ASTNAGIOS 2.0 + FAN - Solução completa para monitoramento

gnu

Apresento minhas experiências com o FAN, assim como a segunda versão do script de integração Asterisk + Nagios, o qual já apresentei em artigo anterior.

[ Hits: 16.970 ]

Por: Sidney Alexandre Pagel em 06/04/2015


A definição



Analisando a situação, chegamos ao seguinte escopo:
  • Quando um dos hosts selecionados sofresse indisponibilidade, o Nagios deveria executar o PHP, gerando uma entrada no banco de dados, em uma tabela de eventos.
  • Após gerar a entrada de evento, a aplicação deveria pesquisar em uma tabela de eventos tratados se aquele evento não era recorrente, e por acaso já não havia sido atendido/tratado.
  • Se fosse recorrente, nada aconteceria e a aplicação seria interrompida.
  • Se não houvesse sido tratado, a aplicação consultaria uma tabela do banco que contém o cadastro dos telefones dos responsáveis, e escolheria um aleatoriamente para inicializar o processo de ligações
  • Uma vez isso realizado, a aplicação deveria compor o arquivo que seria enviado ao Asterisk contendo os dados necessários para que a ligação fosse realizada.
  • Quando algum dos responsáveis atendesse o telefone, o mesmo deveria assumir a responsabilidade pelo problema digitando um número a se definir.
  • Quando a responsabilidade fosse assumida por alguém, um registro contendo o id do evento e o id do responsável seria inserido em uma tabela de eventos tratados do banco de dados.
  • A inserção do valor do id na tabela de eventos tratados faria com que as ligações fossem interrompidas.

Página anterior     Próxima página

Páginas do artigo
   1. A descoberta
   2. Mãos à obra
   3. Cadastrando... cadastrando...
   4. Os serviços
   5. Passando tudo para o Nagios
   6. Os hosts críticos - Algo a mais
   7. A definição
   8. Fazendo acontecer
   9. A configuração dos hosts críticos
   10. O banco de dados e a aplicação
   11. Os fontes...
   12. O Asterisk
   13. Mais fontes...
Outros artigos deste autor

NagVis - Gestor de mapas pra lá de especial

Integrando Nagios com Asterisk

Configurando um domínio pelo serviço ipturbo empresarial (Brasil Telecom)

O software livre na administração pública

Pequena solução para backup em redes mistas

Leitura recomendada

Como fazer uma distribuição Linux (parte 1)

Uma interface mais bonita com efeitos de transparência e sombras

Burg - Gerenciador de Boot

Instalando e configurando o Thunar

Recuperando o seu sistema Salix

  
Comentários
[1] Comentário enviado por erixtech em 06/04/2015 - 12:55h

Artigo com bastante informação, muito legal mesmo.
------------------------------------------------------
Keep it Simple, Stupid - UNIX Principle.

[2] Comentário enviado por danniel-lara em 07/04/2015 - 08:34h


Parabéns ótimo artigo

[3] Comentário enviado por Donizetti em 12/04/2015 - 13:01h

Isso sim é o tipo de informação que faz diferença.

[4] Comentário enviado por gnu em 13/04/2015 - 11:53h


Muito obrigado a todos.


Contribuir com comentário




Patrocínio

Site hospedado pelo provedor RedeHost.
Linux banner
Linux banner
Linux banner

Destaques

Artigos

Dicas

Tópicos

Top 10 do mês

Scripts