Apresentando o Linux Mint LXDE Edition

Neste artigo demonstro como é fácil e prático a instalação do Linux Mint LXDE Edition.

[ Hits: 43.466 ]

Por: edps em 12/04/2010 | Blog: https://edpsblog.wordpress.com/


Introdução



Sabe-se que o Linux Mint surgiu como uma derivação do Ubuntu, assim como este o foi do Debian, o que difere é que o Mint ainda utiliza os repositórios do Ubuntu.

Muito embora eu não seja fã do Ubuntu, tenho que reconhecer que à exceção do Mandrake, e depois do Kurumin, esta foi a primeira distro a fazer sucesso com os usuários pelos seguintes motivos: facilidade em instalar programas, instalação e configuração automática de dispositivos e afins.

O Mint agregou essas facilidades e incorporou outras, eu o considero um Ubuntu mais polido, com excelente seleção de softwares, belo desempenho e design.

No conteúdo a seguir as screenshots da parte da instalação se referem ao Mint instalado numa máquina virtual. Mais a frente as screenshots já são de uma instalação em HD.

Perdoem-me as eventuais falhas, pois este é meu primeiro artigo abordando uma instalação de distro.

Download

O download direto ou por torrent podem ser feitos a partir dos seguintes endereços:

ISO:
http://ftp.heanet.ie/pub/linuxmint.com/stable/8/LinuxMint-8-LXDE.iso

Torrent:
http://www.linuxmint.com/torrent/LinuxMint-8-LXDE.iso.torrent

md5sum: f4b254448c99810682a1ad9f992ce869

Instalação

O boot pelo CD é automático em 10s.
Tela inicial, desktop limpo!
Iniciando a instalação:
Ajuste do relógio do sistema:
Configuração do teclado:
Iniciando o particionamento, vou escolher a opção Especificar particionamento manual (avançado), selecionar a partição e em seguida em criar Nova tabela de partição, após criada a nova tabela de partições, selecionaremos a opção espaço livre:
Criaremos 01 partição ext3 de 100MB para /boot:
Criaremos 01 partição de 512MB para a swap
Criaremos 01 partição EXT4 com o restante para o diretório raiz /:
NOTA: Não é necessário seguir estes passos ao pé da letra, fiz desta forma porque como costume utilizo uma partição /boot separada formatada em ext3.

Após a seleção, este será o layout do esquema de particionamento, basta clicar em avançar.
Agora criaremos uma conta de usuário, sua senha (o padrão são 8 dígitos) e daremos um nome à máquina, após o preenchimento, clicaremos em avançar.
Um breve resumo do que será feito será apresentado, clique em instalar para iniciar a instalação:
A instalação será iniciada, numa vbox levou somente 13 minutos:
    Próxima página

Páginas do artigo
   1. Introdução
   2. Utilizando e otimizando
   3. O comando sudo
   4. Considerações finais
Outros artigos deste autor

CrunchBang Backported - Instalação e Configuração

Apt-fast - turbinando o apt-get em distros Debian-like

Burg - Gerenciador de Boot

Arno Iptables Firewall (poderoso e simples)

O incrível universo das PPA's do Ubuntu

Leitura recomendada

Lógica para computação - parte III

Solicitações através do Tor utilizando Python

Distribuições Linux

Criando, monitorando e terminando processos

FeniX Linux - Conhecendo o que é Nosso

  
Comentários
[1] Comentário enviado por izaias em 12/04/2010 - 21:37h

Um verdadeiro tutorial!!!

[2] Comentário enviado por andrezc em 12/04/2010 - 21:51h

Show de bola! E esse Megadeth aí ? :D

[3] Comentário enviado por removido em 12/04/2010 - 22:14h

IzaiasCF, obrigado pelo comentário, você é um cara bastante participativo nesta comunidade!

[4] Comentário enviado por removido em 12/04/2010 - 22:25h

junior linux, que bom que você gostou, você é outro camarada que participa muito no VOL.
O Megadeth meu amigo, sem comentários.

[5] Comentário enviado por msajunior em 13/04/2010 - 14:20h

Legal, gostei do "tuto", acho que vou testar esta distro. Obrigado!

[6] Comentário enviado por ipi em 13/04/2010 - 18:17h

Sou fã de economia de gastos desnecesarios no PC, pra mim o q interessa eh performance. Não me importo quao feio ou chapado fique o desktop.

Muito bom artigo, por conta disso gostaria de um esclarecimento seu (se possivel).

Eu posso utilizar todas as ferramentas q uso normalmente no meu ubuntu (gnome) no LXDE?, não suporto mais o roubo de memória do ubuntu, não tem sistema que ganhe dele, ja desativei tudo q eh enfeite e serviços q não uso, mas nao tem jeito, o meu 9.10 bate 700mb sem nada, enquanto o Big 4.2 (kde 3.5) 90mb, e o Win 7 370mb.

E então, posso me livrar do Gnome e mesmo assim usar todas as ferramentas possiveis do Ubuntu Original no Mint LXDE? Ou num Ubuntu com LXDE, openbox, fluxbox, ou XFCE?

Obrigado se puder responder.


ps. Nao sei de onde surgiu o mito q gnome eh leve, fica mais ou menos no fedora ou no debian.

[7] Comentário enviado por removido em 13/04/2010 - 18:39h

ipi, legal que você gostou, sobre sua pergunta:

Sim, você pode usar qualquer aplicativo do Ubuntu (seja do Gnome, KDE ou XFCE), porque o Mint usa os repositórios do Ubuntu, dá uma olhada:

# /etc/apt/sources.list - Linux Mint LXDE.
deb http://packages.linuxmint.com/ helena main upstream import
deb http://packages.linuxmint.com/ helena-lxde main upstream import
deb http://archive.ubuntu.com/ubuntu/ karmic main restricted universe multiverse
deb http://archive.ubuntu.com/ubuntu/ karmic-updates main restricted universe multiverse
deb http://security.ubuntu.com/ubuntu/ karmic-security main restricted universe multiverse
deb http://archive.canonical.com/ubuntu/ karmic partner
deb http://packages.medibuntu.org/ karmic free non-free

É notório que o Ubuntu consome muitos recursos, o próprio Mozilla Firefox também, se você quiser leia minha dica: http://www.vivaolinux.com.br/dica/Debian-modificando-a-forma-como-o-APT-instala-pacotes, que trata justamente do tema de sua pergunta, economia de recursos, downloads de pacotes desnecessários, etc.

É incrível como o Mint LXDE se comporta numa vbox, parece que é uma instalação normal. Se você resolver instalá-lo, garanto que não vai se arrepender.

Outra coisa, seu S.O. está nervoso!

Eu ultimamente tenho gostado do Gnome, embora seja usuário do KDE, quando fico P*#O com o plasma e suas frescuras, vou para minha outra instalação do Debian, onde há um Gnome "enxuto", com esse tema do Mint e o lightweigth FLUXBOX.

[8] Comentário enviado por ipi em 13/04/2010 - 18:55h

Cara, muitissimo obrigado pelo esclarecimento.

Como sou muito exigente nesta questao, vou lhe incomodar mais um pouquinho lhe fazendo mais uma pergunta, quem eh mais economico o Fluxbox ou o LXDE, vc me recomenda baixar qual dos 2 MINTs para o meu caso? Perco muitas facilidades de uso (ferramentas em GUI) com estes gerenciadores?

Agradecido mais uma vez e desculpa pela encheção, mas preciso aprender.

Mais uam coisinha, o Flux, OpenBox e LXDE daõ suporte ao PT-br ou PT?

Prometo q nao perguntarei mais nada.

[9] Comentário enviado por vmoura6 em 13/04/2010 - 19:14h

Ele rodaria bem num pc com 256 de ram; 40 HD ?

[10] Comentário enviado por removido em 13/04/2010 - 19:16h

Particularmente, eu prefiro essa versão do LXDE, embora não tenha testado a outra, acho-a mais completa e com mais opções, no Fluxbox há mais limitações.

Dá uma olhada em: http://www.linuxmint.com/download_ce.php, lá nas releases-notes de cada versão há a descrição de alguns problemas nas versões Fluxbox e XFCE4, o KDE não vem ao seu caso.

XFCE4:
http://www.linuxmint.com/torrent/LinuxMint-8-Xfce.iso.torrent
http://ftp.heanet.ie/pub/linuxmint.com/stable/8/LinuxMint-8-Xfce.iso

FLUXBOX:
http://www.linuxmint.com/torrent/LinuxMint-8-Fluxbox.iso.torrent
http://ftp.heanet.ie/pub/linuxmint.com/stable/8/LinuxMint-8-Fluxbox.iso

LXDE:
http://www.linuxmint.com/torrent/LinuxMint-8-LXDE.iso.torrent
http://ftp.heanet.ie/pub/linuxmint.com/stable/8/LinuxMint-8-LXDE.iso

No site abaixo, parece que basta clicar no software que ele é automaticamente instalado, ainda não testei:
http://www.linuxmint.com/software/?sec=categories&release=6

[11] Comentário enviado por ipi em 13/04/2010 - 19:19h

Valeu, valeu, valeu, valeu, valeu, valeu...

[12] Comentário enviado por removido em 13/04/2010 - 19:27h

vmoura6, segundo a página: http://www.linuxmint.com/rel_helena_lxde.php

x86 processor
256 MB of system memory (RAM)
3 GB of disk space for installation
Graphics card capable of 800x600 resolution
CD-ROM drive or USB port

[13] Comentário enviado por mesaque em 13/04/2010 - 19:36h

Gostei do Mint enquanto utilizei. Entretanto, a política de ter sempre os pacotes mais recentes causam algumas dificuldades. Na última vez que instalei, depois de alguns updates tive que recompilar a placa de rede wifi e a placa de som. Por esse motivo muitas vezes optamos por distribuições mais estáveis. Mesmo assim, parabéns pelo artigo. O fato de ser mais amigável com o usuário leigo traz novos usuários para o mundo linux.

[14] Comentário enviado por removido em 13/04/2010 - 19:42h

mesaque, concordo com você que distros mais amigáveis como o Ubuntu, o Mint, e outros tragam mais usuários ao Linux. Sobre o fato dos updates até agora não tive problemas nem na vbox, nem na instalação real. Vou manter essa vbox para ver como se comporta e para eu amputá-la (digo, remover algumas coisas), para ver quanto mais leve ela fica.

[15] Comentário enviado por jahminho em 13/04/2010 - 21:40h

tá ai uma ótima opção para quem comprou os netbooks de primeira leva, eeepc701 e afins.

[16] Comentário enviado por valterrezendeeng em 14/04/2010 - 08:36h

Gostei do Artigo

Vou testar, pois, não conhecia esta distro.

Parabens !!!

[17] Comentário enviado por removido em 15/04/2010 - 13:26h

A todos os que enviaram comentários, o benchmark para essa versão comparando-a com as versões Fluxbox e XFCE pode ser visto em:
http://www.linuxmint.com/blog/?p=1325

[18] Comentário enviado por thiagomen01 em 16/04/2010 - 12:38h

Bacana o tutorial, vou até dar uma olhada no mint, talvez substitua o ubuntu por ele.

[19] Comentário enviado por maran em 16/04/2010 - 15:25h

Gostei do Artigo, ;D

[20] Comentário enviado por ipi em 17/04/2010 - 21:41h

Cara, to rodando esse "LXDE" ha 2 dias, simplesmente excelente! Do jeito q gosto, extremamente leve e tem tudo. Ah sim, tem suporte ao Pt-br, coisa q não ta divulgado no site oficial (será q o openbox tb tem?).

edps, só tem um problema pra mim, onde fica a lixeira dele, nao existe a pasta trash no diretório do usuário (já exibi os ocultos).

[21] Comentário enviado por removido em 17/04/2010 - 23:25h

ipi, o LXDE não tem lixeira, isso é por causa do Gerenciador de Arquivos PCmanFM, se quiser troque-o pelo Thunar, esse sim tem a necessária lixeira desde que você exclua os arquivos por ele.
Aproveitando dá uma olhada nesse artigo maneiro: http://terramel.org/linux-perfeito-openbox-humilhando-macos-e-vista, descobri essa página através do Wiki dos nossos amigos do Arch Linux: http://wiki.archlinux-br.org/Openbox_personalizado.

[22] Comentário enviado por ipi em 18/04/2010 - 02:03h

edps, mais uma vez obrigado pela atenção, vc foi rápido. Gostei do artigo dos caras, uam hora dessa arrisco montar meu desktop.

Qt ao OpenBox eh muito bom vc ter um sistema gráfico q responda eficientemente mesmo vc tendo 512, 256 ou ate menos de ram e CPUs abaixo de 1ghz, sou adepto de que se explore uma maquina ate o extremo de sua limitação.
[Uma coisa q pode impedir a minha migração paro o Openbox é o "click duplo", tem como colocar? em minhas experiências no Puppy nunca cosegui.]

Tô com um entrave aki no Mint LXDE, é algo simples, porém não sei resolver, comprometendo assim a produtividade: é a exploração da rede, ja consegui compartilhar diretórios aki, e visualizar em outras maquinas facilmente usando a barra de endereço no Konkeror (Big-KDE) e no Nautilus (Ubuntu-Gnome) da seguinte maneira: smb://192.168.0.1/ - Coisa q nao funciona aki no PCMan do Mint Lxde - impedindo q eu explorer a rede.
Ta faltando algum componente aki no samba do Mint lxde? Da uma luz preu.

Valeu!

ps. tava esquecendo, o fato dele nao ter lixeira quer dizer q o lixo nao eh gaurdado, apaga direto? se for nao tem problema, nao preciso substitui-lo, minha preocupação eh o disco inchar e nao saber onde ta o lixo.

[23] Comentário enviado por removido em 18/04/2010 - 09:06h

Sobre a lixeira é exatamente isso, o que é deletado não fica disponível para recuperação.
Sobre o "clique duplo", abra o PCManFM, clique em Editar/Preferências e no campo "Comportamento" marque ou desmarque a opção "abrir com clique simples".
Sobre o Samba, acho que tem o aplicativo pyNeighborhood (samba browser) na seção Internet, você o usou?.
Eu vou ficar te devendo mais formações sobre o Samba, pois inclusive já o removi por não precisar dele, posta a pergunta no fórum que certamente você terá respostas.

[24] Comentário enviado por grandmaster em 03/05/2010 - 17:26h

Sempre bom conhecer novas distros, não conhecia essa.

--
Renato de Castro Henriques
ITILv3 Foundation Certified
CobiT Foundation 4.1 Certified ID: 90391725
http://www.renato.henriques.nom.br

[25] Comentário enviado por landex em 17/06/2010 - 14:20h

Bem interessante sobre esta distro, talves eu a teste-a.

[26] Comentário enviado por Fabio_Farias em 05/08/2010 - 13:14h

Mais um bom trabalho edps.
Só fiquei com uma duvida. Pelas capturas de telas do artigo dá para perceber que o Mint é quase idêntico ao Ubuntu. No visual, a exceção parece ser a cor padrão verde e o menu na barra inferior. A única diferença para o Ubuntu é o fato dele já vir com os codecs? Ou existe alguma outra diferença.
Parabéns pelo artigo!
Abraços!

[27] Comentário enviado por cshomaru em 05/08/2010 - 15:52h

aew qual a configuração minima pra poder roda o mint.
Tenho um computador sempron 1.6 com 512 mg de ram e 40 de hd será q roda sem problema.
porque instalei o ubuntu aqui e fica travando uma vez ou outra sem falar q ta lento pra caramba.

[28] Comentário enviado por removido em 05/08/2010 - 16:13h

cshomaru,

na página: http://www.linuxmint.com/rel_helena_lxde.php

diz que um processador x86/amd64, 256 RAM, 3GB de espaço livre, placa de vídeo com resolução igual ou superior a 800x600 e drive de CD-ROM.

#

Fábio Farias,

acho o Mint melhor e mais bonito que o Ubuntu por ser mais leve, por já incluir os codecs e porque já pega uma base pronta, apenas trabalhando/melhorando em cima dessa base. Algo como o Sidux faz com o Debian SID.

Eu estou querendo mesmo é testar o novo Mint com o KDE4 mas tá difícil pra baixar, no momento estou usando o Debian Squeeze com o KDE 4.4.5 na nova máquina.

Nesses dias eu testei a versão oficial do Mint com Gnome, um trabalho magnífico, tudo corre melhor.

[29] Comentário enviado por cshomaru em 07/08/2010 - 11:03h

ai fabio valeu pela explicação vo instalar ele aqui na minha maquina pra vê
apesar de ainda ser iniciante mais com a ajuda da galera vivalinux eu vo aprender.

[30] Comentário enviado por Fabio_Farias em 07/08/2010 - 16:19h

Olá edps!
Compreendi sua explicação. É que como nunca testei o mint, resolvi perguntar a um especialista né rsrsrs. Obrigado amigo. É que olhando as imagens ele parece muito um "Ubuntu verde com codecs" mas logo você deixou claro que ele tem coisas "a mais" que o Ubuntu.
Obrigado amigo pela explicação.
Abraços!

[31] Comentário enviado por cshomaru em 07/08/2010 - 20:36h

ei Edinaldo eu baixei a iso mais na hora de grava no nero aparece uma mensagem dizendo q o tamanho do bloco não corresponde ao tamanho da imagem e fica perguntando se eu desejo corrigir ou ignorar já ignorei e grave no cd mais ainda sim da erro na grava qual seria este problema.

obs: baixa normal

[32] Comentário enviado por cshomaru em 07/08/2010 - 20:38h

agora já sei ta dando erro no link.

[33] Comentário enviado por cshomaru em 12/08/2010 - 09:49h

ai pessoal com que eu faço para melhora a qualidade de imagem do Media Player Totem
ou só instalando um placa de video mesmo....

[34] Comentário enviado por nexusnod em 14/09/2011 - 20:11h

Oi Parabens pelo artigo por causa dele mudei do Ubuntu para o mint tanto no desktop como no meu note velhinho um Acer serie 3000 com 700 de ram, vou instalar o mint LXDE e gostaria de que vc detalha-se um pouquinho do porque vc desligou alguns serviços e como eles são ou não essenciais para o dia, a dia ou se eu vou precisar executa-los via comando e se for o caso como faze-lo pois quero fazer o mesmo no meu note, e no Desktop, pois tbm gostaria que ele gastasse o mínimo de recursos possíveis.
Agradeço desde já.
Ahhh desculpe se a pergunta foi meio noob, risos


[36] Comentário enviado por nexusnod em 14/09/2011 - 22:55h

Auuuuuuu Brigadão um abraço vou ler

[37] Comentário enviado por nexusnod em 14/09/2011 - 23:41h

Ja dei uma olha em todos, eles serão muito uteis no meu aprendizado, vou ler com muito calma e atenção testarei no Desktop e no Note e vou postar o resultado, muito obrigado de novo.
E obrigado pela resposta rapida e tão completa.
Um abraço

[38] Comentário enviado por nexusnod em 16/09/2011 - 08:35h

Amigo não estou conseguindo uma imagens iso funcional do Linux mint LXDE, vc sabe se aconteceu alguma coisa, se não conseguir vou tentar o Zenwalk, mas minha preferência seria o Mint LXDE. Por favor preciso de uma ajuda.

[39] Comentário enviado por removido em 16/09/2011 - 12:29h

iso funcional?

http://ftp.heanet.ie/pub/linuxmint.com/stable/11/linuxmint-11-lxde-cd-32bit.iso

após o download confira o MD5 com:

$ md5sum linuxmint-11-lxde-cd-32bit.iso

o resultado deve ser esse: 1894d7eece955803d0aa6522d1faf1c2

do contrário é sinal de iso corrompida.

Não recomendo que baixe através de navegadores, use o wget ou baixe através de torrents:

http://torrents.linuxmint.com/torrents/linuxmint-11-lxde-cd-32bit.iso.torrent

Baixando pelo wget de forma confiável:

$ wget -c -T0 http://ftp.heanet.ie/pub/linuxmint.com/stable/11/linuxmint-11-lxde-cd-32bit.iso
$ md5sum linuxmint-11-lxde-cd-32bit.iso

boa sorte!

[40] Comentário enviado por nexusnod em 16/09/2011 - 14:53h

vc e o de+ brigado vou fazer
bom final de semana

[41] Comentário enviado por nexusnod em 16/09/2011 - 16:39h

Obrigado, vc estava certo era porque eu estava baixando do navegador, peguei pelo torrent usei o utorrent no windows e ja re instalei no Desktop e estou instalando no Note veinho, depois eu vou postar, um screenshot dos dois e te falo brigadão bom final de semana de novo um abraço.

[42] Comentário enviado por nexusnod em 16/09/2011 - 18:33h

Amigo gostaria de colocar themas e icons mas não sei como vc poderia me passar alguns howto estava usando esse

http://www.vivaolinux.com.br/artigo/Ambiente-grafico-LXDE/?pagina=3

criei as 3 pastas ocultas, mas não entendi como instalar mais themas ou fazer a modificação de resto so o note esta meio ruin pois deu ums paus na inicialização e ao desligar mas e tão rapido que não consigo ler direito, vou olhar com mais calma e depois a gente se fala
obrigado

[43] Comentário enviado por nexusnod em 17/09/2011 - 20:45h

Grande esta aparencendo um erro na inicialização, ja instalei 2 vez mas não corrige, ele trava na inicialização fica uma tela preta, ai eu tenho que inicializar direto no botão pois o sistema não responde, apos inicializar pela 2 vez, entra o grub e ele demora bastante durante o carregamento dos dados, mas apos tudo funciona normal. Um abraço bom domingo

[44] Comentário enviado por nexusnod em 27/09/2011 - 07:50h

Oi Edps Bom dia, vim esclerecer que o meu modem wireless não tinha sido reconhecido, e que apos achar um tutorial, eu consegui instalar e o erro na inicialização acabou, estou muito satisfeito com o mint LXDE, muito obrigado, pela ajuda esta tudo funcionando full.
Um abraço


Contribuir com comentário




Patrocínio

Site hospedado pelo provedor HostGator.
Linux banner
Linux banner
Linux banner

Destaques

Artigos

Dicas

Viva o Android

Tópicos

Top 10 do mês

Scripts