Encontrando um emprego no universo OpenSource

Oki

Existem muitas pessoas querendo conquistar uma oportunidade para um primeiro emprego Open Source, porém a grande xarada é: "Onde eu encontro uma oportunidade de trabalho OpenSource?".

[ Hits: 74.959 ]

Por: Celso Goya em 06/08/2003


Visão Geral



Existem diversos fatores importantes na hora de encontrar um emprego Open Source, para facilitar o entendimento vamos comentar primeiro um pouco sobre os perfis de empresas e profissionais e depois entender como conseguir uma oportunidade de emprego Open Source e por fim algumas dicas para se dar bem em uma entrevista para um emprego.

Tenho certeza que muitos irão discordar parcial ou totalmente dos meus conceitos, porém posso afirmar com plena convicção que tenho encontrado muitos negócios, contatos e oportunidades no universo Open Source desta maneira, então antes de discordar totalmente tente usar um pouco deste conceito e já que estamos falando de Open Source, porque não tentar OpenMind durante esta leitura.

Perfil das empresas Open Source


Atualmente existem muitas empresas investindo e trabalhando com tecnologia Open Source, porém a grande maioria são micro e pequenas empresas com perfil arrojado, ou seja, empresas que não tem nada a perder, pois o objetivo principal é vender produtos e serviços com preços mais acessíveis e por sua vez concordam parcial ou completamente com a "ideologia" Open Source.

As empresas de tecnologia Open Source atuam principalmente nas áreas de Networking e Web Development. Dia-a-dia ouvimos comentários de que grandes empresas estão abrindo suas portas para o Open Source, porém as micro e pequenas empresas concentram a maior parte das oportunidades de trabalho, então na hora de buscar uma oportunidade esqueça o nome da empresa e dê prioridade às menores empresas, pois suas chances crescerão naturalmente.

Perfil do profissional Open Source


Empresas que adotam soluções Open Source precisam de profissionais que participem da comunidade Open Source, pois seria uma grande tolice contratar alguém que não faz nem idéia do que é Open Source.

O profissional Open Source tem algumas particularidades, veja:
  • é um Geek (viciado em informática);
  • usa Linux ou conhece um pouco do assunto;
  • normalmente é auto-didata;
  • costuma ser criativo e inventivo;
  • tem tendência ao ativismo e movimentos ligados à tecnologia.
O maior diferencial dos profissionais ligados à tecnologias com código aberto é que a grande maioria deles são auto-didata. Isso não quer dizer que faculdade e cursos são menos importantes, mas ser auto-didata é uma vantagem estratégica. Leve em consideração que no universo Open Source surgem novas soluções e programas quase que diariamente e as empresas precisam ser ágeis, sendo assim esta capacidade atrelada ao baixo custo do Open Source é revertida naturalmente em mais oportunidades de negócios para a empresa.

    Próxima página

Páginas do artigo
   1. Visão Geral
   2. Reputação
   3. Onde estão as vagas nas empresas OpenSource
   4. Duas boas dicas na hora da entrevista
Outros artigos deste autor

Fedora Core 1 :: Internet Resources

Linux sob o ponto de vista comercial e social

If inline para PHP

Bygfoot :: Agora você é o cartola!

Verificando a consistência de CPF e CNPJ em um formulário com JavaScript

Leitura recomendada

Gravando um CD multiseção

Asterisk e Asterisk GUI - Instalação e Configuração no Debian Squeeze

KnowledgeTree - Um Gerenciador Eletrônico de Documentos funcional

Guia de referência do ISOLINUX (parte 2)

Linux: Executando comandos utilizando a tecnologia biométrica de reconhecimento de voz

  
Comentários
[1] Comentário enviado por fabio em 06/08/2003 - 17:19h

Celso, concordo em gênero e grau com tudo que você disse aqui e acrescento: se não fossem pelas contribuições pela vida à fora, hoje eu não estaria trabalhando somente com o que gosto (open source), muito pelo contrário, provavelmente seria um funcionário fixo infurnado dentro de alguma empresa trabalhando com algo do tipo ColdFusion.

Outro ponto importante é que a contribuição não vêm somente pela vontade de construir sua reputação, mas misturada com uma bela dose de paixão e gratidão. Hoje em dia tenho gastado mais tempo "tomando conta" do que é contribuído para o site que contribuindo em si, mas minha motivação é algo que vem se construindo desde a época em que comecei o aprendizado sobre Linux.

Se não fosse pelo espírito colaborativo da comunidade eu teria esbarrado e ficado preso em várias limitações técnicas ao longo dos anos e provavelmente desistiria de aprender Linux, mas sempre que um muro maior que a minha corda aparecia, surgiam pessoas com escadinhas para me ajudar e agora, nada mais justo que "bancar" um site que acho que deve ser útil à algumas pessoas. Então podemos resumir a colaboratividade da comunidade em três aspectos (sob minha visão):

1. reputação
2. idealização
3. gratidão

PS.: esse artigo ainda vai dar o que falar... :)

[2] Comentário enviado por Kelekeru em 07/08/2003 - 10:22h

Trabalho numa empresa que presta suporte à usuários de SuSE Linux, a Get Net, é uma empresa pequena no tamanho a grande em seus clientes, entre eles, Marinha do Brasil e Mac Millian Argentina.
Para os que estão procurando emprego na área, temos uma vaga em aberto, é só mandar um e-mail com o curriculum para info@getnet.com.br no assunto ponha EXPERT.
Espero que isso possa ajudar algum de vc's a arrumar um emprego Open Source.
Falow.

[3] Comentário enviado por jllucca em 07/08/2003 - 10:33h

nossa, fiquei surpreso sobre a parte do google... hehehe ai fui lá testar com o meu nome,
descobri que um deputado de não sei aonde usa como nome de urna "Ricardo Lucca" e que um
tal de "Ricardo Lucca" também foi honrado num site de games... Coisas que eu nunca vi as
vezes ocorrem... fiquei muito triste por um site ter posto minha antiga página nos links...
pena q eu fechei ela :/

[4] Comentário enviado por Kelekeru em 07/08/2003 - 10:48h

Quanto ao comentário anterior, esqueci de dizer para quem quiser mandar e-mail, não anexá-lo e sim mandar no corpo do e-mail.
Falow, e boa sorte a todos que tentarem.

[5] Comentário enviado por k2 em 17/08/2003 - 16:19h

Caro Oki,
O pouco conhecimento que tenho sobre Linux adquiri sozinho (não tive um "guru" Linux local), foi lá nos idos de 1999 quando vi uma distribuição Conectiva em uma revista com a seguinte frase : "Sistema alternativo ao Ruindows".Comprei e hoje só utilizo Linux em casa.O que isso tem a ver com seu artigo? A moral da história é o seguinte: se para quem tem contatos e/ou já trabalhou na área é difícil, imagina para quem nunca trabalhou na área?
Tenho esperança que este cenário mude devido ao grande número de empresas que estão migrando para o Linux/soluções Open Source.
Eu, realmente QUERO PROGRAMAR!!!!
A última coisa que desejo é ficar atrás de uma mesa,respondendo e-mails
e ter no crachá (argh!) algo com "Analista de Ti JR".
É como disse o tio Linus "Just for Fun.." trabalhar com o Linux é ser pago
para fazer algo que se faz de graça e por prazer!!!

Valeu e parabéns pelo artigo.


[6] Comentário enviado por fhm_online em 07/04/2004 - 08:03h

Excelente artigo!!!
Irei recomendar agora mesmo para alguns amigos...

[7] Comentário enviado por removido em 10/04/2004 - 02:15h

Muito interessante esse artigo, principalmente pra quem, como eu, queria saber como começar a procurar um emprego Open....Mais do que trabalhar com o que gosta, que é fundamental, trabalhar na área Open também nos põe de frente com situações reais do cotidiano, coisas que não dá pra aprender em casa......Valeu a dica, e espero que todos consigam fazer o que gostam na vida!

[8] Comentário enviado por mrovari em 13/04/2004 - 09:20h

Celso,
Seu artigo está excelente, muito claro e direto ao ponto.
É exatamente isso que o mercado procura.
Parabéns!!!

Marco Aurelio Rovari
TecHelp A&T Network Solutions

[9] Comentário enviado por ahmelo em 15/04/2004 - 10:11h

Simplesmente, d+ esse artigo. Parabéns!!!

[10] Comentário enviado por jeffersonsfelix em 26/04/2004 - 00:23h

curiosamente digitei meu nome completo no google e descobri meu curriculo! Conhecimentos em Linguagem C++, Linux, Música, e atualmente funcionario público!!! :)
É isso ae parabéns pelo artigo! Muito daora!!!

falow!

[11] Comentário enviado por vinibufoni em 26/04/2004 - 21:28h

Muito bom Celso este Artigo... Valeu por essas Dicas quem sabe agora consigo meu emprego neste maravilhoso Universo...

[12] Comentário enviado por borda em 01/05/2004 - 21:44h

Celso,

Muito bom o teu texto.
Gostaria também de fazer algumas outras colocações que acho que devem ser levadas em conta também.

Uma breve historia do linux:

O linux começou como um projeto e foi crescendo e principalmente começou a ganhar nome nas comunidades academicas e entre o pessoal digamos "mais jovem". Hoje o linux está em um processo de profissionalizacao e a cada dia mais as empresas e posso dizer GRANDES EMPRESAS estao utilizando o linux e iniciando testes com ele. Isso nos leva a crer que a comunidade empresarial está começando a acreditar e principalmente "CONFIAR" nas solucoes em linux. Digo isso pois trabalho em uma empresa que trabalha somente com solucoes linux. E visitamos diariamente grandes empresas que tem pelo menos 1 servidor rodando linux. Agora segue abaixo algumas coisas que noto que ainda nao mudaram:

1. A profissionalizacao das empresas que prestam serviços em Linux
2. O profissional/estagiario/entusiasta do linux que ainda nao acordou para o mundo das empresas. Abaixo minhas explicações para o dito acima.

Item 1. Profissionalizacao das empresas
Eu sou uma pessoa que venho do mundo MS. Sou MCSE mas atualmente trabalho especificamente com soluçoes linux. Trabalhava em uma empresa onde era partner MS e lá atendia várias GRANDES EMPRESAS. E o que eu notei lá:
- Era uma empresa PROFISSIONAL com estrategias e processos.
- Todas as pessoas eram focadas na prestacao do servico e também em ganhar dinheiro atraves disso.
Hoje as empresas que trabalham com linux, nao apresentam essa profissionalizacao que eu via nas empresas focadas em solucoes MS. Geralmente sao jovens que abrem empresas, e as vezes nao levam uma visao de empresa "séria" para os clientes. A EMPRESAS ainda tem aquele visao de que linux é coisa de nerd e "cabeludo". E acredito que ainda sejam, mas cada vez mais deve-se passar a imagem de uma EMPRESA PROFISSIONAL e nao de meia duzia de estudantes e nerds.
Na empresa onde eu trabalho TODOS visitam clientes de terno e gravata e vendemos SOLUCOES LINUX. Isso é a profissionalizacao das solucoes linux. Isso é o que o mercado vê. A Imagem...
Espero que tenham captado esse "lance".

2. O profissional/estagiario/entusiasta do linux

Se voce deseja trabalhar em uma empresa de solucoes linux, saiba ir bem arrumado, procure nao ser um xiita do open source, pq nao é isso que encontramos nas EMPRESAS que irao pagar o seu salario. Arrume muito bem e seja um profissional. Certa vez estava em uma palestra haviam profissionais da IBM, todos de gravata. Isso é o que eu Iria esperar de uma empresa que fosse me apresentar solucoes linux.
O linux está crescendo e as empresas DEVEM apresentar aos clientes uma imagem profissional e nao mais somente academica.
Assim todos ganham, pois de nada adianta ser um entusiasta do Open Source e nao ter o que comer...
Agradeco aos que tiveram saco para ler tudo isso.

[]s Leonardo Borda.








[13] Comentário enviado por lacierdias em 04/05/2004 - 17:17h

Muito bom o artigo

[14] Comentário enviado por nelson em 09/05/2004 - 17:57h

Ótimo comentário, um exemplo bem claro e adoção de linux nas grandes corporações, isso e bom pro mundo open source e prova que a coisa funciona bem e que tem mercado pra esse rumo.

[15] Comentário enviado por Ed_slacker em 11/05/2004 - 12:17h

Kra, seu artigo é 10!!
Fiz o teste do google e fiquei besta de quantas vezes meu nome apareceu em posts e artigos pelos fóruns afora.
E vc abordou um tópico interessante: comece por baixo!!! Sabe, eu trabalho como técnico em informática em empresa pequena. FUI INDICADO!!! No começo só trabalhávamos com Windows. Mas tinha um roteador antigo baseado em Mandrake Security 2.2. Quando ele deu pal, ninguém quiz tentar resolver. Eu, como conhevi Linux só de ouvir falar e queria saber o que rolava neste sistema e meti a cara. Apanhei pacas para aprender o que sei ( que quero melhorar). Embora eu goste de ser um auto-didata, resolvi fazer um curso de administração de sistema no SENAI INFORMÁTICA -SP.

O que vc disse em seu artigo está + que certo, meu caro!! Parabéns!!!

[16] Comentário enviado por keijaum em 11/05/2004 - 14:15h

Bom artigo, mas creio que ainda vai demorar alguns anos até esta geração open source começar a ter empregos bons mesmo.
infelizmente o RUINDOW$ domina o mundo.

[17] Comentário enviado por ivandourado em 12/05/2004 - 23:33h

Celso. Seu artigo é 10!!! Embora já escrito a meses continua rolando comentários sobre ele. Fiz o teste do google. Rapaz. ainda estou aquém do que deveria pois o meu nome só apareceu 6 vezes. tenho que melhorar mais. Mas uma coisa garanto: sou um auto-didata e tanto. E ATENÇÃO PARA O AMIGO QUE FEZ O COMENTÁRIO ACIMA DO MEU: FELIZMENTE MEU CARO, VOCÊ ESTÁ ENGANADO. EU APRENDI O POUCO QUE SEI DE LINUX POR TEIMOSIA E CURIOSIDADE E HÁ 4 ANOS USO LINUX E ISSO JÁ ME COLOCOU EM POSIÇÃO DE SER PROCURADO PARA DAR AULAS DE LINUX. A hora é agora. E O WINDOWS NÃO DOMINA TANTO QUANTO VOCÊ PENSA. Não esqueça que a maior empresa de computadores do mundo (a Big Blue) hoje é nossa parceira (e não importa os motivos; o que importa é que está do lado do OpenSource)

[18] Comentário enviado por rfranzen em 30/05/2004 - 00:25h

Graande artigo oki ! muito legal mesmo !!
Eu ainda sou uma crianca no mundo do SL... hehe mas to metendo a cara e participando o quanto eu posso desse maravilhoso mundo que eh o open source. Apesar de Conhecer o linux a pouco mais de um ano, comecei a usar REALMENTE a uns seis meses, e confesso que nao estou nem um pouco arrependido. No meu trabalho so o servidor de internet eh Linux.. mas ja convenci os superiores (sou somente um estagiario hehe) a testar o linux e iniciar gradativamente uma migracao para o sistema do pinguin. A proposta foi aceita.. logo estaremos migrando os servidores e mais adiante os desktops. Estou orgulhoso por isso e acho que o linux esta explodindo no mundo, cada dia ouve-se falar por ai que mais uma empresa esta migrando para o linux, e isso ainda vai longe, acho que ainda temos um grande caminho pela frente, mas temos que lembrar que ja percorremos um caminho enorme e agora o open source eh a solucao !
Pretendo trabalhar na area de seguranca, mas como ainda estou iniciando no mundo de TI e principalmente no mundo open source acho que devo continuar batalhando para melhorar e me aprimorar mais a cada dia. Bom... ja falei demais ! VIVA O LINUX, VIVA O OPEN SOURCE !!
Parabens OKI !!!

[19] Comentário enviado por omega_indigo em 04/06/2004 - 14:31h

e ai galera , blz?

Muito bom esse artigo sobre oportunidades no mundo open source.
Apesar de ser iniciante na area, tenho interesse em ingressar no mundo open source. Gostaria de obter mais informações sobre esse assunto.

Valeu galera!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

[20] Comentário enviado por h4ck3rj em 27/06/2004 - 17:28h

Como pude perceber vou ter que concordar com a maioria dos comentários deste artigo. O mesmo é muito bom. Mais vale começar em uma pequena empresa e ir crescendo junto com ela do que gastar tempo tentando vaga em empresas grandes.

E novamente parabéns pelo artigo.

[21] Comentário enviado por RedFoot em 18/07/2004 - 11:23h

Celso, excelente seu artigo! Parabens!!

Principalmente no levante a determinacao e auto ditada.
Faço faculdade de tecnologia da informação, mas a maior parte do que aprendi sobere Linux foi aki no clube e atraves de leituras pela internet e mexendo no sistema, acho que ainda temos um grande mercado a conquistar.
Parabéns pela informação diponibilizada a nos do site.

[22] Comentário enviado por dinizmu em 30/07/2004 - 21:03h

Artigo excelente!!
tira muitas dúvidas e tabém é objetivo!!
Parabéns e VIVA O LINUX!!

[23] Comentário enviado por murilosl em 06/08/2004 - 15:22h

olá legal esse artigo
concordo com o borda , na questão da imagem do profissional conta bastante , tive uma experiencia que me fez mudar , no ano de 2002 arrumei um emprego quando fui fazer na entrevista o entrevistador gostou da minha pessoa mais me deixou bem claro que eu deveria contar o cabelo erguer a calça cortar a barba e ir segunda-feira trabalhar , quando foi segunda-feira chega eu to cheiroso e arrumo lá =) , lógico não sou bobo , até hoje fiz apenas 2 curso desde 2001 pq fui quase que obrigado a fazer o resto aprendi sozinho e sempre estou colhendo informação nas comunidades que tem por ai.
Nunca gostei de ir para escola rsrs
Mais fiz uma rotina legal para estudar em casa , é facil , de segunda á sabado das 19:00 as 23:00 ou até mais estudo paro só para comer , é um rotina simples só adaptar ela ao seu dia-a-dia =)


Abraços

[24] Comentário enviado por tarik7 em 06/08/2004 - 15:29h

Cara,
seu artigo, mesmo que em parte, traduz a minha realidade, trabalho muito com open source onde faco estagio, e a reputacao e rede de contatos sao pontos muito fortes, consegui o estagio devido a 2 fatores, a facudade que curso, e por indicacoes, e tambem vale lembrar que ja tive que indicar alguns estagiarios que sondei de uma lista de discucao que participo...
parabens... ta show de bola!

[25] Comentário enviado por emersonpadilha em 09/08/2004 - 15:30h

Muito Bom seu artigo. Mostra muitas coisas que às vezes passam despercebidos po todos nós. Concordo também com o Leonardo Borda. Há algum tempo atrás li em algum lugar (não lembro onde) que o número de servidores linux invadidos está aumentando, e algumas pessoas dizem que é devidos a falhas no linux, mas o problema mesmo é que existem hoje bem mais "administradores" despreparados, que com apenas algumas horas de vôo se arriscam e colocam não somente seus servidores mas até a reputação do linux em jogo.

[]s Emerson Padilha.

[26] Comentário enviado por cleitonjose em 06/09/2004 - 14:50h

Colega,
Vejo nos dias de hoje que muitas empresas de TI, estão exigindo conhecimento minimo em Linux, o mercado de trabalho eh grande tem muita vaga, hoje trabalho em um provedor de Internet durante o dia e a noite tb trabalho pela Politec em unidade do Governo Federal. Nos dois trabalhos estou ligado diretamente com opensource. Faço o que gosto e ainda ganho dinheirõ!!!! Boa sorte a todos.

[27] Comentário enviado por 4l4n 4d0f10 em 09/10/2004 - 04:41h

Estou gostando de ver as materias q vcs estão colocando é 10

[28] Comentário enviado por gaiada em 08/11/2004 - 06:42h

estou a pouco tempo nesta comunidade, mas acho bem interessante como o pessoal tem enteresse em perguntar, responder, criar ... interesse tamanho que eu nunca fui de ficar perguntando nada em lugar nenhum pois os lugares nos quais eu perguntava nun recebia respostas.

comunidades que vivem de "panelinha", se é que isso pode se chamar de comunidade!!

achei bem interessante o artigo,pois tabem sou estágiario do CIEE, pena que não trabalho diretamente com opensource, e eu costumo ser bem parecido com essas caracteristicas profissionais.

Otimo artigo!!
Valews !!

[29] Comentário enviado por gibaphp em 08/11/2004 - 15:28h

Belissimo artigo Celso.

Realmente o exemplo do Fábio foi campeão e também a maneira pela qual se consegue emprego Open Source.
Nós dentro das possibilidades também contratamos no mercado e o requisito número 1 é conhecer o profissional. Muitas vezes isto é possivel pelo seu histórico já existente na net.

Parabéns meu amigo :-)

Giba
www.xoopstotal.com.br

[30] Comentário enviado por fernandoamador em 16/12/2004 - 20:37h

Excelente artigo. Gostei bastante.
Com essas dicas tenho agora a oportunidade ede arrumar um emprego no mundo "open source".

[31] Comentário enviado por hilmilho em 13/01/2005 - 18:50h

Acho que o melhor é cada um seguir sua vontade naquilo que curte e se interessa mais. A melhor reputação é a que vem naturalmente, IMO.

[32] Comentário enviado por talegall em 28/01/2005 - 18:36h

Voces nao sabem ( alias, sabem sim ) , o quanto é importante para pessoas como eu , que estao apenas engatinhando dentro da comunidade( e por que nao dizer na vida tambem ) ler artigos como esses e as opinioes de pessoas tao diferenciadas como essas. Alem de serem grandes profissionais, intocáveis na area, são pessoas que aparentam ter uma imensa experiencia de vida. Fico muito grato e feliz por poder compartilhar do conhecimento de voces ( e nao ter que pagar por isso) ... rs... Sem puxar muito saco gostaria de dizer tambem que sao verdadeiros exemplos pra todos que acreditam "na parada"! rs..
Abraços!

Cristiano Nascimento

[33] Comentário enviado por helsen em 04/05/2005 - 18:20h

Ótimo artigo OKI,

Quem quer ganhar conhecimento, status e ainda ajudar e muito a comunidade em vários projetos, pode participar da incubadora de SL CodigoLivre:

www.codigolivre.org.br

existem vários projetos importantes para a comunidade precisando de ajuda, como o gnu-SIG (sistema ERP) por exemplo.

[34] Comentário enviado por mpinho em 21/05/2005 - 18:10h

Um outro detalhe que gostaria de acrescentar: muitas vezes você já está empregado e nem sempre a melhor alternativa é sair da empresa. Você mesmo pode tentar tornar o seu trabalho mais agradável.

Como fazer isso ? Proponha você mesmo soluções livres para os seus problemas e o da sua empresa. Comece instalando um servidor de arquivos/impressão com samba, um firewall/proxy com squid, um CMS livre para a intranet de sua empresa, um groupware livre, etc. Com o tempo você vai ganhar a confiança de seus chefes e a tendência é cada vez mais então eles pedirem a você que faça novos trabalhos com softwares livres e, quem sabe, você consiga uma promoção e/ou um aumento.

Na maioria das vezes a sua empresa e seus chefes desconhecem a existência de soluções livres e cabe a você informá-los e fazer demonstrações das possibilidades.

É aquela estória: como obter o primeiro emprego se você não tem experiência e como obter experiência se você não teve a chance ? Com softwares livres a resposta é: aprenda e faça você mesmo que o trabalho e as oportunidades aparecerão.

[35] Comentário enviado por alexcorrea em 16/02/2006 - 13:38h

Celso,

achei otimo o artigo.
confesso que ate participar da comunidade e conhecer este universo do open source eu estava insatisfeito com minha carreira,
mas nao tinha nenhuma ideia pra melhorar e mudar o quadro.
agora tenho claro e definido meu objetivo e como alcança-lo.
e a cada artigo lido e cada experiencia compartilhada me aproximo deste objetivo.

obrigado Celso por mais este "passo"


[36] Comentário enviado por kleitonlrsoares em 01/04/2006 - 11:37h

Opa, interessante alguem se importar com isso. Para falar a verdade sou gerente da PCS - Processos, Consultoria e Soluções, empresa de TI que trabalha com o Linux Fedora Core 5, trabalhamos com tecnologia, desde servidores a relacionamento com clientes. A empresa fica no Rio de Janeiro em Niterói.

So para dar uma dica, quem for das proximidades de niterói me envie o currículo: rh@pcs.com.br

Estamos sempre contratando estagiários, dando cursos a estes e etc.

Abraços !

Parabêns pelo artigo !

[37] Comentário enviado por jcaj em 28/04/2006 - 16:32h

Gostei muito do artigo, porém aqui em Belo Horizonte as pequenas empresas são as que possuem maior resistência ao mundo open-source, pois elas não pagam licenças e possuem profissionais em informática, com o perdão da palavra, são apenas Pilotos de windows. Para todos refletirem sobre garra e determinação recomendo o livro Discurso sobre o Método, do meu querido Renné Descartes. Um abraço. Júnior

[38] Comentário enviado por Tyreon em 11/07/2006 - 19:11h

Muito Bom!! Vai me ajudar mto!!

[39] Comentário enviado por F4xl em 25/07/2006 - 01:38h

Esse artigo é "a luz no fim do túnel" que o recem formado precisava ver...!

Parabéns, Celso!

Abraços a todos!

[40] Comentário enviado por math em 23/08/2006 - 12:27h

Parabéns pelo artigo , Atualmente as empresas possui um setor o open source , a minha por exemplo, tem uma divisão só para isto. Mas o importante no comerço não é procurar bom salarios eles virão com o tempo.
Um abraço.

[41] Comentário enviado por linus black em 31/08/2006 - 16:09h

cara muito bom ....
eu tenho este perfil so que sou puco compreendido!!!!!!
pois sou perfeqscionista de mais e radical!
gosto do que gosto e e disto que eugosto se me entende !!
linux ,liberdade de spreção, oportunidade e investimento na educação !!!
humanismo na cabeça linux no pc!!!!!!!!

[42] Comentário enviado por msscesario em 12/09/2006 - 01:54h

Salve salve !!!!

Grande Celso, posso estar falando besteira mas esse seu artigo deveria ser obrigatorio, por aqui, espõe tudo que tem que ser dito no meio open, tu esta de parabens, um dia eu chego la ....

inte doido.

[43] Comentário enviado por shib em 20/09/2006 - 11:57h

nussa artigo antigo, soh vi hj e ainda assim esta atual. Otimo artigo. vlw pelas dicas... uma pena que nao programo prefiro mexer com rede e firewall. de qualquer forma o artigo serve para mim tbm

[44] Comentário enviado por juliaojunior em 03/10/2006 - 15:22h

muito bom. fiz o teste do google também. quanta coisa apareceu!!!

[45] Comentário enviado por Flaviodbz em 29/10/2006 - 20:05h

Muito bom gostei das dicas daqui por diante vou formar + contatos e participa + dos foruns onde vou e tambem vai me ajudar essas neste momento q estou disponivel ao mercado so teste do google e funciono + - pq tem mt gente com o meu sobrenome por ai mas qdo aguntei com meu nome com o forum debian por exemplo achou

[46] Comentário enviado por renatuw em 02/08/2008 - 10:52h

muito bom o artigo, no teste do google so apareceu um resultado com meu nome :P

[47] Comentário enviado por xterminal em 11/08/2008 - 13:23h

Excelente artigo Celso.

[48] Comentário enviado por johnnyfsan em 05/09/2008 - 17:12h

Está de Parabens., artigo muito show, vale a pena ler e reler,
É de artigos como este que precisamos para aprendermos,
vlw cara, muito bom mesmo

[49] Comentário enviado por fsalem em 10/09/2008 - 13:42h

otimo artigo, cada vez mais linux e o open source vem ganhando espaço nas empresas, por todos verem o grande potencial do msmo.. quando voce cita as particularidades do profissional open source. assino em baixo numero,genero e grau.. excelente parabens pelo artigo.. uma das vantagens da comunidade open source, e justamente a maioria ser autodidata...

[50] Comentário enviado por removido em 10/09/2008 - 14:32h

Ótimo artigo, retrata bem a realidade de hoje, embora tenha sido postado em 2004.

Uma dica a mais pra quem vai para uma entrevista, é estudar sobre a empresa, e saber quais são os objetivos dela, além de se focar mais na hora da entrevista, vocë não cria falsas expectativas.

Valeu!

[51] Comentário enviado por adrianoturbo em 20/09/2008 - 20:07h

Interessante artigo reputação e conhecimento são essenciais para formação do profissional de verdade.
hehe se colocarem na busca do google adrianoturbo verão que também meu nome estará associado ao vivalinux ,que beleza ,rsrs.

[52] Comentário enviado por RCoimbra em 29/09/2008 - 09:43h

Realmente um excelente post, o "OpenMind" funcionou muito bem, afinal meus conceitos para o OpenWork eram erroneamente direcionados, agradeço pela "luz" por você trazida e guiando-me para o caminho certo!
Obrigado!

[53] Comentário enviado por regis_ricardo em 08/10/2008 - 15:44h

Concordo Muito mais que Plenamente, mas em contrapartida a algumas pessoas que se fecham ao mundo Linux, acho que quando "Linus" o criou, fez isto justamente para que fizesse o que outros não faziam, que no caso seria integrar S.O diferentes, e foi quando passei a ter este pensamento mais aberto que consegui um espaço no mercado, Galera que esta começando lá vai uma dica, não tente fazer tudo de uma vez, foque em uma coisa só, mas não fuja se por algum motivo aparecer algum emprego com um Windows 2003 da vida, pra tudo dá-se-a um geito, veja que talvez com ele você possa mostrar a essa empresa o que é o Software livre, e ainda aprender a usar S.O diferentes, abrindo assim mais ainda seu leque de vagas de empregos, só por curiosidade, entrem em algum site de emprego de Portugal e vejam o que em portugal mais exige, o que no caso é LPI e MCP, ou seja, saiba sobre varios, não se feche!

[54] Comentário enviado por comfaa em 11/10/2008 - 17:09h

mandou bem cara, com esse artigo

[55] Comentário enviado por capitainkurn em 14/10/2008 - 04:31h

Celso, gostei demais de seu artigo, especialmente pelo fato de eu estar buscando uma oportunidade no seguimento de networking já a um bom tempo e infelizmente sem sucesso. Tenho 41 anos de idade e nos últimos 12 somente trabalhando de forma independente. Claro que tem inúmeras vantagens porém a inconstância de rendimentos é um estorvo. Ganho bem um mês e não ganho nada por dois ou três, e quando ganho já está tudo comprometido.

No que tange a construir reputação estou de pleno acordo com você, embora meus artigos e tutoriais ainda não haverem me rendido uma recolocação, me renderam diversas oportunidades de trabalhos independentes e creio piamente que o caminho é esse. Conecimento e amor mais temos quanto mais distribuímos.

Mas há ainda um problema, os famigerados RHs que atingiram um nível de poder tão grande nas empresas que suas decisões suplantam até mesmo as de diretoria no que tange a seleção de pessoal. As diretorias tornaram-se literalmente escravas e dependentes dos RHs. E isso é uma realidade até mesmo em empresas pequenas e médias. Algumas empresas pequenas contratam serviços de Rhs de terceiros que não tem nenhum compromisso com o negócio em sí e estabelecem parâmetros que muitos de nós autoditadas, simplesmente não nos "enquadramos" pelos seus conceitos pré-estabelecidos. E vejo administradores de redes que sequer sabem o que é uma máscara de subrede ocuparem tais funções, Analistas de suporte que não sabem o que são partições e nem mesmo o que vem a ser um sistema de arquivos e se lhes tirarem um mouse e uma interface gráfica ficam tetraplégicos, enquanto profissionais com larga experiência são deixados no ostracismo por parte de RHs, que os eliminam harbitrariamente baseados tão só em suas experiências profissionais pregressas, sem ao menos averiguar o seu nível de proficiência.

[56] Comentário enviado por Lehur em 21/10/2008 - 21:17h

Gostei muito do artigo, este é o caminho que pretendo seguir. Ainda estou pesquisando e procurando pontos a me especializar e me preparar melhor. Gostaria se fosse possível que me enviasse mais informações acerca do assunto, sei que muitos aqui buscam o mesmo, no entanto, não custa tentar.

Muito grato.

[57] Comentário enviado por henbran em 29/10/2008 - 21:59h

Quem quiser pode procurar alguma oportunidade onde trabalho. A necessidade de um profissional Linux é extrema. Entre no site (www.ascenty.com) e verifique. Trabalhamos com Datacenter, virtualização de servidores e monitoramento de serviços de rede.

[58] Comentário enviado por joaomc em 10/11/2008 - 11:51h

@borda,

Caro colega Leonardo,
Não sei em que empresas você tem trabalhado, mas você teve experiências no mínimo curiosas. Profissionalmente, não vejo praticamente nenhuma diferença entre empresas que oferecem soluções MS e empresas que oferecem soluções Linux. Ora, eu já vi empresas que oferecem suporte Microsoft com uns profissionais de chorar. Eles possuíam uma base muito, muito fraca. Sabiam configurar um domínio meia-boca, mas não sabiam fazer um scriptzinho sequer, não sabiam como funciona um domínio, não sabiam nada além do que a interface proporcionava, ou seja, quando a coisa saía do feijão com arroz, do clique-aqui-e-ali, ficavam perdidos. É muita burrice achar que Linux e linha de comando são coisas de nerd, mas infelizmente a burrice é muito comum na área de infra-estrutura de TI. Tem muito profissional certificado aí que fica arrotando arrogância mas nem a rotina de backup que ele faz funciona direito.

[59] Comentário enviado por raylton.sousa em 28/11/2008 - 18:54h

Pow super legal amigo!
fiz um teste com meu nome mas soh achei meu blog, meu fotolog(vou apagar aquela droga tah manchando minha reputação) e algumas listas por aih a fora (inclusive a tradução do compiz)

ahhh!!!!
tb achei a minha classificação no processeo seletivo lah do colegio(anda bem q a colocação foi boa)
vou melhorar com certeza afinal eu ainda tenho muito pela frente...
flw abraço

[60] Comentário enviado por roberdson em 07/12/2008 - 22:34h

Nossa muito bom o Artigo, a ideia de um emprego Open Source é bem legal, mas...
Eu trabalho com informática, tenho que admitir que uma posição extremista iria me prejudicar d+, tendo em vista que a maioria das pessoas que me procuram (99,9%) são usuarios do Windows, enfim, não deixo de aprender sobre ele, afinal tenho que ter o meu lucro, mesmo tendo uma predileção e um carinho pelo Linux, de qualquer forma muito boas as dicas.

[61] Comentário enviado por albertoaalmeida em 16/12/2008 - 15:14h

Empregos, o que dizer sobre trabalho, nós estudamos, dedicamos a vida as coisas em que gostamos quando jovens e depois vamos trabalhar e ficar "aprisionados" a uma empresa em que na maioria das vezes não nos proporciona nenhum prazer.

O mundo Open Source nos proporciona liberdade e muito mais do que isso, a liberdade de fazermos aquilo em gostamos.

Um grande artigo meu caro colega.

Parabéns..

Alberto Almeida
www.albertoalmeida.blogspot.com

[62] Comentário enviado por removido em 16/12/2008 - 17:59h

Muito bom

[63] Comentário enviado por deniscostadsc em 03/01/2009 - 23:43h

06/08/2003 é a data deste artigo!!!

concordo plenamente com seu ótimo artigo!!!

[64] Comentário enviado por gersonraymond em 17/01/2009 - 16:52h

No meu ponto de vista o Linux é o máximo, depois que implementamos um firewall ( Iptables ) e um proxy ( Squid ) rodando 24 horas em uma empresa durante 8 meses, ou melhor até hoje sem dor de cabeça alguma. Ratificamos que uma solução Open Source implementada pelo Linux, de forma planejada caracteriza "sucesso total".

[65] Comentário enviado por Ignorante em 22/01/2009 - 19:57h

Muito Obrigado!
Parabens pelo Artigo, muito bom mesmo e claro +Favoritos.

[66] Comentário enviado por helinton em 27/01/2009 - 16:18h

Muinto interresante o artigo. Artigos desse tipo só vem a aprimorar o nosso lado pessoal, que é muinto importante assim como o profissional!

[67] Comentário enviado por alfameck em 31/01/2009 - 10:39h

interessante

[68] Comentário enviado por astdarkness em 24/02/2009 - 02:09h

Parabéns pelo artigo!! Vou seguir suas recomendações;

[69] Comentário enviado por c0nd3 em 27/02/2009 - 00:16h

Parabéns ótimo artigo!!! uma das coisas que venho percebendo no mercado de trabalho para open source é o QI (quem indica) acredito que isso ajuda muito por que de nada adianta ter o conhecimento e nao poder atuar na area ou as empresas nao conhecerem o seu trabalho. Para isso é necessário uma oportunidade e não é qualquer empresa por mais que seja pequena ou media que vai dar um servidor por exemplo, na mão de qualquer um para ser administrado ou imprementado.

[70] Comentário enviado por ramontcruz em 03/03/2009 - 04:37h

sempre estou atras de dicas como essa. direto ao ponto! muito obrigado!!

[71] Comentário enviado por vinipsmaker em 07/03/2009 - 12:51h

Adorei este artigo! Li só o começo, pois estou sem tempo agora. Mas, ainda há uma coisa que eu quero saber: Você tem o perfil de um profissonal open-source?
kkk kkk kkk

[72] Comentário enviado por thiagoluis em 08/03/2009 - 03:07h

Belo artigo. Vou ler ele milhares de vezes.
Parabens e obrigado.

[73] Comentário enviado por Eunir Augusto em 06/05/2009 - 14:28h

Muito bom seu artigo, amigo. Abraços

[74] Comentário enviado por marcolinux em 09/05/2009 - 15:50h

Olá,
Eu cansei de ser um profissiona openSource. Estou voltando a orientar minha carreira a produtos comerciais. Porque? Justamente pela saturação do mercado. Agora todo mundo que lê o Guia Foca Linux, se inscreve em uma lista de emails Geek qualquer por 1 ano e publica uma dezena de artigos em algum lugar se considera um "membro da comunidade ativo" e usa isso como diferencial. Ou seja, isso não é mais diferencial.
Meu conselho: se pretendes continuar com openSource, vá para área de desenvolvimento. Porque Suporte, Segurança, Redes e Arquitetura está totalmente saturado.
Dei meu recado.

[75] Comentário enviado por douglas.giorgio em 10/06/2009 - 20:45h

gostei do artigo

soh me desanimei com o comentario 74, pois faço redes, estou terminando o 2° semestre, fiquei muito na duvida entre seguir o meu irmao com o desenvolvimento, ou partir para uma area onde ja tinha um conhecimento superficial

o mercado de redes está ruim msm?? fiz 19 anos este ano, seria bom eu terminar esta faculdade e depois fazer alguma de analise ou desenvolvimento??

agradeço a atenção de todos

abraços

[76] Comentário enviado por henbran em 10/06/2009 - 21:23h

Sr. Douglas ...
Sem dúvidas, toda área de TI é muito vasta para se angariar sucesso dominando tudo. O mercado de trabalho é traiçoeiro e se hoje desenvolvimento compensa, a qualquer momento outras áreas podem nos surpreender ...
Dê uma olhadinha em http://computerworld.uol.com.br/carreira/tabela_salarios e perceba que há muitos incentivos aos esforços em determinadas áreas. Dê uma olhadinha também em
http://idgnow.uol.com.br/carreira/2009/05/29/graduacao-ou-curso-tecnologico-saiba-o-que-o-mercado-va...
Todavia se recomenda um empenho no conhecimento. Não só o conhecimento para saber falar, porém para saber falar o que realmente se sabe fazer. Fazer para impressionar.
Outrossim, por mais que tecnicamente somos usuários opensource de carteirinha, não discutamos com as pessoas de outras opiniões. Isso não é uma religião. Defendemos nossa liberdade de conhecermos o máximo daquilo que trabalhamos. O linux e agregados nos proporciona isso. Todavia devemos sempre tender para auto praticidade e resultados palpáveis.
Quer trabalhar com redes? Conheça gerenciamento de redes Linux.
Quer trabalhar com Desenvolvimento? Conheça desenvolvimento Java, PHP, AJAX, PostGree.
Porém em todas as áreas sempre é bom uma boa porção de projetos. O projeto nos concede uma visão simplificade de escopo daquilo que nos é complexo.
Sucesso!

Paulo - henbran@hotmail.com
Guarulhos-SP

[77] Comentário enviado por guest19 em 23/06/2009 - 11:05h

Estou pra pegar uma vaga em um trampo agora final do ano na área do open source, trabalha na parte de engenharia em linux , programação e redes principalmente c++ , vo me especializar nessa area que está começando agora e futuramente vai presizar de muita gente especializada , sobre o comentário do amigo ali o [74] dizendo que area de redes está saturada. Tipo depende muito da região aqui no SUL que envolve SC/PR/RGS essa area está presisando de muita gente mesmo pq tem muita falta de profissionais e empresas especializadas nisso.

[78] Comentário enviado por guest19 em 23/06/2009 - 11:10h

Estou pra pegar uma vaga em um trampo agora final do ano na área do open source, trabalha na parte de engenharia em linux , programação e redes principalmente c++ , vo me especializar nessa area que está começando agora e futuramente vai presizar de muita gente especializada , sobre o comentário do amigo ali o [74] dizendo que area de redes está saturada. Tipo depende muito da região aqui no SUL que envolve SC/PR/RGS essa area está presisando de muita gente mesmo pq tem muita falta de profissionais e empresas especializadas nisso.
uma dica querem emprego na area open source ou redes TI venham pro SUL, aqui você pega trampo nessa area muito facil.

[79] Comentário enviado por aliza em 22/07/2009 - 03:27h

hmmmmmmmmmmmm
Quanto ao comentário anterior, esqueci de dizer para quem quiser mandar e-mail, não anexá-lo e sim mandar no corpo do e-mail.
Falow, e boa sorte a todos que tentarem.

[80] Comentário enviado por corvolino em 29/07/2009 - 03:52h

ótimo artigo... o texto continua atual.

parabéns.

[81] Comentário enviado por Paro em 07/08/2009 - 01:27h

Primeiramente gostaria de lhe dar os parabéns!

Os pontos que você citou sobre o profissional Open Source... é perfeito!

Abraços

[82] Comentário enviado por manoserpa em 10/08/2009 - 09:48h

Opa!

Muito bom artigo, parabéns.

[83] Comentário enviado por nicolo em 23/08/2009 - 16:21h

Gostei da objetividade do critério da contratação.
Equivale ao critério dogmático histórico brasileiro.
O melhor é sempre o mais subserviente.




[84] Comentário enviado por mosoli em 25/08/2009 - 10:23h

Muito BOM!!!

[85] Comentário enviado por mariojsantos em 25/08/2009 - 20:56h

Parabéns pelo artigo, esta muito bom! Gostaria so de acrescentar que as universidades e demais instituições de ensino tbm são ótimos ambientes para "empregos open source", sejam contratações temporárias ou serviço público, como é o meu caso no Instituto Federal aki do Ceará.

[86] Comentário enviado por adrianokahn em 09/09/2009 - 14:28h

Não poderia ter ficado melhor... Parabéns pelo artigo, bastante esclarecedor e mostrando aplicações práticas dos profissionais opensource e os requisitos que esses devem seguir...

[87] Comentário enviado por duartejc em 29/10/2009 - 13:23h

Bom, nem é preciso dizer que o artigo foi ótimo, né? Quase 90 comentários é para poucos. rsrsrs. Estou na empreitada de trabalhar com Open Source há quase 1 anos. Montamos uma empresa para oferecer ao mercado soluções de gestão empresarial, de código aberto. Nossa missão atual esta sendo tropicalizar o Openbravo POS. Estamos adequando este PDV às leis brasileiras, bem como integrando com periféricos adotador no Brasil. Hoje mesmo disponibilizamos nosso primeiro release beta.
Por ser uma aplicação Java, iremos focar no suporte ao Linux. O instalador é Windows, mas essa noite subo um instalador Linux ;).
Mais informações sobre o projeto no link que segue. Caso alguem queira contribuir estamos à disposição!

http://forge.openbravo.com/projects/openbravoposbr

[88] Comentário enviado por Goj1 em 30/10/2009 - 21:43h

Era isso que faltava para eu me tornar em meus pensamentos.
Agora eu sei o que sei o quero. E logo logo todos saberão, pois hoje eu maioria de meus posts são perguntas, mas amanhã verão que contribuirei muito com artigos, dicas etc. Não que fazer pergunta seja sinônimo de ignorância, mas futuramente serei um grande profissional open source.

Eu só fiquei curioso com uma coisa.

Na parte da entrevista. O profissional que a sua empresa contratou ele sabia programa ou simplesmente ele sabia o que queria?

[89] Comentário enviado por removido em 30/10/2009 - 22:13h

Li todo o seu artigo amigo.
Meus parabéns abriu minha mente para muita coisa.
Grato pelo artigo.

[]'s

[90] Comentário enviado por timus em 09/11/2009 - 20:35h

Muito obrigado!
Estou a um tempo tentando mudar para área de TI. e tenho tido problemas, estou parcialmente incluso na realidade de seu artigo, pois acertei e errei! estranho.
mas agora estou bem direcionado em meus objetivo.

valeu!
Rosildo Pereira

[91] Comentário enviado por thiagormp em 22/11/2009 - 12:26h

Muito bom o artigo, e concodo plenamente com o que foi dito.
Alias não apenas no universo OpenSource é bom ter uma boa reputação e ter objetivos bem definidos.
Parabéns pelo artigo.

[92] Comentário enviado por VonNaturAustreVe em 28/11/2009 - 01:45h

Excelente o Artigo esse vai para lista dos favoritos.

[]'s

[93] Comentário enviado por frankyston em 13/12/2009 - 19:20h

Cara topico 10, realmente trabalhar em Open Source é muito massa, apesar de ser um colaborativo todo o conhecimento adquirido pelo profissional é um mundo onde todos podem ser um grande profissional.

Agora fiquei bastante impressionado quando fiz o testo no google com o meu nome, apesar de ser só 2 páginas mas já um grande começo hehehhe

Sou novo no SL trabalho a menos de 6 meses e não quero voltar ao velho Ruindows ^^ e a palavra certa pra mim é justamente como vc disse: "Quero Programar", apesar que querer trabalhar com segurança de redes, mas programar é uma grande conquista que quero...

Apesar de ser auto-didata sempre procuro tanto pergunta como compartilhar, pois uma das grandes lições que aprendi aqui no SL é compartilhar junto com todos o que sabemos e assim contruir um mundo de conhecimento muito mais vasto que o dos software proprietarios...

Belo post e vlw pela dica ^^


Contribuir com comentário




Patrocínio

Site hospedado pelo provedor RedeHost.
Linux banner
Linux banner
Linux banner

Destaques

Artigos

Dicas

Tópicos

Top 10 do mês

Scripts