Docker - Da virtualização a aplicações distribuídas

Neste artigo faremos uma abordagem sobre o Docker, uma plataforma aberta para desenvolvedores e Sys-Admins instalarem, configurarem e executarem aplicações de forma indiferente ao ambiente, seja ele um laptop, um Data Center ou uma Cloud.

[ Hits: 8.856 ]

Por: Paulo Mauricio da Conceição Jr. RHCI, RHCE, RHCVA em 19/02/2015


Introdução



Neste post faremos uma abordagem sobre o Docker

O Docker é uma plataforma aberta para desenvolvedores e Sys-Admins instalarem, configurarem e executarem aplicações de forma indiferente ao ambiente, seja ele um laptop, um Data Center ou uma Cloud.

O Docker é dividido em duas partes, que cito abaixo:
  • Docker Engine: Um conjunto de ferramentas leve e portátil.
  • Docker Hub: Um serviço em Cloud para compartilhar aplicações e automatizar as tarefas.

O Docker permite que as aplicações sejam facilmente preparadas com seus devidos componentes e elimina os problemas de compatibilidade e convergência entre ambientes, sejam eles desenvolvimento, QA ou produção.

Como resultado, os colaboradores podem embarcar rapidamente a mesma aplicação sem alterá-las entre Laptops, Data Centers ou qualquer Cloud - palavras de Solomon Hykes, Fundador e CTO da Docker.

Ok, como o Docker se diferencia da virtualização?
  • Containers vs. Virtualization
    Linux: Docker - Da virtualização a aplicações distribuídas
  • Máquinas Virtuais

Cada aplicação que é virtualizada, inclui não somente a aplicação na qual pode conter dezenas de MB's, além de todo o sistema operacional, na qual poderá ter centenas de MB's.

Docker

O Docker Engine compreende apenas à aplicação suas dependências. Ele executa como um processo isolado no userspace do sistema operacional do host, compartilhando o kernel e outros containers. Desta forma, ele aproveita as isolações de recursos e benefícios da alocação de VMs mas muito mais portável e eficiente.

O Docker já é bem utilizado por empresas, tais como Ebay e Spotify.

    Próxima página

Páginas do artigo
   1. Introdução
   2. Instalação
Outros artigos deste autor

Firewall invisível com Proxy ARP

Leitura recomendada

Quem disse que micro velho não presta?

O papel do GNU/Linux na atualidade

Utilizando o Xterm

MATE Desktop 1.16.0 [GTK3] no Slackware

OpenLDAP: Instalando um servidor de diretórios com replicação (SyncRepl)

  
Comentários
[1] Comentário enviado por Lisandro em 28/06/2016 - 12:38h

Parabéns! Muito bom o artigo.


Contribuir com comentário




Patrocínio

Site hospedado pelo provedor RedeHost.
Linux banner
Linux banner
Linux banner

Artigos

Dicas

Tópicos

Top 10 do mês

Scripts