Criar CD de instalação a partir do HD

Aprenda como criar um CD de instalação do seu sistema operacional já instalado sem perder nada. Para o feito usei o LiveCD System Rescue CD.

[ Hits: 76.356 ]

Por: michel rodrigues em 10/05/2008


Apresentação



Olá galera do VOL, estou escrevendo este artigo porque tive dificuldade em encontrar tutoriais completos que me ajudassem a resolver o problema que eu tinha na empresa, que era criar um CD de instalação do sistema Debian Linux já instalado no computador. Não poderia remasterizar uma distro por motivos internos da empresa.

Para mim foram necessários dois CDs, um para dar boot no sistema e outro com a imagem.

Estou utilizando a distro Debian Etch, mas pode ser adaptada para qualquer distribuição, de qualquer tamanho.

Nesse artigo utilizei o livecd system rescue cd para criar as imagens e para restaurar o sistema:
Utilizei o partimage, o dd e o sfdisk, a maioria dos liveCDs já vem com eles instalados.

    Próxima página

Páginas do artigo
   1. Apresentação
   2. Preparando o HD
   3. Criar a imagem da partição
   4. Criação do script de instalação
   5. Passando tudo para o cdrom
Outros artigos deste autor

Criar DVD de instalação do Linux a partir do seu HD

Leitura recomendada

Ressuscitando os 386 e 486 da vida com Linux

Instalando XGL + Compiz no Ubuntu Dapper com o driver Nvidia

Software Livre e Matemática Financeira

O "Linux Tinha Chapéu"

Rode o Blackbox no Windows XP

  
Comentários
[1] Comentário enviado por cararetoalonso em 10/05/2008 - 08:27h

Nossa!!! Cara.. artigo muito bom, o seu. Estava a procura de uma orientação sobre como realizar uma imagem de restauração de sistemas há um bom tempo e nunca encontrava nenhuma documentação que fosse satisfatória. Seu artigo me ajudou muito mesmo. Parabéns pela sua colaboração. Excelente.

[2] Comentário enviado por removido em 10/05/2008 - 08:48h

Muito bom seu artigo. Parabéns!!!!

[3] Comentário enviado por vaimarquinho em 10/05/2008 - 09:32h

Muito interessante seu artigo. Mas existe uma distro live CD ótima que já faz quase tudo isso automaticamente chamada Clonezilla.

[4] Comentário enviado por micnet em 10/05/2008 - 11:10h

Cara...muito legal seu artigo. E mais importante, muito util!!!

Parabens!!!

[5] Comentário enviado por walber em 10/05/2008 - 17:34h

Muito bom msm, parabéns.

[6] Comentário enviado por alenaoki em 12/05/2008 - 12:27h

Boa , muito bom funcionou direitinho aqui na empresa ...

[7] Comentário enviado por der.aguiar em 13/05/2008 - 13:48h

Ficou Otimo... Parabens!!

[8] Comentário enviado por michel5670 em 13/05/2008 - 16:01h

eai pessoal uma errata na hora de copiar a mbr faltou o count=1 eu só tinha colocado o count sem o "=1"

[9] Comentário enviado por afrox em 13/05/2008 - 19:42h

pow aé...atitude é pra quem tem...otimo artigo....veio para somar...
vlw

[10] Comentário enviado por xfabi0x em 14/05/2008 - 11:34h

Parabéns já precisei desse rescue em um passado recente, já add o artigo no favoritos caso um dia precise :D

Parabéns nota 10!

[11] Comentário enviado por apedroso em 15/05/2008 - 16:56h

Olá,

Também gostei do artigo, porém tem um programa que automatiza todo esse processo, o Phantom:

http://apedroso.blogspot.com/2008/04/phantom-clonagem-de-hd.html

Ele faz exatamente o que você explicou, com o diferencial de ter vários recursos como: trocar senha do windows, da bios, recuperar imagem do CD.....

Vale a pena testar!!!

[]'s

[12] Comentário enviado por michel5670 em 15/05/2008 - 17:14h

Valeu colega apedroso, quando publicamos um artigo desta natureza e justamente para ser melhorado e modificado muito obrigado pela dica vou testa-lo.

[13] Comentário enviado por apedroso em 15/05/2008 - 17:20h

:)

Com sua dica eu passei a entender melhor como o Phantom funciona, pois é esse o processo que ele faz.

Valew!

[]'s

[14] Comentário enviado por jpsanet em 30/05/2008 - 11:55h

Bom, primeiramente parabéns, muito bom o seu artigo...
Fiz tudo conforme o artigo com exceção da restauração da MBR porque pretendo clonar somente a partição onde instalei o linux ... que no meu caso está em /dev/sda3 (sem mexer na partição do windows).
Meu hd está assim:
/dev/sda1 -NTFS (Windows)
/dev/sda2 - FAT32 (dados)
/dev/sda3 - ext3 (Linux)
/dev/sda4 - swap
Bom para criar a imagem e restaurá-la em outro computador deu tudo certo. Acessei o windows e linux normalmente na máquina (que recebeu a imagem), porém a interface eth0 não foi detectada e agora a rede funciona adequadamente!? Alguém tem alguma sugestão?

[15] Comentário enviado por michel5670 em 30/05/2008 - 14:36h

colega jpsanet qual distribuicao que vc esta usando?
O hardware e o mesmo da imagem originaria?
qual e a saida do lspci? pois quando executo este comando na minha maquina ele mostra que reconheceu a placa de rede da seguinte forma ==>00:0e.0 Ethernet controller: Realtek Semiconductor Co., Ltd. RTL-8139/8139C/8139 C+ (rev 10)
Portanto posta ai a saida do comando lscpi tambem.

[16] Comentário enviado por jpsanet em 02/06/2008 - 10:15h

Sim, o hardware é idêntico (HP Compaq Desktop dc5750)

A saída do comando lspci em ambos os computadores é a seguinte:

3f:00.0 Ethernet controller: Broadcom Corporation NetXtreme BCM5755 Gigabit Ethernet PCI Express (rev 02)

O sistema aparentemente detectou a placa de rede como eth1... então a configurei normalmente mas a rede ainda não funciona.

[17] Comentário enviado por michel5670 em 02/06/2008 - 15:24h

Colega faz o seguinte pluga o cabo e digite no terminal

mii-tool ==> Este comando verifica se a placa está recebendo sinal

[18] Comentário enviado por vfl em 28/06/2008 - 22:42h

Utilizo uma técnica similar à descrita no artigo, inclusive usando o mesmo "system rescue cd", porém ao invés de criar a imagem em uma partição no mesmo disco da máquina, crio a imagem do hd em um compartilhamento NFS localizado em uma outra máquina da rede.

Da mesma forma, ao restaurar a imagem para outras máquinas, busco-as em um compartilhamento NFS situado em outra máquina da rede.

Quanto à placa de rede, constatei que, pelo menos em distribuições Debian e derivadas ocorre o seguinte:
- na máquina que recebeu a imagem, a placa de rede passa a ser reconhecida como eth1, mesmo que exista apenas uma única placa.

Em principio, configurando esta placa tudo ocorre normalmente, mas no meu caso, para não correr riscos, pesquisei o por que dessa anormalidade e descobri o seguinte:

- no diretório /etc/udev/rules.d existe um arquivo cujo nome principal é "persistent-net.rules" (precedido de um prefixo que define prioridade ou sequencia de execução na inicialização).

Pois bem! Este arquivo é levado para o computador que recebe a imagem já com o mac-address para eth0 (da máquina original).
Aí durante a inicialização na máquina que recebeu a imagem, o Linux lê esse arquivo e vê que já tem um registro nele com um mac-address desconhecido para eth0. Então simplesmente é acrescentada mais uma entrada com o mac-address da máquina em questão e atribuído para eth1.

A solução consiste em:
Apagar o arquivo:
/etc/udev/rules.d/70-persistent-net.rules. (Ubuntu)
/etc/udev/rules.d/z25_persistent-net.rules (Debian)
Ele se autoregenerará no próximo boot atribuindo corretamente o mac-address para eth0. OU editar o arquivo citado corrigindo as interfaces manualmente.

No meu caso faço essa correção antes da máquina que recebeu a imagem efetuar um boot.
Na realidade, junto ao arquivo de imagem que tenho em um compartilhamento NFS, tenho também scripts que automatizam tanto a restauração da Mbr, tabela de partições, imagem e ao final do processo efetua a correção no arquivo acima citado (antes de bootar a máquina que acabou de receber a imagem).

Não sei se talvez essa particularidade tem algo a ver com o problema do colega acima, mas de qualquer forma, creio que a informação é válida para outros membros da comunidade.





[19] Comentário enviado por mrbox em 04/07/2008 - 09:55h

vfl,

Comentário importantíssimo. Muito obrigado.

[20] Comentário enviado por mrbox em 07/07/2008 - 15:16h

Se for usar o restore para um HD novo (sem partição), após todos os procedimentos, quando dar reboot pode acontecer o que aconteceu comigo, o Linux não inicia e fica apresentando a mensagem: GRUB GRUB GRUB.

Para resolver este problema, siga as instruções abaixo:

1.) boot com algum livecd
2.) abrir um terminal e logar como root
3.) digitar: grub
4.) no grub, digitar: find /boot/grub/stage1
5.) vai mostrar algo como: (hd0,0)
6.) digite: root (hd0,0)
7.) digite: setup (hd0)
8.) digite: quit

init 6 (para reiniciar e tudo estará ok).

[21] Comentário enviado por aletche001 em 20/10/2008 - 00:42h

Na verdad o que voce fez nao foi criar o cd de instalaçao de uma nova distro e sim uma imagem do seu HD.

Para instalar essa imagem voce precisara sempre um cd para inicializar a maquina.

É isso ou estou errado ?

Mas ja me ajudou bastante ...

Obrigado !

[22] Comentário enviado por michel5670 em 20/10/2008 - 12:08h

Colega esse é um sistema de instalação sim pois quando vc pega o sistema e customiza e passa pra outra máquina vc então está fazendo sim uma instalação do sistema só que a diferença e que vc conhece o hardware que vai recebe esse sistema e com isso vc pode deixa-ló customizado

Colega a necessidade de dois cd's um para dar boot e outro para a imagem do sistema e relacionada apenas como o tamanho dos arquivos,haja vista que, se seu sistema operacional ocupar menos 2GB vc conseguirá colocar tudo em um cd apenas.
Inclusive terminei de escrever um artigo que coloquei na fila de espera na sexta-feira a respeito de como colocar tudo em um dvd, justamente por causa do tamanho dos arquivos.

[23] Comentário enviado por michel5670 em 20/10/2008 - 12:21h

Colega aletche001 fico feliz em saber que o meu artigo pode ajudar pois todas as horas que precisei de ajuda foi a comunidade do vol que me socorreu e socorre ainda, obrigado!!!

[24] Comentário enviado por tiagofontoura em 08/06/2009 - 13:49h

cara, fiz os procedimentos utilizando o slax 5, porem quando restaurei a imagem na particao, o linux comecou dar kernel panic no boot.

[25] Comentário enviado por george_hsb em 26/02/2010 - 16:43h

Amigo, estou tendo um problema, e imagino que esse seu POST o resolva, porém preciso saber algumas coisas, primeiro: eu sempre preciso do cd do sysrescuecd e da imagem ou eu consigo integrar os dois? Outra dúvida é se eu consigo instalar essa imagem em outras máquinas, pois quando eu faço um clone com o ghost não funciona, o grub não carrega.

Será que o amigo pode me ajudar nessa, sou novo aqui, mas com certeza sempre que puder eu postarei novidades.

Agradeço pela atenção.

Att.
George.


Contribuir com comentário




Patrocínio

Site hospedado pelo provedor HostGator.
Linux banner
Linux banner
Linux banner

Destaques

Artigos

Dicas

Viva o Android

Tópicos

Top 10 do mês

Scripts