Fundamentos do sistema Linux - direcionadores

Direcionadores de fluxo fazem o que o nome sugere: direcionam o fluxo da saída dos programas, enviando-as para locais diferentes da saída padrão. Esses locais podem ser arquivos, dispositivos, processos e outros programas. Nesse artigo veremos como utilizar os direcionadores do Linux para facilitar a vida do administrador de sistemas.

[ Hits: 92.816 ]

Por: Davidson Rodrigues Paulo em 26/06/2006 | Blog: http://davidsonpaulo.com/


O direcionador <<



Temos ainda o direcionador <<, utilizado para marcar o fim de exibição de um bloco. Um dos usos mais freqüentes desse direcionador é em conjunto com o comando cat.

O comando abaixo termina o comando cat quando for digitada a palavra "fim":

$ cat << fim
> O comando só termina
> quando for digitada
> a palavra especificada
> depois do direcionador
> <<, nesse caso, a palavra
> é "fim"
> fim
O comando só termina
quando for digitada
a palavra especificada
depois do direcionador
<<, nesse caso, a palavra
é "fim"

Como vimos, a palavra "fim" foi usada para determinar o fim do comando cat. Perceba que a linha onde digitamos "fim" não é exibida na saída do comando cat, logo abaixo.

Poderiámos usar isso para inserir texto em um arquivo sem precisar usar nenhum editor de texto. Vamos inserir, por exemplo, uma linha ao final do arquivo /etc/fstab:

$ cat << FIM >> /etc/fstab
> /dev/sda /mnt/usb vfat rw,user,noauto,sync 0 0
> FIM

Página anterior     Próxima página

Páginas do artigo
   1. Introdução
   2. O direcionador >
   3. O direcionador 2>
   4. O direcionador &>
   5. Os direcionadores >>, 2>> e &>>
   6. O direcionador <
   7. O direcionador <<
   8. O direcionador |
   9. O comando tee
Outros artigos deste autor

Usando o start-stop-daemon no Slackware

hdparm: Tire o máximo do seu HD

Criando um repositório local do Fedora

Fundamentos do sistema Linux - usuários e grupos

Resolvendo dependências no Slackware com slackpkg

Leitura recomendada

Ubuntu 10.04 no Notebook Acer 5532

Virtualização dos sistemas operacionais: CentOS, Debian, Slackware e Ubuntu

Pós-instalação do Arch Linux em um Dell Vostro 1400

Como instalar programas no Linux

Manjaro Linux - Treze motivos para desfrutar da simplicidade

  
Comentários
[1] Comentário enviado por JuNiOx em 26/06/2006 - 09:51h

muito bom, bem explicado.
direcionadores é matéria para LPI, caso alguém tiver interesse.

valeu

[2] Comentário enviado por jllitvay em 26/06/2006 - 10:58h

Muit bom o artigo, mas , me ajudem:

Como eu executo um comando em um terminal tty1
mas que a execução e saída do comando se dê no tty2.

Obrigado

[3] Comentário enviado por davidsonpaulo em 26/06/2006 - 11:21h

Salve, jllitvay!

Bom, você pode fazer o seguinte:

$ [comando] &> /dev/tty2 &

Onde:

* comando: o comando que você quer executar, com todos os parâmetros;
* &> /dev/tty2: envia todas a saída do programa para o tty2 (você tem ue ter permissão de escrita no tty2);
* &: roda o programa em plano de fundo, para que o tty atual fique livre para executar mais comandos.

Eu testei aqui. Abri um terminal gráfico e executei o comando:

# ls -R / &> /dev/tty6 &

O terminal ficou livre e, ao ir para o /dev/tty6, eis que lá estava aparecendo a saída do comando ls -R /.

Abraços,

Davidson


[4] Comentário enviado por removido em 26/06/2006 - 14:35h

Muito bom artigo sobre um tema pouco abordado. Bastante oportuno.

[5] Comentário enviado por wanderleihuttel em 27/06/2006 - 09:13h

Cara muito bom mesmo este artigo. Não conhecia o "tr", para excluir caracteres. Agora acho que vu conseguir fazer um relatório no meu arquivo secure, bem legal.

Valeu

[6] Comentário enviado por agk em 28/06/2006 - 09:03h

Parabéns, muito bom esse artigo.

[7] Comentário enviado por JuNiOx em 20/07/2006 - 02:29h

algumas partes estão muito parecidas com o guiafoca, a descrição do ">>" está idêntica.
creio que poderia ter citado também nos "créditos" caso tenha retirado de lá também.

até mais

[8] Comentário enviado por davidsonpaulo em 20/07/2006 - 17:19h

Descrição do direcionador >>, de acordo com o Guia Foca Linux Iniciante, versão online:

"Redireciona a saída de um programa/comando/script para algum dispositivo ou final de arquivo ao invés do dispositivo de saída padrão (tela). A diferença entre este redirecionamento duplo e o simples, é se caso for usado com arquivos, adiciona a saída do comando ao final do arquivo existente ao invés de substituir seu conteúdo. .

Por exemplo, você pode acrescentar a saída do comando ls ao arquivo listagem do capítulo anterior usando ls / >>listagem. Use o comando cat para visualizar o conteúdo do arquivo listagem."

http://www.guiafoca.org/guia/iniciante/ch-redir.htm#s-redir-maior2

Sinto muito desapontá-lo, JuNiOx, mas eu não extraí nada do que está nesse artigo do Guia Foca Linux, as diferenças entre os dois textos são gritantes e as semelhanças são coisa da sua cabeça.

[9] Comentário enviado por volcom em 26/08/2009 - 10:52h

Ahhhhh!!

Eu já estava usando tooooodos os direcionadores, mas o tee me salvou a pele pra executar um Script enviando as mensagens para a tela e para o arquivo de log ao mesmo tempo...

Ops, mas o tee sobrescreve o arquivo anterior...para resolver isso usei a opção tee -a para ele adicionar/concatenar o conteúdo!

Muito bom!

[10] Comentário enviado por doradu em 08/02/2010 - 18:52h

marquei pra ler mais tarde

[11] Comentário enviado por gilsoncwb em 09/01/2012 - 16:35h

Muito legal seu exemplo , parabens !

[12] Comentário enviado por gustavo_logicus em 28/04/2013 - 12:16h

Muito bacana o artigo! Parabéns!

[13] Comentário enviado por crivellari em 22/07/2014 - 09:08h

Olá tenho uma pequena dúvida
O direcionador 2>&1 é igual a &> (pelo menos fazem a mesma função)
Pelo que vejo nos exemplos e descrição que procurei na net. Quando usar um e quando usar ou outro?
Agradeço antecipadamente pela ajuda.
Um grande abraço
Crivellari


Contribuir com comentário




Patrocínio

Site hospedado pelo provedor RedeHost.
Linux banner
Linux banner
Linux banner

Destaques

Artigos

Dicas

Tópicos

Top 10 do mês

Scripts