Água e submersos?

Sim, é isto mesmo, agora iremos aprender a literalmente "afogar" coisas na água, por exemplo: o efeito de alguém mergulhado em uma banheira (podemos ver a pessoa embaixo d'água). O software? Claro que é o GIMP.

[ Hits: 48.866 ]

Por: Guilherme RazGriz em 20/06/2006 | Blog: http://razgrizbox.tumblr.com


Adicionando o objeto



Muito bem, agora é hora de selecionar o material que iremos utilizar.

Você deve procurar material, piscinas, lagos, fundo do mar, mar superfície e etc, este link irá ajudar muito:
Materiais a serem usados nos exemplos:

Piscina:


Lago:


Oceano (profundezas):


Quanto aos "objetos":
OBS: Os links são externos devido ao tamanho e licença de uso, caso haja interesse, poderão utilizar as imagens acima, porém com duas restrições: para arte só podem ser utilizadas para trabalhos destinados ao site Deviant Art e ou licença da autora e ou artigos/tutoriais diversos desde que não se obtenha nenhum ganho comercial com os mesmos.

IMPORTANTE: Caso você não possua nenhuma ou tênue experiência com o GIMP, recomendo fortemente que você LEIA o material recomendado abaixo antes de prosseguir:
Muito bem, agora que nós já temos o nosso material, podemos começar.

Começaremos com o exemplo mais simples:

Oceano (profundezas)


Bem, é preciso dizer uma coisa meio óbvia, mas vital para este tipo de trabalho : "A luz é ARTIFICIAL". Quanto mais fundo se vai, menos luz nós teremos, a menos que tenhamos algum dispositivo que a gere, como por exemplo uma lanterna.

Seguindo esta pequena "diretriz" ficaremos mais próximos de obter um trabalho realista, então a quantidade de luz que poderemos usar é muito limitada, não nos dando margem para "erros".

"Mas... e se eu quiser me distanciar do "realismo" e decidir criar uma figura "fantástica"*(fadas, sereias mágicas e coisas assim)?"

Não há problema, contanto que você tenha bom senso e saiba exatamente o que vai fazer.

Como primeiro passo do exemplo, decidi transformar a mulher em uma criatura nova (sinceramente não vejo graça em seres humanos no fundo do mar... já tem tantos que o oceano já esta "saturado").

Vamos lá:

Figura pura sem camadas e ou modificações:


Vemos que é um processo relativamente lento e complexo mas não complicado (a troca da pele normal por escamas e ou outro tipo de pele), assim sendo a atenção aos detalhes é a sua PRIORIDADE MÁXIMA em uma tarefa como esta.


Note que na imagem nós temos a nova "pele" já aplicada na área desejada, como se pode notar ela foi dividida em diversos pedaços independentes (camadas), assim facilitando a sua montagem (cada pedaço teve partes apagadas, sem a aplicação de nenhum efeito de camada).

A metade esquerda foi feita com partes de iguana e tronco de árvore, obedecendo o mesmo processo anterior.


Para remover as partes que não deverão aparecer basta usar a ferramenta "Borracha" em conjunto com algum pincel de sua preferência.

Também é importante mencionar que nada foi concluído, agora é hora de retirarmos o que não iremos usar desta imagem e aplicar a mesma ao nosso "profundo oceano."

Abaixo podemos ver o processo de remoção das partes indesejáveis sendo concluído.


O processo de aplicação é bem simples, basta seguir com bom senso as diretrizes abaixo:
  • Iluminação: Dependendo da profundidade podemos ter mais ou menos luz, quanto mais raso mais luz e vice e versa;
  • COR: Isso é EXTREMAMENTE IMPORTANTE, a cor do mar influenciará a cor do objeto submerso! Ou seja, quanto mais escuro, menos influência ele sofrerá (preto mesmo) e quanto mais claro, maior deverá ser a influência da tonalidade e cor da água;
  • Transparências: Certos tipos de águas vivas são "transparentes", algumas lulas também e alguns outros animais, mas os mesmos SOFREM sim influência da tonalidade e cor da água;
  • Efeitos de camadas: SÓ devem ser usados para gerar harmonia com o ambiente e não para distorcê-la ou retirá-la.

Aqui temos a nossa figura já aplicada.

Página anterior     Próxima página

Páginas do artigo
   1. Água.
   2. Adicionando o objeto
   3. Reflexos na água
Outros artigos deste autor

Da criança problema até o abacaxi

Edição pesada de imagens com o Gimp (parte 2)

Como simular fluidos 3D com o Blender

Programação visual (módulo 03)

Programação visual (módulo 1)

Leitura recomendada

Criando assinaturas de e-mail

Enfeite o LILO com uma imagem de seu gosto

Hydroxygen - Ubuntu Linux com cara de KDE4

Compiz Fusion: Ativando o efeito de "janela pegando fogo" e outros efeitos 3D

O emocional e a imagem

  
Comentários
[1] Comentário enviado por removido em 20/06/2006 - 14:36h

Somente uma palavra: Uau!!

Vendo coisas como essa dá muito mais gosto de trabalhar com imagens!

[2] Comentário enviado por poleto em 20/06/2006 - 17:00h

razgriz,

Parabéns. Todos os seus artigos sobre o Gimp são excelentes!
Além de sempre ter um tópico legal, a sua didática é muito boa.

Parabéns e continue com o bom trabalho.
A comunidade agradece... ;-]

[]'s
Poleto

[3] Comentário enviado por gotslack em 21/06/2006 - 00:00h

excelente mesmo.
principalmente para quem admira o GIMP mas não consegue fazer nada com ele.. ainda! ;D

abraços!

[4] Comentário enviado por drausio em 21/06/2006 - 08:07h

Nosssa, show de bola!

Parabéns, muito bom o artigo!

Abraço

[5] Comentário enviado por f360c4 em 21/06/2006 - 08:33h

TOTALMENTE PERFEITO, agora me respondam, pq tem gente que usa o PHOTOSHOP?

tudo bem, é bom ? é , sei que é .

mas é caro, e fechado e assim por diante.

adoro linux, adoro nossa liberdade e união.

quero ver alguem ficar ensinando mexer no photo desse jeito sem cobrar um tustão. mas nem entra o caso do dinheiro e sim da ajuda SOCIAL . . .

VAMOS NOS PARABENIZAR, pois isso é uma forma de ajuda o VOL é uma forma de manifesto, IGUALDADE, de AJUDA e PRICIPALMENTE é uma escola . . ..

PARABENS MAIS UMA VEZ RAZGRIZ, desculpe até a palavra mas vc é PHoda, com PH maiusculo que é mais PHodastico ainda :D:D:D:D

abraços

[6] Comentário enviado por leoberbert em 21/06/2006 - 10:45h

Aki.. ta de parabéns o artigo.. aonde vc prova que a edição de imagens no LINUX é tão perfeita quanto qualquer programa pra windows.. adorei a estrutura e aplicação das imagens. Muito bacana msm. Ja ta nos meus favoritos.

Parabéns e continue assim.

[7] Comentário enviado por jragomes em 21/06/2006 - 14:53h

Ótimo artigo. Parabéns.

Daqui há algum tempo, juntando todos os artigos sobre edição de imagem no GIMP dá pra fazer um livro.

[8] Comentário enviado por razgriz em 21/06/2006 - 17:26h

O livro ja foi escrito no ano passado. http://br.bozolinux.org/Guia/O_GIMP_para_Mentes_Criativas

[9] Comentário enviado por the question em 30/11/2006 - 21:19h

Cara, d+
Parabéns


Contribuir com comentário




Patrocínio

Site hospedado pelo provedor RedeHost.
Linux banner
Linux banner
Linux banner

Destaques

Artigos

Dicas

Tópicos

Top 10 do mês

Scripts