Configurando Servidor de Nomes - DNS (Debian)

O artigo tem como objetivo ensinar como montar um servidor DNS. Mesmo para quem não tem um host válido o servidor de nome pode ser bem útil, principalmente se você quer testar várias páginas ou separar seu micro em ambiente.

[ Hits: 238.981 ]

Por: Geraldo José Ferreira Chagas Júnior em 06/03/2008 | Blog: http://prginfo.blogspot.com


Terminologia DNS



Cliente DNS - Componentes de software em todos os computadores da rede que transformam o endereço IP em nome e nome em endereço IP. Em máquinas Linux Debian, o cliente busca informações no arquivo /etc/resolv.conf.

Resolvedor - Para propósitos práticos, um sinônimo para Cliente DNS.

Servidor DNS - Componente de software que retorna a tradução de endereço IP em nome e de nome em endereço IP ao cliente DNS que solicitou. Em máquinas Linux Debian, o servidor DNS busca suas configurações no arquivo /etc/bind/named.conf.

Resolver - Converte endereço IP em um nome e um nome em endereço IP. Isso é feito pelo DNS e às vezes por outro software.

Zona - Um subdomínio ou sub-rede sobre os quais um servidor DNS possui autoridade.

Mestre - Um servidor DNS com autoridade sobre uma zona cujos dados são derivados dos arquivos de dados local. Assim um servidor de nomes pode ser mestre para algumas zonas e escravo para outras.

Primário - Sinônimo para mestre.

Escravo - Um servidor de nomes cuja autoridade sobre uma zona depende de dados derivados de outro servidor de nomes em uma zona de transferência. O outro servidor de nomes tanto pode ser um mestre como um outro escravo. Observe que um servidor de nomes pode ser mestre para algumas zonas e escravo para outras.

Secundário - Sinônimo para escravo.

Zona de Transferência - Uma transferência feita entre um servidor DNS mestre ou escravo e um servidor DNS escravo. O escravo inicia a zona de transferência após um tempo de refresh ou após ser notificado de que os dados no servidor remetente foram alterados.

Página anterior     Próxima página

Páginas do artigo
   1. Introdução
   2. O DNS
   3. Instalando o servidor DNS
   4. Terminologia DNS
   5. Configurando um servidor DNS
Outros artigos deste autor

Inicialização e interrupção do sistema (Debian)

Montando um ambiente utilizando Tomcat + Java + MySQL (Debian)

X Window, Controladores de Janelas e Ambientes Desktop

Vírus de computador e criação de um vírus em C/C++ (parte 1 - básico)

Linvox - Sistema Linux voltado para deficientes visuais

Leitura recomendada

CUPS + Jasmine (gerenciador de impressões e relatórios de impressão)

Configuração de teclado e dispositivos de entrada em geral a partir do HAL no Xorg 1.5 e superiores

Configurar uma rede doméstica e compartilhar ADSL no Slackware

Execução automática de comandos na inicialização do modo gráfico

Configurando Nocat + Radius modo passive

  
Comentários
[1] Comentário enviado por joseslei em 06/03/2008 - 12:52h

Gostei desse artigo,
estou inciando na area de administração de redes linux e esse artigo me ajudou muito.

[2] Comentário enviado por JhoniVieceli em 06/03/2008 - 17:45h

opa valeu bom artigo

[3] Comentário enviado por exercitobr em 06/03/2008 - 18:53h

Parabéns, bem explicado.

[4] Comentário enviado por kabalido em 07/03/2008 - 14:19h

Cara, melhor artigo que já li sobre DNS. Show de bola. Já vou add aos meus favoritos. Heheheh!!
Parabéns!
Vlw

[5] Comentário enviado por Reideer em 11/03/2008 - 22:37h

Muito bom o artigo, conseguiu resumir boa parte das minhas duvidas e encurtou minha pesquisa.
Será que você poderia me esclarecer porque a maioria dos manuais aconselha a engaiolar o bind? Li em alguns artigos que era por segurança, visto que o bind tem muitos funções, porém ainda não consegui entender a real necessidade disto. Se fosse como eles dize, então seria necessario engaiolar o apache tambem?

[6] Comentário enviado por gjr_rj em 14/03/2008 - 19:10h

Obrigado pelo comentário, fico feliz em poder ajudar já que muito do que aprendi se deve a pessoas que simplesmente disponibilizaram seu conhecimento sem nada pedir. Espero desta forma estar retribuindo.

Vamos ao que interessa.

Acontece que através do bind é possível manipular bastante arquivos do sistema, muitas vezes como root, tamanho a sua quantidade de funcionalidades. Isso torna seu sistema mais vulnerável. Engaiolá-lo seria uma forma segura de limitar sua área de atuação, impedindo que arquivos possam ser manipulados sem nossa permissão.

Você tem razão com relação ao apache, e o ideal é engaiolá-lo também para deixar seu sistema mais seguro, principalmente se o servidor estiver aberto a internet. Porém o apache permite menos possibilidade de atuação.

De uma olhada no link
http://www.unixwiz.net/techtips/bind9-chroot.html#intro

para entender melhor

[7] Comentário enviado por clayton.ricardo em 30/04/2008 - 12:00h

Parabéns pelo artigo.

Já está em meu Favoritos!

[8] Comentário enviado por l-x em 20/08/2008 - 16:38h

muito bom"""""

[9] Comentário enviado por energumino em 03/03/2009 - 17:27h

Muito legal....mas me tira uma dúvida, eu gostaria de implementar um servidor de DNS, pra testes e tal! no caso eu implementando este servidor em minha rede de casa (Adsl normalzinho...tudo simples) e colocar ele como DNS das maquinas clientes elas navegariam na internet??resolveriam nomes externos a minha rede?...to começando a mexer com DNS..valew!

[10] Comentário enviado por gjr_rj em 05/03/2009 - 18:06h

Sim, irá funcionar não só para a sua rede mas como também para nomes externos.

[11] Comentário enviado por luanyata em 14/01/2010 - 13:39h

no caso eu utilizo apenas uma maquina com a internet banda larga com um determinado IP...

IP 189.6.2.4 (exemplo)

nos arquivos de configuração /etc/bind/dominio.casa.zone e no /etc/bind/named.198.168.1 o q está relacionada a IP eu altero colocando o meu IP IP 189.6.2.4???

[12] Comentário enviado por henrique463 em 02/02/2011 - 23:43h

Excelente artigo!! Me ajudou muito. Obrigado.

[13] Comentário enviado por Drakh em 02/01/2012 - 15:01h

pesquisei com outros tutoriais e até mesmo com alguns livros mas neste aqui foi que realmente funcionou, até mesmo com DNS secundário separado!!!

Parabens mesmo!!

[14] Comentário enviado por crescermais em 06/02/2013 - 18:29h

amigo estou tentando configurar, mais estou com problemas no reverso. será que poderia me dar uma força?
Obrigado

[15] Comentário enviado por victorfelix em 29/04/2013 - 19:58h

otimo,
gostei de configurar

[16] Comentário enviado por blx32 em 28/01/2015 - 10:10h

Olá, maravilhoso foi o seu conteúdo e explicação.
Mas tenho uma duvida com relação a associar um domínio que comprei, a meu servidor em casa.
Att,Gabriel Moura


Contribuir com comentário




Patrocínio

Site hospedado pelo provedor RedeHost.
Linux banner
Linux banner
Linux banner

Destaques

Artigos

Dicas

Tópicos

Top 10 do mês

Scripts