C# no Slackware

Essa é para quem está estudando orientação a objetos usando C# e está cansado de encarrar aqueles erros de execução no Windows envolvendo o .NET. Assim, será possível praticar seus estudos em diferentes plataformas. No caso, ensinarei a instalar para o Slackware de uma forma bem específica, porém bem fácil.

[ Hits: 2.965 ]

Por: Mauricio Ferrari em 29/04/2020 | Blog: https://github.com/MauricioFerrari-NovaTrento


Introdução



Quando um aluno de uma faculdade ou até mesmo programador ou um iniciante for estudar orientação a objetos, provavelmente irá estudar também o C# da Microsoft. O C# (C Sharp) foi criado com o objetivo de permitir que as aplicações, sejam elas da web ou desktop, se comuniquem e troquem dados de forma simples e transparente, independentemente do sistema operacional.

O C# faz parte da plataforma .NET que possui as seguintes características:
  • Independência de linguagem de programação, o que permite implementar mecanismos de herança, o controle de exceções e a depuração entre diferentes linguagens de programação.
  • Reutilização de código legado, o que implica reaproveitamento de código escrito usando outras tecnologias das mais diversas bibliotecas existentes.
  • Tempo de execução compartilhado, o runtime de .NET compartilha as diversas linguagens que a suportam, ou seja, o runtime é o mesmo para todas as linguagens da .NET.
  • Sistemas autoexplicativos e controle de versões, ou seja, cada parte do código .NET contém em si mesma a informação necessária e suficiente de forma que o runtime não precise procurar mais informações sobre o que está sendo executado. O runtime encontra essas informações no próprio sistema em questão e sabe qual a versão a ser executada.
  • Simplicidade na resolução de problemas complexos.

O C# surgiu como uma linguagem simples, robusta, orientada a objetos, fortemente tipada e altamente escalável. Permite que uma mesma aplicação possa ser executada em diversos dispositivos de hardware, sejam eles PCs, tablets ou qualquer outro dispositivo móvel.

Suas principais características são:
  • Clareza, simplicidade e facilidade, ou seja, é simples, fácil de aprender e bastante poderosa.
  • É completamente orientada a objetos, diferentemente de muitas linguagens existentes no mercado.
  • Não requer ponteiros para gerenciar a memória, esse gerenciamento, é feito pelo GC (Garbage Collector).
  • Suporta interfaces, sobrecarga, herança, polimorfismo, atributos, propriedades e coleções, dentre outras características essenciais em uma linguagem orientada a objetos.
  • Possui código 100% reutilizável: todo o código desenvolvido em C# é reutilizável a partir de qualquer outra linguagem de programação.

Atualmente, tudo isso pode ser aproveitado também pelo Linux através de dotnet e o vscode. Não é a mesma coisa que a poderosa ferramenta da Microsoft o Visual Studio, embora os recursos citados foram desenvolvidos também pela Microsoft.

    Próxima página

Páginas do artigo
   1. Introdução
   2. Instalando o DotNet Runtine e SDK
   3. Instalando e Configurando o VSCode
Outros artigos deste autor

Instalar LibreOffice 7.0 no Slackware Current

Criando acima de quatro partições no HD

Convertendo os Arquivos de Temas do Windows (.themepack) em Pacotes de Wallpapers Úteis para o Linux

Como Funciona a Resolução de Dependências no Gslapt

Fazendo o Mate Terminal iniciar sem a Barra de Menu

Leitura recomendada

Automação comercial com Software Livre

Rust - Uma nova linguagem de programação

Baixando e instalando o Ubuntu 6.10

Instalando o Dynebolic sem instalador

Criando pacotes pré-compilados no Gentoo

  
Comentários
[1] Comentário enviado por willian.firmino em 29/04/2020 - 15:04h

Para complementar podemos instalar também pelos Slackbuilds, eu utilizo o sbotools https://pink-mist.github.io/sbotools/ ele resolve dependências dos pacotes do slackbuilds.org. Eu instalo o dotnet core, vscode e outros pacotes através dele. Exemplo de instalação: sboinstall dotnet-sdk vscode-bin. Checar atualizações: sbocheck. Upgrade de pacotes: sboupgrade dotnet-sdk vscode-bin. Enfim, vale a pena dar uma olhada. Em minhas instalações do Slackware eu utilizo além do sbotools o slackpkg+ http://slakfinder.org/slackpkg+.html que é um plugin para o slackpkg, utilizo ele para pegar alguns pacotes do Alien Bob https://alien.slackbook.org/blog/ como por exemplo o chromium com winedive, o vlc e o libreoffice.

[2] Comentário enviado por fabio em 30/04/2020 - 21:17h

Tô usando o vscode aqui pra programar em JavaScript, muito bom!

[3] Comentário enviado por mauricio123 em 02/05/2020 - 16:37h


Também é uma alternativa. Eu particularmente gosto mais de instalar pacotes já compilados, é mais rápido. Como uso KDE 5 posso ter problemas com alguns pacotes do SlackOnly por conta do QT5. Aí não tem jeito, recorro ao SlackBuilds como último recurso para gerar o pacote usando a versão do QT5 que está instalada.


___________________________________
Conhecimento não se Leva para o Túmulo.


Contribuir com comentário




Patrocínio

Site hospedado pelo provedor RedeHost.
Linux banner
Linux banner

Destaques

Artigos

Dicas

Tópicos

Top 10 do mês

Scripts