Linvox - Sistema Linux voltado para deficientes visuais

O NCE-UFRJ vem durante alguns anos desenvolvendo o DOSVOX, aliás projeto no qual fiz parte durante 4 anos de minha graduação. O DOSVOX é um sistema que se comunica com usuário através da síntese de voz (primeira síntese de voz brasileira), dando independência aos deficientes visuais. Agora eles estão desenvolvendo o mesmo sistema para Linux, o LINVOX.

[ Hits: 26.090 ]

Por: Geraldo José Ferreira Chagas Júnior em 04/03/2008 | Blog: http://prginfo.blogspot.com


O DOSVOX



O DOSVOX é um sistema desenvolvido pelo Núcleo de Computação Eletrônica (NCE) da UFRJ dedicado aos deficientes visuais. Através de uma síntese de voz, a comunicação computador / usuário é feita dando total independência aos mesmos.

O "sistema" foi desenvolvido em princípio para o SO DOS, por isso o nome DOSvox, que não se alterou apesar da evolução do projeto. Hoje o DOSVOX pode ser utilizado até no Windows Vista.

O que diferencia o DOSVOX dos outros softwares de síntese de voz é que o DOSVOX não é um simples leitor de tela, o que faz com que deficientes se esforcem para entender layouts desenvolvidos para videntes. O DOSVOX é uma complexidade de sistema que leva em consideração as necessidades e limitações dos deficientes visuais, tornando assim os softwares agradáveis, fáceis e práticos sem interferir na eficiência.

Apesar de utilizar a primeira síntese de voz brasileira, nada impede que utilize outra síntese de voz ou outras sínteses comerciais incluindo sínteses em outros idiomas.

O DOSVOX é uma série de programas que permitem que as tarefas diárias sejam feitas sem esforço pelos cegos. O programa é composto de uma interface adaptativa para o sistema operacional, no qual permite fazer as operações básicas como copiar; mover, renomear, criar, excluir arquivos e diretórios, formatar mídias etc; navegador, correio eletrônico, editores de texto, bate-papo, trocador de arquivos, tocador de mídias e tudo que uma pessoa normalmente necessita ter no computador para seu uso diário e profissional.

A melhor parte do projeto é que praticamente todos os desenvolvedores são deficientes visuais. Exceto o Gerente do Projeto, meu grande amigo José Antônio Borges e na época EU. O projeto demostra a grande qualidade dos desenvolvedores cegos como Marcelo Pimentel e meus amigos: Bernard Condorcet, Neno ALbernaz e Renato Costa.

    Próxima página

Páginas do artigo
   1. O DOSVOX
   2. O LINVOX
Outros artigos deste autor

Montando um ambiente utilizando Tomcat + Java + MySQL (Debian)

Instalando e configurando o aMule (Debian)

Vírus de computador e criação de um vírus em C/C++ (parte 1 - básico)

Inicialização e interrupção do sistema (Debian)

Configurando Servidor de Nomes - DNS (Debian)

Leitura recomendada

Firefox, Thunderbird, pastas e integração Windows e Linux

Otimizando o Sabayon Linux (inclusive o Firefox)

Como converter CentOS 5 em Fedora 11

Instalando Mozilla 1.6 e plugins

Considerações sobre medição de JITTER em operadoras VOIP no Wireshark

  
Comentários
[1] Comentário enviado por f_Candido em 04/03/2008 - 18:44h

Show de bola. Muito bom mesmo.

Parabéns

[2] Comentário enviado por tenchi em 05/03/2008 - 00:39h

Gostei muito do artigo e da iniciativa, mas faltou um pouco mais de esforço do time de moderação do VOL na hora de corrigir alguns erros de gramática/ortografia, como aquele "avia" na segunda página.

O projeto é opensource? Pois acredito que, tendo sido desenvolvido numa universidade estadual, mantida com o dinheiro público, nada mais justo que ser open source. Mas aí vai a questão do acordo entre os envolvidos.

No mais, excelente iniciativa.

[3] Comentário enviado por gjr_rj em 05/03/2008 - 01:19h

Agradeço seu comentário tenchi, só espero que você não ache que eu e a equipe de moderação não saibamos escrever havia. rsrsrsrs

O UFRJ não é Universidade Estadual e sim Federal. Com relação ao open source, acredito que você está um pouco equivocado com a situação das Universidades Públicas no país. Não sei o percentual, mas grande parte dos projetos são financiados por empresas privadas,ou mesmo dinheiro de órgãos públicos, mas como pagamento de serviços prestados. Eu mesmo já participei, mais de uma vez, de projetos financiados por empresas privadas, logo o Linvox não necessariamente deveria ser open source.

[4] Comentário enviado por ramos1986 em 05/03/2008 - 12:54h

Legal o artigo...

[5] Comentário enviado por pame_neckel em 05/03/2008 - 18:45h

skoapokapokosksk

eh bom pensar tmb nos outros

as vezes as pessoas pensam que deficientes naum podem usar pc..

skpoasokpaksopkoas

muito legal a idéia

;P

[6] Comentário enviado por jordana em 09/11/2009 - 16:15h

Adorei o conteúdo do artigo.
Parabéns é um excelente assunto.


Contribuir com comentário