ajudaria muita gente que esta iniciando e consultas p/os mais experientes.

[9] Comentário enviado por rsilveiragomes em 01/07/2014 - 11:59h

marbreu >> eu iria fazer um só mas iria ficar meio grande.. e daí como não tenho muito tempo livre.. fui postando conforme terminei as 'partes'.. pq queria ter um feedback também :P

Quando eu acabar todas as 'partes' que pensei em escrever, dependendo do tamanho, deleto os artigos soltos e faço um novo post único x)

[10] Comentário enviado por marbreu em 06/07/2014 - 13:23h

Valeu belo post e abçs....


Contribuir com comentário




Patrocínio

Site hospedado pelo provedor RedeHost.
Linux banner
Linux banner
Linux banner

Destaques

Artigos

Dicas

Tópicos

Top 10 do mês

Scripts